Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nunes Pires mobilizados contra mudança no Hino de SC

02 de março de 2012 3

A família Nunes Pires e todos os descendentes de Horácio Nunes Pires, autor da letra do Hino de Santa Catarina (que juntamente com a música do genial José Brazilício de Souza são os autores do hino catarinense), estão se mobilizando juridicamente para processar o Deputado Gilmar Knaesel que não satisfeito em mudar o nosso belo hino, quer manter a música tirando apenas a letra de uma obra onde os autores já não estão mais por aqui. Imaginem mudar apenas a letra da Marsellesa (hino da França), por exemplo ou mesmo de qualquer música, sem a devida autorização. Segundo o cineasta Zeca Nunes Pires, “Gilmar Knaesel já fez um grande desserviço à cultura catarinense, se aproveitando politicamente e financeiramente da Lei de Cultura criada pelos artistas e ainda quer fazer mais trapalhada”.

comentários

Comentários (3)

  • Luiz José Bertoldi diz: 13 de março de 2012

    Sou a favor de que mudem a letra do Hino de SC. pois que o conhece certamente ira notar que o mesmo não foi escrito para nós e sim para ser o hino nacional, quem escreveu naõ conhecia nossos costumes, nossa historia, nosso povo e seus anseios, nem catarinense era. Santa Catarina tem autor gabaritado para tal, conhecedor da nossa historia e comprometidos com as espectativas do nosso povo, chega de importar-mos espertinhos que vem para nosso estado em busca somente de fama e dinheiro. deveria ser criado um hino, que ao ouvi-lo o povo não teria vergonha e sim orgulhodo mesmo. O Catarina é um povo honesto, simples e trabalhador, está na hora de termos nome e sobrenome só nosso. Barriga Verde, sim com muito orgulho.

  • André Schmidt diz: 5 de novembro de 2012

    Quanto ao comentário acima…
    É triste ver que alguém critica o fato de termos um hino supostamente feito por alguém que não conhece a história do nosso estado, no entanto, me parece que ele é que não tem conhecimento sobre o nosso estado. Horácio Nunes Pires embora nascido no Rio de Janeiro era filho de catarinenses, inclusive sua família prestou uma série de serviços ao estado exercendo diversos cargos públicos de forma exemplar como pontuado pelo governo federal da época. Além disso, a partir dos seus 4 anos viveu em Santa Catarina, ou seja, diferença nenhuma faz o fato dele ter nascido em outro estado, além do que foi um dos grandes representantes da cultura catarinense.
    Agora quanto aos críticos em geral, tenho a impressão de que o que eles querem dizer é que o abolicionismo e a igualdade racial não se enquadra nos anseios da história catarinense, só faltam defender um hino de ideologia nazifascista por considerarem que esse é o posicionamento do nosso povo (o que discordo totalmente que seja).

  • Fabio Nunes Pires Rudolfo diz: 27 de setembro de 2014

    Ele só não nasceu em SC porque meu tataravô estava a trabalho em outro Estado. Primeiro, aprenda a cantar o hino do nosso Estado e depois discuta comigo….atenciosamente

Envie seu Comentário