Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Governo federal dá sinal verde para quarta ponte

24 de novembro de 2011 29

Palavra da ministra do Planejamento Miriam Belchior, agora há pouco, em Brasília, ao governador Raimundo Colombo pôs fim à principal ameaça da construção da quarta ponte: EM TESE, disse ela, nada impede a utilização de parte do aterro de 2,7 milhões de metros quadrados para fins comerciais. Basta que se cumpra todas as exigências de licenciamento. O governo pretende utilizar o dinheiro da iniciativa privada para bancar a construção da quarta ligação entre a ILha e o Continente.

comentários

Comentários (29)

  • odir caldas diz: 24 de novembro de 2011

    “Mais uma boa notícia para o povo de Florianópolis”.
    Que venham e se sedimentem as parcerias públicos privadas. A ilha agradece a melhoria da qualidade de vida.
    Parabéns.
    Odir Caldas, de Floripa Capital turistica do mercosul para o mundo.

  • Luis Ricardo diz: 24 de novembro de 2011

    Maravilha! Esse projeto mata a pau e precisa sair do papel o mais rapido possivel…o transito esta a cada dia pior…

  • Conrado diz: 24 de novembro de 2011

    O projeto é sensacional, parece até ser utópico imaginar um empreendimento desse em SC, visto que as obras da BR-101 andam lentamente, prejudicando diretamente a economia do estado e a vida dos catarinenses. Vamos dar apoio ao projeto!

  • cinthia diz: 24 de novembro de 2011

    nossa! mais uma ponte! mais carros! nada de planejamento visando transporte coletivo! planejamento ZERO! chamem o engenheiro orofino ( está livre, leve e solto em rancho queimado)
    cada povo tem o governo que elege.

  • sandro diz: 24 de novembro de 2011

    otimo, dai entope tudo lá na saida da 101. era fila norte, sul, ilha, um caos.
    acho que não tem prefeito em são josé para reividicar algo? quem sabe lá fica para proxima eleição…

  • fabricio diz: 24 de novembro de 2011

    Muito bom, melhor ainda a lição que fica nada de dinheiro publico, apesar de que o dinheiro publico deveria ser aplicado neste sentido, e não na construçãode estádios de futebol como vimos por ae.

  • richard diz: 24 de novembro de 2011

    Agora é pé no acelerador,as obras precisam sair do papel logo.e não é só isso,transpote em massa com qualidade e tarifa bem reduzida ao que é hoje,rodo anel entre biguaçu e palhoça demorooo…balsas!pra que o mar se nao podemos aproveitar,varias ligações podem ser feitas entre norte e sul da ilha com biguaçu e palhoça…

  • Felipe diz: 24 de novembro de 2011

    Daqui a pouco aparece alguem dizendo que é contra a ponte e que o certo seria o uso de bicicletas, então, já me antecipo e deixo a pergunta, mesmo que no momento esteja parecendo fora de pauta, é viavel à um morador de palhoça, vir trabalhar no centro de Florianópolis todos os dias com esse meio de transporte? apoio a ponte, e até que fim nosso governador está fazendo algo de bom por nós de Floripa…

  • Walter diz: 24 de novembro de 2011

    a única contestação é que apenas construir pontes não resolve o problema da mobilidade urbana, apenas mascara! Tem que investir forte em transporte público de qualidade e acaba com essa de sempre privilegiar o transporte individual.

  • Thiago diz: 24 de novembro de 2011

    Tolos os que pensam que mais uma ponte resolve o problema. Tolos os que não enxergam mais um “tapa buraco”. Que entrem e saiam mais carros da ilha que ja abarrotada e acham que mais uma ponte ou elevado resolve alguma coisa (só empurra não eh mesmo sul da ilha ? Que façam uma obra com dinheiro fruto de parceria privada (e haja mala preta solta….) vai quebrar todo o encando da beira-mar na “ilha da magia” que vocês de fora tanto admiram…e salvem-se quem puder……por que não fazem um projeto arquitetonico, mais arrojado, melhor projetado e nao apenas MAIS UM BLOCO de concreto para atender ao anseio dos ignorantes que acreditam nestes politicos…não é parceria publico privada ? Qual a dificuldade de um projeto arquitetonico ? sabe…daqui a pouco ficaremos conhecidos como “a ilha das pontes de concreto”.
    Thiago Carvalho direto da capital….do que mesmo ?

  • Agatha Frade diz: 24 de novembro de 2011

    Incrivel esse governador e o Secretario de infraestrutura. Ha menos de um ano de governo estao investindo forte para resolver os problemas de transito em Floripa. Duplicacao da SC401, SC405 e agora esse novo acesso. show!

  • Agatha Frade diz: 24 de novembro de 2011

    outra coisa…eu leio varios comentarios de pessoas desinformadas dizendo que uma 4a ponte nao resolve, bla bla bla…A questao eh que o projeto nao se trata de APENAS uma ponte….O mais importante eh o acesso e o sistema viario que vai criar uma possibilidade para quem vai ao norte da cidade. Uma capital de estado nao pode ter apenas um ACESSO.

  • ECC diz: 24 de novembro de 2011

    O problema está no acesso às pontes: temos duas pistas do estreito, mais duas da via expressa, mais uma do abraão, para entrar em quatro pistas da ponte. Logo não dá vazão, fluxo. Por outro lado, são três pistas da beira-mar, mais três vindas da costeira (que viram duas), mais umas três vindas do centro, todas ligadas as quatro pistas para ponte. Também não dá vazão. Não vai adiantar uma quarta ponte com um número de pistas menor do que o números de pistas que dão acesso à mesma! Além disso, os engarrafamentos nas pontes são consequencias do trânsito (bem) afastado dali: quem pega a BR101-sul sabe que a pequena subida perto de forquilhinhas (com caminhões ultrapassando) gera filhas que se estendem até o final da via expressa e, por conseguinte, na ponte, na beira mar, etc. No trecho BR101-norte, ao sairmos da via expressa (duas pistas) é preciso entrar numa pista (marginal), sendo que quem está na BR e precisa pegar a marginal encontra o mesmo problema; as duas pistas se cruzam, diminuindo a velocidade dos carros e o acúmulo dos mesmos no final da via expressa, o que leva a fila na ponte, no centro, etc. Acredito que a solução não seja a construção da quarta ponte, mas em locais estratégicos e distantes dali…

  • Luis Ferreira diz: 24 de novembro de 2011

    Pra que mais uma ponte, vamos logo aterrar essas baías imundas e enchê-las de prédios, carros… Esses ecochatos são mesmo contra todo o “POGRESSO”, não é mesmo?? Vamos logo Camboriurizar Florianópolis, deixemos nosso futuro nas mãos da construção civil e de nossos imaculados e bem intencionados políticos, essa gente sabe o que faz!!! Mangues, dunas, morros, restingas, baias…que é isso minha gente, vamos concretar tudo. Realmente, o “POBREMA” de Florianópolis são esses ecochatos…

  • Lucas diz: 24 de novembro de 2011

    Parabéns Thiago voce disse tudo. Acho que, tanto no Ipuf como no Deinfra não deve ter nenhun arquitéto ou engenheiro, é só olhar as maravilhas arquitetônicas, aquela m… de passarela nego quirido, que tapa toda a visão para o mar, um amontoado de concretos coloridos. Colorido este que deve ser o mesmo da bandeira da turma do Prefeito Dário e do Thiado do Procon e compania, também o Centro Sul que é mais uma porcaria arquitetônica junto com o Palácio da M… bem na entrada da ponte, aquela obra que dizem que é para tratar o esgoto da ilha. Falando em esgoto o MP deveria fiscalizar pois o seu Prefeito fez uma rede de esgoto só pra inglês vê, pois na verdade todos sabem que apenas é cobrado a taxa, pois o importante que é o tratamento nã esta sendo feito.

  • Rogério diz: 25 de novembro de 2011

    Ninguém perguntou se os golfinhos da baía que já espantaram o Eike, concordam com o projeto…!
    Parece que a maior proeza será dar vazão ao imenso funil que se pretende construir – melhoram a aproximação mas o gargalo continua o mesmo…

  • Paulo Ricardo Hames diz: 25 de novembro de 2011

    Para alegria dos viciados por carro, a maldita quarta ponte vem aí. Ao invés de investirem em corredores de ônibus, metrô, transporte marítimo e uso de bicicletas para PEQUENOS trajetos, eles constroem mais uma ponte como solução a curtíssimo prazo, além de servir como mais um ossinho para os políticos corruptos deste estado. Não vão pedir sequer a opinião da população para dar o sinal verde? E quem quiser sinal vermelho? Como fica?

  • Paulo De Lucca diz: 25 de novembro de 2011

    sem entrar no mérito da necessidade da ponte, centenas de pessoas já morreram entre Florianopólis e Criciuma porque ainda é pista simples misturada a uma obra que não tem fim por falta de $$$$ e desvio deles………

  • leco silva diz: 25 de novembro de 2011

    Derruba a ponte Hercílio Luz e constroi outra no lugar…
    Ou alguém acredita que eles vão recuperar algo ali?
    dá uma olhada nas obras (?!?!) da ponte e dps me diz

  • Lincoln diz: 25 de novembro de 2011

    Muito bom o projeto, apenas trocaria a ponte por um túnel. Aí sim seria um projeto de primeiro mundo. Muitos que reclamam, nem conhecem o projeto por completo, acham que é somente a ponte. E mais uma coisa aos ecochatos, sem desenvolvimento econômico não há preservação, isso é fato. A pobreza sim destroi e polui o meio ambiente.

  • Jailson diz: 25 de novembro de 2011

    Hahahaha… Conta outra que isso vai ser privado!!!!! Não acredito… Não acredito mesmo, empresários bonzinhos??? Onde??? Quando??? Não pagam o que deveriam aos funcionários e agora vão me dizer que vão fazer uma ponte… Muito boa essa piada, na mínima será uma empresa vencedora de uma dessas licitações… Gente… A Obra é necessária, o planejamento também… Porém esse conto ai de empresário Comovido com o Empresário COLOMBO é puro PAPO!!! O governo enriquece eles com dinheiro publico, eles “doam” dinheiro pra campanha e agora obras de iniciativa privada!!!! E O POVO COM NARIZ DE PALHAÇO FICA AQUI APLAUDINDO… Esse dinheiro é publico, não caiam no conto de fadas desse povo do véu(PSD – Sem Cara, Sem Vergonha, Sem Noção)

  • CARINA DE OLIVEIRA diz: 25 de novembro de 2011

    Como as pessoas se iludem!
    Essa nova ponte não resolverá os problemas da mobilidade.
    Daqui a pouco teremos pontes para todos os lados…
    Sou totalmente contra!!!
    Ah! E a Hercílio Luz? Fica onde nesta história?
    Não será reaproveitada após sua restauração que já se arrasta há tanto tempo?

  • Marcela diz: 25 de novembro de 2011

    Gracas a deus nao vejo a hora de fazerem essa ponte,,,

  • Fabio diz: 25 de novembro de 2011

    O projeto e sensacional! Alem de amenizar os problemas de transito vai criar o “puerto madero” de Florianopolis.

  • João Tomaz Pereira diz: 25 de novembro de 2011

    É importante deixar os clichês políticos de lado e pensar que esta é uma saída para o caos que está floripa. A atitude de fazer esta obra quase faraônica é, no mínimo, louvável.

  • Luis Carlos diz: 25 de novembro de 2011

    Era o projeto que faltava para a grande Florianópolis,parabéns ao governador Raimundo Colombo e ao secretário Cobalchini pela coragem e iniciativa.O projeto é animal e vai aumentar a mobilidade na capital, sem falar que é um projeto que está sendo apresentado de forma transparente, de maneira a informar todos como vai ser feito como pude acompanhar no blog Novo Acesso.

  • Antonio diz: 25 de novembro de 2011

    Um belo projeto do nosso Governo do Estado! Já está passada a hora deste novo acesso

  • Sérgio diz: 30 de novembro de 2011

    Resido na cidade do Recife e, vejo a enxurrada de dinheiro que o governo Dilma/Lula lançam em Pernambuco, nada mais justo que Santa Catarna algum benefício!
    O Transito de Floripa é caótico comparado ao daqui!

  • Luis diz: 1 de dezembro de 2011

    Martini, não tem jeito. Pela média dos posts aqui nossos governantes e suas obras faraônicas parecem ter apoio numa massa de gente que acha atraso transporte coletivo eficiente/multimodal, ciclovias, passarelas, parques… Eles querem é poder utilizar ao máximo o carrinho que compraram. O que as cidades de países desenvolvidos fazem, fugindo do modelo carrocêntrico, está errado. Então pra que já não aterrar de vez as baías, aí esse povinho e seus carrinhos poderiam circular com mais liberdade. Estou me convencendo que a média dessa população, seus maravilhosos políticos e a iniciativa privada predatória desta cidade, se merecem.

Envie seu Comentário