Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dono de carro incendiado tenta aplicar "migué" na polícia!!

30 de maio de 2011 0

Foto Guto Kuerten

A Polícia Civil, por meio da 10ª Delegacia da Capital, descobriu que o proprietário do automóvel Fiat Uno, incendiado à beira da praia da Joaquina, no início do mês de abril, não teve o veículo furtado, como havia registrado na DP.

Ele foi indiciado por falsa comunicação de crime, que tem pena de um a seis meses de detenção. Desde a instauração do Inquérito Policial para apurar o incêndio do veículo, várias testemunhas foram ouvidas, e conforme a apuração, descobriu-se a mentira do proprietário do Fiat Uno. Em vez de ter o carro furtado, ele tinha atolado o veículo na praia ao tentar cruzar da praia da Joaquina para a praia do Campeche. Como não conseguiu utilizar os serviços de guincho do seu seguro, registrou na 10.ª DP da Capital que o carro teria sido furtado.

Na época, a hipótese de o carro ter sido incendiado por uma organização criminosa chegou a ser cogitada. Uma semana depois, com a maré alta alcançando o veículo, jovens da região, em ato de vandalismo, atearam fogo, incendiando o Fiat/Uno. Os jovens ainda estão sendo identificados e, posteriormente, ouvidos.

comentários

Envie seu Comentário