Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

OAB/SC organiza manifesto contra a violência

23 de julho de 2010 7

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC) está organizando um protesto contra a violência e a insegurança que rondam a população de Santa Catarina para o dia 7 de agosto, sábado, às 11h, nas imediações do Mercado Público da Capital.

— Paciência tem limite. Não podemos mais viver sob constantes ameaças à nossa integridade física. Não temos mais paz na ausência dos nossos entes queridos — reage o presidente Paulo Borba, inconformado com o assassinato de dois advogados em pouco mais de um mês e de dezenas de cidadãos.

A Ordem está encaminhando convites a todas as entidades civis organizadas, poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, Ministério Público, conselhos de classe e sindicatos, entre outras, para que encampem este movimento de forma a unir a sociedade e promover um grande pedido pela paz.

O advogado Paulo Cesar Martins, de 47 anos, assassinado ontem (22) com três tiros na porta do seu escritório no centro de Florianópolis, foi o 53º homicídio neste ano na capital. No dia 10 de junho o colega Rodrigo da Luz Silva também foi morto a tiros em frente ao condomínio no Campeche onde havia sido síndico.

comentários

Comentários (7)

  • Pedro diz: 23 de julho de 2010

    Jogo de cena? A OAB pela importância que tem junto a todos os poderes bem que podia – desde sempre – fazer o monitoramento das ações públicas que permeiam tais problemas. Garanto que seria bastante eficaz se, por exemplo, sempre tivessem se posicionado contra o sucateamento da área de segurança no Estado. Poder-se-ia dizer que – de certa forma – foram condizentes? E que a paciência ultrapassou os limites do razoável – apenas, lamentavelmente – pelo assassinato de mais um filiado? Sei não, não gosto de atitudes intempestivas, principalmente partidas de quem teria condições de ter agido com tempestividade.

  • Jonas diz: 23 de julho de 2010

    Muito pertinente o comentário do Pedro.

  • odir caldas diz: 23 de julho de 2010

    “Tenho a impressão que devido ao número de homicídios que estatisticamente castiga a grande Florianópolis a Ordem dos Advogados do Brasil, entidade que com muita honra pertenço deveria tornar permanente a mobilização em torno de ações que levem a uma imediata e drástica redução dos atos de violência em nossa sociedade. Por outro lado discordo do comentário das pessoas que dizem que a OAB foi conivente com o sucateamento da área de segurança no Estado. É notório que a OAB é uma das entidades que no Brasil mais prima pela manutenção e desenvolvimento da democracia, com enfase para todas as garantias individuais emanadas da constituição bem como tem lutado pelo desenvolvimento de políticas de preservação da segurança públicas em todos os níveis.
    Com certeza, participaremos do manifesto.
    Parabéns Presidente Paulo Borba pela iniciativa.

  • Jose diz: 23 de julho de 2010

    A OAB deveria começar esse manifesto lavando a roupa suja em casa, pois a classe dos advogados dá enorme contribuição para a impunidade do nosso sistema judiciário. Pois é, matar policial pode. Ridículo isso.

  • Jose diz: 23 de julho de 2010

    Matar advogado é crime, matar policial é legítima defesa. A OAB precisa rever seus valores.

  • almanaque do roberto diz: 25 de julho de 2010

    Neste mundo atual só sobrevive os que matam no trânsito,na polícia,etc… Numa guerra civil sobrevivem os desumanos,as baratas,os vermes,as ratazanas,etc…

  • almanaque do roberto diz: 25 de julho de 2010

    “Os policiais deles usam camisetas com o símbolo de uma caveira, armas e uma adaga no crânio, aí vocês tem uma idéia de como a situação é perigosa por lá”
    (Sylvester Stallone,sobre o Brasil)

    http://www.globoradio.com

Envie seu Comentário