Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de setembro 2011

Assinado pacote para recuperação das enchentes

29 de setembro de 2011 0

O governo federal acaba de assinar o pacote de medidas para recuperação das cidades atingidas pelas enchentes, totalizando cerca de R$ 113 milhões. Os ministros Ideli Salvatti e Fernando Bezerra receberam cerca de 35 prefeitos catarinenses no Palácio do Planalto, acompanhados por oito deputados federais de SC.

Entre os destaques, a liberação do FGTS se limite de valor para os municípios que decretaram calamidade pública (11). Nas cidade em que foi decretado estado de emergência, os moradores terão direito a sacar até R$ 5,4 mil do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Os aposentados e pensionistas do INSS terão direito a financiar um salário, com três meses de carência e parcelado em até 36 vezes sem juros. Para o governo do Estado também foi liberado mais R$ 50 milhões para recuperação da infraestrutura (rodovias). As prefeituras também terão linhas de crédito específicas para a reconstrução das cidades.

Unidades móveis da Caixa Econômica Federal vão percorrer os municípios atingidos para acelerar a liberação dos recursos, que passa a valer imediatamente. Por fim, o BNDES também vai abrir financiamento para os empresários que precisam recuperar o capital de giro depois das perdas totais das mercadorias. Ao que tudo indica, o Alto Vale deve viver uma explosão na economia nos próximos meses, semelhante ao que ocorreu em Blumenau em 2009.

Cuíca roncou na reunião entre prefeitos e a ANTT

28 de setembro de 2011 1

Acabou há pouco a reunião entre os prefeitos da Grande Florianópolis e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília, para discutir o famoso trajeto do Rodoanel. O clima foi pesado. Acompanhados pelos deputaos Gean Loureiro, Edinho Bez e Mauro Mariano, os prefeitos Castelo, Djalma e Ronério resolveram endurecer com a agência pela manutenção do traçado previsto inicialmente. A decisão sai até o dia 8 de novembro.

Santo de Casa também pode fazer milagre

27 de setembro de 2011 0

A juíza Cândida Inêz Zoelner, titular da vara criminal de Jaraguá do Sul, aproveitou recente solenidade realizada naquela cidade, com a presença do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Trindade dos Santos, para cobrar a criação de uma segunda vara criminal naquela comarca. Disse, aliás, que a estrutura de segurança na cidade, com 142 mil habitantes, é inferior aquela encontrada em Rio do Sul, por exemplo, com seus 62 mil habitantes.

Enquanto Jaraguá tem apenas três delegacias, a cidade do Alto Vale contabiliza seis DPs. O presidente do TJ, em resposta, comentou que até o final de sua gestão serão instaladas 47 novas varas no Estado. Jaraguá, acrescentou, deve ser contemplada numa segunda etapa do projeto de expansão da Justiça de 1º Grau.

Sobre o número de delegacias, com um sorriso de canto de boca, gracejou: “Olha, nesse caso, acho melhor falarem diretamente com o secretário de segurança pública”. César Grubba, como se sabe, é natural de Jaraguá do Sul, filho do ex-prefeito Waldemar Grubba, que governou o município na década de 1950.

Gaúchos faltam com respeito nos jogos em Floripa

26 de setembro de 2011 11

Foto Flávio Neves

A lamentável cena já tinho ocorrido no jogo entre Figueirense e Inter, no Scarpelli, e voltou a se repetir na partida entre Avaí e Grêmio, neste domingo, na Ressacada. Nas duas oportunidades, as torcidas do Grêmio e do Inter resolveram cantar a plenos pulmões o Hino Riograndense, bem no meio da execução do Hino Nacional. Mais do que falta de respeito, um crime contra um dos símbolos nacionais. Tudo bem que o 20 de setembro é motivo de orgulho para os gaúchos e coisa e tal, mas vir pra Santa Catarina bancar de separatista é dose. Engraçado é que no verão, quando lotam as praias daqui, não se vê nem maragatos e nem chimagos cantando “sirvam nossas façanhas”, enquanto tomam chimarrão à beira-mar. Depois não adianta torcer o nariz quando os manezinhos entoam o já tradicional “gaúcho, cunhado” (não é bem isso, mas você entende). Cá entre nós, se tem um Estado que merece um pouco mais de consideração dos herdeiros da Revolução Farroupilha é exatamente Santa Catarina. Quem discorda, é irresponsável ou, então, desconhece a história…

A vida sem sinal

23 de setembro de 2011 0

Sirlei Carraro Morgan, divulgação

A leitora Sirlei Carraro Morgan encaminhou esta foto da placa instalada na entrada do Distrito de Marechal Bormann em Chapecó. Os moradores dizem que mesmo com a antena instalada no local há cerca de três semanas não é possível fazer, muito menos receber ligações com celular.

Sirlei conta que os moradores estão fazendo apostas para ver quem acerta o dia que o sinal de celular vai funcionar. Até uma cesta de chocolate, com direito a espumante e confetes será dada para a primeira pessoa que receber uma ligação ou mensagem de celular no escritório da empresa dela, instalada no local.

Chegou o dinheiro na cidade

22 de setembro de 2011 0

Martinho Ghizzo, divulgação

Um forte esquema de segurança foi montado agora à tarde em frente à agência central do Banco do Brasil, na Rua dos Illhéus, no coração de Floripa. Agentes da Polícia Federal, PMs e Guarda Municipal participaram da ação. Extraoficialmente, a informação é de que vários carros-forte com dinheiro em espécie estariam desembarcando a carga no banco. O BB não confirma. Mas pelo aparato, certamente não era para o transporte de títulos protestados.

Visita emociona Damião em Floripa

21 de setembro de 2011 0

O próprio centroavante do Internacional não esperava. Foi uma visita surpresa, que deixou o atacante visivelmente emocionado. Hoje à tarde, enquanto concentrava para o jogo de logo mais à noite, Leandro Damião foi avisado que o empresário Genésio Ayres Marchetti (na foto de terno), do Atlético de Ibirama, tinha ido até o hotel para vê-lo. Marchetti é considerado o homem que lançou o camisa 9 da Seleção Brasileira para o futebol profissional. O papo, claro, rolou solto e leve. Quem aproveitou para tirar uma lasquinha foi o coloradíssimo Valdir Cobalchini, secretário de Estado da Infraestrutura (à direita). Marchetti detém 30% dos direitos federativos de Damião, por isso costuma brincar: “Este menino vale ouro”.

Pinho Moreira anda fulo da vida com Parisotto

20 de setembro de 2011 0

Pessoas próximas ao ex-Presidente da Celesc, Eduardo Pinho Moreira,  garantem que ele anda fulo da vida com a aparição de Lírio Parisotto se fazendo de surpreso quanto à existência dos pagamentos feitos à Monreal. O motivo seria o fato de que, segundo Eduardo Pinho Moreira, Lírio Parisotto tinha pleno conhecimento do trabalho da Monreal e utilizou-se do relatório de auditoria para demonstrar surpresa.

Justiça nega pedido de alérgica para município retirar aroeiras das ruas

19 de setembro de 2011 0

A 4ª Câmara de Direito Público do TJ manteve sentença da comarca de Xanxerê, que julgou improcedente pedido de indenização por danos morais e materiais ajuizado por Norma Romani contra aquele Município. Há aproximadamente três anos, a autora sofre de um processo alérgico provocado pela árvore aroeira, também conhecida por “bugreiro”, “pau-de-bugre” ou “chorãozinho”, planta muito comum na região. 

    Os médicos a proibiram de andar pelas ruas sem o uso de máscara, devido à gravidade da alergia. Norma reivindicou, por diversas vezes, na Prefeitura Municipal, providências para a substituição das aroeiras por outra espécie, sem sucesso. A municipalidade, por sua vez, disse que inexistem elementos suficientes a configurar danos. Ademais, sustentou que não há provas de que as árvores desencadearam a alergia crônica alegada pela autora.

   Para o relator da matéria, desembargador Jaime Ramos, os documentos anexados aos autos foram suficientes para demonstrar que, realmente, Norma sofre de alergia. “Porém, esta decorre de múltiplos fatores, dentre os quais, fracamente positivo, o de contato com planta de aroeira, também denominada bugreiro ou chorãozinho, o que não é suficiente para obrigar o Município a substituir todas as plantas dessa espécie na área de seu território, nem se pode condená-lo à reparação de danos morais e materiais”, concluiu o magistrado. A votação foi unânime (Ap. Cív. n. 2010.086658-8).

Paulo Freire completaria hoje 90 anos

19 de setembro de 2011 0
Em 2011, no dia 19 de setembro, o educador Paulo Freire (1921-1997) completaria 90 anos. Durante todo o ano acontecem ações em comemorações a data, devido a importante contribuição de Paulo Freire para a educação no país e no mundo.

Nascido em 19 de setembro de 1921, em Recife (PE), Paulo Reglus Neves Freire é considerado um dos mais importantes educadores do século XX. Aos 22 anos, ingressou na Faculdade de Direito do Recife. Período em que conheceu a professora primária Elza Maia Costa Oliveira, com quem se casou em 1944 e teve 5 filhos.

Em 1947, Paulo Freire assumiu o cargo de Diretor do Setor de Educação do SESI do Recife – Serviço Social da Indústria, onde estudando as relações entre alunos, mestres e pais de alunos, conheceu a realidade dos trabalhadores e as particularidades da sua linguagem. Sua primeira experiência como professor universitário foi na Escola de Serviço Social, lecionando Filosofia da Educação. Doutorou-se em Filosofia e História da Educação em 1959, com a tese ”Educação e Atualidade Brasileira”.

No início dos anos 60 engajou-se nos movimentos de educação popular, entre eles o Movimento de Cultura Popular (MCP), a campanha “De Pé no Chão Também se Aprende a Ler” e a Campanha de Alfabetização de Angicos (alfabetização de 300 trabalhadores rurais em 45 dias), ambas no Rio Grande do Norte, e coordenou o Programa Nacional de Alfabetização, do Governo Goulart.

Premiado e reconhecido internacionalmente, Paulo Freire dedicou-se às experiências no campo da educação de adultos e do processo de democratização do ensino, na construção de uma sociedade democrática, por meio do diálogo crítico, a fala e a convivência. Revelou ao mundo uma educação para além da sala de aula, da educação formal, capaz não só de ensinar conteúdos e comportamentos socialmente esperados e aceitos, mas também capaz de conscientizar a todos e a todas. Mais objetivamente pensou nos jovens e adultos trabalhadores, homens do campo e da cidade para abrir-lhes a possibilidade de enfrentarem a opressão e as injustiças.

O educador participou de fóruns e debates. Realizou milhares de palestras e conferências. Envolveu-se nos movimentos sociais progressistas, entre muitas outras atividades como militante e como intelectual. Recebeu prêmios, títulos e homenagens em todo o mundo, entre estas 39 títulos de Doutor Honoris Causa, dos quais 5 entregues à sua viúva. A partir de 2000, a sua viúva Ana Maria Araújo Freire, na qualidade de sucessora legal da obra de Paulo Freire, organizou seus textos inéditos, nomeou-os e publicou na “Série Paulo Freire”.

Hoje o Instituto Paulo Freire (IPF) criado por sugestão do próprio Paulo Freire no dia 12 de abril de 1991, tem a missão de manter vivo e reinventar o seu legado. Tem o compromisso com a educação popular e o sonho da cidadania planetária. Educar para um outro mundo possível.

Podemos dizer que Paulo Freire nos deixou um legado de imensa contribuição para a educação, com reflexos em áreas como a filosofia, a arte, a física, a matemática, a geografia, a história, a literatura, entre outras.

Até hoje continua sendo a grande referência de uma educação como prática da liberdade. Nos ensinou que aprender e ensinar são atos inseparáveis, que a história é possibilidade, não fatalidade. O que ele escreveu faz parte inseparável da vida de toda uma geração que aprendeu a sonhar com ele sonhos possíveis.