Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Papo furado

10 de janeiro de 2010 0

A rapadura é doce, mas não é mole, não. Os golpes aplicados de dentro dos presídios já foram mais criativos. mas eles continuam insistindo. Uma moradora de Floripa recebeu mensagem no celular dizendo que ganhou um prêmio de uma emissora de televisão. O texto vinha do número (85) 8728-4977 e, no próprio corpo, pedia que o candidato à vítima telefonasse para (85) 9140.8578. O prefixo é de Fortaleza, capital do Ceará.
O Visor, por curiosidade, ligou para o primeiro número. Um homem atendeu e se identificou como funcionário da central da emissora. O som de outros homens conversando ao fundo era nítido. Ao ser questionado se era golpe, desligou na hora. Minutos depois, nova ligação e a mesma voz atendeu. Perguntado novamente, disparou alguns palavrões. Mas admitiu, rapidamente, que fazia isso para matar o tempo na prisão. Em seguida, desligou novamente. E não mais atendeu. Ah, o segundo número sequer aceitou a chamada.

comentários

Envie seu Comentário