Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Definidos critérios para distribuição dos policiais

19 de junho de 2012 0

Delegado Geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D’Ávila, reuniu diretores e delegados regionais nesta terça, dia 19, para anunciar os critérios que serão utilizados na distribuição dos 515 novos policiais que estão em curso de formação na Academia da Polícia Civil.

Segundo D’Ávila, a distribuição obedecerá a critérios técnicos como, por exemplo, a demanda de procedimentos, efetivo policial de cada região e o percentual de produtividade.

- Nossa política é primar pela técnica e transparência na distribuição das vagas e lotação dos Policiais, para que os preceitos de legalidade, moralidade e impessoalidade, que regem a administração pública, possam continuar sendo cumpridos - explicou.

Aldo quer evitar acontecimentos do passado, quando os critérios adotados para a distribuição de policiais, eram meramente politiqueiros.

Atualmente, a Polícia Civil atua com apenas 53% do efetivo desejado. São cerca de 3.200 Policiais quando o ideal seria 5.997. Com a inclusão de mais profissionais no quadro da Instituição, o Estado passará a contar com um efetivo de 61% do considerado ideal.

Até o mês de outubro deste ano, a previsão é para se formarem na Acadepol 421 Policiais Civis, sendo: 23 Delegados, 84 Escrivães, 386 Agentes e 28 Psicólogos. Em segunda etapa, prevista para ser concluída em novembro deste ano, mais 94 profissionais encerrarão o processo de formação e também serão integrados no quadro de efetivo da Instituição Policial.

 

comentários

Envie seu Comentário