Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A revolta de uma mãe com a falta de respeito

03 de maio de 2012 18

Foto arquivo pessoal

Rafael,

Meu nome é Daniela, sou mãe de uma criança com paralisia cerebral e uso com frequência o estacionamento que a Escola Autonomia possui em conjunto com a Sociesc.

Ambas instituições disponibilizaram duas vagas para deficientes no estacionamento, uma no de cima (próxima à entrada da entrada superior do Antonomia) e outra no de baixo (mais próxima à entrada principal da escola).

Ontem (quarta-feira), quando cheguei para buscar meus filhos na Escola Autonomia, um Gol branco já ocupava a vaga do estacionamento de cima, destinada para deficientes.

Estacionei exatamente ao lado deste carro e perguntei ao sujeito se ele era deficiente, ele respondeu que NÃO, então perguntei se ele sabia que aquela era uma vaga para deficientes, ele respondeu que sim, perguntei se estava tudo bem pra ele fazer isto, ele disse que sim, então falei que era mau exemplo para as crianças (haja vista a proximidade com a escola)….

Ele só balançava a cabeça em sinal de descaso com a situação.

Fiquei indignada, sai do carro, tirei uma foto do veículo e fui falar com outros pais que estavam acompanhando a cena.

Quando voltei ao meu carro, ele, em tom de deboche, perguntou-me se eu também queria o número do telefone dele.

Foi quando reconheci que aquele homem a professor de física conhecido na cidade e que, inclusive, já disputou um cargo público na capital.

Perguntei então se ele era professor, ele confirmou fechou o carro e saiu.

É inadmissível, em tempos de campanhas de conscientização, um professor universitário dar um exemplo destes.

Obrigada.

Daniela.

comentários

Comentários (18)

  • geraldo diz: 3 de maio de 2012

    o ser humano está perdendo seus valores, ainda mais se tratando de um professor, mais pela cidade está cheio de imbecil desse tipo

  • Maria Juliana diz: 3 de maio de 2012

    Parabéns,exemplo de educação vem de berço Dani,vem de casa,e isto para mim não é nada mais do “FALTA DE EDUCAÇÃO NO SEIO FAMILIAR,VEM DE FAMILIA”.
    Isto não se adquire com dinheiro ou diplomas.

  • Aldo Ferro diz: 3 de maio de 2012

    Tem que dizer o nome do professor! Este tipo de ação tem que ser completa e direta, pois corremos o risco de não mudar essa mentalidade pequena, cheia de falta de respeito!

  • Jorge diz: 3 de maio de 2012

    Podia dizer o nome da mala pra gente saber.

  • L. diz: 3 de maio de 2012

    Prof. João Buatim, do Colégio Catarinense. Ex-candidato à vereador.

  • APARECIDA FERNANDES diz: 3 de maio de 2012

    NOSSO ENSINO JÁ ESTÁ FALIDO E COM UM SUJEITO DESSE FAZENDO PARTE DO QUADRO É ALARMANTE, POIS IMAGINEM O QUE UM IMBECIL DESSE PODERÁ ESTAR ENSINANDO AOS SEUS ALUNOS. ELE É UM DEFICIENTE SIM , DE CARÁTER,VERGONHA NA CARA, HOMBRIDADE, E PRINCIPALMENTE RESPEITO AO PRÓXIMO.

  • Jane diz: 4 de maio de 2012

    Pelas características é o João Buatin, já foi candidato a Prefeito por Florianópolis…qdo foi meu Professor no Catarinense, ele não era assim não, tão prepotente…ééé…como as pessoas mudam!!! Falta de respeito total, no mínimo tinha que pedir desculpas pra Daniela assim que ela lhe perguntou sobre a vaga e sair rapidinho!!

  • Sérgio Brasil Nunes Caldas diz: 4 de maio de 2012

    Daniela, por favor coloca o nome desse traste para todo mundo ver. Será que agiria assim se fosse um homem no lugar da Daniela?

    Sds,
    Brasi

  • jorgevieira diz: 4 de maio de 2012

    Será que alguém sabe qual é o partido desse João Buatim?

  • Eduardo diz: 4 de maio de 2012

    João Buatim, que quando candidado, caiu do palanque e quebrou os dois braços!

  • Maicon Garcia diz: 5 de maio de 2012
  • Soraia diz: 6 de maio de 2012

    Se voce não falar o nome da pessoa que fez isso, estará contribuindo com a impunidade, feita não só por ele, mas por mais pessoas. Para acabar com este descaso das pessoas, elas tem que ser conhecidas, para se sentirem obrigadas a respeitar o coletivo.

  • Paulo César diz: 8 de maio de 2012

    Já achei o tal João Buatim no facebook.
    Infelizmente a idade não deu sabedoria a este SENHOR! E ainda por cima tem como ídolo o ditador sanguinário Kadafi, que felizmente já arde no fogo do inferno.
    Precisa dizer mais alguma coisa?

  • Jane Ca diz: 8 de maio de 2012

    Parabéns pela sua coragem em denunciar um ato tao vergonhoso. Porem, acho que voce deveria citar o nome do sujeito, para que todos fiquem sabendo e numa proxima eleicao que essa tal pessoa venha a participar possamos todos nos lembrar desse epsodio e votar com consciencia.

  • Valter diz: 8 de maio de 2012

    Ta cheio de de babaca deste tipo. Da o nome deste canalha !!

  • Indignado diz: 9 de maio de 2012

    O que mais tem nesta (e neste País) são pessoas mal educadas que não respeitam as mínimas regras de convivência social. O maior exemplo disso é o trânsito: carros parados e/ou estacionados em locais proibidos; velicidade incompatível para o local (excesso ou lentidão, o que atrapalha também); falta de noção de regras básicas, como preferência de quem chega pela direita; não respeitar semáforo; cortar a frente de outros veículos; trafegar pelo acostamento etc.

    É quem mais pode. É uma verdadeira guerra.

    E nesses casos você vê todo tipo de condutor: jovens, adultos, idosos, mulheres, homens, indecisos etc. Não é característica exclusiva de uma “categoria”.

    Esta falta de educação só mostra o verdadeiro caráter das pessoas que se acham “protegidas” pelo automóvel.

    Ps.: O pior é que esse tipo de conduta faz tudo nivelar por baixo. Porque mesmo os bons motoristas (sim, eles ainda existem) cansam de ser passados para trás e acabam entrando nesta guerra. Infelizmente.

  • Silvana Prazeres diz: 12 de maio de 2012

    Ridícula a prepotência de um educador, que nesta situação torna-se um (des)educador. Parabéns a Daniela pela coragem de colocar isto na rede. As pessoas que tem educação cada vez se manisfestam menos, pois a falta de educação está caindo na normalidade da população. Temos que nos unir contra os mal educados, prepotentes, que acreditam que tomaram conta do mundo.

  • Rita diz: 14 de maio de 2012

    Nossa que educador temos em nosso quadro .

    Nossa, vocês viram o que o link que o Maicon acima encaminhou ?

    Um veículo da RBS em vaga destinada aos deficientes. É isso mesmo ?

    O que aconteceu ? Creio que uma imagem vale mais que mil palavras.

Envie seu Comentário