Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "derrota"

O maior vexame da história do Inter

15 de dezembro de 2010 35

Nada que se disser poderá consolar o torcedor colorado diante do tamanho de sua dor. O Internacional se preparou o semestre inteiro para jogar o Mundial, enfrentava um africano do Congo na semifinal e teria na suposta final uma Inter em crise. Não havia melhor script para um final feliz.

Porém, o Inter registra nesta quarta-feira o dia seguinte do maior vexame de sua vitoriosa história. Não há o que possa desculpar o time colorado na imensidão do seu nervosismo, na pasmaceira de sua atitude, no nada que foi sua imposição técnica diante de um adversário modestíssimo. Celso Roth, tão cheio de méritos na conquista da Libertadores, não conseguiu dar serenidade à sua equipe. Jogadores consagrados e experientes revelaram-se precários quando se viram diante da responsabilidade de exercer favoritismo que deles se esperava. Foi constrangedor.

O resultado de Abu Dhabi provoca uma reversão de expectativa no final de 2010 como jamais se suspeitaria. O campeão da Libertadores será lembrado mais pelo seu vexame do que pela glória. Ao mesmo tempo, o Grêmio quase rebaixado do meio do ano termina em êxtase. Os gremistas nunca sequer pediriam de Natal um fim de ano tão extraordinário.

E Kidiaba estará em campo sábado decidindo junto a seus companheiros valentes o título mundial de clubes. Com direito a todas as coreografias que conseguir inventar até lá. A África que sediou uma Copa estará representada legitimamente no concerto geral do futebol do planeta.

Triste sina

17 de junho de 2010 2

Não estão no campo as razões pelas quais a Espanha decepciona tanto seu torcedor na hora grande. Contra a Suíça, os espanhóis jogaram no formato de sempre. Tiveram muito mais posse de bola, trocaram passes para um lado e outro em busca de espaço, concluíram a gol mais de 20 vezes e…perderam. Depois que os suíços fizeram 1 a 0, o time de Del Bosque enervou-se de tal maneira que o acabamento de tudo o que criava virava precipitação, pressa, erro. O mundo todo está a dizer hoje: “Olha a Espanha aí fazendo o que sempre fez”.

Não está fora da Copa, é claro. Acredito mesmo que se classifique, o que significa um risco a mais para o Brasil na competição. Se a Espanha ficar em segundo e o Brasil em primeiro, tem cruzamento nas oitavas. Mesmo com toda fama de tremer quando precisa ser firme, a qualquer momento esta máxima para de se reproduzir. Time não falta aos espanhóis. Parece estar faltando equilíbrio emocional para suportar a pressão que decorre justamente dos seus resultados anteriores. A última derrota da Espanha havia sido na Copa das Confederações no ano passado, grave o suficiente para eliminá-la da final do torneio. Caso para divã.

Bielsa no ataque

O Chile reafirmou o estilo Bielsa de fazer futebol. Não por acaso apelidado Loco, o treinador argentino que comanda os chilenos não suporta a ideia de jogar sem a bola. Então, ataca todo o tempo possível. Contra a fraca Honduras, ganhou de 1 a 0 e poderia ter goleado. Seu poder de fogo aumentará assim que o atacante Suaso voltar de lesão. Deve assegurar uma vaga no grupo ou disputá-la de igual para igual com Suíça e Espanha.

A linha da bola

Na segunda-feira, tratei neste espaço da necessidade de que o Brasil infiltrasse jogadores que estivessem atrás da linha da bola para superar a marcação adversária. Foi exatamente assim que o time de Dunga venceu a Coreia do Norte e assim também poderá vencer adversários mais fortes.

Mais confiança

A derrota espanhola valorizou mais a vitória brasileira na estreia. Agora, contra Costa do Marfim, a angústia da primeira vez já terá dado espaço a uma confiança fundamental para fazer boa campanha. Sem mudança no time original, tenho certeza.