Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Congestionamento no Majestic

26 de agosto de 2010 3

Faltou espaço para tantos carros no acesso do Hotel Majestic, quarta-feira à noite. Também pudera. No mesmo local em que aconteceu a festa de 20 anos de colunismo da Juliana Wosgraus, a delegação do Internacional, de Porto Alegre, também estava hospedada. Seguida, claro, por um grande grupo de torcedores. Resultado: os manobristas não deram conta de atender tanta gente. Apesar do congestionamento na entrada, os jogadores foram extremamente atenciosos e, no final, todo mundo comemorou. Só quem não gostou foi o técnico do Avaí, Antônio Lopes, que também mora no hotel e ainda teve de ouvir flauta de alguns torcedores após a derrota. O delegado passou pelo hall de entrada com cara de poucos amigos.

comentários

Comentários (3)

  • Marcelo diz: 26 de agosto de 2010

    Estava ontem no local e confesso que minha vontade, assim como a de outras pessoas que lá estavam, era de chamar a polícia.
    Enquanto os mortais comuns aguardavam até por uma hora os manobristas “acharem o carro”, políticos que estavam no local passavam a frente da fila e iam embora bel belos e formosos.
    Politico são pessoas melhores do que nós?
    Fiquei indignado pela falta de respeito de ambos. Dos políticos e dos manobristas.

  • Maria Eduarda diz: 26 de agosto de 2010

    Ontem aquele hotel parecia o purgatório. Demorei quase uma hora e meia para pegar o carro e ir embora.
    Tinha gente fazendo bafão e querendo chamar a polícia.
    É imprescionante a falta de estrutura de Floripa para atender a grandes eventos.

  • Gustavo Linhares diz: 26 de agosto de 2010

    Concordo Maria Eduarda, também acho impressionante a falta de leitura das pessoas, frequentam boas festas, boas roupas, cheira bem (bons perfumes) mas quando vao escrever ou falar…. a casa cai….. mas tb e so a parte fisica pra oferecer…. nada mais!!!

Envie seu Comentário