Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Desinteresse pelo futuro do Mercado Público

26 de novembro de 2010 5

Foi vergonhoso o número de participantes na primeira audiência pública para conhecer a proposta de ocupação do Mercado Público de Florianópolis apresentada pela prefeitura. Na reunião que terminou há pouco, no auditório do Conselho Regional de Contabilidade, na Avenida Beira-Mar Norte, apenas cerca de 30 pessoas compareceram. Dos 16 vereadores da Capital, só Renato Geske (PR) foi e João Amin (PP) enviou um representante. Depois criticam quando o prefeito Dário Berger se queixa sobre o quanto é difícil governar Florianópolis? Bater todos sabem. Debater, poucos.

comentários

Comentários (5)

  • Ernesto São Thiago diz: 26 de novembro de 2010

    E o pior é que o único vereador presente só fez ofender as entidades empresariais que integram a comissão, acusando-as abertamente de “defender interesses” que deu a entender escusos, quais sejam, querer desalojar os atuais comerciantes para colocar no lugar outros de maior poder aquisitivo. Acusação despropósitada, pois muitos comerciantes do Mercado Público integram a ACIF e ou a CDL, por exemplo, que juntas têm milhares de associados de todos os portes econômicos. Ademais disto, o que estas entidades estão fazendo, é defender a legalidade e a racionalidade na ocupação deste espaço PÚBLICO, normalidade institucional que parece desagradar ao vereador.

    Foi seguido no destempêro pelo presidente da associação dos comerciantes do mercado, o qual, ao invés de, em nome dos que representa, fazer proposições à comissão que igualmente integra, durante as várias reuniões realizadas, apareceu agora apenas para criticar o trabalho voluntariamente realizado e com que não colaborou no momento oportuno.

    O fato é que a indignação foi geral com a grosseria e a falta de timing da “dupla”, incluídos na revolta o Florianópolis C&VB e a ong Floripamanhã.

  • Daniel Ramos de Oliveira diz: 26 de novembro de 2010

    Infelizmente o povo Catarinense,quase em todas as cidades,não cultiva a cultura de participar de audiências públicas,e outros eventos realizados nas cidades.Muito gente,gosta somente de falar(e por muitas vezes criticar),mas debater,colocar a sua opinião para os políticos ouvirem,quase ninguém vai.É por isso,que muitas cidades tão uns caos.

  • franca diz: 29 de novembro de 2010

    Temos, tempo ne amigo. Quem sabe trabalhar 8 hosras, mais periodo de mobilidade, nao ter filhos, ou melhor………… nao fazer nada.. E ainda cutacar o mane. Sobe a chamine…………… E, tempo de natal, pedala mane

  • silverio diz: 29 de novembro de 2010

    Rafa, não é desinteresse, é que o povo já sabe no que vai dar tudo isto. Em nada. Ficará tudo como antes. Se houvesse interesse em fazer um MERCADO PÚBLICO nos moldes das grandes capitais, tipo Belo Horizonte, o povo mostraria interesse, mas, ficarem discutindo para depois voltarem a vender sandálias havaianas, calçados do Paraguay(falsificados) e tendo uma minoria que manda lá dentro, é pura perda de tempo. Época de Natal, eles tem coisa mais importantes à fazer, não achas?

  • angela silveira diz: 1 de dezembro de 2010

    A INTENÇÃO É SÓ UMA: FATURAR!!!!!!!!!!
    FATURAR COM AS OBRAS E DEPOIS COM A VENDA DOS BOXES.
    POR QUE ÊLE NÃO FAZ PRIMEIRO O QUE PROMETEU HÁ 8 ANOS ATRÁS E DEPOIS hÁ 2 ANOS?????????????
    NÃO FÊZ O METRÔ ,MARINAS PARA O NOSSO TURISMO, HOSPITAIS ,ESCOLAS ,PRISÕES,A BEIRA MAR VERGONHOSA DO CONTINENTE, QUE SERIA INAUGURADA COM A CANDIDATURA DELE AO GOVÊRNO. SE ESTAVA PRONTA PARA INAUGURAR ,POR QUE NÃO INAUGUROU????????? VAI ESPERAR A NOVA CANDIDATURA?????????? E O TAPETE PRETO FURADO, QUE NEM FOI COMPLETADO E ESTÁ SEMPRE EM RUÍNAS?????????? O QUE ÊLE FAZ É AINDA FECHAR AVENIDAS QUE AJUDARIAM NO TRÂNSITO. CAÍ FORA DÁRIO!!!!!!!!!! NINGUÉM TE AGUENTA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    QUERES FATURAR MAIS UM POUCO ,POIS SABES QUE NÃO SERÁS ELEITO A MAIS NADA.

Envie seu Comentário