Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bandeirada do táxi sobe 11,76% na Capital

27 de junho de 2012 6

O prefeito Dário Berger homologou o reajuste da bandeirada do táxi em Florianópolis em 11,76%. O aumento vale a partir de domingo, dia 1º de julho. O valor da tarifa para a maioria dos táxis da Capital passa de R$ 3,40 para R$ 3,80.

Aos que atendem no aeroporto – com exceção dos executivos - foi aplicado 10,47%, subindo de de R$ 5,25 para R$ 5,80. O decreto Nº 10.091 foi publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, dia 25 de junho.

comentários

Comentários (6)

  • Thiago Aguiar diz: 27 de junho de 2012

    Se garantissem o aumento na qualidade do serviço na mesma proporção seria justo, mas são raros os profissionais educados e que valorizam os clientes aqui em Florianopolis para cobrarem tão caro pelo serviço.

  • Marco diz: 27 de junho de 2012

    Pois é Thiago, além deste problema da qualidade do serviço dos profissionais, ainda temos que lidar com a falta de táxi pela cidade.
    Florianópolis, por se tratar de uma cidade que tem como uma das principais fontes de renda o mercado turístico, deveria oferecer um serviço de melhor qualidade, tanto dos profissionais quanto da quantidade.
    Fica o desabafo de mais um usuário que fica insatisfeito com o cenário atual.

  • Lucas diz: 27 de junho de 2012

    O serviço de táxi em Floripa é uma bela porcaria. Horrível! É o pior serviço da cidade com taxistas despreparados e mal educados. Um bando… Já peguei taxista que discutiu com outro motorista, que quase atropelou gente na faixa de pedestre, que estava drogado, que disse que roubava o “dono do carro”. Uma piada.

  • Rafael diz: 27 de junho de 2012

    Acho justo o aumento, porém o serviço de táxi em Floranópolis é o pior de todas as 5 grandes cidades que eu já morei, Curitiba, Salvador, Recife por exemplo. Pegar taxista educado é uma raridade, em dias chuvosos ou horários de pico no verão não se consegue contato com o a única central de radio táxi. Fora os carros sujos e fedidos a cigarros que não são raridades!

  • Luiz Alberto Martins diz: 28 de junho de 2012

    Lamentável os três comentários que me antecederam. Como permissionário e pai de um motorista de táxi tais comentários não condizem com minha situação. Meu filho, quem dirige o carro, tem formação universitária, fala inglês fluente, morou dois anos nos EUA, e foi muito bem educado.O comentário do Sr.Marcos e transferível em grande parte a situação caótica do transito de Florianópolis, pois fora do pico de movimento, os pontos de táxis estão lotados a espera dos clientes ou da chamada do rádio-táxi. O comentário do Sr. Lucas, totalmente ofensivo a classe, não pode ser levado em consideração, pois como cidadão deveria, ele, ter tomado alguma providencia como anotação do numero do veiculo e nome do motorista notificando a prefeitura nosso órgão gestor. Atenciosamente, Luiz Alberto Martins Táxi 0418

  • Osni Dutra diz: 28 de junho de 2012

    Este aumento é uma “maravilha” para os proprietários. Só gostaria de entender tres (3) coisas: 1 – Os táxis tem tarifas baseadas no preço da gasilina, mas todos são movidos a gás (com preço por km rodado bem menor), então é dificil de “engolir; 2 – Os proprietários dariam este percentual de aumento para seus empregados e a PMF daria a seus servidores? e 3 – Qual base de cálculo foi usada para se chegar a este percentual?.

Envie seu Comentário