Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Seis dias para conhecer o Rio de Janeiro (2)

29 de dezembro de 2010 3


Como havia prometido, segue a última parte do roteiro da Letícia da Silva sobre o Rio de Janeiro. Para concluir, ela lista os locais que não dá para perder, como o Jardim Botânico. Divirtam-se.

5. Pontos turísticos para visitar em seis dias:

- Corcovado: vá de manhã, prefira subir de trenzinho pela via inaugurada por Dom Pedro II ou negocie um pacote com os taxistas. Uma hora é suficiente para ficar lá em cima, tirar fotos com o Cristo Redentor e apreciar o Rio em um ângulo de quase 360 graus.

- Morro da Urca/Pão de Açúcar: suba no meio da tarde, para poder apreciar o pôr do sol quando ainda estiver lá em cima. Vai parecer mais perigoso andar no bondinho envidraçado ao escurecer, mas o céu vermelho refletido na Baía de Guanabara e o Cristo Redentor lá longe, ao fundo, formam um cenário no mínimo fotogênico.

- Forte de Copacabana: um pouco da história do Brasil está ali preservada. Também tem exposição de arte e uma filial da centenária Confeitaria Colombo (em uma caminhada de 15 minutos, passando por dentro do Parque Garota de Ipanema, chega-se ao Arpoador).

- Centro Histórico: vá acompanhado, porque há lugares bastante inseguros. Aqui ficam o Cine Odeon, o Theatro Municipal, a Câmara de Vereadores, o Museu Nacional de Belas Artes, o Paço Municipal, Acabdemia Brasileira de Letras, livrarias convidativas (algumas abrem 24 horas) e outras tantas atrações que remetem ao início da colonização do Brasil, quando o Rio era a capital federal. A matriz da Confeitaria Colombo é lindíssima! Invista um dia inteiro nesta área

- Maracanã: você vai encontrá-lo em obras até 2013, mas garanto que valerá a pena voltar ao Rio para assistir a um jogo com casa cheia. A experiência de assistir Flamengo e Santos no dia de despedida do Maracanã me levou às lágrimas. Teve até vascaíno emocionado quando as torcidas organizadas resolveram cantar juntas o hino do clube. De arrepiar! E dá para conhecer as dependências internas durante o dia, inclusive o vestiário e a tribuna de honra.

- Palácio do Catete: só o jardim já é lindo (e a visita, gratuita). Para entrar na casa onde o presidente Getúlio Vargas se suicidou, programe-se. Apesar de os folhetos de divulgação garantirem que fecha às 17h, o último visitante entra às 16h30min.

- Jardim Botânico: a pé ou a bordo de um carrinho aberto, o lugar inaugurado para Dom João VI em 1808 é impressionante. Palmeiras imperiais, cactus, bromélias e orquídeas são o básico da flora perto das 3,2 mil espécies cultivadas aqui.

- Lagoa Rodrigo de Freitas: alugue um pedalinho ou uma espécie de bicicleta para duas pessoas e divirta-se na beira da lagoa. Recarregues as energias em um dos restaurantes à luz de velas e com música ao vivo do lugar

- Pedra Bonita: o visual lá de cima, no caminho para a Pedra da Gávea, vale enfrentar até o medo de altura. E não custa nada

- Arcos da Lapa: o antigo aqueduto é bonito de dia e à noite. Se pegar o bondinho até SantaTereza durante o dia, caminhe sem pressa pelas ladeiras de pedra. À noite é perigoso

Enfim, em uma semana fazendo tudo isso que está acima não vi nenhum assalto, me arrependi apenas de não ter ido antes conhecer a cidade que é realmente maravilhosa, e voltei para casa planejando a próxima viagem a uma das cidades mais fotogênicas e com o melhor astral que já conheci. Um brinde ao Rio de Janeiro!

Comentários (3)

  • Anderson diz: 29 de dezembro de 2010

    Carioca radicado em Blumenau há quase 5 anos, recomendo também ida a Petropólis (cerca de 1 hora do Rio) para conhecer a Cidade Imperial (passeio que todo brasileiro deveria fazer pelo menos uma vez na vida, tal qual Meca para os muçulmanos).
    Entrar na Biblioteca Nacional, no Centro Cultural Banco do Brasil e no MAM tb devem fazer parte do roteiro
    Agora, dizer que teve vascaíno chorando com o hino do urubu… menos, menos.

  • Ana diz: 30 de dezembro de 2010

    Leticia!

    Acrescento ainda ao roteiro a vista Chinesa que está localizado na Floresta da Tijuca, na subida do Alto da Boa Vista. É famosa por ter um mirantes com vista espetacular da cidade do Rio de Janeiro.
    Sou de Blumenau e já fui e realmente vale a pena!

  • Clara Machado diz: 8 de janeiro de 2011

    Parabéns pelo blog!! Eu também estou procurando
    Ofertas em Brasil para ir em fevereiro, morei lá faz tempo e agora estou com saudades do Brasil!
    Clara

    Passeios Brasil

Envie seu Comentário