Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

SOS Tijucas

29 de julho de 2011 2

Olá amigo… enquanto as policias brigam em Santa Catarina, veja só :  

Segurança  é um direito do Cidadão e um dever de do Estado;  Chegamos ao limite na nossa cidade , todos os dias  presenciando  um verdadeiro caos , furtos , assaltos roubos,arrombamentos,  fruto do descaso e inoperância do sistema governamental e desua   gestão desastrosa.

Impossível pensar em segurança publica sem um planejamento de macro ações , porém imediatamente precisamos soluções urgentes afim de minimizar os problemas e tranqüilizar os cidadãos de bem,  que viveme trabalham  em nossa cidade.

Tijucas tem aproximadamente 279 km2 , mais de 31 mil habitantes , geograficamente bem localizada, e atualmente muito mal assistida no que se refere a segurança publica.

Pasmem senhores !  , temos um servidor na Delegacia de Policia Civil para o atendimento ao publico para  cada 24 horas , isso mesmo  , um agente para realizar os atendimentos , registro de ocorrências, telefone, recepção , cuidar dos presos , entre outros afazeres…

Se isso não bastasse a Policia Militar, Pelotão de Tijucas , conta com 2 soldados por plantão para cada 24 horas , deixando inclusive viaturas paradas por conta da falta de efetivo, ou até mesmo por problemas de escalas de trabalho.

Precisamos ressoar esse grito de alerta , queremos apenas o que é de direito  nosso e dever do estado , IMPLORAMOS SEGURANÇA ! nossa campanha continua e precisamos de você.

 

SOS TIJUCAS  #segurançaJá

 

Luiz Rogério da Silva – Rogerinho

Vice Prefeito Municipal.

comentários

Comentários (2)

  • Ana Lúcia diz: 1 de agosto de 2011

    Boa noite sr. Rafael, li hoje a seguinte nota em sua página no Diário:
    FALTA DE EDUCAÇÃO
    “(…) cresce o zum-zum-zum de que alguns professores estariam distribuindo, em sala de aula, a lista dos 28 deputados que votaram favoráveis ao PLC 0026, dia 13 de julho, que tratava sobre os salários da categoria”.
    Penso que moramos numa democracia, acho que o professor tem que dar aula de cidadania, também. Então, não concordo com o senhor que é “falta de educação”. A greve de 2011 em Santa Catarina, ficou na história, já está registrada. E nós, professores, alunos, pais, jornalistas e principalmente o governo e os deputados, somos “personagens” ou “autores” desse fato histórico. É dever da escola sim repassar toda história, seja ela,mundial, federal, estadual ou municipal, o senhor não concorda? Todos os anos o MEC ou Secretaria da Educação, nos mandam cartilhas sobre trânsito, drogas, sexualidade, meio ambiente, bullying, etc. Nos dizem que são temas transversais, que temos que ensinar para nossos alunos (mal conseguimos vencer os conteúdos das disciplinas). Dizem que é na escola que eles devem aprender tais assuntos. Mais uma responsabilidade para os professores, às vezes, me pergunto, o que será que os pais estão fazendo em casa, se somos nós que temos que ensinar/educar. Concordo em falar sobre todos esses temas tão importantes. Mas creio que não é só na escola que se aprende esses temas. Mas já que discutimos todos esses assuntos em sala de aula, porque não podemos falar de políticos, de greve? Afinal é só na escola e com os professores que nossos alunos vão saber o que realmente aconteceu com o nosso plano de carreira e o que é PLC 0026. Isso realmente aconteceu, nada vai mudar esse fato e, não há nada que as pessoas possam fazer para impedir que nós os professores falemos sobre isso em sala de aula. Não vejo problema algum. Eu tenho na porta do meu armário na escola, o nome dos deputados que aprovaram o PLC 0026. Isso vai me tornar uma professora (des)educada?
    Profª Ana Lúcia de Liz/Regional de Lages

  • aacioli diz: 12 de agosto de 2011

    Temos que mostrar sim !!! Porque esses sujeitos devem ser protegidos ????

Envie seu Comentário