Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Gaúchos faltam com respeito nos jogos em Floripa

26 de setembro de 2011 11

Foto Flávio Neves

A lamentável cena já tinho ocorrido no jogo entre Figueirense e Inter, no Scarpelli, e voltou a se repetir na partida entre Avaí e Grêmio, neste domingo, na Ressacada. Nas duas oportunidades, as torcidas do Grêmio e do Inter resolveram cantar a plenos pulmões o Hino Riograndense, bem no meio da execução do Hino Nacional. Mais do que falta de respeito, um crime contra um dos símbolos nacionais. Tudo bem que o 20 de setembro é motivo de orgulho para os gaúchos e coisa e tal, mas vir pra Santa Catarina bancar de separatista é dose. Engraçado é que no verão, quando lotam as praias daqui, não se vê nem maragatos e nem chimagos cantando “sirvam nossas façanhas”, enquanto tomam chimarrão à beira-mar. Depois não adianta torcer o nariz quando os manezinhos entoam o já tradicional “gaúcho, cunhado” (não é bem isso, mas você entende). Cá entre nós, se tem um Estado que merece um pouco mais de consideração dos herdeiros da Revolução Farroupilha é exatamente Santa Catarina. Quem discorda, é irresponsável ou, então, desconhece a história…

comentários

Comentários (11)

  • Romualdo diz: 29 de setembro de 2011

    Por falar em história, quem a conhece saberá que o catarinense também tem méritos pela parcela de participação na Revolução Farroupilha, e sendo assim não deixa de ser também um herdeiro desta luta que marcou o SUL. O episódio citado não pode em momento algum ser entendido como afronta ou desrespeito aos irmãos catarinenses, bem pelo contrário, … foi uma forma de chamar a atenção do PAÍS de que nós aqui do SUL (Santa Catarina inclusive), não aceitamos nem tão pouco concordamos de que passem pelo nossa frente, diante dos nossos olhos, ostentando um trote garboso de debochado, com os pessuelos entulhados de barbaridades.
    A vida nos ensina que notar a floresta é mais importante do que a árvore isoladamente.
    Um abraço,

  • Wagner diz: 30 de setembro de 2011

    Concordamos e ainda falamos para todo mundo. Santa Catarina é o melhor estado que existe, afinal, separa o Rio Grande do Sul do resto do BraZil !!!

  • luiz fernando vidal da rocha diz: 2 de outubro de 2011

    Respeita a terra que te acolhe.

  • Gabriel Pereira diz: 3 de outubro de 2011

    Concordo e discordo ao mesmo tempo. Sou gaúcho e vivo em florianópolis a 30 anos, tomo meu chimarrão diariamente, assim como jogo minha tarrafa nos finais de semana, que lindo que ainda exista patriotismo visto assim pelo povo Rio Grandense, de que adianta cantar o hino do Brasil não o tendo como pátria amada, escândalos, roubalheira, entre outros, talvez se todos os estados soubessem cantar seu hino que o representa as coisas não seriam tão deixadas de lado, acho que falta um pouco de humildade sim, mas da parte dos catarinos. Vê se algum catarino é mal recebido ou ameaçado quando vai para o estado do Rio Grande do Sul, muito pelo contrário, é acolhido como um irmão, diferente daqui que te olham como se fosse roubar um pedaço de terra, se temos que cantar o hino de UM país, porque que ainda existe agressões contra alguém que usa bombacha em outro estado, que é repudiado se for visto tomando chimarrão na beira-mar…porque? Para cantar o hino de UM país, temos que ser um país somente…então catarinos. Não dêem moral de cueca como estão fazendo em jornais, internet…

  • Luis diz: 6 de outubro de 2011

    Pobre Santa Catarina, tão longe de Deus, tão perto do Rio Grande do Sul…intisicando. E, Rafael, trabalhando na RBS, tu postares isto aqui, me faz ver que tu tens peito.

  • Daniel Nunes diz: 11 de outubro de 2011

    Uma lembrança e uma pergunta e um ditado:
    1.Não esquece que a empresa que paga o teu salário é do Rio Grande do Sul (se eu fosse teu chefe já tinha te demitido).
    2.Santa Catarina tem hino? Se tem, o povo que se orgulha tanto dessa terra sabe cantá-lo?
    3.A inveja é uma merda.

  • natalia diz: 14 de outubro de 2011

    falta de respeito talvez, falta de patriotismo com certeza! deveria sim ser respeitado o hino dessa NAÇÃO, mas para os gauchos o país deles é o rio grande do sul.
    Sou catarinense de corpo e gaucha de coração, me pergunta um trecho do hino de sc que nao sei cantr, mas “sirvam nossa façanhas de modelo a toda terra” chego a me arrepiar quando ouço!
    achei falta de respeito, mas o orgulho deles é o RS, entao fazem certo cantar!

  • Bernardo Bohrer diz: 17 de outubro de 2011

    Véio, não sou de usar palavras difíceis! Mas se tu fala uma merda dessa na minha frente, eu arrebento essa tua cara meu! Que que tu tá pensando? Eu sou GAÚCHO e moro em Santa Catarina a 10 anos, e nem por isso fico falando mal da tua terra! Se não tem orgulho do lugar onde tu nasceu não aglomera!

  • Diego Alvinegro diz: 17 de outubro de 2011

    Pessoal, acho que a discussão se encerra quando analisamos o PIB (SC R$ 20.368,64
    RS R$ 18.378,17). Contra fatos não há argumentos. Voltem para a Gaucholândia na Beira-Rio e deixem nossa Beira-Mar em paz. O ar de soberba deve ser para preencher os que lhes falta na alma. Nossa alma está repleta. Temos tudo que precisamos para viver, perto de casa.

    Para encerrar, segue um trecho do hino de SC que resume bem o coração catarinense:

    “Não mais diferenças de sangues e raças
    Não mais regalias sem termo fatais,
    A força está toda do povo nas massas,
    Irmão somos todos e todos iguais!”

  • marina diz: 3 de novembro de 2011

    é que o rio grande é um orgulho para todos nos q somos daqui amamos esse estado !

  • Jr diz: 20 de maio de 2012

    Calma cara, não leva as coisas tão a sério, foi só uma brincadeira, mas eu sei porque… O Falcão é o maior jogador da história do RS e é Catarinense, e sem falar no Valdomiro que metia gol no Gaymio e pode ser o jogador que mais vestiu a camisa vermelha com mais ou menos 800 jogos em 14 anos no time, um mito!
    VIVA SANTA CATARINA!

Envie seu Comentário