Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cruzada contra as drogas

28 de agosto de 2012 11

César Grubba, secretário de Segurança Pública e promotor de Justiça, divulgou nota oficial criticando a autorização para criação do Instituto da Maconha. Diz o texto: “O flagelo das drogas é uma tragédia mundial. Afeta a vida de milhões de pessoas, crianças, jovens e adultos. Impacta saúde pública e segurança pública. É fator  gerador de criminalidade violenta, diretamente associado a taxas de homicídios e roubos.

Espera-se das pessoas de bem, que desejem verdadeiramente contribuir para o enfrentamento deste câncer social, uma postura firme e responsável ante as dimensões do problema, sem reducionismos, sem condescendências. A sociedade não pode prescindir de seus valores. Devemos, todos, nos posicionarmos contrários a apologias, permissividades e indiferenças, caso contrário, perderemos essa guerra.”

comentários

Comentários (11)

  • Gioca Junior diz: 28 de agosto de 2012

    Claro, é a Maconha que gera homicídios. O pessoal dirigindo bebado todos os dias (dentre eles o próprio Grubba, ao qual já vi saindo de um evento alcoolizado e depois dirigindo) não gera mortes. Ah, me esqueci, o que eles desviam da educação e da saúde para os próprios bolsos também não nata ninguém né?

  • Luiz diz: 28 de agosto de 2012

    Quero saber quem foi o drogado infeliz que autorizou a criação desse instituto diabólico?

  • Kelly diz: 28 de agosto de 2012

    Eu não sabia dessa história, o que é isso? Pegadinha do mal?

  • MIRO AVAIANO diz: 28 de agosto de 2012

    PARABÉNS AO SECRETÁRIO, AS DROGAS REPRESENTAM SIM UM FLAGELO DA SOCIEDADE MUNDIAL E COMO TAL, UMA TRAGÉDIA!!!

  • Junior diz: 28 de agosto de 2012

    Infelizmente mais um comentário hipócrita e sem fundamento, É um país que anda para trás a anos, batendo sempre a mesma tecla!! Repressão! E país como o Brasil, que poderia servir de modelo para outros países latinos não raciocina e ainda tentar lutar contra as drogas com os mesmos fundamentos de anos e anos atras! Como querem embasar essas políticas atuais em ideologias? Em preconceitos? Em idéias atrasadas ? Acorda Brasil! Isso não funciona, controlar as pessoas a vida delas… e a liberdade?? E a informação??? A… O povo está esquecendo que tem muita gente lucrando com isso!!!

  • Antônio Carlos Soares diz: 29 de agosto de 2012

    Parabéns ao Secretário GRUBBA pela iniciativa e pela defesa dos valores da Sociedade. É brincadeira termos que ficar assistindo “passeatas da maconha”, “institutos de drogas” e outras iniciativas que nada constroem – e muito destroem a base e os valores da sociedade. Depois não adianta a TV fazer matérias sensacionalistas mostrando a violência que campeia nas cidades… é necessário parar de valorizar ações pró-drogas. Valorizem ações e iniciativas como essa do Secretário. Agora, até candidato a vereador com símbolo de drogas… é gozação com o eleitor.

  • Maurício Cardoso diz: 29 de agosto de 2012

    Prezado Sr. Secretário: A guerra já está perdida faz tempo!!

  • Gioca Junior diz: 29 de agosto de 2012

    Postei um comentário que foi de logo deletado. Infelizmente esse blog só quer opiniões que vão de acordo com a RBS e sua política puxa saco!

  • Luis diz: 29 de agosto de 2012

    Nada a favor, muito menos contra, mas há opiniões bem em contrário ao pseudomoralismo politiqueiro do promotor que não deveria estar chafurdando na política como faz. Droga é caso médico, tráfico é policial. Há vozes muito importantes(Clinton, FHC,etc) que propoem a descriminalização das drogas leves. Quero ver o tráfico sobreviver. Não se combatem as drogas com discursozinho palanqueiro. E lugar de promotor é no MP, fiscalizando e infernizando o executivo, não se acumpliciando!!

  • Joao J. Junior da Silva diz: 29 de agosto de 2012

    Comentários demagogos contra o posicionamento de uma autoridade que tem por obrigação manifestar-se, comentários que não acrescentam nada à discussão proposta, talvez sejam usuários, traficantes ou pessoas que disponibilizariam para seus filhos um cigarro de maconha.

  • Junior diz: 29 de agosto de 2012

    Muito bonito são os valores passados aos filhos hoje em dia, está bem certo!!! Ah uma Verdade!!! Cada um no seu devido lugar, o religioso dentro da Igreja e o promotor no MP, e se nenhum desses intende ou é capaz de debater com inteligência o assunto. Volta para o final da fila!! Chegar a frente com a mesma Teoria é perda de tempo!!! Nunca funcionou!

Envie seu Comentário