Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mãos ao alto

01 de junho de 2012 6


Reproduzo abaixo texto postado pelo jornalista Ricardo Garcia, em sua página no Facebook:

FUI ASSALTADO NO AEROPORTO DE FLORIANÓPOLIS. É isso mesmo que você leu. Depois de participar da 2a. Festa dos Dinossauros do jornal O Eshtadô no sábado à noite, eu e Luiza Argolo retornamos para Porto Alegre na noite da última segunda-feira, dia 28. Chegamos cedo no aeroporto e resolvemos jantar no restaurante Conquilha (único no aeroporto, por sinal). Pedimos dois sanduíches americanos especiais: pão (que substituímos por arroz), um bife de no máximo 100 gramas, duas folhas de alface, um pepino fatiado, três rodelas de tomate e um pouco de batatas fritas. Tudo cabe em um único prato. Tomamos duas latinhas de Coca-cola. Total da conta R$ 94,60. Para uma cidade que quer ser a capital turística do Mercosul tá mal, muito mal… Até quando Florianópolis vai insistir em explorar os turistas ao invés do turismo? Voltamos para casa com a sensação de que nos roubaram um pedacinho da felicidade.

comentários

Comentários (6)

  • Luis diz: 1 de junho de 2012

    Martini, Docas de Lisboa, zona turistica, couvert, meio vinho, limonada, salmao, bacalhau e salada, para DUAS PESSOAS = Eu 43,50, um pouco mais apenas que o assalto ai no aeroporto.
    Florianopolis, Capital Turistica do Merdasul/Terra Moeda Verde

  • Evandro Roussenq Schaefer diz: 2 de junho de 2012

    E o valor cobrado pelo estacionamento? Outro absurdo!

  • Marco Aurélio Veiga diz: 7 de junho de 2012

    Claro que o preço é ridículo! Mas vem cá o cara náo viu o absurdo antes de pedir?
    Ah dá um tempo….

  • Luiz Carlos Machado diz: 9 de junho de 2012

    Estou toda semana em aeroportos pelo Brasil. Posso garantir que infelizmente nós usuários é que somos os maiores culpados por estes roubos, pois só reclamamos mas continuamos a consumir em aeroporto. Só tenho pena de quem viaja com criança, que é obrigado a se submeter a isso. Quanto a Florianopólis, essa ainda não se decidiu se quer viver do turismo ou do funcionalismo público, uma coisa é certa, os dois não combinam.

  • Marcelo Alves Coimbra diz: 12 de junho de 2012

    Concordo com o Marco Aurélio Veiga. Que tipo de cliente é você que não olha o valor antes de comprar? Você compra a passagem aérea antes de ver o valor? Se achar caro tem a opção de escolher outra, assim como no aeroporto que tem outras lanchonetes e servem este mesmo prato. Realmente acho caro mas o erro é seu em não verificar o preço antes!!

  • Eduardo Zaniolo diz: 25 de junho de 2012

    É claro que o preço é um roubo pra quem olha de fora, mas quem realmente esta sendo assaltado é o dono do estabelecimento que chutando por baixo deve pagar uns R$30 mil reais só de aluguel, fora funcionários, impostos e cia.

Envie seu Comentário