Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Policial Civil é preso e espancado por PMs

30 de abril de 2010 129

Os agentes da Polícia Civil da Capital estão em pé de guerra com a PM. Uma suposta abordagem corriqueira de uma viatura do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), nas imediações do Shopping Itaguaçu, em São José, hoje ao meio-dia, desencadeou o que pode ser uma das maiores crises entre as duas instituições.
O agente da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) estava na frente de sua casa, junto com a filha de quatro anos, esperando transporte escolar da menina. Foi quando viu uma abordagem da viatura do PPT a um motoqueiro, cerca de 50 metros da sua casa. Na versão do policial,  ele teria aguardado a PM liberar o motoqueiro, um conhecido seu, para ir conversar. Ao se aproximar, a viatura teria feito uma manobra brusca e retornado até eles. Foi quando cabo da PM teria dito:
— O que foi, vai andando, vagabundo.

—  Não vou andar, não estou fazendo nada de errado.
Neste instante, outro PM, segundo versão da Polícia Militar, avisou:

— Ele está armado.

Imediatamente, ele foi rendido e jogado no chão, quando se identificou ser policial. Mesmo assim, os PMs teriam o agredido e o jogaram na gaiola da viatura, depois de forçar bastante o seu braço. Foi quando ele conseguiu, via celular, mandar uma mensagem de texto para a Deic. O agente foi levado para o 22º Batalhão da PM, no Bairro Monte Cristo, em Florianópolis. Somente foi liberado com a chegada do diretor da Deic, delegado Cláudio Monteiro.

O agente fez exame de corpo de delito, no IGP e registrou um boletim de ocorrência. Monteiro diz que vai elaborar um relatório, minucioso, para encaminhar à cúpula da Segurança Pública, mas não esconde a indignação com a forma de tratamento dada ao seu agente.

— Se fazem isto com um policial, o que não fazem com um cidadão comum. Somos parceiros da PM, mas esta atitude vai deixar marcas.

A assessoria de comunicação da PM diz que fez a abordagem porque percebeu o homem armado, que não teria se identificado como policial. E o levou para o quartel para confirmar a identificação. O secretário de Estado da Ssegurança Pública, André Mendes, já determinou abertura de uma sindicância e promete punir, exemplarmente, os envolvidos. Vamos aguardar.

comentários

Comentários (129)

  • Fernando diz: 30 de abril de 2010

    Agora é um Policial Civil dando carteiraço, ou seja, procuradora de justiça e outros que por ocuparem cargos públicos pagos pela sociedade, e que tem os mesmos deveres e direitos, se metem no serviço de policias que apenas estavam fazendo o seu serviço. Vão criar vergonha e vão produzir para os catarinense seus hipocritas!

  • Fernando diz: 30 de abril de 2010

    Parece que os Policiais militares não aprende, ou seja, Procuradora de justiça, Policial civil, politicos, autoridades diversas são diferentes do resto da população e merecem tratamento diferente. O povo sim, que não tem direito nenhum e tem que cumprir as leis. E quando em ocorrencia os PM se depararem com determinados grupos da sociedade, eles tem que serem liberados!

  • Zé diz: 30 de abril de 2010

    Pois é uma vergonha,

    tanto ladrão na rua…

    E policia brigando com policia…

    Que cosa seu

  • FARLEY diz: 30 de abril de 2010

    NINGUEM IRIA COLOCAR UMA CARREIRA EM RISCO TAO FACIL ASSIM, EM SE TRATANDO DESSES BADERNEIROS DA PC, COM CERTEZA ESSE INDIVIDUO NAO SE IDENTIFICOU, QUERENDO GERAR UM CONFLITO ENTRE AS INSTITUIÇOES, E ASSIM EM TODS OS ESTADOS, PARECE QUE ESSES CARAS POR TEREM A AUTORIDADE POLICIAL AO SEU LADO, E NENHUM REGULAMENTO QUE OS CONDUZA, SE SENTEM ACIMA DO BEM E DO MAU.

  • Fabrício Santos diz: 30 de abril de 2010

    Parabéns à RBS!
    Textos cada vez melhores escritos!

    Ótima redação!

  • Luciano diz: 30 de abril de 2010

    Levar para o quartel para identificar? Esse procedimento não é necessário, pode ser por celular ou UHT, isso só é feito para agressão física longe de testemunhas ou imagens que em público ficariam expostos os PMs agressores. E ainda falam em juntar as Polícias Civis e Militar no nosso Estado, quem vai mandar numa Delegacia? Uma PM violenta, que nem sequer admite os próprios erros, ou a pequena e mais bem preparada Polícia Civil do País?

  • Antonio diz: 30 de abril de 2010

    Este tipo de atitude é uma vergonha para qualquer instituição policial.
    Aliás, para que serve este tal de PPT da PM? Somente para cometer este tipo de covardia.
    Sempre em bando so fazem “dar porrada”.
    Bando é de corvardes. Por isso são mal visto pela maioria dos policiais militares.
    E como bons covardes, não são capazes de assumirem seu atos truculentos e acham que engam a opinião pública com mentiras ridículas.
    Como é que foi desta vez? Não torturam o policial civil com choques da Taser, porque? Não é costume do PPT???
    Mas talvez a falta de vergonha maior seja o Comandante Geral da PM em não extinguir uma unidade dessas do tipo PPT, pois não trazem nenhum benefício para sociedade. Querem ser a elite da PM, mas na realidade e são mal treinados e sem nenhum preparo moral.
    Ribeiro, que vergonha! Tu que é um lutador de juijitsu, fazer uma coisa dessas?
    Mas todos sabem que esse é o modo de agir do PPT, não é?
    Agredir um guri correto, um investigador policial de primeira? Tu é uma verganha mesmo.
    Tu tem que ser é expulso da polícia militar e preso, pois ages como um marginal violento.
    Tu é que és um marginal de farda.

  • Menino diz: 30 de abril de 2010

    Mada mais nada menos que ABUSO DE AUTORIDADE.(primeiro atiro depois pergunto)
    Mancham a farda da instituição como casos assim.

  • Vinicius Niehues Filgueiras diz: 30 de abril de 2010

    Bom, não é de hoje que esta richa vem acontecendo, e o engraçado e que, quem sempre esta do lado agressor seja a policia militar, no ano passado um episódio parecido aconteceu com PM’S na cidade de Imbituba quando os soldados espancaram e torturaram o Delegado Cezar Augusto, sendo que o delegado também ficou por algumas horas em cárcere privado na antiga companhia da PM na cidade de Imbituba, o engraçado e que isso aconteceu novamente.Como que os pm’s levam o policial civil para ao BPM, o que se vai fazer dentro de um batalhão da policia militar? Lavrar um flagrante? Ou fazer algum procedimento? Não, então porque razão levar o policial para uma sede militar? O procedimento era levar o policial até uma delegacia ou até mesmo ao DEIC para ser feito o reconhecimento do policial, mas como viram que cometeram algo muito errado foram direto ao BPM, onde lá haveria oficiais, que trabalham apenas no período vespertino e ainda ganham o equivalente a uma Autoridade Policial o qual trabalha muito mais e ainda tem muito mais responsabilidade, e que iriam passar a mão na cabeça e que iriam tentar mascarar o que foi a verdade, pois isso e que sempre acontece dentro da PM, os soldados fazem os atos errôneos e o oficialato encobre e passa a mão na cabeça, só uma desmilitarização da policia é que vai fazer com que esses atos inconstitucionais acontecerem. VERGONHA, VERGONHA.

  • Camila Sagioratto diz: 30 de abril de 2010

    Não vivemos mais no período da Ditadura Militar. Levar qualquer cidadão para dentro de um quartel é algo totalmente ilegal. Quanto a identificação, pode ser feita através de contato via rádio ou telefone com a base da PM. No que tange as agressões, concordo como Delegado, pois se fazem isso com um policial (como já fizeram com uma desembargadora) o que resta ao cidadão comum! A lei que trata do crime de abuso de autoridade deve ser usada em seus rigores. Vamos esperar para ver!

  • Daniel Ramos de Oliveira diz: 30 de abril de 2010

    Essa fala do Delegado da DEIC:”Somos parceiros da PM, mas esta atitude vai deixar marcas.”,me preocupa,espero que a Guerra entre a PM e a PC,não chegue ao nivel,que chegou em São Paulo,no qual chegou a ter uma guerra nas ruas.
    Os homens do PPT agiram errado,agiram!Mas o Policial Civil tambem agiu errado de uma certa forma,pra que ele foi falar com os PM’s?E ainda armado?Me desculpa,ele agiu errado,e dai que era um conhecido dele?Ele não foi aborbodado e liberado logo após?
    E outra,a PM faz muito mais coisa do que a Policia Civil pra a sociedade,é a PM que está todo o dia nas ruas,protegendo 24 horas por dia a sociedade,a Civil simplesmente faz as investigações e prende.

  • Matheus diz: 30 de abril de 2010

    Não é de hoje que a Polícia Militar faz intriga com a Polícia Civil…

  • ASDRUBAL diz: 30 de abril de 2010

    A cúpula da Policia Civil, deve exigir uma posição do nobre secretário da seg. publica, do MP e do judicário sobre a legalidade da PM conduzir pessoas para o interior dos quartéis para interrogar, sob o argumento de confirmar identificação. Se não for tomada uma providência drástica e colocar um freio nas arbitrariedades, desvios de função e arrogancia da Policia Militar a situação vai piorar. Se tratam um policial civil desta forma, imgine como devem tratar um cidadão pobre. Vejam os exemplos ocorridos recentemente em São Paulo onde um dos interrogados foi espancado dentro de um quartel e morreu e outro estava sendo espancado quando a familia chegou e talvez impediu que também fosse morto por PMs. Ainda é tempo do sec. se posicionar para evitar problemas futuros, envolvendo a combalida, desorientada, truculenta e protegida policia militar.

  • Ale diz: 30 de abril de 2010

    Mais é exatamente oque fazem com os cidadãos normais. Eles abordam, agridem, humilham,… e por ai vai.
    Esse filme a gente vê pelas ruas nas abordagens.
    Quantos apanham e são ameaçados por quem deveriam nos proteger.
    Só que dessa vez se deram mal, pegaram um semelhante a eles.

  • carlos alberto alves diz: 30 de abril de 2010

    Depois , todo mundo meteu o “pau” na desembargadora.
    Olha o que fazem este pessoal despreparado, com raiva do trabalho, sem motivação, salários baixos.

  • Rodrigo diz: 30 de abril de 2010

    Não é de hoje que bato nessa tecla, esses “vagabundos” da PTT (posso chamar assim, já que eles chamam os outros dessa forma), ficam botando lenha na fogueira. A coisa já não tá boa, o serviço deles que é para eles fazerem não fazem e quando resolvem fazer algo só fazem presepada.

  • Rodrigo diz: 30 de abril de 2010

    Levaram para o quartel para posterior identificação??? Que piada, por um acaso na viatura da PTT não tem rádio? Por um acaso antes de identificar qualquer pessoa é padrão sair dando porrada, algemando e botando no camburão? Pessoas detidas devem ser encaminhadas para a Delegacia e não para um batalhão! Há tempos a PM e seus grupamentos vem usurpando funções de outros setores da segurança e abusando da autoridade que lhe é denegada. Enquanto isso o comando geral e o próprio governo ficam fazendo vista grossa. Daqui a pouco estoura uma briga grande entre as Políciais, aí o resultado vai ser o que? Policiais demitidos e alguns mortos?

  • Alexandre diz: 30 de abril de 2010

    Prepotencia e Arrogancia X Arrogancia e Prepotencia.

  • Ferdinando diz: 30 de abril de 2010

    Esta policia é paga com os nosso impostos, portanto devem servir a população, serviço este regido pelas leis, agora gostaria de saber o que o secretario de justiça vai fazer a respeito? A punição deve ser exemplar.
    Fica um alerta se voce for abordado por uma guarnição PTT (Deus) e quer continuar a viver obedeça e reze.

  • Karen Santos diz: 30 de abril de 2010

    Infelizmente não é apenas com policiais civis que os PMs têm sido violentos ultimamente. Além dos contudentes casos de violências noticiados, diariamente, em São Paulo, basta conversar com moradores dos Bairros Tabuleiro e Monte Alegre, em Camboriú/SC, para se verificar o despreparo desses Servidores Públicos. Rebebi testemunhos da abordagem de um jovem com problemas de retardo mental, que ficou completamente transtornado após escutar depois de, veementemente, revistado: “chispa daqui correndo, senão vai tomar um tiro nas costas”. Sei que os policiais são, de modo geral, mal remunerados. Contudo, a sociedade não pode arcar com esse desvalor da atuação policial, principalmente porque o pouco que é pago é fruto da contribuição de cada cidadão na manutenção do Estado Democrático de Direito constituinte da República Federativa do Brasil.

  • lucas diz: 30 de abril de 2010

    A PC, TODOS SABEM QUE SAO UM BANDO DE LADRAO, SAO BANDIDOS QUE JOGAO COM BANDIDOS, QUEM TOMA DINHEIRO DE BANDIDO, BANDIDO É. TODOS SABEM QUE A PC É UMA CORPORAÇÃO DE LADRAO, UMA POLICIA FEITA DE PURO BANDIDO, UM PIOR QUE O OUTRO. A PM TEM DE CHEGA O BAMU NELES MESMO, BANDO DE FILHA DA PUTAS

  • sebastiao cardoso diz: 30 de abril de 2010

    Atitudes destas naturezas estamos acostumados a atender diariamente nas delegacias, quando miseraveis chegam quebrados em nome da ordem, ou seja por desacato as otoridades, onde invadem residencias cobram respeito mas se quer sabem suas obrigações, espero que o novo secretario tome ciencia e no minimo tente a dar um basta nesta covardia.

  • Eustáquio Gomerindo diz: 30 de abril de 2010

    Deram esse destaque todo porque era um policial civil e se fosse um cidadão comum, que paga impostos, que paga o salário destes ‘senhores’ e não tem direito algum quando é abordado na rua, sem motivos? Tanto faz se é PM ,PC ou smurf, todos pertencem a mesma cepa q não produz riqueza alguma p/ o país, pelo contrário, só consome.

  • Edemilson diz: 30 de abril de 2010

    O fato é que enquanto PM e PC ficam na sua guerra de egos, nós ficamos reféns da bandidagem. Agora, Recorrer a quem? A bandidagem é que deve esta adorando esta historia. E nós cidadãos comuns cada vez mais inseguros e a mercê da dabandidagem.

  • gilberto Nuernberg diz: 30 de abril de 2010

    Tanto PM’s quanto Policiais Civis deveriam apanhar uma surra da população que está cansada destes arrogantes e despreparados “(des)servidores públicos.Enquanto a Pm se limita a fazer blitz de transito e bater em inocentes,a civil não faz porcaria nenhuma,a não ser BO.Vão trabalhar em prol da população cambada de vadios e vagabundos.

  • Jaci diz: 30 de abril de 2010

    Será que o policial civil se identificou mesmo? Provavelmente não. Mas isso não vem ao caso. O que ocorreu hj foi mais uma demonstração dos abusos cometidos por policiais militares insuflados por comandantes que buscam holofotes. O resultado a qualquer custo! Entram em casas sem mandado, conduzem pessoas p/ os quartéis, obrigam a fazer bafômetro, etc… Ainda espero (sentado) o dia em que os vértices do triângulo da Justiça abram os olhos sobre o que vem acontecendo…
    Estamos em Cuba para que militares conduzam cidadãos p/ porões de quartéis??? Pq não levaram o ‘vagabundo’ armado com a identidade sem confirmação para uma delegacia, perante uma autoridade policial de fato e de direito, onde um promotor tem acesso irrestrito, onde um advogado pode assistir seu cliente de acordo com a lei, onde um juiz tem franco acesso a qualquer hora do dia???

  • Antonio diz: 30 de abril de 2010

    O negócio é fazer como o mundo inteiro faz:
    Polícia só existe uma: a judiciária.
    Tem que acabar com a Polícia Militar. Desmilitarizar a Polícia. Democracia.
    Aproveitar os policiais militares que prestam e transformá-los em investigadores de verdade, que é quem realmente prende bandido.
    Alguma dúvida do porquê que a PM quer fazer investigação, P2, etc??
    Parar de fazer quartel para cabide de emprego de oficiais que não fazem nada. Só massacram os soldados e dão risada da cara do povo e na imprensa posam de bons moços.
    Bando de cacos.
    Pergunto: alguém sabe dizer em qual outro país no mundo existe polícia militar além do Brasil?
    Militarismo é para o Exército e não para polícia que lida com sociedade.

  • gilberto Nuernberg diz: 30 de abril de 2010

    Vcs já viram a PM fazendo blitz na rua dos operários em São josé?? Ou no Caminho Novo,em Palhoça,onde crianças e adolescentes traficam e usam drogas no meio da rua?Eu nunca.Ora bolas gente,vamos atras de bandidos.Parem de ser covardes.Passear de viatura deve ser muito bom,não é mesmo?

  • Fábio diz: 30 de abril de 2010

    Pessoal, vamos deixar nossas diferenças de lado e lutar juntos por uma polícia melhor. O que o governo quer é nos colocar uns contra os outros. Muitas pessoas que fizeram comentários irresponsáveis aí em cima não sabem nada de polícia, pois, não pertencem à mesma. Tem que unificar a polícia sim. Vai resolver os nossos problemas.

  • gilberto Nuernberg diz: 30 de abril de 2010

    A linha que divide policiais de bandidos é muito tênue.

  • Ferdinando diz: 30 de abril de 2010

    Pelo que notei tem muito PM comentando o fato aqui, e tentando sujar a imgem da policia civil que usa a INTELIGENCIA para resolver crimes, isto a PM deveria aprender usar. A DITADURA ACABOU. Senhor secretario de justiça avise isto a PM.

  • Marisa lemos diz: 30 de abril de 2010

    Imagina esses filhos da mae, ordinarios covardes sem amor a patria fazem isso com o seu semelhantes entres aspas, o que fazem com um simples cidadao de bem um pai e familia q tem medo de sair de casa para levar os filhos no parquinho, pois hoje em dia temos q te medo e da policia Militar e nao dos bandidos.
    Nos população temos q nos revoltar e fazer acabar com esses sem vergonha, vagabundos desses policiais militares.

  • Judia diz: 30 de abril de 2010

    Nossa!!! esses são os policiais bem preparados que temos para nos defender? São verdadeiros bandidos fardados, isso sim! E o pior, são bandidos treinados, escondidos atrás de uma farda. Acham que podem fazer o que querem porque usam farda, bem disse o Delegado: “se fazem isso com um policial o que não fazem com um cidadão comum”. Será esse o treinamento que recebem? Primeiro agridem, depois identificam? Espero que as autoridades competentes, as “Corregedorias” tomem uma atitude!!!

  • claudia diz: 30 de abril de 2010

    Atitudes destas naturezas estamos acostumados a atender diariamente nas delegacias, quando miseraveis chegam quebrados em nome da ordem, ou seja por desacato as outoridades, onde invadem residencias cobram respeito mas se quer sabem suas obrigações, espero que o novo secretario tome ciencia e no minimo tente a dar um basta nesta covardia. Pq principalmente estes policiail mais novos como do PPT E BOPE. SE ACHAM SEMPRE OS GOSTOSOS.

  • Ricardo diz: 30 de abril de 2010

    Falasse tudo Daniel Ramos de Oliveira. Simples e preciso

  • Pedro Joaquim Cardoso diz: 1 de maio de 2010

    Na condição de Presidente do SINPOL-SC, sem entrar no mérito da questão, até porque não conheço os fatos com maiores detalhes, quero manifestar, em nome da Categoria dos Honrados e Dignos Policiais Civis Catarinenses, o nosso veemente repúdío contra a Guarnição da Polícia Militar autores dessa arbitrariadede. Sabemos que se trata de uma minoria mas são atos dessa natureza que maculam a nossa imagem e nos deixa em débito com a sociedade. Esperamos que as autoridades a quem compete esclarecer esses fatos, tomem as devidas providência e seja dado o tratamento que a situação merece.
    O SINPOL-SC solidariza-se com o Colega Policial Civil e colaca a Assessoria do Sindicato a disposição para que o Colega possa garantir o seu sagrado direito de defesa visando a prevalência da verdade e da justiça.

  • Carlos diz: 1 de maio de 2010

    Claudio Monteiro é um cara sensato.
    O problema é PM achar que é deus.

  • Joao diz: 1 de maio de 2010

    Sou PM E acho que as duas partes estão erradas. Primeiro que ninguém é vagabundo até que se prove o contrário e segundo, o Polícial Civil poderia ter se identificado, até mesmo por que ele sabe a dificuldade que é para trabalhar na rua com os crimes contra a PM que é a policía fardada e que estão acontecendo. A PM errou, porem nosso amigo poderia entender que a rua é muito mais perigosa que uma Delegacia. O Detalhe é que ele não iria levar uma geral se a arma não aparecesse de forma explicita.

    Espero que esse caso não vire uma polêmica que separe as duas instituições, pois A EDUCAÇÃO e a SAÚDE já não estão funcionando direito e se a armonia entre essas duas intituições acabar por causa de 3 ou 4 pessoas que não tem bom senso, não sabemos onde vamos parar.

  • Vinicius diz: 1 de maio de 2010

    Bom Daniel Ramos de Oliveira, acho que você não esta muito interado sobre o assunto policia, para começar o policial civil estava armado porque além de ele ser policial e poder andar armado porque sua funcional autoriza, ele quando sai da ACADEPOL já sai com uma arma cautelada, bom na reportagem diz que “Ao se aproximar, a viatura teria feito uma manobra brusca e retornado até eles”, então a policia militar já tinha acabado de efetuar o procedimento quando então voltou e acabou fazendo esta barbárie. No que falaste sobre “PM faz muito mais coisa do que a Policia Civil pra a sociedade, é a PM que está todo o dia nas ruas, protegendo 24 horas por dia a sociedade, a Civil simplesmente faz as investigações e prende”, bom digo novamente que você não sabe muita coisa, pois é isso que esta clara na nossa constituição a policia militar faz a parte ostensiva, ou seja, faz a prevenção dos crimes, enquanto a policia civil age quando o crime já aconteceu, posso dizer que a policia civil age no desleixo da PM.

  • Joquinha diz: 1 de maio de 2010

    Quanta besteira? Fomos testemunha hoje de uma verdadeira tortura contra um policial civil. Se essa tal guarnição do PPT faz isso contra um policial imaginem o que fazem para cidadãos comuns. E essa guarnição do soldado RIBEIRO já tem um grande histórico de abuso de autoridade. Segundo relatos de amigos que presenciaram a abordagem, o policial civil juntamente com sua esposa e filha de 4 anos estavam saindo da casa de sua sogra quando perceberam o PPt abordando um rapaz com uma moto. Após a abordagem, e quando a guarnição do PPT já estava indo embora e estava no final da rua. O policial civil foi ate o rapaz abordado, pois se tratar de um conhecido, trabalhador, sem passagem alguma pela policia, para perguntar o motivo da abordagem, quando a guarnição deu a ré em alta velocidade e perguntou o que o policial civil estava fazendo ali, ele respondeu que só estava conversando com o amigo. Então os PMS falaram “te arranca daqui”. O Policial civil disse novamente que estava conversando com seu amigo e a guarnição falou novamente para ele “te arranca daqui e vaza para tua casa. O policial civil disse que não iria, pois não estava fazendo nada de errado. Então os PMS saíram da viatura, momento este QUE O POLICIAL CIVIL SE IDENTIFICOU, mesmo assim deram um mata leão nele e o jogaram no chão. O tal soldado RIBEIRO ficou com o joelho encima da cabeça do policia civil deitado no chão. A esposa do policial civil disse que ele era policia civil, trabalhava no DEIC e estava com sua carteira funcional no bolso, era só eles verificarem. Mesmo assim o tal do PM já mencionado acima forçava o braço do civil e forçava o joelho com forca a cabeça do mesmo no chão, dizendo “então vc é policial civil é? trabalha na DEIC? na frente de sua filha de 4 anos e de toda vizinhança. Apos levaram-no dentro cachorreira da blaser. TEM É QUE EXPULSAR ESSES POLICIAIS DESIQUILIBRADOS DA CORPORAÇÃO.

  • Heverson Santos diz: 1 de maio de 2010

    Levar para o quaretel? Ué, não teria que ser levado para a Delegacia mais próxima? Pelo que eu entendo, teria sim. Essa é a PM de SC.

  • indignada diz: 1 de maio de 2010

    Eu moro bem proximo ao local onde ocorreram os fatos e testemunhei toda a ação do PPT, desde a abordagem ao rapaz da moto na qual já foram extremamente truculentos com o jovem. E, após liberarem o motociclista aos gritos de te arranca daqui, deixaram o local, neste momento já haviam alguns curiosos no local e instantes depois outro jovem se aproximou do motociclista, acompanhado de uma moça e uma criança, e perguntou se estava tudo bem, foi quando sem explicação alguma a viatura retornou ao local indagando o segundo rapaz novamente com truculencia sobre o que ele estava fazendo ali, e este de forma bastante educada disse apenas que estava conversando com o rapaz, momento que o policial do PPT disse ao rapaz “então te arranca daqui” e o jovem respondeu eu só estou conversando com ele não estou fazendo nada de errado, momento que o pm respondeu “te arranca que eu estou mandado” e o jovem com calma respondeu “vc nao tem o direito de fazer isto e eu nao vou embora”, o policial do PPT respondeu algo que nao pude ouvir e em seguida todos desceram da viatura, momento em que o jovem levantando os braços pediu calma ao policiais militares dizendo tbm ser policial, então a barbárie começou, após aplicarem um estrangulamento no policial civil o jogaram no chão torcendo o seu braço e ajoelhando sobre seu corpo, enquanto o jovem repetia as palavras que ainda estão na minha cabeça, “por favor eu sou policial tbm tu vai quebrar o meu braço”, “minha filha esta vendo, pelo amor de Deus vcs estão assustando minha filha”, uma verdadeira demonstração de desiquilibrio e despreparo por parte dos policiais militares. Após deixarem o policial nesta nefasta situação por vários minutos, enquanto um dos policiais berrava para os outros pegarem algemas, e não as encontravam, o colocaram no camburão e o levaram. Em conversa com a moça que soube ser esposa do PC esta disse que eles foram ver se o motociclista precisava de ajuda, pois este havia perdido a mãe recentemente e como tbm era seu primo, foram verificar se o rapaz estava bem. De toda essa barbarie pra mim o que mais me chocou foi a menina, filha do policial civil, gritando papai enquanto seu pai era praticamente torturado em sua frente. LAMENTÁVEL.

  • Paulo Pennaforte diz: 1 de maio de 2010

    Prezado Rafael, o comentário do leitor Lucas [30 de abril de 2010 às 23:02] está totalmente em desacordo com os termos e condições do Visor. Exijo sua retirada; aliás, nem deveria ter sido admitido e publicado.

  • Paulo Pennaforte diz: 1 de maio de 2010

    Eu estou debatendo há dias o caso da Desembargadora, alertando as pessoas de que ela não deu carteiraço, apenas se defendeu das agressões verbais e da iminente agressão física. O certo é que esta nossa PM não serve para nada a não ser agredir a cidadania. Na hora de enfrentar a turma de cachaceiros da Farra do Boi, por exemplo, eles se acovardam. Só são muito valentes quando é para bater em aposentado, professor ou estudante. Já passou da hora de acabar com esses truculentos ignorantes, herança da Ditadura. Polícia para cuidar de civis tem que ser igualmente Civil. Essa PM só serve para Coronéis picaretas mamarem nas tetas do Poder Público.

  • Eujasabia diz: 1 de maio de 2010

    LEGAL, gostei da reportage.só assim a gente dezabafa um pouco.e cada um puxa braza pro seu assado.Mesmo sabendo q a policia é o saco de pancada da sociedade, os politicos é o saco de piadas, a igreja continua errando,e não muda nada,na educação o prefessor tem q engolir a historia do Brasil e repassar aos seus alunos( policia,politicos,igreja,sociedade como um todo..)eu diria; PolicialC. Mitinga. com certeza é mais um daqueles q pensa q sempre ele é q tá certo…não respeitou sua profria familia,com certeza, o motoqueiro nunca havia visto antes e na hora já era seu amigo,se por acaso identificou-se é mais um motivo para um atrito PCxPM. talves ele quizesse infiltrasse, no serviço da PM, se foi?levou por merecer;–obs-já tão testemunhando a favor da procuradora;esse era meu diiizabafo….

  • Clen diz: 1 de maio de 2010

    Tá claro o que está acontecendo. A PM está oprimindo a PC. Tenho certeza que se o caso fosse inverso, se fosse a Policia Civil que tivesse espancado covardemente o Militar o deixado como um “Preso” numa situação de perigo real e seriamente constrangido e humilhado, esse militares estariam agora tramando uma revanche, pois como visto acreditam em justiça com as próprias mãos.

  • Luiz diz: 1 de maio de 2010

    E dessa vez os PMs não filmaram a ação? Por que será?

  • Eujasabia. diz: 1 de maio de 2010

    Parabens a todos os policiais,todos os trabalhadores, independente da categoraia, mas q se estão nas ruas, ou nas delegacias ou nos quarteis,é porque estão fazendo o melhor de si para a sociedade.Pois não éfacil policiar e ser policiado, diante das leis fragil q aparentam estar sempre do lado de quem tem poder aquisitivo.parabens a todos nós q lutamos por uma sociedade melhor, mais humama e mais segura…vamos começar o 1º de maio pensando em construir ,viver o presente do bem, a vida é tão curta, pra se preocupar em fazer o mal. A reconciliação ainda é o melhor caminho, está acima de qualquer lei humana.

  • Fábio diz: 1 de maio de 2010

    Se for como o Joquinha falou esse tal de Ribeiro e seus comparças merecem uma carcada! Devem se achar os machões atrás da farda, saem dando porrada em todo mundo. Agora agir com razoabilidade e racionalidade não sabem, esquecem que a polícia está ali para SERVIR a coletividade e não BATER! Todos são inocentes até que se prove o contrário, por esse motivo a abordagem deve ser condizente, coisa que não parece estar acontecendo. Que se faça justiça e esse caso sirva de exemplo para os demais machões de farda.

  • leonardo fernandes diz: 1 de maio de 2010

    Deixem de ser ipócritas a maioria dos cidadãos de bem tem medo da civil e não falam porque? policia de verdade é policia militar está 24 horas nas ruas trabalhando, combatendo o crime, enfrentando bandido. atitudes ilegais eu também aceito e nem aprovo, porém sou realista policiais civis não são santos como muito aqui estão quernedo imprimir. Policial Militar que comete abusos tem que ser responsabilizados com todo rigor da lei. Mais uma coisa temos que tirar o chapel os militares são corajosos os homens é o bicho , enfrentar
    bandito todos os dias que nem esse pessoal da PM ta pra existir.O brasileiro não gosta da PM sabe porque o Brasil é o país do “jeitinho” se ele é pego no crime ele vai preso não tem conversa .PCs não hajam que nem bandidos pra imprencionar porque PM não tem medo de bandido.

  • Ezequiel diz: 1 de maio de 2010

    Essa PM é uma vergonha mesmo ! Demissão a esta guarnição ! Mais um desserviço da PM de SC, cada vez tão se afundando mais ! Ninguém mais aguenta esta PM de SC ! Provavelmente iriam bater na desembargadora e ela teve que se identificar para não “levar um mata leão e ir no camburão”…só mostrarão uma parte da “filmagem”….essa PM não tem jeito mesmo….vão estudar para virar policial civil ou federal !

  • Vicente diz: 1 de maio de 2010

    Bobagens, foi apenas um fato absolutamente isolado e não macula em nada a PM. E os cidadãos catarinenses deveriam dar graças a Deus que os PMs utilizam-se de “ilicitudes” para combater os marginais, porque se dependêssemos das leis federais, que infelizmente incidem sobre Santa Catarina, mesmo esta sendo um Estado teoricamente autônomo, estariamos todos ferrados!

    A Polícia Militar é que faz o grosso! Os Policiais Civis deveriam parar de coçar o saco e TRABALHAR, haja vista a quantidade de investigações inconcluídas!

    E na minha singela opinião, tem sim que levar o marginal para o Quartel e tirar as devidas satisfações (uma camassada de pau é pouco), só assim pro meliante ser devidamente interrogado. ORA, a PM com o seu trabalho exemplar prende os vagabundos para, posteriormente, seram mal interrogados pelos Policiais Civis e soltos por causa da mediocridade das leis! Faça-me o favor!

    E vocês deveriam reclamar com a Governo Federal, se Santa Catarina recebesse um aporte de verbas compatível com que arrecada em impostos, sem sombra de duvida o Estado teria mais dinheiro em caixa e seria muito melhor gerido. E os policias teriam salários melhores… o problema é que o Nordeste e Norte roubam o nosso dinheiro, deveríamos lutar para reverter esta situação…

  • Paulo Gonçalves diz: 1 de maio de 2010

    Em dezembro de 2002 aconteceu algo bem parecido comigo. Estava chegando de fronte a Igreja na Praça XV quando três carros da PM e mais duas Motos cercaram a calçada entre a Igreja e o BB. No total uns 8 PMs para retirar uns 5 automóveis que estavam estacionados
    sobre a calçada. Passando por ali comentei com mulher …”- Olha o aparato que eles usam para retirar carros de cima da calçada…”. Foi qdo dois deles se paroximaram de nós e disseram exatamente isso…- Andando, andando….. ao que respondi … – não tenho pressa e o espaço é publico…. – e eles …- Parece que tu não gostou, vai querer reclamar ? Pois bem, para resumir, me acompanharam enquanto o descia pela Rua Anita e eu tentando não chegar perto do meu carro pois com certeza sofreria represálias. Naquele momento me deu a impressão que a DITADURA TINHA VOLTADO. Aqueles que teoricamente deveriam nos proteger, estavam ali ameaçando um casal, que, por ajudar a par seus salários, tem direito de discordar da forma como agem, qdo o fazem acintosa e temerariamente. É isso sr. secretário de segurança. Quer ver o caráter de um homem ?. DE PARA ELE UMA ARMA E UMA FARDA.

  • Gabriel diz: 1 de maio de 2010

    Esse policial civil deve possuir qualidades muito acima da média do resto de todos os policiais e de todos os cidadãos catarinenses, pois sair da Acadepol e já estar no DEIC, e ganhar uma matéria na imprensa com essa repercussão, com ênfase chegando a discussão institucional por parte de uma atitude errônea dos policiais militares é o fim mesmo.

    Começo a acreditar que existem interesses difusos sendo mascarados através de discursos sociais usando-se da imprensa. Que se puna quem comete o ilícito e que este padrão de procedimento seja para todos os cidadões.

    O corporativismo nesse nível não pode ser mais aceito, este tópico é mais um exemplo de como ele existe e como a sociedade é prejudicada.

  • lka diz: 1 de maio de 2010

    é por isso que eu digo eu tenho mais medo da policia do que dos bandido , pois tem muito policial despreparado. e vc não sabe o que eles vaõ fazer contigo na abordagem . eles acham q so porq tem uma farda e um revolver pode mandar na gente . com uma polica dessa socorrooooooooooooo que a sorte nos acompanhe

  • Jean diz: 1 de maio de 2010

    Polícia Civil pra mim é igual a bandido…cheio de enrolão uma cambada de vagabundo que não serve pra nada…inquérito? qualquer um faz…o promotor não é obrigado a aceitar mesmo….se quiser ele faz o dele….vão pastar….já deveria ter acabado….

  • Eduardo Lemos diz: 1 de maio de 2010

    Essa PPT deu uma geral em um soldado da Base Aérea em barreiros e ainda se acharam no direito de “roubar” o seu celular.

  • Filha de Pescador diz: 1 de maio de 2010

    Lembram dos idosos que fizeram uma passeata em cima da ponte? Eles foram espancados.

  • Jean diz: 1 de maio de 2010

    e a versão da PM’s cade?…é uma coluna bem vagabunda essa mesmo….coisas de RBS mesmo…só pra alienado que tem merda na cabeça

  • Leonardo diz: 1 de maio de 2010

    Confesso que lendo esse post não consegui sentir indignação ou raiva, senti MEDO!
    Levar alguém a um quartel da PM para verificar a identificação? Meu Deus, voltamos à ditadura militar! Fico imaginando o que aconteceria a este Policial Civil se o diretor da DEIC não chega ao local! O que esses policiais militares tinham em mente ao levá-lo aos porões de um batalhão de polícia? E se fosse qualquer um de nós, “simples mortais”, portando somente uma carteira de identidade no bolso? É melhor nem pensar! Até quando a polícia militar vai agir ao arrepio da Constituição? Abusando de seu poder e extrapolando suas funções?

    Amigos, essa semana já tivemos um exemplo em SP, onde policiais militares levaram pessoas supostamente envolvidas em uma briga a um quartel com a finalidade de “colher esclarecimentos.” E o que aconteceu? Algumas horas depois, o corpo de uma delas apareceu, morto em decorrência da violência física sofrida no interior do batalhão.

    Vamos esperar acontecer algo parecido aqui? Quem será a vítima? Eu? Você? Nossos pais? Nossos irmãos ou filhos?

    Secretário de Segurança, estamos de olho! Punição exemplar a estes marginais! Marginais sim, pois bandido não é só ladrão de galinha ou traficante, mas também quem deveria assegurar o cumprimento da lei e a desrespeita sem qualquer pudor!

  • ELTON diz: 1 de maio de 2010

    VAMOS COM CALMA PESSOAL GENERALIZAR AGORA É PREMATURO,DAQUI A POUCO O CLIMA ENTRE AS INSTITUIÇÕES SERÁ DE GUERRA E ISSO SÓ VÊM A DENEGRIR A IMAGEM JÁ DESGASTADA DE AMBAS AS CORPORAÇÕES. AQUI NA NOSSA REGIÃO (OESTE) O TRABALHO É CONJUNTO E O CLIMA É DE PARCERIA ENTRE OS COMPONENTES E NÃO DEVERIA SER DIFERENTE NAS DEMAIS.

  • Leonardo diz: 1 de maio de 2010

    P.S.: Há cerca de 1 ano atrás, ocorreu um conflito armado entre policiais militares e civis aqui em Lages, onde policiais do PPT chegaram a apontar fuzis para a cabeça de um delegado e de alguns investigadores.

    Faltou pouco para uma tragédia sem precedentes na história de SC.

    Agora perguntem: que medidas o secretário Ronaldo Benedet tomou?
    Respondo: ABSOLUTAMENTE NENHUMA!

    Espero que o novo secretário seja diferente!

  • Clemente diz: 1 de maio de 2010

    SENSATEZ é o que me parece a principal virtude, neste momento. Uma instituição é o retrato da sociedade à qual pertence. Com certeza, a maior parte da PM é composta de pessoas honradas e dignas. Não podemos estender a conduta de uns poucos desequilibrados à imensa maioria, movida por princípios éticos. Até porque o cabo que organizou as torturas psicológicas e físicas não o faz pela primeira vez. Dias atrás, foi ele próprio que coordenou uma surra a um Portador de Necessidades Especiais, valendo-se de de sua condição de faixa-preta. Se há soldados que seguem esses falsos líderes, é porque ainda há omissão de alguns oficiais de plantão. Ou seja, um Oficial-de-dia, para não ficar mal com sua categoria, faz vista grossa e acumplicia-se de equívocos, mesmo que criminosos e totalmente equivocados, como o de conduzir pessoas a quartéis sob o pretexto de fazer “identificação”.
    Repito, trata-se de um fato isolado, mas que precisa ser examinado com rigor, para que não prevaleça a impunidade e a conivência, pois quem perde é a sociedade catarinense, já cansada de pagar impostos e se ver cansada de péssimos exemplos de autoridades, tanto envolvidas em casos de corrupção, como de negligência cúmplice.

  • Joao diz: 1 de maio de 2010

    Eh. Ele nao gostou né? Que bom, que experimente um pouco do que ele mesmo certamente faz com outros cidadaos!

  • Julio Cesar diz: 1 de maio de 2010

    A PM/SC além de se intrometer em serviço da PC investigando pessoas comuns, através do seu glorioso serviço de inteligência P2, enquanto o verdadeiro serviço do P2 é investigar policias corruptos, deixando de cumprir o seu mister que é o Policiamento de Rua Ostensivo (Art. 144, § 5º da CF/88). Agora os PMs desequilibradas agridem um Policial Civil, se são capaz de agredir um policial, o que não irão fazer com um cidadão comum…
    No Estado de São Paulo recentemente foi decretada a prisão de Policias Militares por terem espancado um Cidadão Masculino até a morte, agora em Santa Catarina também policias militares espancam um cidadão, ainda por cima um Policial Civil, e o que será que irá acontecer? Nada, pois na Grande Florianópolis todo mundo tem um amigo, Político, o qual sempre passa a mão na cabeça, deixando de ser cumprida a Lei, AGORA pode ter certeza irão mandar os policiais desequilibrados para o serviço burocrático ou para Assessoria Militar do TJ, ALESC ou Centro Administrativo do Estado, ainda recebendo gratificação.
    Pois é! Essa e a Polícia Militar por toda Santa Catarina…

  • marcus diz: 1 de maio de 2010

    Concerteza estes PM’s deviam estar sob efeito de drogas pois não é possivel que ainda exista policiais que abordam pessas nas ruas desse jeito… a rua não é da POLICIA, a rua é do POVO…anda na rua quem quiser, param onde quiser e conversam com quem quiser, não vai ser a PM que vai dizer o que pode o que não pode…Salvo alguns bons PM’s o resto é lixo. E a parte de levar para o quartel então nem se fala, PARECE DITADURA!!!!!!!

  • Emerson diz: 1 de maio de 2010

    Isso é pra mostrar realmente como a PM é despreparada, e não me venha o Comandante da PM me dizer que foi um caso isolado e que os culpados serão punidos……Porque não vai acontecer nada, a PM é despreparada SIM é um bando de marronzinho se achando por usar uma arma na cintura, não são mais do que um bando de idiotas, pois se não usarem armas não tem coragem de abordar ninguem na rua, bando de maricotas, se prevalecem de andar em bandos e armados simplesmente isso.
    Prender bandidos que matam trabalhadores nunca acontece, pois eles preferem abordar inocentes ao abordarem bandidos, pois como disse anteriormente são umas MARICOTAS.

  • Mario diz: 1 de maio de 2010

    Já foi desembargadora que quase foi ameaçada de ser presa pela policia militar, e com certeza iria levar uns tapas, agora foi policial civil, o cidadão comum ne se fala porque apanha todos os dias da policia é só ir em comunidades carentes que voçês iram ver. qualquer dia a policia militar aborda o proprio secretário de segurança pública, e ameaça prende-lo. Até quando vamos ter aturar policiais despreparados se achando autoridades.

  • alex diz: 1 de maio de 2010

    Que vergonha Ribeiro, até quando vais fazer isso sem que ninguem toma nenhuma providencia. tais envergonhando a farda dos teus companheiros, tens que ser expulso da corporação para o bem da policia militar.

  • Daniel Ramos de Oliveira diz: 1 de maio de 2010

    Eu vou entrar em defesa da Policia Militar de Santa Catarina:1ºA PMSC não é mal treinada,na verdade é uma das melhores PM’s do Brasil,junto com a do Rio e a de São Paulo;2ºComo em toda as profissões existe os mal profissionais,e se algum cidadão de bem se deparar com um desses mal PM’s,simplesmente não reaga,tenha testemunhas e provas,e vá até o Batalhão de sua cidade e faça um denuncia para a Corregoderia,pois a PM tem o Serviço Reservado,no qual tem como principal missão investigar e prender os mal PM,isso em todos estados;3ºÉ bom lembrar que o Pelotão de Patrulhamento Tático,enfrenta sintuações com alta pressão,nesse caso do homem do DEIC,foi um erro grave e acredito que a PM irá punir esses PPT’s que realizaram essa ação desastrada,mas é bom lembrar que tanto o PPT como o BOPE/COBRA,erram muito pouco,aqui em Itajaí,até hoje só ouve um erro,que infelizmente resultou na morte de um inocente.Então antes de falar que a Policia Militar de Santa Catarina,é desesparada,por causa de alguns pequenos casos,vamos nos informar das realizações da Policia Militar de Santa Catarina,e principalmente de tudo que ela já fez(e faz) pela a população de Santa Catarina nesses 175 anos de “vida”,e alem disso vamos ser a favor da PEC 300,para que os nossos PM’s tenham um salário justo,e exigir do nosso Governador atual,e do nosso próximo Governador,colocam em prática na sua forma efetiva a PEC 300.A sociedade,tem de ficar um pouco mais do lado da Policia Militar e da Policia Civil,e não ficar falando que elas são despreparadas,porque isso é tudo besteira,criada por algumas pessoas,e que a sociedade,infelizmente acredita.

  • Daniel Ramos de Oliveira diz: 1 de maio de 2010

    Amigo Vinicius,eu sei disso que você disse,pois eu tenho parentes que são Policiais Militares e Policias Civis,e sempre existiu uma discussão(um debate na verdade) dentro da familia,sobre esses dois lados,no qual eu até pude participar de alguns,e tambem de onde eu tirei a minha admiração pela a PM,pois não concordo com muitas coisas que os Policiais Civis falam dos PM’s,mas tambem não concordo com muita coisa que a PM fala dos Civis.E eu sei,sim que a PC age no após crime,mas pra a sociedade,e pra mim quem faz mais para a sociedade é a PM,pois ela que é vista,não que a Policia Civil,não faça nada para a sociedade,faz tambem e muito,mas não tanto quanto a PM.E pelo o contrário que possa parecer,eu defendo que ambas possam se unir,e formar somente uma Policia,mas antes disso ocorrer é preciso que os dois lados,parem com essa “guerrinha” declarada,mas pelo o que eu pude ver na reportagem dada pelo o Leonel Pavan numa emissora de TV,as coisas parecem(repito parecem) está melhorando,apesar desse caso ai que ocorreu,pelo menos pelo que parece a PM e a PC,e seu respectivos “Comandos Gerais”,estão tentando aproximar as duas.
    E outra questão que foi colocada aqui,que era Porque Existe o PPT???O PPT,significa Pelotão de Patrulhamento Tático,ou seja,como o próprio nome diz,ele é uma “Tropa Tática”,no qual tem como objetivo fazer ações de controle tático,ou seja,situações em que a PM em si,não tem condições de agir,como por exemplo,assaltos a bancos,no qual os bandidos estão fortemente armados,situações de confronto direto com manifestantes,que nesses casos ela é mais conhecida como “Tropa de Choque”,eles são altamente treinados para essas situações de alto risco,mas auxiliam em algumas cidades tambem no Patrulhamento de Rotina,como por exemplo aqui em Itajaí,principalmente em área de alto risco nas cidades.Alem do PPT,existe o BOPE,a unica diferença entre os dois,é que o primeiro se tem em todos os municipios,enquanto que o segundo fica com a sua sede em São José,e é chamado em toda as situações que seja necessários o seu trabalho,tanto em Reforço dos Batalhões da PM,como a pouco tempo estavam fazendo em Itapema,e tambem em situações de adversas que ocorrerem em Florianópolis,como por exemplo,uma tentiva de invação ao Palácio do Governo,só pra dá um exemplo claro,para eles serem chamados.

  • wilson diz: 1 de maio de 2010

    esta corriqueiro esses fatos … policia briga com policia, policia com pessoas comuns, medicos com enfermeiras e vice versa, com pacientes , professoras com alunos, mae de alunos com professoras .. espero que fique por ai esses problemas … eu entendo como despreparo do serviço publico em todas as areas … entendo que falta comando das autoridades e escola aos agentes das autoridades … acho que esta na hora de se criarem escolas de segurança publicas com uma faculdade e ao menos desrespeito ao estado demitirem e pronto.. quem nao pagaria uma uma faculdade de segurança publica como se paga uma escola de direito, medicina. economia etc … sempre teriamos mao de obra pronta, para serem contratados como substitutos ou temporarios .. e será resolvido esses problemas de ranhuras. porque competencia todos tem a populacao é boa na sua maioria e sabe definir o bem do mal ..

  • SERGIO diz: 1 de maio de 2010

    O QUE SE VISUALIZA NESSA MATERIA, É UMA ABORDAGEM ROTINEIRA DE UMA VIATURA DE SERVIÇO A UMA MOTOCICLETA. ONDE UM POLICIAL CIVIL DE FOLGA QUERENDO SE APARECER PARA A FILHA DE 4 ANOS, FOI FALAR BESTEIRA PARA OS POLICIAIS DE SERVIÇO.
    COMO SEMPRE UM QUER SER MELHOR QUE O OUTRO AI SO PODIA DAR ISSO MESMO

  • Jaci diz: 1 de maio de 2010

    ESSA É A PM/SC!!! Na verdade são duas as PMs aqui no Estado! Em batalhões onde o comando é preocupado com a segurança pública, vemos os policiais da ponta cumprindo a lei e servindo à comunidade, com ótimos exemplos para serem vistos! Em batalhões onde os estrelados só querem se auto-promover sem sair de trás de suas mesas, em busca de cargos comissionados e promoções, só conseguimos presenciar abusos e usurpações de toda ordem. Tudo isso em prol de um “puxa-saquismo” sem fim com governadores, deputados, juízes e promotores… Esperamos, neste caso, mais uma brilhante atuação do Dr. Dallabrida, já que o que se apura pela corregedoria da PM sempre acaba em pizza…

  • Augustus N. M. diz: 1 de maio de 2010

    Existe esse tipo de Policial na PM porque a corregedoria deles é de enfeite, pois se existisse punição, gente assim não iria se criar dentro de uma instituição. Problema é que estes atos isolados deixam um clima ruim entre as Polícias e quem sai perdendo é o cidadão e os próprios policiais em si, porque bandido é bandido e todos se ajudam, já no caso das polícias é essa briga boba. Atos assim mancham o nome Polícia em geral e fazem o cidadão perder o respeito e a credibilidade. Espero que o novo Secretário de Segurança Pública, Del. André Mendes, que já foi oficial da PM no RS (se não falha a memória, trabalhou na corregedoria da PM RS) e posteriormente Delegado de Polícia em SC, faça nascer um novo tempo na PM, pois até a presente data, a corregedoria da PM sempre passa a mão na cabeça deles quando o fato não foi vai para a imprensa (fato relatado por membro da PMSC). Que o novo Secretário faça nascer ser uma PM que valorize o bom Policial e estes bandidos sejam efetivamente punidos.

  • andré diz: 1 de maio de 2010

    MAS TEM QUE BAIXAR O PAU NESSES VIADOS DA DEIC.

  • ANTONIO DA SILVA diz: 1 de maio de 2010

    Caro Fernando,O Secretario de Segurança deverá tomar sim uma atitude e firme pela truculência destes brucutus ,ao invés de caçar motoqueiros na rua,as vezes pais de família e trabalhadores; Pergunto? Por que não vão atrás dos motoqueiros que mataram o coitado do soldado Bastos em Tijucas,ele tinha só 23 anos.Não vão por que não tem COMPETENCIA. Só sabem dar porrada em trabalhador e em gente algemada com as mãos pra trás.Dependem de que a Policia Civil esclareça o caso, falam que vão pegar os matadores ,mas estão ai sentados, enquanto os policiais civis descentes e honestos trabalham até em favor de vocês.E levam porrada de vocês, sem ao mesmo merecer!Quando fazem cagadas vão nas delegacias registrar boletins de ocorrência por desacato ,pra livrar a cara de vocês.Premio JIMU CUPIM para você que fala em Produção em favor da sociedade,vocês anda produzindo mesmo não é? .Espero que o Secretário coloque estes Brucutus do PPT a fazerem cursos de direitos humanos e aprenda que o cidadão comum, não é o INIMIGO da sociedade, mais sim esta cultura de violência que foi injetada na cabeça de vocês, Na frente de uma esposa e de uma menininha de quatro anos, e ainda falam em produzir a favor da sociedade!Bela produção!

  • Paulo Ribeiro diz: 1 de maio de 2010

    O policial civil pode e deve andar armado, pois é um agente de polícia. Além da arma ele deve andar com sua carteira funcional. Se ele se idenficou como policial civil, porque não foi levado até uma delegacia para que essa situação fosse certificada? Mais, é necessário levar para um quartel para tirar ver a carteira funcional? Voltamos a ditadura militar?! A legislação, inclusive estadual PROIBE os pms de levar qualquer cidadão para os quarteis. Assim, busque-se na lei a punição para esses covardes. Fora isso, a polícia civil juntamente com a OAB e outros órgãos deve fazer uma campanha pública contra a condução de pessoas aos quartéis. A população deve saber que somente pode ser conduzida para uma delegacia de polícia. Vamos aguardar uma punição exemplar!

  • THE ROQUE diz: 1 de maio de 2010

    A primeira atitude a ser tomada seria a de exonerar esse delegado que aparentemente esta incitando os PC contra a PM antecipadamente. Depois seria ouvir testemunhas, para se esclarecer os fatos e finalmente, falar pra esse policial civil parar de entrar em abordagem/ocorrência de PM.

  • Flávio diz: 1 de maio de 2010

    Primeiramente, gostaria de parabenizar a GU PPT, dos bons serviços prestados aqui na área continental, é muito fácil criticar seus serviços, enquanto vc está dentro de casa descansando ou dormindo tranquilamente, e esse pessoal está trabalhando dentro das favelas em áreas de risco, abordando motoqueiros que na maiora das vezes é desta forma que são cometidos assaltos ,graças a eles a minha comunidade fica mais calma quando eles aparecem, provavelmente vc que critica ou deve ser um alterado ou provavelmente mora em um bairro onde a policia não precisa atuar de forma mais ostensiva.
    Estão falando de agressões , mata leão , alavanca é técnica, colocar no chão para imobilizar também , um policial civil aprende dessa mesma forma na acadepol , foi dado socos , chutes , onde está a agressão?
    Estão aproveitando da ocasião para falar mal dos PM´s , o policial civil no momento que a VTR parou já devia ter se identificado, mas quis fazer marra perto da sua familia e vizinhos, não teve a humildade suficiente , pois também deve se achar por trabalhar na DEIC, COP, ou isso não tem na policia civil.

  • Artur diz: 1 de maio de 2010

    Concordo com boa parte dos comentários, o PPT é truculento sim, mas e o grupo tático da Polícia Civil como procede nas abordagens??Chega com um buque de rosas??? Acho que não, é da mesma forma, então não venham com essa conversa hipocrita, a diferença é que o grupo da Civil ja faz a entregua para Policiais Civis e estes é claro que não vão falar nada. Quanto a Oficias defendendo soldados, não sei onde isso acontece, pois na PMSC com certeza não é.
    A atitude do PPT realmente foi incorreta, mas ja se perguntaram o que levou eles a realizar a abordagem desta forma?Com certeza o Policial Civil tava exibindo sua arma e se achando “o Cara”, como em todas as regiões catarinenses, ai pergunto quem esta despreparado?? E também tem que se levar em conta o que ele deve ter falado a guarnição, pois se tivesse se identificado e tratado os Policias com o devido respeito tenho certeza que seria liberado. Cada um é tratado da forma que merece, enquanto isso policias perdem a vida e ninguem fala nada.

  • lucas diz: 1 de maio de 2010

    a maioria dos PM são assim mesmo, descontam a raiva deles nos cidadãos, já que ganham mal, não sao realizados profissionalmente e tem uma vidinha de merda. COVARDES! VÃO TRABALHAR!

  • Kellin diz: 1 de maio de 2010

    Chega a ser cômico, se não fosse trágico, policiais civis neste blog usarem este espaço para denegrir a Polícia Militar em geral quando o blog trata de um problema particular.

    É fácil falar sobre o erro de quem dá a cara a bater, quando quem fala se esconde na clandestinidade que sua profissão proporciona.

    Fica a pergunta para população, se muitos assassinos em SC estão soltos por falta de investigação e produção de provas, imagina quando eles vão investigar aquele patrimônio que foi roubado do leitor….

    Vamos parar com essa palhaçada e trabalhar, as duas instituições, para uma sociedade melhor, que se punam os culpados por excessos e que o policia que teve o braço torcido “peça para sair” se não aguenta o tranco, pois os bandidos que estão na rua não vão só fazer um carinho assim nele.

  • Joquinha diz: 1 de maio de 2010

    As pessoas estao distorcendo o caso. VEJAM O DEPOIMENTO DAS TESTEMUNHAS QUE PRESENCIARAM A ABORDAGEM DA POLICIA MILITAR NOS COMENTÁRIOS ACIMA , depois tomem suas conclusões sobre o caso.

  • Angelita Muniz diz: 1 de maio de 2010

    A gente que gosta de Brasil e Santa Catarina-somos Argentinos de Bs As- e que durante el ano todo acompanhamos o que se passa em nossa region preferida do Brasil, já há tempos que vemos com preocupação o comportamento da policia militar de suyo provincia.
    De há muito ela se porta como inimiga de la poblacion e se isso acontece com ustedes imagine-lo o que acontece com extrangeros.
    Realmente temos miedo de policia militar. Pedimos informações a otros a eles nunca. Assim ensinamos a las criancas.
    E o que mais nos extranha é que parece que asi que gustam. Como semidioses fueram.
    Bom , desculpe las malapalavras.
    Obrigado por este espacio.

  • Napoleão diz: 1 de maio de 2010

    O problema é que todos os policiais militares desde o soldado até coronéis tem uma inveja imensa dos policiais civis, pois primeiro que somente o delegado de polícia é autoridade policial, unânimidade entre doutrinadores e tribunais pátrio. Segundo, porque tudo o que os pms fazem tem que levar para delegacia, pois eles não possuem autoridade para decidir nada, aí vem toda essa revolta dos samangos. Esses bandidos de farda tem que ser extirpados do serviço público já!.

  • Marcio diz: 1 de maio de 2010

    É cada merda que comentam, provavelmente quase todos comentários feitos por PMs frustrados que não prendem ninguém apenas rondam procurando alguém para poderem espancar e levar para os seus batalhões (o que é proibido por diversas leis) para “averiguação”, entenda-se “averiguação” por continuar o espancamento e prover torturas por diversão (como em São Paulo aonde acabaram matando um conduzido em uma de suas “averiguações”). Se aconteceu isso com um policial que estava armado (conforme preve a lei) e foi perguntar qual o motivo da abordagem de um cidadão que mora em seu bairro, imagina se fosse eu um parente do abordado um “cidadão normal”, nem gostaria de imaginar, com certeza todos conhecem alguém que foi alvo de injustiças desses porcos. Por isso que freqüentemente seus batalhões estão sendo alvos de tiros. Injustiças cometidas por esses imbecis fardados, que só sabem espancar os outros e prender ladrão de galinha não deveriam ser tratadas com silencio, não estamos mais na ditadura militar.

  • edson diz: 1 de maio de 2010

    policia e lixo

  • Antônio diz: 1 de maio de 2010

    Àqueles que dizem que a atitude do cabo Ribeiro do PPT é um caso isolado:

    Se fosse um caso isolado, que não reflete o que é realmente a Polícia Militar, então porque tem UM MONTE DE IMBECIS escrevendo neste Blog, defendendo uma atitude indefensável como a que o Ribeiro e o Tenente dele teve?
    Se os policiais militares fossem sensatos estariam condenando este tipo de comportamento doentiou que o Ribeiro, também um pai de família, teve.
    Ele tem mesmo que ser afastado das ruas, bem como a maioria dos policiais do PPT, que constumam achar que são “Rambos”.
    Vou querer crer que estes doentes que estão defendendo o Ribeiro não são policiais militares, e sim marginais criminosos.
    E TENENTE, pode ficar certo que tu também vai responder pelos fatos, não adianta jogar somente a culpa no Ribeiro.

  • Rafael diz: 1 de maio de 2010

    Por que tambem que esse Policial Civil tinha que se envolver num caso de abordagem da Policia, ele quiz se aparecer, provavelmente ele queria se da um de gostoso para cima dos PM, e outra coisa tem que levar para algum lugar legal para verificar ( pode ser delegacia ou batalhão) que tem seu setor de investigação tambem. Outra coisa tambem que todo mundo ta falando em levar no batalhão ele não foi espancado la. So mostrando a carteira de policia Civil não prova que ele e policial todo mundo sabe que muitas carteiras falsas por ai.
    Engraçado que na hora de alguma coisa que a PM faz certa ou bandidos atiram na Pm ninguem fala nada ne.

  • Jedi diz: 1 de maio de 2010

    Como o povo é ingênuo (pra não dizer outra coisa). O povo de Santa Catarina é feito de idiota todos os dias e não é capaz de enxergar a única realidade por trás de tudo isso. E ficam tentando culpar os simples trabalhadores (policiais civis e militares) que estão na linha de frente onde ambos arriscam suas vidas e de suas famílias numa estrutura arcaica, obsoleta e são usados de instrumento para um único objetivo. LUCRO! DINHEIRO!

    Raciocina e acorda povo!

    - Quem é responsavel pela gestão geral da segurança pública? R: O Governo.
    - Quem financia as campanhas dos políticos nas diversas áreas do governo?
    - Empresários.
    - Quem lucra com o caos na segurança pública? R: Empresas de segurança privada.

    Entendeu? não? então vamos lá…matemática básica.

    “Eu te financio + tu mantem a segurança só no básico (baixa estrutura,baixos salários,baixos contingentes) + A insegurança/violência aumenta + Mais empresas e pessoas contratam mais e mais serviços de segurança privada…” TOTAL = LUCRO$$$$

    E assim o ciclo do lucro gira sem parar em uma roda de perpétua colaboração.
    E nós os idiotas, ficamos aqui perdendo tempo em picuinhas discutindo quem é o culpado do nosso próprio erro. Aquele…o erro das urnas!

  • antônio alves da silva diz: 1 de maio de 2010

    São instuiçõs subordinadas ao governo do estado,não sei porque essa diferência em ambas as parts. O policial civildiz; eu sou melhor do que vocês,o PM responde a mesma coisa ou virse- versa. Tem que ser apurado uma sindicância séria, quem estive errado que pague pelo seu erro. Seja policial civil ou o PM.

  • Diogo diz: 1 de maio de 2010

    Esses apóstolos da PM não aprendem mesmo…..!!! usurpam funções da Policia Civil.. atrapalham as investigações e se ACHAM autoridade Policial! Mais a culpa maior de tudo isto é o efetivo pequeno da PCSC que deixa a instituição fraca.. com poucos agentes… plantões frágeis… não vejo num futuro próximo uma LUZ para a Policia Civil…… Porém vai chegar o dia que uma tragédia ocorrerá!! !!! e parece estar próximo!!!!!!!

  • Kpataz diz: 1 de maio de 2010

    Ao Sr Julio Cesar diz:
    1 de maio de 2010 às 8:59
    Parece-me que o Sr entende de leis, inclusive citou o Art 144 da CF. No entanto, fica no parece. O que me diz da PC uniformizada – farda só para a PM- nas ruas com o COP, POP, TOP, ou sei lá o que, fazendo policiamento ostensivo motorizado? Me aponte onde está no citado Art, esta atribuição a PC, bagunça por bagunça, já está ha muito tempo. Não é de hoje que uma Polícia quer fazer o serviço da outra. Então, julgo improcedente seu comentário neste sentido, o que não torna sem sentido as demais colocações, muito pelo contrário, sábias palavras.

  • Junior diz: 1 de maio de 2010

    Se o policial ganha pouco, isso não é desculpa, todos sabem o quanto vão ganhar antes de prestarem concursos para tais instituições, merecem ganhar mais, merecem sim, afinal todo trabalhador de qualquer esfera merece ganhar bem, agora esse tipo de situação não da para ser relevante, se fiseram isso com um policial civil, imagina com quantos trabalhadores eles fazem tal brutalidade, o que custa para eles fazerem apenas o previsto, trabalharem dentro da lei, mas se acham os melhores e no final de contas são uns convardes que se escondem atráz da farda, que esses bandidos sejam punidos exemplarmente, que vão para a cadeia e fiquem presos com outros bandidos, quero ver lá eles tratarem os bandidões como eles tratam na rua, e tem mais ser policial militar nunca foi motivo de orgulho pra niguem, acredito eu e grande parte da sociedade. É o setor publico mais mal visto do país e isso transcorre fronteiras, até fora do Brasil nossa policia tem má fama, que esses oficiais que são bem remunerados, vão a rua fiscalizar seus soldados, por que para a população um oficial é só mais um policial militar e nada tem de autoridade, seu poder é só dentro do quartel.

  • aldo diz: 1 de maio de 2010

    Li todos os comentários feitos até às 20h13min deste sábado. Somente um é que se aproveita: de uma pessoa que se denominou INDIGNADA. Ela viu o que ocorreu, logo é importante testemunha. Os demais comentários são todos produzidos por bisbilhoteiros e recalcados que neste feriado não fizeram nada de útil a não ser especular em cima de um fato grave. Essa testemunha deveria pedir a proteção que é dada à pessoas que temem depor e relatar o que aconteceu. A PM se não pretender manchar a histórica imagem pelos bons serviços deveria abrir sindicancia isenta e colocar os envolvidos na rua. E aí, outro perigo: na rua, eles vão procurar emprego nas casas noturnas, como seguranças, e tudo vai ficar como antes no quartel que já não se sabe mais de quem é.

  • Jaci diz: 1 de maio de 2010

    Acho que o problema desse PPT, ou PQP, ou sei-lá-o-q, é o excesso de anabolizantes tomados p/ vários desses “pulicia”… A ciência explica… 5 fortões tudo se roçando dentro da viatura… o sangue vai esquentando… na hr da abordagem, coitado do cidadão!

  • Alberto diz: 1 de maio de 2010

    Nada mais, nada menos que abuso de autoridade. As peesoas que seriam responsáveis por fazer nossa segurança, são os que mais nos dão sensação de insegurança, afinal de contas se fizeram isso com um policial, então todos podem ter uma noção de que nós cidadãos passamos nas mãos desses caras que botam uma farda e se sentem os poderosos.
    É engraçado, para esses caras, tudo é desacato. Um cidadão não tem direito de falar nada pra eles que é desacato. E o mais engraçado é que não perdoam nem os próprios policiais. Afinal eles sempre têm razão.
    E ainda levam para um Batalhão, pois é, não sabia que voltou a ditadura. Agora temos que nos cuidar mais, pois corremos o risco de estar na rua, olhar para uma vitaura da “Polícia Militar”, algum policial não gostar, nos levar para um Batalhão e nos agredir.
    Que coisa, onde é que vamos parar. Eu sinceramente tenho medo e não confio na Polícia Militar, já muitos desses caras camuflados aprontando por aí.
    Na Polícia Civil também não são todos santos não, mas ainda podemos acreditar e confiar um pouco mais.

  • Roberto diz: 1 de maio de 2010

    Pra mim quem fez isso é vagabundo fardado, não tem preparo nenhum, acham que colocar um uniforme diferente é passe livre pra ser mais truculento que o normal, não generalizo por que conheço muitos policiais militares do PPT que são excelentes defensores da população, mas são uns despreparados como estes que “queimam o filme”. Dizer que o policial não se identificou? Só tendo 5 anos de idade pra acreditar nessa. Quem é que vai querer apanhar de graça por estar armado, tendo prerogativa pra isso? Conta outra. Deviam honrar a farda que usam, por que se trata um companheiro de profissão assim, o que dirá do cidadão comum. A PM com certeza não precisa de elementos assim denegrindo sua instituição.

  • Leonardo diz: 1 de maio de 2010

    A Polícia Civil possui inteligência, não é sua característica principal a força física, apesar de também possuirmos. Teve gente que falou nos comentários que o policial civil tentou dar carteiraço, não entendo como carteiraço e para que carteiraço, se nem motivo para dar carteiraço houve. O policial civil não precisa dar carteiraço por estar armado, pois ele tem livre porte de arma e em qualquer local do território nacional, inclusive dentro de ambientes fechados.
    Fica fácil quatro policiais de um grupo que era pra ser especializado, mas ao meu ver não tem nenhum preparo, covardemente e autoritariamente prender um policial sem motivos, agredí-lo e ameaçá-lo. Conheço o policial preso, e posso afirmar que é uma pessoa extremamente calma, não reagiria até por questão de lógica, pois não tinha motivos e sabia da desvantagem. Essa versão, “desacato” e “reagiu” é a mais utilizada por esses grupos PPT e GRT da PM, é a maneira que eles encontram pra “esquentar a bronca”, ou seja, tornar a ocorrência legal.
    Levar uma pessoa para um batalhão da PM, seja policial ou qualquer cidadão, é totalmente ilegal e isso as Autoridades precisam acabar. Se o policial foi preso, ou seja, foi dado vóz de prisão por desacato, coisa que não existe entre funcionários públicos, porque foi solto lá mesmo então. Ora agora na PM também tem Juíz, pois prendem e soltam.
    Nem sempre a utilização da força é a maneira correta, pois a inteligência é a melhor arma. Por isso que os Policiais Civis da DEIC, são bem vistos pela sociedade, pois fazem seus trabalhos com competência e dedicação sem desrespeitar ninguém. Dessa forma muitas vezes são invejados, coisa que deveria acontecer, pois afinal de contas o interesse fim é o mesmo, porém os trabalhos são feitos de formas diferentes e ainda bem que reconhecidos pela sociedade de forma diferente.
    Espero que isso não afete as instituições, pois apesar de ser Policial Civil, tenho muitos amigos na PM que trabalham corretamente, porém assim como em nossa instituição também há, na PM tem pessoas que não respeitam ninguém. Agora imaginem o que passa um cidadão comum em uma situação semelhante, não tem nenhum direito de se explicar. Rasgaram a Constituição a muito tempo.

  • Marco diz: 2 de maio de 2010

    Um erro não justifica outro e afirmo nunca justifica. Neste caso vejo Policiais Civis ou amigos defendendo estes e também Policiais Militares ou amigos fazendo o mesmo, isto não é correto.
    A verdade não sabemos, mesmo assim são defendidas ferozmente sem importar a verdade. As duas Polícias são excelentes e cabe a seus Comandantes, ou Chefes ou melhor, seus Responsáveis, pois possuem nomenclaturas diferentes, terem a coragem de não aceitar desvios de conduta de nenhum de seus membros.

    Sem pender para qualquer lado, não é correto levar um meliante para o Quartel da PM, isto eu duvido que esteja previsto em lei. Caso seja uma prática comum (ilegal) que ela não seja mais permitida pelo Comando.
    Ninguém também tem o direito de interferir nas operações que estejam ocorrendo (carteiradas) pois o momento sempre é de tensão, e todos os policiais civis ou militares sabem disto.
    Assim que cada um faça o seu papel, no caso da PM que os meliantes sejam levados para a Delegacia, nunca para o Quartel, se não houver receptividade, que a PM, como instituição acione o Ministério Público. Caso a PC verifique má conduta de policiais militares em operações, que identifique os resposáveis, ou outros dados como local, horário do fato, números das viaturas, testemunhas e comunique a corregedoria da PM, se não houver receptividade, que a PC, como instituição acione o Ministério Público.

    As Polícias, tanto Civil como Militar, são um bem precioso do povo e não podem ser avaliada por alguns poucos integrantes de má indole ou má formação.
    Seria melhor que elas fossem fundidas em uma única polícia e que houvesse entre outros, um Departamento de Policiamento e um Departamento de Investigação. Poderia até um membro de um Departamento se desentender com outro, mas ficaria claro que existe a má conduta de um ou outro policial e não da Polícia.

  • FRANCISCO diz: 2 de maio de 2010

    VAMOS FAZER UM TESTE E IMAGINAR O QUE PODERIA ACONTECER!
    O TESTE É ASSIM:

    PAREM A POLÍCIA CIVIL POR UMA SEMANA NO BRASIL TODO: Será que o povo vai sentir falta desse pessoal?

    PAREM A POLICIA MILITAR POR UMA SEMANA NO BRASIL TODO: E desse pessoal será que o povo vai precisar?

    Apesar dos pesares quando estou em apuros a única policia que vem na mente é a POLÍCIA MILITAR, pois a outra polícia só serve para esculachar o cidadão.

  • FRANCISCO diz: 2 de maio de 2010

    A POLÍCIA CIVIL FINGE QUE INVESTIGA, FINGE QUE PRENDE E NÓS TEMOS QUE FINGIR QUE ACREDITAMOS.

    É A ÚNICA POLÍCIA QUE “FUNCIONA” SOMENTE DURANTE O DIA.

    NÃO SEI PORQUE NÃO DESATIVAM ESSA POLÍCIA CIVIL!!!!

  • rodrigo diz: 2 de maio de 2010

    bom, muitos criticam que ele foi levado para uma batalhão e seria arbitrariedade, mas já pensou se fosse levado para a delegacia, será que eles iriam dá prosseguimento ao inqueríto se ele estiver errado,eis a questão, como os praças seriam recepcionados pelos agentes, segundo,policial civil critica pm , mas, para pra pensar, a pm tem a p2 fazendo investigação porque a própria pc não da conta ou não tem interesse de resolver os problemas pós crime,ai o pm ali que pra sociedade só existe ela para resolver seus conflitos cobra de quem da pc não é da pm inclusive a tão esperada investigacão criminal, pois pra eles, só existe a pm,bom, veja agora todas as conquistas salariais que a pc conquistou , pegou ponga em quem na pm,se a pc parar que repercusão nacional tem , nenhuma , e a pm mancha a imagem de qualquer político,então pare para refletir, muitos as vezes policiais civis querem talvés por vaidade mostrarem que são policiais pois não envergam uma farda,ai acaba acontecendo o ocorrido pois só se identificam depois que o leite derramou,tem pms despreparados tem,mas na pc tambem tem e ,agora de quem a sociedade mais cobra segurança deixa eu adivinhar haaaaa é da pm, há a p2 usurpa função suas, haaaa será porque vocês andam trajando uniformes pretos , emblemas da instituição, mas a constituição não diz que policia ostenciva cabe exclusivamente a pm , bom acho que é preciso refletir muito sobre quem coloca realmente a cara a tapa pra sociedade dia a dia.

  • CLAUDIO ROBERTO diz: 2 de maio de 2010

    Pelo amor de DEUS, deixem de ser hipócritas, generalizar uma classe inteira por causa de quatro policiais, ai ja é demais, essas pessoas que estão metendo o pau na PM, provavelmente já foram de alguma forma reprimidas por policiais, e assim sendo coisa boa não devem ser, é fácil criticar, mas quando a água bate na bunda desse bando de babacas, é a PM que eles vão correndo chamar, se é ruim com a policia, pior será sem ela, ai sim a coisa vai ficar boa, os caras fazem SIM um trabalho fora de série, os caras são SIM verdadeiros heróis que estão ai durante a madrugada cuidando da gente enquanto dormimos, e o que o povo sempre faz? critica, humilha, denigre, xinga, claro todos querem tirar uma casquinha, é muito fácil falar né? mas gostaria de ver essa gente fazendo o que eles fazem, quanto ao Sr Sebastião Cardoso, gostaria de perguntar, quantos vagabundos ele tirou de circulação quando era policial cilvil da ativa, quantas apreensões de drogas ele fez, quantas vezes deu a cara a tapa, coitado não sabia nem pegar numa arma, esse sim era um salário mal pago, vivia escondendo-se em serviços internos prá não ter que encarar a bandidagem nas ruas, agora se dá no direito de vir aqui falar mal dos policiais? TE ESPELHA NELES caro policial-moita, e tem mais se o tal policial da deic, com letra minúscula mesmo, deu uma de bobo, querendo se aparecer, tem mais é que se ferrar mesmo… CAMBADA DE HIPÓCRITAS, vão ler um livro em vez de perderem seus preciosos tempos escrevendo besteiras…. há já ia esquecendo, se nós tivessemos 10.000 RIBEIROS, SC não teria mais bandidos… POLICIA É PM E FIM DE PAPO….

  • CLÁUDIO ROBERTO diz: 2 de maio de 2010

    Sra ANGELITA MUNIZ, realmente voces tem muita moral prá falar mal da policia de SC, a policia de voces é uma maravilha, basta fazer uma viajem de carro pela ARGENTINA prá constatar, só encontramos bandidos, por que a senhora não arruma suas malas e volta prá ARGENTINA? já vai tarde….

  • Ernesto diz: 2 de maio de 2010

    O que acontece é que policiias Civis, aproveitando da situação de policial, querem aparecer, eles bem sabem que durante uma abordagem o policial terá que se identificar, pois os militares notaram que o PC estavam armados e não sabiam que ele era policial, não bastasse, o que esse policial teria que se entrometer em serviço de policia? Algo de errado com certeza ele fez para que os militares o conduzissem. Comparar a forma que militares tratam a sociedade, pelo menos no meu estado MG, os militares são orgulho, enquanto que a PC é bastante desacreditada, pois extorquem a população, além de imperar o corporativismo, policiais civis são envolvidos com jogo do bicho, corrupção e muito muitos outros crimes. Apolícia Civil nada faz para melhoria da população, enquanto a PM prende, a função da PC não é cumprida, pois não fazem a investigação. Quando o cidadão procura a Delegacia, aí sim os policiais Civis não dão a mínima, tratam o cidadão como se nada fossem. O inquérito feito pelo delegado não tem serventia, pois se o promotor quiser não o aceita, poderá fazê-lo no vamente. Claro que a PC existem bons profissionais, não podemos generalizar, mas a maioria é desacreditada pela a população. Quem nos proteje mesmo é a PM, ruim com ela, pior sem ela.

  • Diogo diz: 2 de maio de 2010

    FRANCISCO:

    PAREM A POLICIA CIVIL POR UMA SEMANA??

    NÃO VAI MAIS TER APF!!! DAI QUERO VER A PM FAZER UM TC POR ROUBO…PORTE ILEGAL…. !!!

    Os oficiais não são Autoridade Policial. ALIAS nem TC vocês tem competência legal para fazer!

  • Delvino Dalla Cort diz: 2 de maio de 2010

    Quando alguém fala mal das polícias é porque não sabe como funciona é “burro” ou já tem passagem por algum crime.

  • Cidadão Mineiro diz: 2 de maio de 2010

    Aqui em MG a PM é a vergonha da população. Cabos analfabetos estão cortando a cabeça de empresários. Acho que a PMMG deveria ao menos exigir o segundo grau dos soldados, a maioria não sabe nem fazer conta de 2 + 2. É este tipo de gente que temos para promover a nossa segurança? Sou a favor da extinção da PM, a sociedade brasileira precisa debater esta questão.

  • cabo PM mineiro diz: 3 de maio de 2010

    Olha vc que se diz ser mineiro não conhece sua propria policia,para ingressar na pm mineira tem que ter 2 grau,mas a partir do ano que vem sera curso superior.Hoje quando abre concurso pra mil vagas aparecem em media 20 mil cadiadatos a maioria com curso superior.Sou cabo da pm formado em direito.Respeite a pm mineira ou vai freguentar uma faculdade de direito pra me chamar de anlfabeto babaca.

  • Charles diz: 3 de maio de 2010

    Bom, a PM sempre faz esse tipo de coisa, é com a Polícia Civil, é com a Guarda Municipal, é com Agentes Prisionais, etc.
    Então pergunto: será que todos estão errados e a PM é a instituição correta?
    Precisamos e muito de uma Polícia para nos dar segurança, mas uma Polícia preparada, o que está faltando em nosso Estado.
    Sou leigo no assunto, mas até onde sei, um grupo tático não deve estar nas ruas fazendo abordagens, e ainda mais agredindo pessoas, como muito já vi fazer. Acho que foi estes mesmos policiais que espancaram um cidadão há poucos dias em Coqueiros, e eles ainda estão nas ruas. Absurdo!
    Esses caras estão acabando com a imagem da PM, quando há uma laranja podre, temos que retirar para não contaminar as outras. Por isso digo: rua para esses policiais, não só pelo fato ocorrido, mas por tantos outros cidadãos agredidos e que não têm coragem de denunciar como esse policial fez.

  • Antonio diz: 3 de maio de 2010

    Nosso colega que foi agredido pelos abestalhados daquela guarnição postou uma mensagem interessante para que os demais colegas não tenha ódio de uma atitude isolada de poucos idotas da PM.
    Concordo com ele, pois atendo ocorrências trazidas por PM que são policiais de verdade. Contudo, observo que sempre as agressões abusadas, repetidamente são do PPT. Me pergunto o porquê?
    Todos sabemos que os PM que são profissionais e corretos, não concordam com a atitude do Ribeiro e seus comparsas.
    Fica evidente que os PM que aqui se manifestam, tentam justificar o injustificável, tentando cobrir a vergonha daquela atitude (que não é tão isolada assim).
    Estes abestalhados que não honrados para admitir a cagada daquela guarnição, provavelmente são do mesmo tipo, ou seja, não tem condições nenhuma de trabalhar na rua, deveriam estar no canil tratando o coitados dos cachorros da PM, cavalaria, etc.
    Um PM honrado no mínimo se calaria frente tal abuso de autoridade.
    Na realdiade, o PPT estava desorientado por conta dos tiros que o batalhão levou estes dias e não conseguiram localizar os responsáveis. Chegaram trazendo um e outro conduzidos, sem a menor conexão com os tiros, mas tinham que ter um “bode espiatório”.
    Não deve ter critério algum para entra no “pelotão PT”. Ou melhor, tem que ser um ignorante, ou pau mandado.
    Vejo em muitos policiais que trabalham em guarnições que, embora não concordem com vários procedimentos que adotam seus colegas, são carregados por alguns imbecís que estão no comando, que acham que são melhores que a população, ou até mesmo que seus colegas PM não PPT.
    Mas o Inquérito Policial está instaurado. Torço para que um dos indiciamentos seja tortura e abuso de autoridade.
    POPULAÇÃO:
    não tenham medo de denunciar os PM que abusam de autoridade.
    É MUITO SIMPLES: VÃO ATÉ AO MP e representem contra este tipo de ação.
    Os caras se cagam, pois são na realidade uns bundões.
    Não adianta representar no Batalhão que o corporativismo daquela instituição é vergonhosa.
    FAÇAM REPRESENTAÇÃO AO MP, que ele repassa a PC para investigação.
    Cobrem dos Promotores o andamento das providências.
    Vamos mudar este cenário!!!

  • Luciana diz: 3 de maio de 2010

    TESTEMUNHA:
    Eu vi com meus próprios olhos o que aconteceu, e posso afirmar que os PMs foram errados. Moro próximo do local onde aconteceu e vi tudo. Eles fizeram o que costumam fazer com as pessoas daqui, sempre tratam mal e desrespeitam todos. Acham que todos são marginais e por isso querem dar porrada, aqui tem trabalhador apesar de ser um bairro pobre.
    Há alguns dias atrás meu irmão também apanhou dos mesmos caras, tem alguns policiais que são gente boa, por isso não posso falar mal de todos os PMs, mas esses caras aí merecem sei lá, algum tipo de punição e até mandar eles trabalhar em outro lugar, quem sabe na Beira-mar de Floripa, aí quero ver eles bater naquele pessoal.
    A gente vem sofrendo há muito tempo na mão desses caras, e quem acha que só apanha quem apronta está muito enganado, é porque teve a sorte de ainda não cruzar com esses maldosos.
    Quem defende os PMs é porque muito provavelmente é da mesma laia e também não trabalha direito, porque quem trabalha direito e conhece as pessoas de nosso bairro não faz esse tipo de coisa. Eles que vão procurar saber quem é bandido aqui no bairro, coisa que eles não sabem, só pegam laranjas ou trabalhadores.

  • Edu K diz: 3 de maio de 2010

    Quando um indigente aparece atropelado por aí, deveriam constatar que ele não foi cegado covardemente por gás de pimenta como já aconteceu comigo, ao andar por campinas de noite voltando do trabalho, ao ser abordado de forma violenta. Queriam me enquadrar como vagabundo de qualquer forma, quando eu disse que era um civil trabalhador e que eles estavam errados em ser violentos comigo, me mandaram vazar, mas antes me deram com esse spray na cara e ficaram rindo ao ver que eu nao conseguia seguir meu caminho pra casa. Só cheguei graças à moradores de rua, próximo a chico mendes, que se solidarizaram com a minha situação, em que eu poderia facilmente ficar só de cuecas ou ser atropelado POR NÂO FAZER ABSOLUTAMENTE NADA!

  • André diz: 4 de maio de 2010

    Grande Lucas no mínimo voce deve ser um grandissíssimo de um Pm filho de uma puta, já que pra voce a polícia civil só tem ladrão, oque é que voce ainda vai fazer em uma delegacia quando é roubado ou algo parecido?..Você deve ser nada mais do que um guardinha de trânsito sem futuro, não querendo desmerecer os mesmos, mas esse tipo de atitude da PM só descreve o que realmente eles são, um bando de coitados completamente despreparados, que para tentar encobrir seus medos usam de violência com qualquer pessoas, uma vez que os mesmos não dispõe de inteligência suficiente para sequer cuidar de uma investigação, são um bando de retardados, por isso usam da violência para esconder tal fato.

  • altair diz: 5 de maio de 2010

    BOM!!!

    Essa briga entre PM e PC não me interessa nem um pouco. Sou apenas um cidadão que está de olho na segurança pública. Tambem ja fui vitimado pela má educação e despreparo de Policiais Civis. A verdade é que a segurança publica vai de mal a pior e a POLICIA CIVIL está deixando muito a desejar. QUE ME PERDOEM OS BONS POLICIAIS. UM ABRAÇO!!!

  • Paulo Cristiano diz: 5 de maio de 2010

    A PM diz que devido a estar ARMADO e não se identificar como policial !!! Então se fosse um simples cidadão com porte de arma poderia ser espancado sem problema !!!

  • Bruno diz: 5 de maio de 2010

    Essa matéria é muito tendenciosa. Cadê a versão dos policiais militares? Dizer que o policial civil foi preso e espancado é um exagero. Ele na verdade foi imobilizado e conduzido. Não há dúvidas de que foi uma ação incorreta por parte dos militares, mas também temos de observar as circunstâncias. O policial civil estava atrapalhando na ação dos militares, estava armado e sequer havia se identificado. Ele somente se identificou depois que havia sido imobilizado.

  • carlos diz: 6 de maio de 2010

    Engraçado, esse tal de ANTONIO , que tanto esculacha os policiais do PPT , provavelmente deve ser policial civi,algumas indagações do mesmo:

    Polícia só existe uma: a judiciária – (é se não fosse a PM , levar os flagrantes para delegacia
    como seria instaurado os inquéritos, a policia judiciária iria viver de que ?)

    Agredir um guri correto, um investigador policial de primeira?
    (agressão, um mata leão e uma quimura ?)

    Tu é uma verganha mesmo.
    Tu tem que ser é expulso da polícia militar e preso, pois ages como um marginal violento.
    (expulso por agressão, o policial por acaso ficou impossibilitado de alguma forma, qual código penal o senhor estudou.)

    Aproveitar os policiais militares que prestam e transformá-los em investigadores de verdade, que é quem realmente prende bandido.
    (é só olhar na mídia quantas pessoas são presas pela PM e quantas pela PC)

    Contudo, observo que sempre as agressões abusadas, repetidamente são do PPT. Me pergunto o porquê?
    (porque o PPT sempre está onde vcs não estão)

    POPULAÇÃO:
    não tenham medo de denunciar os PM que abusam de autoridade.
    É MUITO SIMPLES: VÃO ATÉ AO MP e representem contra este tipo de ação.
    Os caras se cagam, pois são na realidade uns bundões.
    (quantos policiais civis morreram no estado em combate?)

    Não adianta representar no Batalhão que o corporativismo daquela instituição é vergonhosa.
    FAÇAM REPRESENTAÇÃO AO MP, que ele repassa a PC para investigação.
    Cobrem dos Promotores o andamento das providências.
    Vamos mudar este cenário!!!
    (da uma olhada, na justiça militar , para o senhor ve quantos policiais estão respondendo processo, ao invés de vcs estarem investigando crimes de grande potencial, estas preocupado com o policial que foi agredido, ou com a população que se sente ameaçada pela PM).

    por certo não conheceste a DEIC quando era em capoeiras, o jeito que voltavam os vagabundos quando voltavam para minha área, todo arrebentado, ou a 4º DP qdo era próximo a UDESC, ou a 3º DP ao lado do Figueirense, pergunte para seus colegas mais antigos se eles utilizavam a baheira para tomar banho, como se a PC nunca tivesse usado da violência para saber alguma coisa.

    Resumindo, TU ÉS UM BAITA DE UM RETARDADO, SEU OTÁRIO, por certo não conheceste a DEIC quando era em capoeiras, ainda bem que existe policiais civis e militares que possuem amizade acima de tudo, qdo um ou outro precisam de apoio , não ficam colocando picuinha a frente das coisas.

    PARABÉNS A TODOS POLICIAIS CIVIS, PRINCIPALMENTE AOS DELEGADOS DA DEIC,6º DP, O PESSOAL DA CENTRAL DE POLICIA E AOS GLORIOSOS POLICIAIS MILITARES, QUE DÃO A CARA PARA BATER E NÃO DESANIMAM JAMAIS , TODOS QUE TRABALHAM DIOTURNAMENTE QUE COLOCAM O COMBATE AO CRIME EM PRIMEIRO LUGAR.

  • Massimus diz: 6 de maio de 2010

    A PM a cada dia que passa se afunda mais e mais, isso só demonstra sua falta de capacidade e ignorância (burrice mesmo). Essa é a herança daquele despreparado coronel que comandava os militares até esses dias, o qual sempre que podia ofendia os doutores Delegados de Polícia, transparecendo muita inveja, ao ponto de se pensar que seria seu sonho ser Delegado de Polícia, mas que felizmente não conseguiu. Ainda bem que se nomeou um Coronel que parece muito mais capacitado para o cargo.
    Quanto aos PMs o Delegado tinha que ter preso todo mundo em flagrante e mandado pra delegacia!!!
    A Sociedade que não fica de olho não, que ela que vai pagar o pato no final…

  • Daniel Ramos de Oliveira diz: 10 de maio de 2010

    A PM não tem capacidade e é ingnorante?Vou lhes dizer uma fato que ocorreu comigo ontem:Um vizinho meu estava tendo uma parada cardiaca,e nós chamamos o SAMU,mas a atendente enrolou,enrolou,e demorou pra caramba.Eu peguei o meu celular e liguei pra a Policia Militar,foi incrivel a diferença de atendimento,em 2 minutos eu falei tudo que estava ocorrendo,e ela me disse que já estava enviando uma Viatura deles e dos Bombeiros imediatamente.Dai a viatura da PM,até demorou um pouco,e os Policiais foram super educados,eles disseram:”Desculpa pela a demora,pois nós estavamos atendendo uma outra ocorrencia,e não deu pra agente chegar antes”,nisso a Ambulancia do SAMU já tinha chego.
    Outro fato:Uma vez eu sofri um roubo,e fui até a Policia Civil pra fazer um BO,demorou demais pra fazer a porcaria do BO,os caras ficaram enrolando tambem.
    Eu respeito tanto a Policia Militar como a Policia Civil,por isso mesmo,eu defendo que ambas deviam se unir aqui no Estado de Santa Catarina.Mas alem disso,eu acho que a sociedade deveria era mais valorizar os PM’s.

  • SEGURANÇA PÚBLICA diz: 16 de maio de 2010

    A PC tinha que dobrar o efetivo! dai a pm faz o dela e a policial civil faz o seu!! dai as ocorrencias são atendidas mais rapido aos chamados da população pela PM e a policia civil pode atender melhor o publico , investigar.. representar por prisões, representar por buscas, interceptações telefônicas e outras coisas que só ela pode fazer através de um Delegado de Polícia!

  • ta brincando diz: 12 de junho de 2010

    Como assim levou pro batalhão pra averiguar?????? desde quando se leva alguem pra bosta do batalhão desses merdas de milicos?? AVISA PRA ESSES LAMBE-BOTAS QUE A A DITADURA ACABOU, APESAR DE AINDA VIVEREM ENTRE NÓS, PM RAÇA MALDITA!

  • Adriano diz: 1 de dezembro de 2010

    Que vergonha. Não existe esse procedimento de levar qualquer suspeito para um quartel… O que de fato ocorreu foi que os PM´S percebendo a merda que fizeram (covardia), levaram o policial civil para o quartel, para ver como iriam sair dessa situação.
    Tem pessoas dizendo que o policial não se identificou, mas se fossem policiais preparados, não iriam bater em ninguém, simplesmente fariam a abordagem e perguntariam sobre a procedência da arma (procedimento correto), ou seja, alguns policiais têm que parar com essa forma truculenta de lidar com a população de primeiro bater, para depois perguntar.

  • Cezar diz: 1 de dezembro de 2010

    A PM sempre teve inveja dos Policiais Civis

  • Luiz Carlos Cerqueira diz: 9 de novembro de 2013

    omo é que o Brasil que se diz um estado democratico de direitos tem essa especie de militar estadula atuando no meio da população civil. O Brasil tem que acabar com as policias civil e militar e criar uma policia unica de ciclo completo, pois delegado de policia de oficiais não produzem nada em prol da população e tem mais policia não se batalhões, cias e departamentos, policia só se faz em um unico lugar que é no distrito policial, esse sim deveria ser responsável pelo policiamento ostensivo preventivo e de investigação e a equipe que que começasse o caso deveria leva-lo ate o final, esse negócio de delegado que investiga o caso todos nós sabemos que é balela, os agentes investigam e eles recebem os meritos, e o inquerito policial outra farça tem ser revisto outra maneira mais eficaz de se apurar crimes no Brasil. Agora me respondam o Brasil tem Policia militar Estadul ou Gerdamaria. Porque o conceito de Policia Militar que conheço dos paises de primeiro mundo é que é uma força feita por integrantes da forças armadas de umpais para atuar no meio deles militares, por isto é que é policia militar, já aqui no Brasil foi criada essa aberração que policias militares estaduais para atuar no meio da população civil, PM é um militar estadual que tem o povo como inimigo, pois preparados para guerra eles não são e muito menos para fazer policia de verdade.

  • sebastiao joaquim cardoso diz: 10 de novembro de 2013

    Cada povo tem o que merece; poderes de policia para quem não tem condição é que da no que estamos vendo, esperem por mais alguns tempos que poderemos ver no que vai dar, guardas armadas , grupos melicianos entre tantos querendo poder de pulicia.

  • Reginaldo diz: 24 de março de 2015

    Quartel não é lugar de levar pessoas, sejam eles suspeitos ou bandidos. A policia militar sabe que tem de levar para a delegacia….

Envie seu Comentário