Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Qual seria a Abbey Road de Floripa?

26 de março de 2012 23

reprodução

O blog do Visor lança um desafio aos internautas: qual seria a Abbey Road de Floripa, imortalizada no célebre disco dos Beatles. Mande sugestões de alguma avenida ou rua que, por ventura, tenha alguma semelhança com a via retratada na foto. Libere a imaginação. Se quiser, vale até simular a mesma travessia. Envie a imagem para rafael.martini@diario.com.br Junte os amigos e Let it Be.

comentários

Comentários (23)

  • Marcos V. R. Oliveira diz: 26 de março de 2012

    O local mais próximo a Abbey Road em Floripa, seria na Bocaiúva, bem em frente ao batalhão do Exército, antes do Prédio da Casa do Barão!!

  • Thiago diz: 26 de março de 2012

    Avenida Hercílio Luz =)

  • Renato Henrique Luz diz: 26 de março de 2012

    Existe uma faixa de pedestres na avenida Hercílio Luz, próximo ao ‘casa velha’, transversal à rua Hermann Blumenal, que é bem semelhante para mim.

  • Mauricio Antonio da Costa diz: 26 de março de 2012

    A Abbey Road de Floripa e a avenida Hercilio Luz, onde existe uma banca de revista , no sentido centro agronomica.

  • paulo abdala diz: 26 de março de 2012

    A rua ideal seria aquela que passa entre a Praça Quinze e o calçadão da Felipe Schmidt, agora não me recordo o nome, é aquela que desce lá praça do teatro Álvaro de Carvalho e passa pelo antigo prédio da Justiça Federal.

  • Mick Lennon Machado diz: 26 de março de 2012

    Com este trânsito tranquilo da verdadeira Abbey? Não há nenhuma rua semelhante aqui em Floripa. Mas se formos considerar a árvores e o asfalto, talvez a Trompowsky.

  • Viviana Bittencourte diz: 26 de março de 2012

    A Abbey Road de Floripa seria a Av. Rio Branco, próximo a Rua Padre Roma, cheia de arvores nas calçadas.

  • Antonio -SC diz: 26 de março de 2012

    Caro Rafael, o problema é achar uma rua que não tenha buraco ou remendo mal feito na nossa cidade que nunca esteve tão mal cuidada.

  • A diz: 26 de março de 2012

    muito caro e a unica coisa que ainda presta é uma meia duzia de musica do beatles e olhe la!

  • André de Mattos diz: 26 de março de 2012

    Olá Rafael,

    Boa tarde! O Diário Catarinense de hoje faz uma \”ameaça\” ao governo federal, acusando-o de estar agindo para evitar a vinda da BMW para Santa Catarina. Diz o texto que, se isso acontecer, os catarinenses não perdoarão a presidenta Dilma.

    Não sei a quem esse tipo de campanha pode interessar, mas o fato é que quem dá espaço a esse tipo de \”notícia\” não o faz de modo correto, nem tampouco de forma ligada à realidade. Basta ler a Revista Veja (o que eu quase nunca recomendo) com a entrevista da Presidenta.

    Ela diz com todas as letras:
    \”VEJA: Mas atrair dinheiro de fora não é bom em qualquer circunstância?

    Presidenta DILMA: Não. O Brasil está em uma situação agora em que podemos dizer aos países ricos que não queremos o dinheiro deles. Não queremos pagar os juros de 13% por empréstimos que eles nos oferecem. Obrigada, mas não queremos pagar as exorbitantes taxas de permanência desses empréstimos, quantia que eles cobram mesmo quando não usamos o dinheiro, apenas para que os recursos estejam disponíveis a qualquer momento. Eu disse isso com toda a clareza à chanceler Angela Merkel durante minha visita à Alemanha. Aqui se noticiou que eu estava querendo dar lições à Alemanha. Não foi nada disso. Eu quis deixar claro que o Brasil não quer mais ser visto como destinação de capital especulativo ou apenas como mercado consumidor dos produtos que eles exportam. Também deixei bem claro que, quando o Banco Central Europeu joga de repente 1 trilhão de euros no mercado, ele não pode esperar que os países fiquem de braços cruzados enquanto parte desses recursos vem somente passear no Brasil e voltar mais gorda para a Europa sem ter deixado aqui nenhum benefício.

    VEJA: Como Angela Merkel reagiu?

    Presidenta DILMA: Ela disse que entendia meu ponto de vista perfeitamente, mas que os países emergentes não podiam esquecer que nós temos responsabilidades globais como consumidores ávidos e, portanto, como parte da solução das economias estagnadas da Europa. Eu, então, respondi que nós devemos ser parceiros no ataque aos problemas globais, mas que nossa colaboração não podia ser mais apenas como mercados consumidores e foco de atração de capitais especulativos. DISSE A ELA QUE O BRASIL QUER MUITO ATRAIR EMPRESAS ALEMÃS DE TECNOLOGIA DE PONTA. DISSE QUE ESSAS EMPRESAS SÃO BEM-VINDAS AO BRASIL E, UMA VEZ INSTALADAS AQUI, COM TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA E CRIAÇÃO DE EMPREGOS, SERÃO TRATADAS COMO EMPRESAS NACIONAIS, com acesso ao crédito e outras facilidades concedidas às empresas nacionais. As pessoas precisam entender que o Brasil não está recorrendo ao protecionismo, nem arreganhando os dentes para quem quer que seja. Não é disso que se trata.\”

    Só os cegos, ou os tucanos não enxergam!

    Forte abraço,
    André

  • Ivone diz: 26 de março de 2012

    Para assistir a um Beatle nao há dinheiro q pague! e ao melhor dos Beatles na minha opiniao (vivo)! as musicas do Paul nao se compara a nada!!!! Maravilhoso!!! Só para os sensíveis…E viva os BEATLES FOREVER!!!!

  • Denise diz: 26 de março de 2012

    Sem duvida, a rua bocaiúva, naquela faixa em frente ao exercito! Essa rua é linda, clássica, importante pra cidade e onde passam diariamente estudantes, trabalhadores, altenativos, gente engravatada, mães com seus filhos, jovens com seus cachorrinhos, e muito mais!

  • E diz: 26 de março de 2012

    Sugestão ao A,
    Esta semana tem Vitor e Leo de graça na beira-mar continental.
    Ou quem sabe vais no Michel Teló na Palhoça.
    Dizer a única coisa que presta são as músicas dos Beatles e olhe lá ?

  • atirador1 diz: 26 de março de 2012

    Parece com Floripa, afinal ainda temos fusquinha em cima da calçada…

    …minha sugestão é Av. Mauro Ramos ou Bocaiúva em frente ao shopping beira mar.

  • ei rbs… diz: 26 de março de 2012

    porque nao publicam os comentarios ?? rbs patrocionadora do evento nao permite que opniões seja expressadas, esse velho ai nem se guenta em pé e valeria no maximo 50 reais um ingresso para este show ainda pelas 3 musica do beatles que ele vai toca

  • Juliano diz: 26 de março de 2012

    Tente achar alguma rua sem buraco em Florianópolis. Se achar, será essa!!!

  • Paulo Back diz: 26 de março de 2012

    Com esse tanto de árvores… av trompowsky…

  • Marina Lemos pamplona albuquerque diz: 26 de março de 2012

    Sem duvidas a Rua Bocaiúva!!!! Linda rua!!!

  • regis diz: 26 de março de 2012

    Trompowiski ? é claro. Devido as árvores. Alguém sabe informar porque o terceiro beatle est[á descalço?

  • Luiz Roberto diz: 27 de março de 2012

    A bocaiúva também tem o meu voto, mais expecificamente, a regiao da esquina com travessa harmonia. Rua charmosa!

  • Viviana Bittencourte diz: 27 de março de 2012

    Alguns comentários aqui só me confirmam o que eu já sabia: quem é do rock n roll sabe muito bem o significado da palavra respeito! Muito do que esse povo ouve hoje bebeu da fonte do blues, jazz, classic rock 50′s. Hipocrisia. Julgue Lady Gaga, que bebeu de Iron Maiden, julgue a dupla Edson e Hudson, que tocava sertanejo e suas maiores influencias eram advindas do Heavy Metal, julgue músicos de grupos de vanerão e pergunte suas maiores influencias… julgue, bossa nova, mpb…
    Paul McCartney vai ficar para a história. Está velho? Sim! Por isso mesmo que não vou perder a oportunidade de vê-lo. Se engana quem pensa que ele vai tocar 3 músicas dos Beatles…São quase 3 horas de espetáculo (SIM, eu disse espetáculo). Enfim pesquisem os set-lists das ultimas turnês, leiam mais sobre musica antes de vir comentar qualquer coisa!

  • joao diz: 28 de março de 2012

    tmb acho que é a av. rio branco

    conheçam o the beatles is life – http://www.thebeatlesislife.com

  • Mah diz: 28 de março de 2012

    Av Trompowsky, sem dúvida!

Envie seu Comentário