Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Boston: uma parada imperdível na Costa do Atlântico

26 de janeiro de 2016 0

foto_2559

 

No ano passado estivemos na região durante um mês. Sem filhos em colégio, podemos escolher a época e a duração da viagem. E lembre-se, viajar lento, por mais tempo e já no fim da temporada é mais conveniente turística e economicamente. Sei que para o turista de grupo é difícil entender, os pacotes sempre oferecem o melhor momento.

Boston é cheia de encantos e está a menos de quatro horas de trem de Nova York. É também palco da História americana, onde ocorreram fatos importantes que contribuíram para a independência do país.

A famosa Freedom Trail especialmente, passa por pontos icônicos em divertidos passeios a pé. O roteiro tem vias fechadas aos carros. Não muito distante ficam New England Aquarium e a região portuária, onde lagostas, caranguejos, ostras e camarões fazem florescer a culinária típica da região. O forte frio do inverno não tira a animação da cidade, apesar de anoitecer bem cedo.

É para todos uma das cidades mais charmosas do país, com arquitetura e “alma” europeias. Há quem se lembre dela como referência para fronteira do conhecimento mundial, afinal ali estão a Universidade de Harvard e ao MIT (ambos na vizinha Cambridge). Além disso, os latinos se sentem em casa, devido a maior colônia de brasileiros nos EUA, com mais de 350 mil compatriotas, e a um grande contingente de portugueses. Boston é tudo isso e mais, mas devo dizer que não encontramos nenhum Brasuca e agradecer ao David Coimbra que nos deu um telefone para a locação e encontramos um apartamento ótimo e no melhor ponto.

Com 5,8 milhões de habitantes, é a cidade mais importante da Nova Inglaterra, uma das regiões mais ricas do país. É farta em opções culturais. Ali está o Museum of Fine Arts, é o segundo maior do país. E o Isabella Stewart Gardner Museum. Encantador é um palacete com obras de Rembrandt, Michelangelo, Ticiano Vecellio, Raphael, Manet, Botticelli e Degas, não sei se foi doado pela família ou adquirido pela prefeitura. O hábito do mecenato é muito forte nos EUA, ou seja, é impossível ir às cidades e esquecer o seu lado histórico.

Assim como o hábito anglo-saxão de marcar as memórias, em Georgetown , por exemplo, a mesa de Kennedy e Jackie é marcada até hoje no restô que frequentavam. Tem coisas curiosas também por sua ligação com políticos e por alguns locais históricos, como o delicioso Martin’s Tavern. Desde 1933, a casa recebe e remarca autoridades, sendo que algumas delas ganharam mesas com seus nomes, como Harry Truman e George W. Bush. Mas a mais famosa história é a da mesa em que John Kennedy pediu a mão da, até então, Jacqueline Lee Bouvier.

E como o local não é museu, o ideal é aproveitar as boas refeições no imperdível no Martin Delight: a panela de ferro vem forrada de peru fatiado sobre uma camada de torrada e coberto por molho caseiro de tomate, bacon e parmesão.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário