Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cara a tapa

13 de junho de 2010 2

Thiago Silva, o novo diretor geral do Procon de Florianópolis, assume nesta segunda-feira à frente da entidade que conta com 18 funcionários e trabalha pela garantia dos direitos dos consumidores. De origem humilde, gay e sem formação em nível superior, põe a cara a tapa contra o preconceito ao ser questionado se está preparado para coordenar um órgão tão técnico, mesmo que a indicação tenha sido política:
— Minha universidade foi a vida. Sei o quanto as pessoas, em especial as mais pobres, têm dificuldades para brigar por seus direitos. É pra elas que vamos trabalhar mais — disse.

comentários

Comentários (2)

  • Pedro diz: 13 de junho de 2010

    Não entendi, caro Colunista. Qual a razão para a descrição feita em relação ao novo diretor geral do PROCOM? Também não entendi as razões para o mesmo ter finalizado dizendo que “… vamos trabalhar mais”. Alguma implicação político-eleitoreira? Esse senhor é filiado e militante de algum partido político? Quais as credenciais apresentadas como justificativa para a sua nomeação, por quem o nomeou? Sem qualquer preconceito, com certeza.

  • Pedro diz: 13 de junho de 2010

    Desculpe-me, caro Colunista, onde escrevi PROCOM, por favor, escreva PROCON. Obrigado.

Envie seu Comentário