Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

TJ eleva o tom e fala até em fechar varas

29 de junho de 2011 1

O Tribunal de Justiça elevou o tom do descontentamento diante do iminente descumprimento do acordo firmado com o Executivo, e avalizado pelos deputados, para ampliação do valor de seu repasse. O Judiciário até já iniciou estudos de cenário que podem significar a paralisação do seu plano de expansão ainda para o segundo semestre deste ano.

A medida afetaria comarcas como Joinville, Blumenau, Criciúma e Florianópolis, que podem ficar sem a instalação de pelo menos 20 novas varas já estavam previstas. Na prática, seriam cerca de 80 mil processos que seguiriam represados nos escaninhos da Justiça por falta de estrutura. Como medida extrema, algumas também podem ser fechadas.

comentários

Comentários (1)

  • Pedro diz: 30 de junho de 2011

    Talvez, se a corregedoria efetivamente se preocupasse com o andamento dos processos, inclusive no TJ, pudessem ser fechadas muitas outras varas por aí. Talvez esse “remédio” de sempre querer mais e mais possa estar efetivamente “matando” a doente sociedade catarinense. Talvez se o TJ adotasse salutar medida de recusar todo recurso procrastinatório, abreviando os julgamentos, tal medida irá repercutir nas instâncias inferiores, fazendo com que muitas querelas fossem resolvidas administrativamente, ou que os oportunistas (sempre de plantão) deixassem de se entusiasmar em “vender fumaça” aos pobres catarinenses sob a promessa de “ganhos futuros”. Talvez uma revisão ética e moral, em todos os níveis, possa desafogar de vez os ditos escaninhos.

Envie seu Comentário