Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2011

Polícia Militar de Santa Catarina está pacificada

30 de novembro de 2011 7

Pela primeira vez nos 10 anos de história da Associação de Praças (Aprasc), um comandante da Polícia Militar participou de uma assembleia da categoria. O coronel Nazareno Marcineiro anunciou o envio para a Assembleia Legislativa de projeto de lei para cumprir a anistia.

- Quero colocar de uma vez por todas um ponto final nessa história - disse.

Ele se manifestou também favorável às reivindicações dos praças, mas pediu tempo para o governador aplicar.  O  comandante foi aplaudido de pé diversas vezes e chegou até a chorar com a emoção do momento.

Casos, ocasos e descasos de Florianópolis

29 de novembro de 2011 9

Os desmandos com um box do Mercado Público de Florianópolis

Há mais ou menos 10 anos, o permissionário legal de um box na prefeitura de Florianópolis, que tinha um açougue no local, vendeu ilegalmente o ponto por cerca de R$ 200 mil para um outro empresário do ramo de revenda de automóveis. O novo proprietário, então, resolveu montar um bar no local e arrendou por R$ 2 mil para uma terceira pessoa, que abriu o Zero Grau Bar e Choperia. O ambiente funcionou até a última quinta, dia 24, quando fechou as portas.

 O detalhe é que o suposto dono do box cobrabva R$ 2 mil, mas pagava apenas R$ 350 mensais à prefeitura. Ou seja, o proprietário faturava R$ 1.650 a cada 30 dias somente com a sublocação de patrimônio municipal, o que é proibido. Mas como confusão pouca é bobagem, o final foi ainda mais surpreedente: é que a locatária também não teria pago boa parte do aluguel neste período.

Então, o proprietário, aquele mesmo que comprou irregularmente, entrou na Justiça com uma ação de despejo. E, pasmém, levou. A decisão foi cumprida na última quinta, dia 24. Agora, resta afixado na porta do local apenas o anúncio da reabertura de outro bar. E fica pergunta que não quer calar: onde está o Ministério Público Estadual e a Prefeitura que não conseguem fiscalizar este tipo de barbaridade. Não é à toa que o Mercado está a bagunça que está. Há muiiiiitos anos…   

Stanley Jordan faz show no Tamar da Barra da Lagoa

25 de novembro de 2011 0

O projeto Tamar, na Barra da Lagoa, realiza amanhã, às 15h30min, a soltura de tartaruga marinha reabilitada. O evento faz parte das comemorações dos 30 Anos do Projeto Tamar e contará com a participação do norte-americano Stanley Jordan. No domingo, às 18h, o músicio fará show de lançamento do seu novo CD “Friends”, também na Barra.

Parece piada, mas não é!

24 de novembro de 2011 0

SC tem a segunda menor taxa de homicídios dolosos, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Mas não há motivos para comemoração. É que a administração passada da SSP não encaminhou os dados necessários para uma análise mais precisa.

Santa Catarina aparece na 26ª posição com a segunda menor taxa de homicídios dolosos por grupo de 100 mil habitantes registrados em 2010.

São 4,3 mortes contra 3,9 do estado do Amapá que ocupa a última posição com a menor taxa nacional. Os dados integram o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, documento produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em parceria com o Ministério da Justiça, e divulgado nesta quarta-feira em Brasília.

Porém os números de Santa Catarina não podem ser comemorados. Os organizadores da publicação explicam que Santa Catarina, apresenta redução dos homicídios, mas o sistema indica que o valor informado para 2010 corresponde a apenas 31,7% das áreas cobertas pelas unidades policiais. “Se confirmada tal situação, não se pode atestar redução dos homicídios em Santa Catarina”, diz o Estudo.

Governo federal dá sinal verde para quarta ponte

24 de novembro de 2011 29

Palavra da ministra do Planejamento Miriam Belchior, agora há pouco, em Brasília, ao governador Raimundo Colombo pôs fim à principal ameaça da construção da quarta ponte: EM TESE, disse ela, nada impede a utilização de parte do aterro de 2,7 milhões de metros quadrados para fins comerciais. Basta que se cumpra todas as exigências de licenciamento. O governo pretende utilizar o dinheiro da iniciativa privada para bancar a construção da quarta ligação entre a ILha e o Continente.

Reflexão sobre o trânsito

24 de novembro de 2011 1

Prezado Rafel

 

Gostaria que meu comentário seja publicado no seu blog Visor que aborda alguns problemas em Floripa entre eles o de transito.

Venho emitir minha opinião sobre algo que acontece rotineiramente em Florianópolis o desrespeito às leis de trânsito a exemplo do acidente que aconteceu na última sexta feira no final da beira mar norte próximo ao clube de remo, o automóvel que capotou por excesso de velocidade mostra como abusam do alcool e como excedem a velocidade, aquele carro poderia ter batido em outro que estivesse trafegando de forma correta.

Bastaria multar os motoristas que se acham espertos, bastaria algumas blitzes nas saídas das festas para multar e apreender o carro dos engraçadinhos que saem dirigindo após ter consumido e continuarem consumindo bebidas com por exemplo a vodca.

Bastaria multar os espertos que desrespeitam a fila no sentido beira mar norte continente e fingem que vão para o sul da ilha para no inicio do elevado forçarem a entrada.

Bastaria multar os apressados que não entendem ou fingem não entender os limites de velocidade.

Bastaria multar os miopes que não “vêem” a faixa exclusiva de ônibus na ponte.

Acredito que a prefeitura iria ganhar muito dinheiro se seguisse o exemplo de outras cidade como Fortaleza que criou uma autarquia de trânsito que juntamente com a polícia militar disciplinam o trânsito através da área mais sensível das pessoas o bolso, blitz lá é algo rotineiro tanto na cidade como nas saídas da cidade.

Fica a pergunta para refletirmos será que os infratores dos exemplos acima após pagarem pelas infrações repetiriam as “façanhas”?

É isso que tenho para comentar e gostaria que seus leitores refletissem.
 
De seu leitor habitante de Florianópolis, pagador de impostos e natural de Fortaleza.

Um abraço

Francivaldo

Comando da PM decide anistiar praças "amotinados" em 2008

23 de novembro de 2011 8

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nazareno Marcineiro, anunciou via twitter e por nota na rede interna da PM as resoluções do Conselho Estratégico da corporação referente à anistia, que se reuniu na terça-feira, 22 de novembro.

De acordo com o deputado Sargento Amauri Soares, presidente da Aprasc, a decisão coroa 688 dias de luta da Associação de Praças, desde que a lei federal de anistia foi promulgada em janeiro de 2010 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com a nota, a decisão do colegiado, formado por todos coronéis da PM, foi baseada em dois pontos principais. O primeiro, jurídico. “É sabido que, mais cedo ou mais tarde, o entendimento da lei federal [12.191/2010] prevaleceria ou então seria ratificado na Assembléia Legislativa através de uma lei estadual”, diz a nota. Segundo ponto, foi a relevância político-social da medida.

“Quase todos os momentos em que se mantinha contato com autoridades das diversas forças da sociedade, inclusive as políticas, o tema sempre era tratado. Verifica-se que a anistia tornou-se um assunto recorrente e que deveria ser resolvido o mais rápido possível”, menciona o texto.

Convocação alvinegra: Figueira abre treino para torcida

23 de novembro de 2011 1

Os treinos desta quinta e sexta-feira no Orlando Scarpelli serão abertos à torcida, a partir das 16h30min. Oportunidade única para  a Nação Alvinegra levar o seu apoio ao time nesta reta final de um ano histórico para o clube! Como diz o Roberto Alves, todos os caminhos levam ao Scarpelli

ANTT volta atrás e banca traçado original do anel viário, diz Amin

23 de novembro de 2011 26

Nada como um dia após do outro. Depois de quase “se passar” na reunião com a ANTTT, terça à tarde, em Brasília, o deputado federal Esperidião Amin (PP) recebeu boas notícias na manhã de hoje. Mário Rodrigues Filho e Jorge Bastos, os mesmos dois diretores da Agência Nacional de Transportes Terrestres que tiraram os catarinenses do sério por negarem a existência do traçado original do anel viário, ligaram para o parlamentar.

Eles garantiram que vão rever a posição da agência e apoiar a mobilização dos catarinenses pela manutenção do trajeto que sai do km 175, na BR-101. Aliás, não fosse o envolvimento do Fórum Parlamentar, do governo do Estado, Fiesc e prefeitos de Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça, a coisa não sairia do lugar. Amin resumiu com a seguinte frase a repentina mudança de cenário com o apoio da ANTT:

_ Não aconteceu nada, mas aconteceu tudo.

Cenas do cotidiano em Floripa

22 de novembro de 2011 1
Caro Martini,
 
Na qualidade de leitor assíduo da tua coluna, gostaria de parabenizá-lo pela mesma, principalmente no que tange ao nosso  dia a dia, do transito a questões mais diretas de Floripa.
Gostaria que publicasse pequena nota quanto a duas questões interessantes  que acontecem no alto da Rua Felipe Schimdt, quadra entre pittol calçados e hotel valerim lá na outra esquina, primeiro uma empresa de fretamento de veiculos de luxo (vectras, hondas, toyotas etc) que fazem transporte dos hotéis nesta quadra, eles simplesmente ocupam vagas da zona azul, sem portar cartões, quando colocam  (se pressionados) ficam passando de carro em carro da frota que não é pequena, fazem manobras arriscadas como grandes trechos andando em marcha ré e trocando de carros nas vagas, como se fossem reservadas para eles.
Outra coisa interessante aconteceu hoje pela manhã quando uma funcionária, na mesma quadra, de uma loja de produtos de couro estava ali em pé no meio da vaga, segurando uma vaga para sua gerente e não queria que eu estacionasse ali, vindo a me chamar de mal educado e outras coisas, que a gerente iria lhe chamar atenção. Pois estacionei e durante longo tempo não apareceu a gerente para ocupar a vaga. Pergunto quantos não deixaram de estacionar ali pela interferência da balconista?
Falta fiscalização da Guarda Municipal.
 
Abraços,
 
POMPILIO FIDELIS