Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Olhos Atentos

29 de fevereiro de 2012 0

Com a publicação sobre a Olhos Atentos da beira do rio – aquela ponte para o infinito perto da Usina –, a dona Maria Luísa, leitora do Viajando por Viajar, me manda uma foto da escultura Homenagem ao Dr. Mário Rigatto, que fica no cruzamento da Av. Ipiranga com a Rua São Luís,  e me pergunta: você tem passado por ali?

Para falar a verdade, sim, passo com razoável frequência, mas não a vejo quase. É que quem a colocou o fez de maneira que ela ficasse de costas para o tráfego. Quem sabe os pedestres a vejam; os que passam no sentido Centro-PUC não, não a vêem.

Fui até lá e fiz outra foto. As fotos de telefonezinhos comuns raramente têm resolução para serem publicadas.

O que vi me indignou. O homenageado, não merecia que ele, precursor da campanha antitabagista tivesse sua homenagem corroída pela ferrugem como os pulmões o são pelo tabaco. Quem a patrocinou e quem a colocou sei que foi um grupo de médicos colegas seus. Os passantes também não devem estar contentes. Alguém da prefeitura bem que poderia dar uma olhada.

 A restauração é fácil. Só o que se precisa é lixa, um convertedor de ferrugem e tinta – branca e vermelha.

A autora foi feliz na representação. O Dr. Mário Rigatto era magro, alto, elegante e usava gravata borboleta. Na escultura, ficou igual – talento é talento. Aliás, a Glorinha Corbetta, também magra e elegante, sempre impecável e dona de um cachorro salsicha, deve ter se sentido à vontade para criar e estilizar o homenageado, que já há 20, 30, quem sabe 40 anos atrás, combatia os males do cigarro.

Do jeito que a escultura está, mais parece ter sido patrocinada pela indústria fumageira – ou, se deixarem assim, é só agregar: ”Veja, olhe bem: assim ficarão os seus pulmões”.

Seria mais uma colaboração na campanha contra o tabaco. Quem sabe agora a virem para o sentido do tráfego e a iluminem. O Dr. Mário, a artista e os nossos pulmões merecem.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário