Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

TRE contesta informações sobre o concurso

18 de outubro de 2011 13
Em atenção à nota publicada na Coluna Visor do Diário Catarinense, em 16.10.2011, seguem os esclarecimentos e informações da Comissão de Concurso Público n. 001/2011.
 
O colunista afirma, sem fornecer objetivamente qualquer fato, que há uma desorganização no Concurso Público do TRE-SC, a ser realizado no próximo dia 30.10.
 
Não obstante, e sob a compreensão de que as informações e esclarecimentos  sobre o Concurso devam ser prestados com toda a clareza à Sociedade e, em especial, aos candidatos do Certame, a Comissão manifesta-se pontualmente acerca das questões suscitadas pelo colunista:  
 
1. “pipocam casos de candidatos reclamando dos serviços da Pontua, empresa contratada para realizar o exame”, porém não revela quais são as reclamações e tampouco o número de reclamantes;
 
2. informa que um candidato teve que se inscrever nove vezes, mas, ao que se depreende na nota, teve sua inscrição homologada, ou sua “matrícula” confirmada, conforme escreve o colunista. Destaca-se que há mais de 23.000 (vinte e três mil) candidatos com inscrições homologadas e toda situação em que houve eventual potencial de prejuízo ao candidato foi devidamente tratada por esta Comissão com a Empresa Pontua Concursos de modo a garantir o amplo acesso ao Certame, em especial no que se refere aos chamados “pré-candidatos” (candidatos do Concurso Público TRESC n. 001/2009) que ratificaram a sua participação para o Concurso 2011;
 
3. expressa como falha o fato de candidatos que moram em Florianópolis terem que realizar suas provas no município de Blumenau. Sobre esse tema, cabe informar que conforme o item 1.3 do Edital “As provas serão realizadas no dia 30 de outubro de 2011 no município de Florianópolis, podendo, em vista da quantidade de candidatos inscritos e, a critério da Comissão em conjunto com a Direção-Geral do TRESC, ser também realizadas em municípios da Grande Florianópolis e, ainda, em outros municípios do Estado de Santa Catarina que apresentem estrutura para tal, em locais a serem divulgados na forma estabelecida no item 3 deste Edital.”
Registra-se que a FURB, em Blumenau, apresenta uma excelente estrutura para a realização do Certame e trata-se do local que comportará o maior número de candidatos (mais de 5.000) do Concurso;
 
A respeito da referida escolha dos locais, destaca-se a preocupação da Comissão e do TRESC no sentido de alocar os candidatos do Concurso 2011 em locais de estrutura adequada, acesso facilitado, e com espaço físico para comportar grande número de candidatos, propiciando, assim, que se reduzisse os 49 locais do concurso anulado de 2009 para apenas 9 locais, de modo, primordialmente, a evitar ou, ao menos, minimizar os problemas ocorridos naquele certame
 
Quanto ao “ensalamento”, partindo-se da premissa estabelecida no Edital – no sentido de que a alocação dos candidatos poderia se dar em QUALQUER MUNICÍPIO do Estado de Santa Catarina com condições para tal - buscou-se atender ao princípio da isonomia entre os candidatos, no sentido de conferir tratamento igualitário aos candidatos provenientes dos mais variados Estados do País, e não privilegiar a alocação de residentes de Florianópolis/Santa Catarina, haja vista tratar-se de um concurso nacional promovido por um órgão público integrante da Administração Pública Federal.
 
Att.
 
Comissão do Concurso Público 2011
Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina
concurso2011@tre-sc.gov.br
 

comentários

Comentários (13)

  • Alberto diz: 19 de outubro de 2011

    ESSE CONCURSO É UMA PIADA!!!

  • Ana Maria diz: 19 de outubro de 2011

    Novamente estas empresas responsáveis por concursos nos deixam apreensivos quanto a seriedade dos concursos quer dizer que todos os espaços para realização do concurso se esgotaram na letra D pois candidatos com Letra E residentes em Florianopolis foram para Blumenau, o rsto do alfabeto vai toda para Blumenau. Na certa os candidatos do RS do qual a organizadora do concuro é colocou todos em Florianópolis.Desde quando Blumenau é Grande Florianopolis? Ver para Crer e a Comissão do TRE?

  • Liliana soares Garcia diz: 20 de outubro de 2011

    Um absurdo. Não bastasse os problemas no último concurso de 2009 e …. parece que ainda não aprenderam.
    Primeiro diminuiram os municípios no qual seriam feitas as provas, de 49 para 09.
    Depois concentraram os candidatos do Estado longe de suas casas, com a alegação esfarrapada de que vem candidatos de todos os Estados do país e por isso mesmo, não vão privilegiar a alocação de residentes de cidades do sul ou de Florianópolis/Santa Catarina.
    Acho que não entendi: o TRE de SC lança Concurso Público para provimento de vagas para o Quadro de Pessoal do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, em SC e a Comissão do Concurso Público n. 001/2011 está preocupada em conferir tratamento igualitário para os outros candidatos de outros Estados?
    Só falta o TRE se deslocar até o Estado desses cadidatos de ‘fora’ com os candidatos de SC a tiracolo.
    Estou indignada e não acho justo ter que se deslocar 350 km para ir até Blumenau ao invés de 130 km para Florianópolis que é o local de prova mais perto da minha cidade.
    Sem contar com gastos extras… ir um dia de antecedência… hotel… e sem horário de ônibus para a volta, o que significa ter que dormir no domingo, sair na segunda e perder compromissos profissionais.
    Minha filha vai fazer a prova e ficou bastante chateada, aliás, ambas ficamos e ao reler novamente o Edital no seu item 1.3: “As provas serão realizadas no dia 30 de outubro de 2011 no município de Florianópolis, podendo, em vista da quantidade de candidatos inscritos e, a critério da Comissão em conjunto com a Direção-Geral do TRESC, ser também realizadas em municípios da Grande Florianópolis e, ainda, em outros
    municípios do Estado de Santa Catarina que apresentem estrutura para tal, em
    locais a serem divulgados na forma estabelecida no item 3 deste Edital” , e compreender que a redação foi no mínimo, nas entrelinhas, tendenciosa. Claro que a Comissão já sabia que ia jogar os alunos dos nosso Estado para bem longe de suas casa e facilitar os de outros Estados.
    A Comissão deveria colocar mais um ponto no Edital, o 1.5 informando os catarinenses, que o concurso do TRESC em SC e para SC, vai ser realizado em SC preferencialmente para candidatos de NÃO SC

  • Joel de Souza diz: 20 de outubro de 2011

    Siga meu roteiro para compreender o caso:
    - Vá ao site da pontua concursos: http://www.pontuaconcursos.com.br/leiamais.php?idtitulo=af00bb68638b133a6e49d96494458244
    - Localize no concurso do TRE/SC o ícone: VER DOCUMENTOS, quase no final da página;
    - Baixe ou visualize o documento: LISTA DE INSCRIÇÕES INDEFERIDAS (ANTES DO RECURSO);
    - Procure por exemplo: GABRIELA BORGES BARREIRA (ela se inscreveu mais de 30 vezes);
    - Agora vá em, ver documentos e baixe ou visualize o PDF: LISTA DE INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS (APÓS RECURSOS);
    - Procure a Gabriela…;
    - Você vai constatar que ela não está homologada…Tú tens dúvida de que ela não queria participar do concurso?
    - Repita o procedimento para outros casos, eles se repetem e são inúmeros (400 págs.);
    - O TRE/SC em conlúio a Pontual Concursos não quer enxergar, reconhecer e corrigir os erros no processo, passando como um rolo compressor, aí sim com isonomia, pelos prejudicados que não se manifestam por descrença ou desinformação.
    *Quanto ao fato de deslocarem candidatos para Blumenau, isso é claramente reserva de mercado com o alto índice de faltantes nas provas por questão de tempo ou financeira de ter de custear a passagem (ou o Duílio vai levar nóiz de Tupic?).

    Observe o caso do concurso do TCU (salário de 11.500,00), sabe o que fizeram pra diminuir o número de concorrentes? Colocaram em edital uma “inovação” obrigando o candidato a realizar a prova no local da vaga, ou seja, Roraima, Amapá, Acre, Amazonas, etc… Com essa medida inédita, pois, concurso federal vc faz a prova em qualquer entidade federal na sua cidade ou cercanias (em geral, no caso Florianópolis a prova é na UFSC), o TCU eliminou a concorrência com candidatos dos grandes eixos metropolitanos como: SP, RJ, BH, CWB, PA, etc… Isso é claramente uma forma de reservar as vagas só pra galera apadrinhada ou mais bem localizada de: Rio Branco, Macapá, Manaus, Boa vista, etc… Afinal, quem é que vai dispor de cerca de R$ 2.000,00 pra custear, passagens, hospedagem, taxi e refeições com fins de participar de uma prova altamente concorrencial? Claro que existem às exceções, mas, a grande massa fica pelo caminho.

    Joel de Souza.

  • Eder diz: 21 de outubro de 2011

    O que não se pode admitir é o fato de várias pessoas terem que se deslocar de Florianópolis para Blumenau e vice-versa, só por falta de organização da banca que adotou um método simplório para alocar os impotentes candidatos. Eu não vou para Blumenau fazer a prova!!

  • Eder diz: 21 de outubro de 2011

    O que não se pode admitir é o fato de várias pessoas terem que se deslocar de Florianópolis para Blumenau e vice-versa, só por causa do método simplório que a banca usou para alocar os candidatos. Eu não vou para Blumenau fazer a prova!!
    Banca muito fraca!!!

  • Joel de Souza diz: 23 de outubro de 2011

    Convoco a todos os colegas insatisfeitos e injustiçados a pressionarem o MPF a intervir neste concurso que, novamente apresenta problemas tanto na má gestão de dados dos candidatos (meu NIS foi apagado do cadastro) quanto na evidente falta de competência na alocação dos mesmos (quer dizer que a UFSC não tem espaço?). Já fiz minha parte abrindo processo na Comissão de Ética Pública da OAB/SC, só falta eles intervirem em tempo hábil (pressione lá também, protocolo 16093/2011 de 26/09). A DPU e a Justiça Federal são outras opções, mobilize-se, denuncie! Antes que o dia 30 chegue.
    Joel de Souza.

  • Fábio diz: 24 de outubro de 2011

    “Estou aqui manifestando tbm a minha indignação pelo critério utilizado p/ a distribuição dos candidatos aos locais de prova. Efetuei a minha inscrição e a da minha esposa no segundo dia em que abriram as mesmas, ela fará na UFSC mas eu terei que me deslocar para Blumenau. Critério de alocação de alunos para os locais de prova não consta no edital. Mas acho que poderia haver um pouco mais de bom senso.”

  • Joel de Souza diz: 25 de outubro de 2011

    Observe que, no parágrafo abaixo do item 3 (“A respeito da referida escolha dos locais, destaca-se a preocupação da Comissão e do TRESC no sentido de alocar os candidatos do Concurso 2011 em locais de estrutura adequada…”) resta saber se tal preocupação levou em conta a alocação dos candidatos com inscrição deferida pelo NIS. Pressupondo que o candidato portador do NIS é de baixa renda, este com certeza encontrará dificuldades financeiras para deslocar-se a Blumenau (olha a abstenção aí), configurando inconsistência no critério adotado pela comissão e pelo TRESC. Presente de grego conceder isenção a quem não pode se deslocar…Aberto o espaço para quem está nesta condição se manifestar!

    Joel de Souza.

  • Everson diz: 25 de outubro de 2011

    Joel de Souza como fazemos para todos nos manifestarmos dessa forma a adiar a prova para a organização no minimo adequada a cidades vizinhas a florianopolis e nao a 100km ou até mesmo o cancelamento desse concurso absurdo…

  • Joel de Souza diz: 25 de outubro de 2011

    Caro Eder e demais prejudicados no concurso do TRESC, seguem abaixo alguns contatos diretos de órgãos que tem poder de interferir no processo seletivo:

    Sra.Elimari(Secretaria Presidência OAB/SC):48 32393500 oabpresidente@oab-sc.org.br
    Sra. Angela (Comissão de Ética Pública da OAB/SC): comissoes@oab-sc.org.br
    André Stefani Bertuol(Procuradoria do Ministério Público Federal):pge@pgr.mpf.gov.br
    Larissa Amantea Pereira(Chefe da Defensoria Pública da União):dpu.sc@dpu.gov.br
    Ouvidoria Justiça Federal/SC:http://www.jfsc.gov.br/ (menu lateral clique ouvidoria)
    Polícia Federal – Denúncias: http://denuncia.pf.gov.br/

    Joel de Souza.

  • Gustavo diz: 25 de outubro de 2011

    Estou inscrito no concurso do TRE do dia 30 e hoje recebi um e-mail da Viação Catarinense informando horários de ônibus e em especial para o concurso! Ou há uma grava falha de segurança no site do TRE ou estão vendendo cadastros por lá também…

  • Joel de Souza diz: 25 de outubro de 2011

    É esse o problema…estou denunciando em todos os orgãos desde o dia 26/09 que existem problemas gritantes de gestão de dados dos cadidatos ao concurso público do TRE SC e ninguém se prontificou, até o momento a interferir no mesmo abro espaço a OAB, MPF e demais entidades democráticas. Precione você também candidato!
    Joel de Souza

Envie seu Comentário