Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Galeto Português

18 de janeiro de 2013 0

É verdade, Lisboa é uma cidade ribeirinha e não tem praia. São precisos uns 20 minutos de carro para se chegar ao Atlântico, com suas águas frias e límpidas. Aí, não faltam passeios praianos. Cruzando a linda Ponte Vasco da Gama, ou passando pela antiga Ponte 25 de Abril, encontramos a Península de Setúbal, e a sua rica produção de vinhos, os queijos de Azeitão, e as praias imaculadas, ainda que próximas de Lisboa. Seguindo na direção oeste, ao encontro do mar, como faziam as naus que desbravaram os oceanos, chegamos a Cascais e Estoril, as duas praias preferidas que são como parte da cidade. Ali à beira-mar encontramos alguns dos melhores restaurantes e com uma vista fantástica para a praia repleta de surfistas, além de casas especializadas em servir frango assado na brasa com um molho de origem africana, o piri-piri. Porque uma das maiores virtudes como Lisboa o destino turístico a cidade oferece são as várias escapadas, servindo de base perfeita para se explorar os arredores, bem que eles dizem: a capital portuguesa é um pedaço de terra cercado de delícias por todos os lados.

Pelas ruas de Cascais, se nos detivermos na primeira, veremos que sentimos um irresistível aroma de churrasco. A brasa grelha franguinhos deliciosos, que são depois regados com o tradicional molho de pimenta (sim, o piri-piri), além de outras carnes, com destaque para os peixes e frutos do mar, sempre fresquíssimos.

Gastronomicamente falando, esse é o traço mais característico de Cascais. Bem no centrinho histórico, o lugar mais interessante para se entregar aos prazeres da carne, seja ela vermelha ou branca é nos restaurantes. Além do franguinho bem temperado, que consegue ser ao mesmo tempo tostadinho e com carne úmida, também serve outras iguarias muito típicas de Portugal, como as febras de porco e, para começar, as amêijoas a bulhões pato, os deliciosos mariscos preparados em molho de vinho branco, azeite, muito alho.

Voltando aos franguinhos, que são ótimos, eu, sempre que os como, fico pensando: será que os Petefi não deram uma volta por aqui antes de tostar o primeiro galeto?

Bookmark and Share

Envie seu Comentário