Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Senta pra chorar

17 de maio de 2010 1

Domingo à noite. Apesar da chuva e do frio, um bom público foi até a UFSC para assistir ao espetácúlo de Diogo Portugal, Senta pra Rir. Começar a semana às gargalhadas seria uma boa pedida, pensaram. Só que nem tudo foi alegria. Muitos sofreram até achar um local para estacionar. O acesso à reitoria estava fechado por uma cancela, obrigando inúmeros motoristas a darem voltas e mais voltas para encontrar algum local onde pudessem deixar o veículo. Não havia orientação, uma única pessoa para oferecer informações.

A escuridão do local ajudou a aumentar a confusão. Resultado: carros parados em qualquer lugar, com alguns passando até por cima dos canteiros da universidade para alcançar uma vaga. Outros até chegaram atrasados ao stand up comedy.  

Indiferentes a toda a movimentação na chegada, dois vira-latas aproveitaram o quentinho do tapete azul no hall de entrada do Centro de Eventos da UFSC. Ficaram por ali mesmo, enquanto o pessoal esperava a abertura das portas do teatro.

Lá dentro, clima agradável, bela estrutura e muitas gargalhadas. Na saída, a chuva dificultou ainda mais o caminho até o estacionamento. Percalços de quem sai de casa para apreciar um espetáculo em Florianópolis…

 

comentários

Comentários (1)

  • Aline diz: 17 de maio de 2010

    O que não me agradou também foi o fato de que, quem chegou mais cedo, para não se atrasar devido a chuva, teve que ficar esperando primeiramente no hall ali embaixo, pois até o acesso da rampa estava fechado. O que gerou uma grande aglomeração. Quando abriram e todos puderam entrar, a sala do teatro ainda estava fechada, e novamente teve aglomeração.
    Não seria muito mais agradável se as pessoas fossem chegando e já indo para seus lugares?
    Isso sem contar o atraso de 30 minutos. Mas quem é acostumado a ir no teatro em Floripa, sabe que esse atraso já é rotina. Eu considero falta de educação com o público.

Envie seu Comentário