Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sobre o estado das águas de Guanabara

29 de agosto de 2015 0

guanabara

 

Chove, olho para as praias, vejo a borda da lagoa e leio os jornais, tudo nos faz pensar na discussão. Quanto à análise não há dúvida. É só olhar a TV, não precisa nem constatar. Mas por outro lado, surgem os atletas cariocas dizendo que ali nadam e velejam desde crianças e seguem saudáveis e bem dispostos. Terão mais anticorpus? Serão as vacinas? Lembrem que os índios morriam de gripe no primeiro contato com os colonizadores, provavelmente não era bem a “gripe” que se anunciava.

Lá por 1500/1600 a sífilis era disseminada e para ela não havia remédios, aliás, não havia sequer água potável. Os mais saudáveis só tomavam cerveja, e foi assim que esta bebida se impôs nos conventos e nas caravelas: não apodrecia.

Mas  nós brasileiros, com quase 7000km de costa, calor o ano todo, mais Iguaçu, Amazônia, cidades históricas no centro e as facilidades do sul estar próximo de outros países, bem que deveríamos receber mais de os duvidosos 5 milhões de turistas/ano (Argentina recebe mais ou menos a mesma quantidade), nada contra os hermanos, muito pelo contrário, mas esta polêmica sobre as águas de Guanabara e as imagens dos esgotos sendo despejados em plena “princesinha do mar” ou nas águas que banhavam “The Girl of Ipanema” e hoje sua filha, além de milhares de outras merecedoras do título, certamente não nos farão bem.

Lembramos que: inúmeros destinos asiáticos foram evitados por medo de um novo tsunami – que além de bastante improvável, sequer tinha atingido muitos deles, como Bali.

O terremoto do Haiti ameaçou o turismo da vizinha República Dominicana (é a outra metade da ilha) que não tinha sofrido nenhum abalo – e ainda empregava imigrantes haitianos que precisavam dos salários para enviar dinheiro às famílias.

Evidentemente, o Nepal não é visitável neste momento. Mas assim que o país tiver condições de receber turistas, vai proporcionar viagens incríveis. Alguns palácios e torres vão estar faltando, mas a simpatia e o agradecimento genuíno sobrarão. O país é encantador. Os nepaleses, se diz de boca pequena, são os indianos de bom humor… e ainda tem os Himalaias, Everest, Anapurna e o… abominável Homem das Neves – que nunca falou com ninguém, nunca feriu ninguém, nem se sabe se existe, mas é abominável.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário