Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

12 de janeiro de 2018 0

A série Deu no Jornal tem continuação. Não sou a pessoa certa para um assunto tão profundo que envolve um povo, um país e uma crença como o budismo – aliás, fé, religião ou filosofia? Por isto transcrevo aqui o que escreveram Lauro Jardim e seus colegas de página no Globo no último dia do falecido 2017… que não deixou saudades.

ÉTICA E RELIGIÃO
Estranho para um líder religioso, Dalai Lama assumiu um posicionamento bastante ousado ao nomear o seu mais recente livro de “Porque ética é mais importante do que religião”. A obra, que a HarperCollins Brasil lança em fevereiro, representa uma quebra de paradigma no pensamento do mestre budista: chega a dizer que, às vezes, acha que seria melhor se não houvesse religiões. O Lama defende que a paz virá através das pessoas, que devem assumir valores éticos.

Nota: Lembro de quando fomos apresentados no Plazinha, às 5 da manhã. Presentes estavam o atual monge Aveline e o Cosmelli, budista convicto e professor de yoga. Quando chegou a minha vez, o apresentador disse, “este é o homem que esteve no Tibet”. Ele segurou a minha mão por uns longos minutos, perguntou algo das cidades visitadas, etc. Falamos uns 5 minutos, ele dispensando o intérprete falou em fluente inglês.
E no fim disse: “você conhece o meu país melhor do que eu”. É claro que nunca esqueci. Após uma palestra de uns 40 minutos deu a cada um de nós um distintivo, no qual se lia Free Tibet. Usei-o num boné durante anos, até que um dia o boné e o badget sumiram, mas não desapareceu a admiração que até hoje tenho por ele.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Bookmark and Share

Envie seu Comentário