Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dívida milionária

10 de fevereiro de 2010 0

Um pedido de vista do desembargador Sérgio Roberto Baasch Luz,  ontem à tarde, suspendeu temporariamente o julgamento da ação em que a prefeitura de Chapecó pretende reverter a condenação ao pagamento de indenização de R$ 18 milhões à Inepar. A discussão é sobre um contrato de empreitada global firmado em 1986 entre a prefeitura e a empresa.
A Inepar garante que executou os serviços e não recebeu. A prefeitura contesta e afirma que várias irregularidades foram registradas. No momento em que foi suspenso, o julgamento estava empatado, com quatro votos favoráveis para cada lado. Restam mais quatro magistrados para se manifestarem. A matéria deve retornar à pauta do TJ no dia 10 de março.

comentários

Envie seu Comentário