Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Raio-X em Santa Catarina

24 de abril de 2012 3

A empresa norte-americana AS&E, maior fabricante de equipamentos de segurança de alta tecnologia do mundo, começou a montar um escritório na SC-401. O objetivo é instalar no Estado uma montadora doRaio-X Z Backscatter, que vistoria veículos, cargas, bagagens e pessoas, possibilitando a identificação de drogas, armas químicas, explosivos e até animais transportados clandestinamente..
No Brasil, a AS&E é representada pela Vistto. O empresário Sandro Lopes, presidente da Vistto, diz que o objetivo é gerar até mil empregos diretos e faturar cerca R$ 2 bilhões até 2014, ano da Copa do Mundo.

comentários

Comentários (3)

  • Elizabeth dos Santos diz: 24 de abril de 2012

    Interessante falar em segurança, pois bem vamos falar de nossa segurança pessoal, ou seja o sigilo das nossas informações.

    O PERIGO DO VAZAMENTO DE INFORMAÇÕES PESSOAIS DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS CATARINENSES

    Estamos expostos, com o advento da modernidade, a todo os tipos de controles, muitos para nossa segurança, como câmeras em estabelecimentos comerciais, praças, estádios, enfim em diversos lugares públicos e privados. Mas essa segurança, que é apenas da imagem torna-se insignificante quando as informações pessoais caem na mãos de qualquer um, não adianta os bancos investirem milhões em segurança na área de informática de um lado, enquanto existem pessoas inexperientes, como a CONSIGNUM OU mesmo o governo do Estado que entram no mercado e não investem no sigilo dessas informações e expõem como está acontecendo em Santa Catarina com os servidores públicos do Estado. Pois bem qual funcionário público catarinense já não recebeu um telefonema de alguém, completamente desconhecido, oferecendo-lhe um empréstimo consignado? Mas como essas pessoas tiveram acesso aos nossos números de telefone fixo ou pior celulares? E o mais absurdo eles não tem só o número de nossos telefones eles sabem que somos funcionários públicos catarinenses, onde moramos, quanto ganhamos, e olha o perigo, podemos estar expostos a um sequestro relâmpago só com essas informações, tem também a data de nascimento, o nome até de nossa da mãe e por último e não menos importante o nosso CPF, com essas informações corremos o risco de ser vítimas de estelionatários. Pois bem as informações já vazaram, provavelmente já fizeram um arquivamento e agora eu pergunto: QUEM VAI RESOLVER ISSO? A CONSIGNUM OU O GOVERNO DO ESTADO? Que medidas podemos tomar? Como que o governo catarinense expõem todos os seus funcionários a esse perigo. Observe as recomendações da empresa CONSIGNUM no portal dos servidores públicos catarinenses: (http://www.portaldoservidor.sc.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1260&Itemid=306

    Caro Colega, (esses somos nós servidores)
    O CONSIGNUM é um empresa responsável pela gestão de empréstimos consignados dos servidores ativos e inativos, pensionistas do IPREV e militares do Estado de Santa Catarina.
    Por meio do Sistema Consignum, é possivel consultar e reservar a margem consignável para empréstimos com desconto em folha de pagamento.
    Quando do primeiro acesso ao Consignum o usuário será informado da obrigatoriedade de alterar a sua senha, conforme política de segurança estabelecida no Sistema. Caso tenha problemas para acessar, entre em contato com o Consignum nos telefones e e-mails abaixo.
    Sugerimos que a senha do Sistema Consignum seja diferente da senha  de acesso aos serviços do Portal (contracheque, benefícios, comprovante de rendimentos, dados cadastrais, dados funcionais e tempo de serviço). Jamais forneça suas senhas a terceiros.

    No primeiro parágrafo eles se dizem responsável pelos empréstimos consignados, e claro que recebem para isso, e claro que não é o governo do Estado que paga, portanto o pagamento por esse serviço certamente sai dos empréstimos que nós funcionários públicos fazemos, provavelmente embutido nos juros, portanto quanto mais empréstimos forem feitos mais eles receberão. Agora uma curiosidade, quando ocorre algum problema com os empréstimos, somos nós, que já pagamos para eles resolverem que temos que correr atrás. Ou seja fazemos papal de trouxa.

    No terceiro e quarto parágrafo eles nos alertam para ter cuidado com nossas senhas, e eu garanto que tenho todo cuidado, sempre estou trocando, mas o que adianta se há uma falha no sistema da CONSIGNUM OU DO PRÓPRIO GOVERNO CATARINENSE.

    FAÇO MAIS UMA VEZ A PREGUNTA QUE NINGUÉM QUER RESPONDER NEM O ESTADO QUE EMPURRA A CULPA PARA CONSIGNUM NEM A CONSIGNUM QUE EMPURRA A RESPONSABILIDADE PARA O ESTADO.

    QUEM VAI RESOLVER ESSE PROBLEMA?

    será que com a chegada dessa empresa A empresa norte-americana AS&E, nós poderemos ficar mais tranquilo?

  • Cardoso diz: 27 de abril de 2012

    Beth, isso não é nada ( embora muito ) comparado ao vazamento de informações passadas aos pessoal que gasta as chinelas nas escadarias da SED a escarafunchar os processos que precisam de pareceres jurídicos cojurianos, setoriais e asim por diante. Desde antes da digitação até o final, que leva teeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeempo, até o… DECURSO DE PRAZO… Balaio de gato é apelido naquilo lá. Pois uma das funções das SDR, criadas pelo eixo, é justamente essa: manda pra lá, vai lá, não está aqui, colta cá, mas já foi, e você mesmo, nunca consegue botar o olho na coisa!

  • marcelocardosodasilva diz: 3 de maio de 2012

    …AUDITORIA FEDERAL NAS “CONTAS” DA SEC. ESTADUAL DE EDUCAÇÂO, NOS ÚLTIMOS 9(nove) ANOS!!!……………………………..”CADÊ A GRANA POLPUDA DO FUNDEB???

Envie seu Comentário