Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Passarela para o infinito

28 de fevereiro de 2012 Comentários desativados

Já várias vezes escrevi aqui que não sou hábil com computadores, e tablets; às vezes, até com telefone me atrapalho. Portanto, estando em Floripa – a antiga Desterro – fiquei surpreso ao ler no Estado de São Paulo um artigo sobre um assunto que havia circulado nas redes. O que li era de Elder Ogliari, a respeito da escultura Olhos Atentos e ameaças à sua retirada.

Ora, se a prefeitura aceitou a obra, que foi colocada em lugar de destaque e de grande movimento de flâners, não cabe a ela, hoje, discutir a qualidade artística, gosto pessoal, valor ou não do artista, e se a peça é uma instalação ou não, se está bem ou mal situada. Podiam, no passado, não aceitá-la, mas, hoje, pertence ao nosso acervo, ao seu, ao meu, etc., independentemente do que alguns achem – e, além disso, o “restauro” tem valores perfeitamente pagáveis.

Não creio que o prefeito Fortunati queira ou vá tirá-la. Não sei em que condições ele falou sobre a obra. Também não me parece que seja um homem de fazer as coisas “na surdina”. O conserto é barato se for feito por uma pessoa (é só o piso, não requer pintura). Agora, se fizerem um edital, depois criarem uma comissão, depois um grupo de trabalho, a vaca vai pro brejo – aliás, para o Guaíba, que é bem pertinho.

Deixei este texto escrito quando fui tomar chuva em Santa. Sabiamente, a Carmem não postou. De volta a Porto Alegre, fiquei sabendo, pelo Britto Velho, que colore pátios e casas com suas belas obras, que o assunto já foi resolvido e, consequentemente, minha manifestação é extemporânea.

Mesmo assim, resolvi postá-la. Sou um dos que gosta da Olhos Atentos, embora não seja chegado às instalações, mas a minha opinião é a mesma – inclusive sobre obras que, digamos, “não gosto”, e, daí, “o meu, o nosso” gostar não tem nada a ver. Todas as obras ajudam a formar o aspecto da cidade, e é isso que vale.

NOTA: Já passaram uns três meses desde que prometeram restaurar? Minha semana de chuva, inesquecível, foi entre o Natal e o 31 de dezembro. Volto a Olhos Atentos e, para minha surpresa, tudo segue como antes no quartel de Abrantes.

Meu caro e ativo prefeito, será que também vai ficar para depois da copa?

Bookmark and Share

Não é possível comentar.