Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Colombo cancela audiências em Brasília por problema no avião

27 de junho de 2012 4

Um problema identificado pelo comandante do jato Citation, ainda no aeroporto do Rio de Janeiro, resultou no cancelamento das cinco audiências de Raimundo Colombo, previstas para esta tarde, em Brasília.

Quando preparava-se para embarcar para o planalto central, por volta do meio-dia, Colombo foi informado sobre a identificação de uma falha na parte traseira do jato durante vistoria de rotina. Por questão de segurança, o avião do governo do Estado não decolou. Como não havia mais voo comercial a tempo de chegar a Brasília, a alternativa foi retornar a Florianópolis, via linha de carreira.

A viagem para Brasília começou no final da tarde de terça. Embarcaram no jato do governo do Estado com destino ao Rio de Janeiro, o governador, dois secretários de Estado, um ajudante de ordem e os diretores de Comunicação e do Badesc. Na manhã desta quarta, Colombo participou de uma reunião no BNDES, no Rio.

comentários

Comentários (4)

  • Mané da Ilha diz: 27 de junho de 2012

    Te pergunto Ô Istepô! Quando esse governo Colombo irá “decolar”? Eta governo ruim de decolagem.Em janeiro com a reforma(que baita reforma!)o governo disse que estaria pronto para a decolagem. Até agora,nada!Esse piloto é de qual partido? Com esses “ajudantes”todo o governo poderia fazer o avião pegar no tranco.Pena! De tranco em tranco o povo se f…

  • Paquistanes diz: 28 de junho de 2012

    Será que a manutenção da frota aérea do desgoverno Colombo esta do mesmo jeito que nossos hospitais, nossas escolas, nossas delegacias e quartéis?

  • Edenir Silva diz: 28 de junho de 2012

    Vamos e convenhamos. Está mais do que na hora de o Governo do Estado adquirir um jatinho decente. Não seria gasto. Seria investimento. Gasto é um governador ter que esperar voo comercial e, nesse período, ficar sem governar. Caro senhor Colombo, compre o jatinho e, nesse caso, faça ouvidos moucos ao que pensa o povo. Só neste caso.

  • Schell diz: 28 de junho de 2012

    Quer dizer que lá se foram pro Rio de Janeiro, no maior festerê e, depois, iriam para BSB, com 5 audiências. Sei não, seria bom tal desgoverno detalhar aos catarinenses: (a) que reunião haveria junto ao Bndes e (b) que tantas audiências teriam em Brasília. Está me “cheirando” a mero turismo com o dinheiro público, desde sempre.

Envie seu Comentário