Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Policial ferido deflagra megaoperação no Norte da Ilha de SC

31 de outubro de 2012 21

É intensa a mobilização de policiais civis e militares rumo ao Norte da Ilha de Santa Catarina, via SC-401. As primeiras informações dão conta de que Gilmar Lopes Silva, agente da 1ª DP do Centro, levou três tiros ao tentar entregar uma intimação na Vila União, região dos Ingleses. Em resposta, foi montada uma megaoperação para caçar os autores. A vítima foi conduzida ao hospital Celso Ramos, de helicóptero, consciente. Dois suspeitos de balearem o policial foram presos e levados para a DP de Canasvieiras. Eles não estavam com a arma.

comentários

Comentários (21)

  • carlos diz: 31 de outubro de 2012

    Prenderam 2 segundo o diario catarinense e vc diz que nao prenderam ninguem???
    Afinal prenderam ou nao?

  • Gil Norton Amorim diz: 31 de outubro de 2012

    É simplesmente uma inversão de valores que passamos a assistir, pior nisso tudo, é que agora não aparecem direitos humanos, muito menos pessoas com vídeos ou fotos da ação, do contrário, não faltariam falsos moralistas, mas está aí a triste realidade Catarinense que passará a ser a tônica de nosso dia-a-dia, morte e atentados de policiais, execução de agente prisional, poder paralelo e cidade sitiada pela ação de marginais de todos os lados, mas nesta horas meu caro, não aparece ninguém que tenha gravado nada ou comentado algo dejenerativo!!!

  • MIRO AVAIANO diz: 31 de outubro de 2012

    AMIGOS. ESQUEÇAMOS O GOVERNO E ADOTEMOS TOLERÂNCIA ZERO!!! POBRES POLICIAIS, NEM MESMO ELES CONSEGUEM DEFENDER-SE, DIANTE DE UMA GUERRA DEFLAGRADA PELA ESCÓRIA MUITO BEM PROTEGIDA!!!

  • Denise diz: 31 de outubro de 2012

    É revoltante assistir colegas perdendo a vida em pleno exercicio de suas funções, ou seja, labutando na proteção da vida humana…Mais revoltante ainda é ver nossos gestores públicos afirmando que não existe nenhuma facçao criminosa em SC.

  • Silvio diz: 31 de outubro de 2012

    Viaturas paradas sem policiais dentro, delegacias com um policial apenas de plantão, postos da pm fechados para economizar hora extra, policiais pedindo exonerarão devido o péssimo salário, concurso para pm sem interessados também devido o péssimo ordenado e agora ataques contra policiais ordenados por vagabundos de dentro das cadeias. O que falta acontecer com a segurança desse estado?

  • Adair diz: 31 de outubro de 2012

    O que seria da sociedade trabalhadora, honesta e decente sem as forças policiais? Com certeza seria um inferno, um caos. Estes últimos dias, as policias civil e militar nos deram uma certeza: sabem agir corretamente, na hora certa e com rigor e eficiência exemplares. Me refiro aos episódios de Navegantes e Itaiópolis onde nossos bravos policiais fizeram uma pequena limpeza, livrando a sociedade de 7 vagabundos. Parabéns aos policiais civis e militares, continuem assim.

  • Marco Oliveira diz: 31 de outubro de 2012

    É triste o meu pessimismo, mas qualquer colega policial vai me dar razão: do jeito que os governos estaduais tratam as suas polícias (péssimos salários, falta de equipamentos, etc) a coisa vai piorar ainda mais. A maioria dos bons policiais estão ficando fartos disso e indo embora, procurando coisa melhor. E lamentando não poderem seguir em uma profissão que amam, tendo em vista que ninguém é uma ilha; devemos pensar naqueles que amamos e que nos amam, pois nem sempre o que queremos também é o melhor para eles.

  • willian diz: 31 de outubro de 2012

    Enquanto policiais são alvos de grupos criminosos que o governo diz não existir, eles são mortos, baleados e o governo proibindo policiais fazerem horas extras para economizar, será se é melhor economizar no financeiro e perdemos verdadeiros Heróis carregando a segurança com suas vidas e ganhando uma merreca nas suas horas de folgas tendo que fazer bico para dar uma condição melhor a seus familiares isto me irrita, infelizmente muitoooooooo breve teremos que ficarmos presos dentro de casas e os vagabundos soltos aprontando nas ruas.

  • willan diz: 31 de outubro de 2012

    è infelismente a cada dia um policial pede baixa ou esta morrendo em Santa Catarina dos 500 policiais militares que esta entrando por ano quase 1000 so na PM estao se aposentando ou pedindo baixa.

  • Rosenaldo Antunes diz: 31 de outubro de 2012

    A culpa disso é desse Governo “boca mole” do Sr. Colombo, um bando de incompetentes, nunca tivemos tão mal governados como atualmente. triste realidade.

  • Rafael diz: 31 de outubro de 2012

    Acho que a polícia deveria ser autorizada a fazer uma limpa nessa cidade. Tolerância Zero pra bandido em Florianópolis

  • José H. Danson diz: 31 de outubro de 2012

    Nenhuma das pernas do Estado funciona tá manco. Educação está uma merda; professores ganhando pouco e baixo investimento em qualidade de ensino. Saúde… a greve tem falado até pouco sobre o descaso. Segurança? as prisões estão tomadas. Não existe sistema de recuperação. Os menores sequer passam por medidas socioeducativas. Criminoso uma vez, o Estado – ou ausência dele- o tornará criminoso sempre. Feito mato, só crescem.

  • Valdete diz: 31 de outubro de 2012

    É lamentável que a segurança seja tratada com tanto descaso nesse estado. É muito triste saber que um amigo, tenha passado por essa situação cumprindo com seu dever. Estamos orando por sua recuperação. FORÇA GILMAR!

  • Robson OLiveira diz: 31 de outubro de 2012

    Acho válida alguma ação no sentido de “tolerância zero”, com blitz pesadas e equipes de plantão em locais estratégicos, mas também acho que é hora de varrer os marginais (seja ladrão de galinha ou mega traficante). Podendo começar por aqui mesmo, na ilha, onde acredito ser de uma logística muito mais simples do foi, por exemplo, no complexo do Alemão no RJ. Falta sim policiais e militares (em número) para isto, falta também estrutura para nossas forças e falta, principalmente, coragem para bater de frente com quem insiste em fechar os olhos e defender que nos aterroriza. Falta política de pulso firme. Falta algum “louco” que aperte o botão do “fod@-se!” e comece a agir, obviamente, sem fazer carinho nos vagabundos que merecem um aperto mais poderoso. Desculpem pela ignorância e excesso de rigorismo, mas certas pessoas que agem com tamanha maldade não fariam falta (nem para a sociedade nem para a família) se a polícia e órgãos competentes os fizessem “sumir de vez”. Sei que existe o tal dos direitos humanos, mas isso só existe para aqueles que o perigo ainda não bate a sua porta ou algum revólver não tenha sido endereçado a si. Quando isto acontecer, quero ver se o tal defensor seguirá com seu discurso… A mim já aconeteceu e declaro: tenho raiva desta violência de sentido inverso que vivemos. Quem está preso afinal?!?

  • luiz carlos parracho diz: 1 de novembro de 2012

    NÃO é de hoje que o ESTADO veem trasferindo o COMANDO para a bandidagem, acompanho isso, muito de perto, com documentos e BOs., nossos policiais NÃO teem treinamento qualificado, salário qualificado, homens sem qualificação, e, o que é pior vão continuar ENXUGANDO GELO, como estamos acostumados a ouvir dos melhores deles, que sendo BONZINHO, fica em 50%, mesmo assim fico do lado deles até o FIM. Quanto mais APERTA A COISA NO RIO E SPAULO, os outros ESTADOS serão atingidos, “ELES” estão comendo pelas BERADAS, ainda não chegaram no MEIO!

  • aldi diz: 1 de novembro de 2012

    Eu me sinto completamente abandonada pelo Estado, pois aqui em Piçarras a bandidagem anda dia e noite na maior tranquilidade praticando todo tipo de delito sem que uma ação efetiva coloque essa gente na cadeia.
    A polícia só está se mexendo porque os bandidos resolveram revidar justamente prá cima deles.
    Aldi

  • Dilma diz: 1 de novembro de 2012

    Em 26 anos de profissão, nunca vi vagabundo ser tão ousado. Não é para menos a imprensa condoída e compactuando com a dor da família, dedicando alguns dias de reportagem e insinuando discaradamente que a polícia abusou. Está aí o resultado. Bandido ousado e imprensa conivente. Bela dupla.

  • julio cesar diz: 1 de novembro de 2012

    Gente, até na Bíblia está escrito|:
    “Dente por dente, olho por olho”
    Bandido armado e enfrentando a policia tem de ser eliminado na hora.
    Pior ainda é que as vezes trazem o marginal ferido, baleado ou por ter batido na fuga, o carro roubado, e ainda passam na frente nas emergências dos hospitais em detrimento ao pobres e desamparados cidadãos honestos, que aqinda pagam isto tudo para eles.
    É brincadeira.

  • Raimundo diz: 1 de novembro de 2012

    Ai os direito humanos..! manifestão-se. ha ha…. quem morreu foi policial …!!! ha tabom se fosse bandido ja estariam defendendo os bonzinho mas como foi policial que se dani. vamos aprender atirar no alvo

  • André diz: 2 de novembro de 2012

    A sociedade merece o que tem, pois nos dia de campanha eleitorais vendem seus votos e agora tai o resultado,falta de policiais na rua a saúde falida educação uma porcaria , chovendo dentro da sala de aula este é o povo brasileiro ganha um dinheirinho em época de campanha politica e depois fica na fila do posto de saúde o comerciante roubado por marginais e etc …….

  • zilmar diz: 9 de novembro de 2012

    Moro na praia dos ingleses e gostaria de saber para que serve as câmeras de monitoramento dos ingleses pois eu moro aqui a muitos anos e o centrinho dos ingleses o acesso a praia toda noite é a mesma coisa menores vendendo drogas de boné e capuz para não serem reconhecidos , a praia está as escuras e mesmo na temporada multiplica esses menores e não vejo um PM na rua ou na praia, varias vezes fui caminhar a noite e voltei devido a só ter menores na praia porque nada é feito a varios anos tem sido assim ?????????????

Envie seu Comentário