Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Comandante dos Bombeiros Militar pede exoneração

17 de julho de 2012 46
Coronel José Luiz Masnik, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, entregou no final da manhã desta terça-feira sua carta de exoneração do cargo ao governador Raimundo Colombo. No twitter agradeceu as manifestações de apoio e solidadariedade, mas não quis detalhar os motivos da saída. Ainda na rede social deixou um recado: “saber identificar a hora certa de sair de cena é uma arte”..
O oficial não teria concordado com a determinação dos cortes em horas extras na corporação. Uma nota oficial acaba de ser liberada pelo governo, informando que Colombo aceitou o pedido de desligamento.

comentários

Comentários (46)

  • Anderson diz: 17 de julho de 2012

    Mais cortes? O Estado já não paga aquilo que é direito do trabalhador (temos que entrar com processo na justiça para ter o direito de receber por aquilo que trabalhamos), não vemos há séculos a compra de equipamentos com recursos únicos do Estado, não tem instituição estatal que mais preza pela economia que o CBMSC, pois dependemos dela para estarmos prestando o atendimento de qualidade que a sociedade já conhece. Acho que o Governador Colombo deveria repensar e muito esta decisão. O triste é que toda política de corte de gastos se dá na Educação, na Saúde e na Segurança Pública, nunca vemos isso no TCE, ALESC, FATMA, cargos comissionados, secretariados…naquilo que existe e custa muito mais do que produz, nos cabides de emprego.

  • João Guilherme diz: 17 de julho de 2012

    Boa noite! O Cel Masnik deixa o cargo por não concordar com a politica do Governador de reduzir os investimentos em pessoal do Corpo de Bombeiros, pois o comitê gestor quer que seja reduzido as horas trabalhadas dos integrantes do Corpo de Bombeiros para poder fazer economia, e com isto tem que fechar em média 47 quarteis para poder adequar a escala.
    A população é quem vai sofrer com esta medida, pois os serviços serão prejudicados.

  • Roberto diz: 17 de julho de 2012

    Sem falar na heresia jurídica de conceder poder de polícia às empresas particulares (Bombeiros Voluntários). Só no Brasil que uma associação de empresas fiscaliza a si própria. É, literalmente, colocar o lobo para cuidar do galinheiro.

    Santa Catarina é um feudo. Após a vergonha nacional com a questão da OAB e a defensoria dativa, mais uma vez o STF vai ter que colocar os pingos nos “is” e lembrar SC que estamos em uma federação.

  • Luis diz: 17 de julho de 2012

    Saúde, educação, segurança…o que não está falido no desgoverno LHS-Colombo? E eles se tapeiam para ficar de gestor de massa falida?

  • Fernando diz: 17 de julho de 2012

    Essa é a nova onda em SC. Privatizar os serviços essenciais.

    O SAMU já passou para as mãos da empresa SDPM, pela bagatela de 4 milhões/mês.

    Próximo passo é sucatear os Bombeiros para que os municípios instituam os Voluntários (atividade de bombeiro não é barata).

    Nesta onda, vão fechar as escolas estaduais e repassar a educação para ONGs (que recebem um bom dinheiro país afora).

    O policiamento será executado por aquele pessoal que passa de moto, apitando de madrugada.

    Vão fechar a CASAN e cada cidadão terá que cavar seu próprio poço.

    Mas as SDRs são ESSENCIAIS para o desenvolvimento do Estado… conduzem os interesses do povo para a satisfação do interesse de (poucos) particulares.

    Vida de gado!

  • Gustavo diz: 17 de julho de 2012

    Total solidariedade à atitude do Cel. Dignidade é mais importante que qualquer cargo, coisa que certos dirigentes governamentais deveriam aprender, inclusive no mundo civil.
    Além dos famigerados cortes de gastos por quem já gasta muito menos do que deveria, não tem como engolir o inconstitucional poder dado às empresas que se intitulam “bombeiros voluntários”. Como chamar de voluntário quem só trabalha por dinheiro? Por que razão alimentar essa hipocrisia?

  • fernando diz: 17 de julho de 2012

    Esses Caras não dão ponto sem nó, ta falido maxx ninguém quer largar o osso … Em contra partida essas indicações politicas não vejo com bons olhos. Dentro dessas instituições a muita vaidade devido a hierarquia, sempre onde tem o dedo da politica a coisa fica fedorenta … Junto com hierarquia então hummm ….. Esse sistema de militarização esta ultrapassada … não funciona, a prova é uma PM, pesada, cara e ineficiente …

  • Guilherme V. Serra Costa diz: 17 de julho de 2012

    O Cel Masnik tem o respeito e apoio de todo CBMSC, pois reconhecemos nele um líder competente, que defende com rigor os interesses da corporação e a segurança da comunidade. Pena que este reconhecimento não ocorre no grupo Gestor e na alto escalão do Governo.
    Tenente BM Guilherme

  • Nacir Abdala diz: 17 de julho de 2012

    Eu já me conformei. Sou professor com metrado e doutorado e ganho bem menos que um barbeiro.

  • Nacir Abdala diz: 17 de julho de 2012

    Eu quis deize em meu comentário que ganho bem menos que o barbeiro da Assembléia Legislativa do Estado. Nada a ver com o nosso tradicioanal barbeiro brasileiro. Ele é atônomo.

  • Joaquim diz: 17 de julho de 2012

    O que não cortam nunca é a propaganda institucioinal, não é Sr. Derly?

  • Geronimo diz: 17 de julho de 2012

    Aos críticos, lembrem que nosso governador venceu com ampla maioria de votos, portanto, vamos dar crédito as suas iniciativas e torcer, não é o momento para criticar. Se não estão satisfeitos, há mais 25 estados para vocês viverem.

  • Pracinha diz: 17 de julho de 2012

    Triste é que o governador, cheio de boas intenções, nem se tocou que está virando as costas justamente para a instituição que detém a MAIOR CREDIBILIDADE perante a SOCIEDADE, vide pesquisas feitas há mais de uma década. Qualquer bom político iria notar que, o fazer “bem” aos bombeiros, iria repercutir muito bem nas urnas. Quando quarteis fecharem, militares começarem a pegar dispensa médica por causa do estresse causado pelo excesso de trabalho gerado pelo fechamento destas unidades operacionais, e o problema do sucateamento ficar mais evidente, talvez a coisa mude. Importante ressaltar a disparidade salarial dentro da corporação. O caminho não é esse, Colombo. Não deixa o Mansnik sair hôme.

  • Joaquim diz: 17 de julho de 2012

    Sr. Geronimo, Hitler também foi eleito pelo povo! Mas que puxa-saco! Deve ser comissionado.

  • machado diz: 17 de julho de 2012

    Dar crédito ? pocha colega ! isto é uma vergonha…e eu amo meu Estado…

  • Luis diz: 17 de julho de 2012

    Seu Gerônimo, SC da tripa aliança, ame-a ou deixe-a?? Queres o tempo da ditadura de novo? Então, os insatisfeitos com toda estripulia, desgoverno, maracutaias que se mudem, é isso? Deixar o estado pra voces se locupletarem? Com o silêncio obsequioso da imprensa, o atrelamento do MP/Tribunal de Faz de Contas? O imundície, vão se limpar.

  • Carlos jason Rodrigues diz: 17 de julho de 2012

    O salário do legislativo(dep Federais, Estaduais, Vereadores e Senadores), bem como o número dêles deveria ser reduzido a 10% e acabar com a roubalheira em todos os níveis. Com isso, teríamos verba para a saúde, educação e segurança, etc. Com certeza ninguém acharia faltas desses urubus. Continuando assim, daquí uns cinco ou dez anos não sei como estaremos. Também lembremos que herança maldita nos deixou o homem de nove dedos,incluído aí o mensalão. Acordem!

  • joaquim aurino aguiar diz: 17 de julho de 2012

    Governo que não aplica em Saúde, Educação e Segurança e ainda por cima se diz popular. O Colombo recebeu uma Grana do Convênio com o BNDS, onde será que vai o dinheiro para o RALO, isto é ser aplicado nas Eleições futuras. O que mais falar desse Governo mesquinho, agora aparece o Casal do Primeiro emprego(CESAR e JOÃO) pedindo voto. Ética e edeais estão acima de tudo. Sua Postura Comandante merece o aplauso dos catarinenses.

    Att
    Joaquim Aguiar

  • Gladimir diz: 17 de julho de 2012

    Cel Masnik, oficial que dedicou toda vida e capacidade de trabalho em prol da instituição e não se predeu ao cargo. Senhores representantes do governo, a comunidade e os bombeiros esperam que efetivamente seja reconhecida a importância da instituição. Senhor secretário de Segurança, talvez o senhor esteja perdendo o foco, sua pasta possui quatro instituições, é muito mais do que só polícia.

  • Ancelmo Nogueira diz: 17 de julho de 2012

    Hoje a comunidade catarinense deixa de ter sob o comando da corporação uns dos melhores comandantes que o Corpo de Bombeiros Militar se não o melhor. Nunca na historia da corporação houve um comando com tanto “amor a camisa” e que brigou tanto pelos anceios da corporação e de seus comandados por isso o comando do senhor coronel é visto como ” 20 anos em 2″ tamanha a evolução. A tristeza é evidente no rosto dos subordinados principalmente pelo REAL motivo do pedido de sua saida pois ainda havia MUITO a ser feito pelo CEL Masnik, deixar o cargo foi uma resposta ao GOVERNO em mais uma vez não valorizar o grandioso Corpo de Bombeiros Militar e insitir em cortes de gastam que refletiriam na SEGURANÇA de toda população catarinense.
    Senhor Governador uma otima idéia de corte de gastos com certeza era as SECRETARIAS REGIONAIS que o senhor PROMETEU EM CAMPANHA que iria acabar e até hoje são cabides eleitoreiras.
    OBRIGADO CEL MASNIK POR TODO O ESFORÇO JUNTO AO CORPO DE BOMBEIROS GRAÇAS AO SENHOR A POPULAÇÃO PASSOU A SER MAIS BEM ATENDIDA.

  • Christiano diz: 17 de julho de 2012

    Caro Geronimo, acho que vc não vive em SC. Apesar de o seu Governador ter ganho com maioria de votos, quero lembrá-o que nada mudou. A emergência do Hospital Regional e Governador Celso Ramos continuam lotadas, e as macas dos Bombeiros e Samu retidas, o Hospital Florianópolis continua fechado, o Hospital Universitário continua nao atendendo nada… isso que a Saúde era o carro chefe da campanha eleitoral… fora os outros detalhes né! Podemos falar da Penitenciária, que o Governador falou que iria tirar da Trindade e até agora nada… ou a nova ponte, pra desafogar o trânsito de Floripa, que até agora nao saiu do papel… blá blá blá… Meu amigo, sinceramente, vc não vive em Santa Catarina… deve viver na Suiça.

  • Amilton diz: 17 de julho de 2012

    Boa Senhor Gerônimo, vou seguir sua sugestão e ir morar no Acre… vc dee ser um dos apadrinhados políticos do Colombo. Puxa saco, idiota…

    Há décadas os bombeiros e policiais militares cumprem escalas pesadíssimas, com turnos de trabalho e escalas extras sobrecarregas sem recebrem nem um centavo a mais nos seus salários e sem que houvesse qualquer tipo de preocupação do Estado para com estes servidores.

    A partir do momento em que a Justiça passou a conceder aos bombeiros e policiais o direito de receberem pelas horas trabalhadas além das 40 horas semanais (direito igual ao dos demais servidores e trabalhadores) o Governo manda reduzir as escalas para não pagar as horas excedentes.

    Ora, a escala é feita de acordo com o efetivo existente. Se reuduzir a escala tem que ter mais gente para trabalhar. Se não tem gente, a ambulância, o caminhão, não vão deslocar sozinhos para apagarem o incêndio ou efeturem o resgate. Daí tem que fechar quartel, ou deixar de atender a população.

    Essa é a situção.

    Cel Manik não aceitou a política imposta pelo Governador, de redução das escalas e de fechar quartel de Bombeiro, e agora deixa o Comando da Corporação aclamado pelos Oficiais e Praças pela postura de defesa instituicional.

    Enquanto isso, 36 SDR’s consomem 336 milhões dos cofres do Estado.

  • Catarinense daqui e que vai ficar diz: 17 de julho de 2012

    Gerônimo… o pior cego é aquele que não quer ver. Em que Santa Catarina você mora? Eu sou daqui e quero ficar, pois a natureza é bela, o povo é trabalhador, as famílias ainda estão estruturadas. Sou professor estadual, por concurso público e tabela salarial achatada. Mas inconformado. Entretanto, confiante em atitudes como essa do Maznik. E no Colombo. Água mole em pedra dura… Ah! Tomara que seu prédio tenha sistema anti-fogo automático! E se tens filhos e netos, mande-os se mudarem de Santa Catarina. E vá junto! Quem fica quer o melhor, para todos. Não só para alguns.

  • lourdes diz: 18 de julho de 2012

    BOMBEIRO é a pessoa mais simpática e identificada com nosso cotidiano.Não pensamos em policia ou exercito.E o bombeiro e basta.Nos ajuda e basta.Não temos queixa,só agradecimentos.Aqui no RS,até bebezinho engasgado eles ajudam.Numa noite fria ,anos atrás,incendiou minha lareira e o telhado.Parada com a bolsa e o cachorro ,rezando pelos gatos,os bombeiros chegaram e tudo foi resolvido,Agradeço e sempre serei grata.Leio na net todos dias os jornais do Brasil.Hoje me comoveu uma foto dos bombeiros apagando um incendio em um carro e na noticia sequinte o comandante dos bombeiros se demitindo.Tenho certeza que neste Brasil injusto o comandante está certo no seu protesto.

  • RODRIGO diz: 18 de julho de 2012

    Desinformado esse Sr. Roberto que fez um comentário anteriormente. Só para exemplificar: em Portugal com território parecido com o de SC o serviço de bombeiros é basicamente executado pelas associações de bombeiros Voluntários, que são cerca de 450 em todo território continental e ilhas (Regiões Autônomas das Ilhas da Madeira e do Arquipélago dos Açores), com um efetivo de aproximadamente 41.000 bombeiros voluntários.
    Não é só o Brasil que tem Bombeiros Voluntários… ainda, certamente não conhece o trabalho dos voluntários.

  • Valmir diz: 18 de julho de 2012

    Ao Roberto, GUstavo, e outros que tentam desmerecer os voluntários, busquem INFORMAÇÕES sobre os mesmos!!!
    Em Joinville sempre foram e SERÃO, porque assim nós queremos, e assim trabalha melhor para nós!!! Exemplo nacional em termos de gestão, Com o TOTAL APOIO da região Norte do estado.
    Vocês sabiam que é a mais moderna instituição do estado e que ao contrário dos militares não cobra nem um centavo por vistorias?
    A nossa cidade com muito orgulho faz doações para aquisições e demais custos, além de trabalharmos como voluntários.
    Assim como todos acho um desrespeito a falta de atenção do estado com os bombeiros militares, agora isto não tem nada a ver com os voluntários, pelo contrário o estado não gasta um centavo em Joinville com este serviço, sobrando mais para as cidades do estado que precisam de maiores investimentos nesta área.

    Tentem conhecer mais sobre o papel dos voluntários pelo mundo!

    Saudações.

  • Ramon diz: 18 de julho de 2012

    Diante do que já foi exposto, não preciso “falar” mais nada.. Mas Geronimo, o senhor deveria retirar o tapa olhos e ampliar um pouco mais sua visão,…sua mente… e não ficar limitado a uma sigla partidária… sim, ele foi eleito com a maioria dos votos, incluindo o meu… mas lembro ao senhor que o Collor também foi eleito Presidente pela maioria dos votos… então com base em seu argumento, ele deveria ter continuado como Presidente?? apenas dando um exemplo… pelo jeito o senhor não deve ser de nenhuma das áreas “prioritárias” do governo.. as eficientes (em anos eleitorais) saúde, educação e segurança… ou está em algum “aquário”…

  • Paulo Pennaforte diz: 18 de julho de 2012

    Mais uma conquista do (des)governo Colombo.
    Rumo ao sucateamento geral do Estado.
    SC é um Estado em vias de subdesenvolvimento.

  • MKS diz: 18 de julho de 2012

    É uma pena. A instituição Estadual que ainda tem credibilidade ( acho que a única), vai ser desmantelada em prol de economias bisarras. Cortar sim viagens políticas do Governador e seus aliados para todo o Brasil e pelo Estado, fazendo promessas eleitoreiras e comprando votos. Cortar sim, as propagandas puramente eleitoreiras e mentirosas das rádios e tvs sobre obras que nunca vão sair do papel. Cortar sim, viagens internacionais que de nada ajudam o nosso Estado. Cortar sim, a compra de aviões para o Governador…enfim, tem tantas barbaridades que devem ser cortadas que daria para construir um novo Estado. Mas quem vai pagar é justamente quem produz, quem trabalha, quem ajuda o povo. Lamentável….

  • SIMPLÍCIO O INGÊNUO diz: 18 de julho de 2012

    Complicou-se tanto o estado de coisas neste Estado catarinense que agora temos que desbravar o caminho de volta ou a libertação do cipoal no qual nos debatemos com instrumentos rudimentares como o facão. Razão necessária, nenhuma filosofia ou ideologia mais o abarca, o explica. As perguntas a serem feitas agora passam pela simplicidade e até pela ingenuidade das crianças… porque de respostas adultas estamos fartos e obesos. Neste retorno que não é uma volta ao passado no qual foi construído e agora tenta-se manter o Estado falido que faz campanha semelhante a do Serra para presidente, estilo 1930, sobre os investimentos… Pergunta tola: porque os caras querem ser governador mamãe se a maioria ganha duas três quatro vezes o que ele vai ganhar ? É verdade mamãe que de boas intenções o inferno está cheio ? Mamãe lombriga rouba a comida da barriga né, porque não chamam o corrúpto de bicha nojenta e sim de carrapato da vaca? Mãeeeeeeeeeeeee! O Gerônimo é louco ? Mãe!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ( berrando) o governo se desfez de 1300 das 2500 então sobrou só 1200, tá certo ? Vai fechar 47 quartéis e então as crianças vão para as prisões ? Filhinho, te acalma, as crianças vão continuar na rua meu bem… deixa de pensar no governador, ele é um bom moço… E o menino com raiva enfiava com rispidez as achas de lenha no fogão econômico.

  • Felipe diz: 18 de julho de 2012

    Isto mostra como o governo e os bombeiros estão fragilizados.
    O pior disso é que o povo precisa dos bombeiros, os próprios militares, junto com uma falta de política, fecham o espaço para outras corporações entrarem, então de quem é a culpa?
    Voluntariado é o futuro, vieram para suprir uma necessidade que o governo não consegue lidar, a população não vai ficar a marcê da sorte.

  • marcelocardosodasilva diz: 18 de julho de 2012

    …GERONIMO; “pomba” lesada!!!…….”ASPONE” não pensa; é “pau” mandado!!!…ou seria “pomba” mandada???

  • Luciano diz: 18 de julho de 2012

    Porque será que sempre que falam de salários ruins colocam o da Assembléia como parâmetro?? Se estão instisfeitos com seus vencimentos ou empregos pq não fizeram o último concurso para a ALESC?? Foi amplamente divulgado com mais de 5 mil inscritos…estudem,estudem, estudem, estudem…façam concurso e usufruam de bons salários que alguns órgão oferecem!! Agora, ficar reclamando no sofá é fácil….vão estudar!!! Eu ESTUDEI e não reclamo do que eu ganho!!!!
    Bando de reclamões!!! VÃO ESTUDAR

  • Fernando diz: 18 de julho de 2012

    Caro Geronimo. Você invocou a democracia para defender as políticas aplicadas pelo Governador: “(…) nosso governador venceu com ampla maioria de votos (…)”.
    O que é correto. E eu até pensei, no início, que teu cometário teria todo fundamento. Mas é só seguir em frente que percebe-se o disparate: “não é o momento para criticar. Se não estão satisfeitos, há mais 25 estados para vocês viverem”.
    Se fundamentas tua opinião sob a égide de princípios democráticos, deveria ter em mente que numa democracia as opiniões contrárias e as críticas são partes legítimas deste contexto social.
    Não, não… Eu não defendo a manutenção dos Bombeiros Militares, que possuem uma estrutura baseada em divisões hierárquicas que vão de encontro a evolução atual da sociedade civil e os princípios da economicidade, etc, etc. Lá tem um soldado segunda classe, primeira classe, o cabo, o terceiro sargento, o segundo, o primeiro, o sub-tenente, o aspirante, o segundo tenente, o primeiro, o capitão, o major, o tenente-coronel e o coronel. É muita divisãozinha para um órgão do Estado.
    Qualquer livro de rodoviária, que trate de administração, ensina que quanto maior a divisão maior será a burocracia e seu funcionamento será precário. Isso gera custo. Do aspirante ao coronel os salários são acima do aceitável pelo serviço que é executado por eles.
    E o que é pior, tive a infelicidade de um dia conhecer um tal de Mauro, oficial do Bombeiro. Credo! Saber que parte de todo o imposto que recolho também é destinado para a folha de pagamento de quem não merece ter aquele “status” nem as cifras altas de sua folha de pagamento. Vai que seja ele o próximo comandante-geral. Vai ganhar mais ainda! Deve haver quem o defenda, e isso é natural. Ele pelo menos! Como naquela eleição.
    Posso ter pauperizado meu comentário ao perder um pouco o foco, mas o fato é que os Bombeiros Militares possuem altos gastos com sua folha de pagamento e comprando materiais desnecessários: farda de gala, roupa de desfile para 7 de setembro aos alunos da academia. Desde quando espadim apaga fogo ou salva vida?
    Pior de tudo é que quem ganha muito não está atendendo as ocorrências! Bombeiro com um estrutura militarizada? Não serve para nada! Já não chega o caminhão de bombeiro e as ambulâncias que são caríssimas? É por isso que sobra quase nada para investir em material. Dinheiro é mal gasto. Se fosse uma empresa particular tinha fechado as portas faz tempo!
    Não só o Bombeiro Militar, a Polícia Militar é a mesma coisa!

    Posso estar totalmente errado, ou em parte. A democracia das críticas e a opinião contrária são os únicos instrumentos que poderão me provar o contrário.

  • Policial Civil diz: 18 de julho de 2012

    De um modo geral…. (repito: DE UM MODO GERAL) Cada agente de polícia / soldado /Bombeiro se vira em uns três ou quatro, concorrendo escalas que beiram a escravidão. É comum encontrar policiais/bombeiros fazendo 240 horas ou mais num mês (Ex: escala 24×48). Detalhe… ai o cara faz as 160h regulamentares e 80h extra, vem o estado, em uma situação de completo locupletamento ilícito, e paga apenas 40h, sendo necessário o camarada entrar judicialmente para receber as horas extras que ele fez…

    E ainda querem cortar hora extra????? Só há 2 opções neste caso…
    1- Contratam MUUUITA gente para suprir a escala
    2 -Fecha tudo e que se exploda todo mundo.

    (Ahh esqueci a 3a opção… – provavelmente a mais adequada ao caso – corta hora extra e os otários continuam a trabalhar…. claro… porque polícia e bombeiro é escravo neste pais de m….)

    Como diria o manezinho…. Temu Tudu Morto

  • Vladimir diz: 18 de julho de 2012

    Sr Valmir, Voluntário quer dizer : que trabalha sem fins lucrativos. que ajuda. neste caso bombeiros “voluntários” não cobram vistoriam, mas porque recebem salário?????? perdeu-se totalmente o objeto do termo voluntario. voluntário que recebe salário, só no Brasil!!!
    Sr Felipe concordo que o “voluntariado” seja opção para o futuro, onde o governo não
    atua, porém, que o termo voluntário seja usado na sua forma correta, sem receber remuneração pelo serivço prestado, pois senão deixa de ser voluntário.
    Sr Fernando alega o senhor que “É muita divisãozinha para um órgão do Estado” primeiro lugar óbvio que o senhor desconhece o que seja uma corporação militar! desse modo não lhe cabe ficar tecendo comentários a cerca do que não conhece!

  • Roberto diz: 18 de julho de 2012

    Prezado Valmir

    Os voluntários são uma lástima. INFELIZMENTE. Não são profissionais dedicados à área de conhecimento como o SAMU ou Bombeiros Militares, por exemplo. O ingresso se dá da forma “quem quer ser bombeiro”, sem nenhum critério de seleção por merecimento (concurso).

    O atendimento é amador, com sérios riscos para aqueles que são atendidos por estes voluntários. Se um dia eu sofrer um acidente e ficar inconsciente, rezo para não ser atendido por um bombeiro voluntário. Só para ilustrar, em Joinville os caras tem a audácia de esperar com o paciente no local da cena até a chegada da imprensa. Assistir ao atendimento de um acidente, pelo menos em Joinville, é de ficar com MEDO pelo paciente. Se esse é o melhor bombeiro amador do Brasil, é preocupante.

    O bombeiro amador de Joinville não cobra nada porque quem os mantêm são aqueles que serão fiscalizados. Ou seja, o dinheiro voltaria para onde saiu. Sem falar que é uma verdadeira caixa preta o destino do dinheiro doado pelo cidadão nos bombeiros amadores (empresa). A verdade é que se utilizam da figura prestativa a qual o Bombeiro representa para embolsar dinheiro do povo.

    Outra coisa amigo, SC é um feudo e o povo de Joinville se acha demais. Em breve o STF vai colocar o bombeiro amador de vocês no devido lugar. Dê tempo ao tempo…

  • Roberto diz: 18 de julho de 2012

    Valmir, só complementando algo que havia esquecido.

    O bombeiro amador de Joinville, como já disse, é mantido pelas grandes empresas da cidade. Nestas grandes empresas, de forma recorrente acontecem gravíssimos acidentes de trabalho, que são devidamente ABAFADOS pelos bombeiros amadores pelos motivos óbvios.

    Tu acha que os grandes empresários vão querer um bombeiro mantido pelo Estado? Chega a ser patética essa questão. Tudo que é defendido com veemência consensual entre políticos e empresários só pode ser PODRE. Abram os olhos…

  • Amilton diz: 18 de julho de 2012

    A discussão fugiu o foco, e apareveu uma turminha de voluntários remunerados alegando que o voluntariado para o Corpo de Bombeiros é a solução.

    Fala sério, não no Brasil. Na Europa até vai, lá realmente são voluntários, em pequenas cidades, grande parte da população é treinada e é bombeiro voluntário, em caso de emergência, soa um alarme, os voluntários deixam suas atividades e vão atender a emergência.

    Em Santa Catarina? hahahaha, Bombeiro Voluntário tem que receber salário, se não, não trabalha. Tem até sindicatos.

    E quem paga seus salários? Os empresários, os cidadãos comuns, por meio de doações. Daí o Estado se abstém. Bom para o Governo.

    Neoliberalismo, Estado Mínimo. O Estado arrecada por meios dos impostos, porém não investe nas áreas essenciais. A população paga impostos e faz doações (ou seja, paga duas vezes) para ter direito aos serviços essenciais.

    E o Governo agradece os voluntários.

  • Renan Bombeiro diz: 18 de julho de 2012

    Certamente o Corpo de Bombeiros terá uma grande perda com a saída do Cel Masnik e consequentemente a sociedade catarinense. Nunca se fez tanto em tão pouco tempo! Meu salve ao Cel Masnik pelo caráter frente a situação!

  • Ernane Correa da Silva diz: 18 de julho de 2012

    Sou servidor público, Policial Civil, e poucas vezes na vida fui testemunha de uma atitude tão honrosa, Parabéns Cel Masnik, teria orgulho se você e sua filosofia fizesse parte da instituição que pertenço. Como seria bom se meu atual chefe tivesse sua postura e comprometimento com a instituição. Mais do jeito que andam as coisas é governo para 4 anos, tomará a deus que realmente o povo catarinense lembre na hora da próxima eleição tantas barbaridades e mentiras, que o atual governo e sua plebe está plantando, seja na segurança pública, na educação ou na saúde.
    OBS: Acabar com a vergonha que são as secretarias regionais, (cabides de desvio de verbas e comitês legalizados de aquisição de votos, isso não pode acabar?

  • Fernando diz: 19 de julho de 2012

    Vladimir, faz-me rir! Aliás, dei boas gargalhadas com teu comentário de “Madame Zoraide”.

    Depois de tanto tempo, com o teu comentário, fui descobrir que a PM deixou de ser militar, lá em 2003, quando o BM foi o único órgão do estado a ser considerado militar estadual. Graças ao se profundo conhecimento agora sei que só quem entrou antes de 2003 é que é militar!!!! Que maravilha!!!! Nunca fui militar!!!!

  • Fernando diz: 19 de julho de 2012

    Vladimir,

    Opa, então quer dizer que depois de 2003, com o desmembramento do BM da PM, só o BM é militar estadual. Então nunca fui militar??? Que maravilha!!!!

    Teu comentário, ao meu respeito, foi um equívoco!

  • Fernando diz: 20 de julho de 2012

    Senhores
    é uma perda mesmo para CBMSC e para comunidade mas, tem uma solução pra que o pior nao aconteça e para o nao fechamento de algumas unidades, basta alocar os BM que estao trabalhando em Concordia, Pomerode, Jaguaruna, Sao Francisco e etc para os quarteis operacionais dos bombeiros militares pois, nao à necessidades deles estarem aonde os Bombeiros voluntários estao !!!! sendo assim, todos ganhamos…
    abraço

  • Jelson diz: 20 de julho de 2012

    Ja vai tarde comandante, ja vai tarde…

  • Celso diz: 25 de julho de 2012

    Agora virou moda! O cara pede exoneração e vai ser candidato a Deputado. Para defender o corporativismo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk E com pose de herói da guarnição. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Envie seu Comentário