Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Negligência ou crime?

30 de agosto de 2011 0

A morte  de um cidadão no terminal de integração do Centro de Florianópolis,  ocorrida  hoje, revela a necessidade urgente do cumprimento da Lei Complementar 235/2006 de autoria do vereador Aurélio Valente (PP). Lei esta que determina a obrigatoriedade de aparelho desfibrilador externo automático nas dependências de locais com concentração/circulação média diária de 500 ou mais pessoas no âmbito do Município de Florianópolis.Com a falta do aparelho, segundo o vereador Aurélio, o fato poderia ser considerado uma fatalidade se não fosse a negligência do município em cumprir com o que determina a lei.

comentários

Envie seu Comentário