Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nota do vereador Badeko

16 de dezembro de 2010 1

Em virtude da denúncia de compra de votos na eleição do novo presidente da Câmara Municipal de Florianópolis envolvendo o seu nome, o vereador Badeko entrou com pedido de requerimento diante à Câmara, sugerindo a realização de uma Sessão Extraordinária para esclarecimentos quanto às acusações feitas pelo vereador João da Bega.

Caso o atual presidente da Casa, vereador Gean Loureiro, aceite o pedido, Badeko pretende entrar com um novo requerimento em plenário solicitando a presença do prefeito Dário Berger na Câmara, já que Dário afirmou em entrevista para uma rádio de Florianópolis que alguns vereadores o procuraram para pedir dinheiro em troca de votos. Segundo Badeko, o vereador Gean afirmou durante a reunião da Mesa Diretora na tarde desta quinta- feira que o prefeito deixou claro que o vereador Badeko não está envolvido nos recentes acontecimentos.

O vereador Badeko afirma que caso o seu nome seja relacionado ao escândalo de propina, ele entrará com uma ação cível e criminal contra os responsáveis. Badeko colocou-se à disposição para esclarecer os fatos. “Espero que todas as denúncias relacionadas à votação para a presidência da Câmara sejam solucionadas e, caso fique provado que houve venda de votos, que o responsável seja punido de maneira exemplar”, finalizou o vereador.

comentários

Comentários (1)

  • Paulo César da Rosa Romão diz: 18 de dezembro de 2010

    O Sr. Dario berger reclamando de compra/venda de votos é a maior piada do ano. É de morrer de rir. A revoada dos Vereadores para a banda oposta deve ter sido por causa da não, digamos assim, correção monetária do mensalinho que o Prefeito paga a sua base na Câmara. Até as pedrinhas do piso da Pça XV sabem. Só a imprensa em geral e os colunistas políticos em particular é que se fingem surpresos e indignados. É duro e sofrido ser eleitor/contribuinte em Fpolis nos últimos tempos.

Envie seu Comentário