Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Faltou sensibilidade aos gestores da segurança

13 de novembro de 2012 59

Não se discute a capacidade profissional de Carlos Alves, atual diretor da penitenciária de São Pedro de Alcântara.

Mas recolocá-lo para gerenciar aquele barril de pólvora, dias depois de enterrar sua mulher, foi, no mínimo, falta de sensibilidade dos seus gestores.

Por mais preparado e treinado que ele esteja para lidar com situações de crise, imagina só a pressão psicológica a que  foi exposto.

Para complicar ainda mais, surge um vídeo, acredite, produzido a partir do celular dos detentos, em que Carlos aparece acompanhado por agentes prisionais, dando “uma dura” dentro de uma cela.

Não vai demorar a pipocar os comentários que classificam o ato como arbitrários ou até de tortura.

Mas aí já é outra discussão.

O  mais sensato, neste momento, seria a imediata retirada de Carlos Alves do olho do furacão.

É a melhor alternativa para garantir a preservação da sua integridade física e também emocional.

Carlos Alves sempre foi considerado um diretor modelo.

Mas diretores de presídio também sofrem.

Ele precisa de um tempo para curar suas feridas,não ser jogado na cova dos leões.

comentários

Comentários (59)

  • Osvaldo Peixoto diz: 13 de novembro de 2012

    Interessante, uma regra no governo proíbe marido e mulher trabalhando no mesmo recinto. Agora pense comigo, num barril de pólvora o marido é o cabeça e a esposa é agente prisional. Fragilizaram a segurança ou não ??? Infantilidade ou vistas grossas ??? Eu prefiro acreditar em politicagem…

  • LEITOR DA COLUNA diz: 13 de novembro de 2012

    Não seria correto retirar o diretor por conta da pressão que presos e parente estão fazendo. Assim os presos imaginariam que haviam ganho a batalha, visto que o que eles almegam é o afastamento do diretor deste presídio.

  • vaimasdemora diz: 13 de novembro de 2012

    Acho que somente o carlos pode decidir,mas se ele sair neste momento o crime ganha e sabemos todos nós que aquela situação mostrada no vídeo não passa de um teatro dos reeeeeeeeeeeeeeeeeeeeducandos.

  • JANE MARCIA HARDT diz: 13 de novembro de 2012

    Boa Tarde! eu concordo em este não ser o mehor momento para carlos alves voltar,pro seu trabalho. ele precisa se cuidar e se resguardar porque aquele lugar é um caldeirão.

  • Marcio diz: 13 de novembro de 2012

    Parabnes Martini.

    Até que enfim alguem comentou com sensatez o problema prisional catarinense.
    Não podemos queimar um Profissional do gabarito do Carlos Alves, mas sim preserva-lo.
    Tem que haver uma união das forças policiais e agentes penitenciarios, para que com inteligencia, possam derrubar as atitudes nefastas deste bando de criminosos.

  • Davi diz: 13 de novembro de 2012

    Caro Rafael, discordo da tua opinião!

    Retirar o Carlos da Penitenciária é realizar a vontade dos criminosos!!

    E o Estado não pode se curvar a vontade de marginais, nunca!

  • Paulo Afonso dos santos diz: 13 de novembro de 2012

    Olá Sr. Rafael, realmente é um ato inpensado, nossos Governantes não tem sensibilidade alguma, em qualquer País do Mundo se faria como o Sr. sugeriu.

  • CidaDÃ diz: 13 de novembro de 2012

    Prezado Osvaldo Peixoto ao que lhe interessa o Carlos e a Deise(sua esposa) não trabalhavam mais na mesma unidade. Agora vamos combinar que retirar o Carlos de la só irá dar moral ao “REEDUCANDOS” que de reeducando não tem nada, pois estes não tem o minimo interesse de se reeducar e sim aprender novas barbaries ou mesmo ficar comendo e durmindo o dia inteiro. Infelizmente o Brasil só irá para a frente no dia em que mudarem as leis e os Direitos humanos cuidarem de HUMANOS DIREITOS porque como as coisas estão daqui a pouco viramos um IRAQUE ….

  • Juarez diz: 13 de novembro de 2012

    Absurdo essa vagabundagem fazendo issooooooooooooooo, e ainda tem que defenda, pelo amor de DEus, vcs são cegos, se eles conseguirem tirar esse diretor, essa facção vai dominar Santa Catarina, e dai acabou a paz do Estado.

  • OPINIÃO diz: 13 de novembro de 2012

    Eu acredito que o diretor deve sim ser afastado, pois está abalado emocionalmente e isso pode gerar ainda mais GUERRA dentro e fora das unidades prisionais de SC. Não que seria fazer a vontade dos criminosos, mais tentar buscar a linha de investigação e punir os responsáveis pelo crime, não adianta generalizar. Se ele ficar vai acontecer mais crimes, e mais violência com pessoas inocentes.
    Não é uma questão de vingança, estamos falando de pessoas, de famílias que não tem nada haver com isso.
    Busque a INTELIGÊNCIA e a COMPETÊNCIA da Segurança de SC e investigue os culpados, caso contrário SC vai se tornar RJ e SP.

  • David diz: 13 de novembro de 2012

    Que lástima… Então a culpa agora é dos Gestores da Segurança Pública.
    Não estaria ocorrendo uma inversão de valores aí?
    Os bandidos fazem o que fazem, e assistimos a todos colocarem a culpa na sociedade, no sistema prisional, na polícia, nas autoridades…
    E os bandidos, minha gente?
    Coitados!
    São apenas vítimas de todos aqueles, né?

  • Juarez diz: 13 de novembro de 2012

    NÃO PODEMOS BAIXAR NOSSAS CABEÇAS, DIRETOR CARLOS A SOCIEDADE QUER QUE VC FIQUE, ABAIXO A VAGABUNDAGEM

  • Denise Leitora diz: 13 de novembro de 2012

    Cadê os direitos humanos ( ou direitos dos “manos” ) ah, esqueci, eles apenas protegem pessoas contra a arbitrariedade do Estado! Coitadinho dos “reeducandos”… Tem que ter muita força e coragem para voltar a trabalhar naquele barril de pólvora após perder a esposa de maneira COVARDE!

  • Sandra diz: 13 de novembro de 2012

    Alguém já perguntou como os “reeducandos” tinham um celular para gravar as cenas? Isso não é proibido? E concordo que, se tirarem o Carlos de lá, é o mesmo que dar a vitória para os marginais. Reclamam de violência, mas e quando estão soltos, tratam o cidadão correto como?? Se o sistema é rigoroso e isso os deixa desgostosos, acho que aí é que tem que ter mais rigor. Só falta pedirem carinho… Oras, isso eles nem sabem o que é quando estão roubando, matando ou cometendo outros crimes aqui na rua…

  • Cesar Totti diz: 13 de novembro de 2012

    Covardes e cegos. Covardes porque querer dar a vitória para a bandidagem e cegos porque não querer ver que estamos numa guerra do bem contra o mal. Eu apoio a permanência do Diretor e vocês vão se esconder em baixo da cama.

  • Gênio da Lampada Mágica. diz: 13 de novembro de 2012

    Uma única pergunta que nao quer calar: por que ainda nao vetaram o sinal para celulares dentro das penitenciárias? Estao esperando o quê? Chego a rir com ironônia ao imaginar a seguinte cena: detentos de alta periculosidade, encostadinhos na grade da cela, falando ao telefone celular. Aliás, comandando ataques bárbaros contra a populacao, ao celular!
    Nao adianta fazer os três desejos se nao esfregar a lâmpada mágica, né ô?

  • André diz: 13 de novembro de 2012

    Levar em consideração um vídeo gravado por marginais, de forma clandestina, que não mostra nada além da intervenção num cubículo devido à uma tentativa de agressão à um agente público, é desconsiderar o trabalho dos que comprometem a vida pela sociedade. Basta notar que no final do vídeo os “manos” estão rindo e debochando, gritando “já era”, numa demonstração clara de que foi armado pra desestabilizar o sistema e colocar o Sr. Carlos Alves em check, mais uma vez. O que temos que mudar é a Constituição, trabalho pesado e até, quem sabe, um amplo debate sobre a pena de morte. Operação tolerância zero…. ou tudo muda, ou os presos seremos nós. “As grades do condomínio são pra trazer proteção, mas também trazem a dúvida se não é vc quem está numa prisão..”

  • Anibal diz: 13 de novembro de 2012

    Sr. Martini,
    Concordo com suas palavras sensatas. O diretor não apenas está emocionalmente abalado, mas seus companheiros também o estão. É preciso uma pessoa nova e equilibrada para administrar aquele lamentável caldeirão gigante e restabelecer a serenidade. O problema de S. Pedro de Alcântara não atinge apenas as pessoas que lá estão (funcionários e presos), mas já está atingindo as pessoas aqui de fora, e cada vez mais. Não é preciso ser adivinho para prever que vai piorar e que logo irá vitimizar pessoas que nada têm a ver com essa história toda.

  • Adair diz: 13 de novembro de 2012

    Pelo simples fato de existir telefone celular em uma penitênciária, já demonstra que o sistema está bagunçado e corroído. É vergonhoso para um país que dizem ser o sexto mais rico do mundo(será que é verdade?), permitir que esses vagabundos usem celular lá dentro, isso revolta e enoja qualquer um. A sociedade criou, alimenta e deixa crescer esse verdadeiro monstro chamado crime organizado, agora que ele virou gigante ficou mais difícil ainda destruí-lo. Só atitudes talvez mais estremadas por parte principalmente do GOVERNO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL é que vai salvar a democracia e a segurança nesse país. Acoooooordeeeeemmmm senhores políticos de Brasília, criem vergonha nessas suas caras e mecham-se, é pra ontem!!!!!!

  • João diz: 13 de novembro de 2012

    Essa lei da vontade de vomitar, a policia e agentes ficam encurralados enquanto a vagabundagem barbarizam a população.
    Se tivessemos num pais serio com lei de verdade com certeza adotariam a PENA DE MORTE queria ver se a vagabundagem não persariam 2 vezes.
    E ai vamos pagar nossos impostos em dia para sustentar vagabundo e politicos corruptos.

  • AGEPEN diz: 13 de novembro de 2012

    Em resposta ao comentário “OPINIÃO” – acreditar que retirar o senhor Carlos Alves da direção da penitenciária de São Pedro vai resolver a situação e diminuir a onda de violência em sc é no mínimo uma inocência, se tal atitude for tomada é a assinatura da derrota nossa (pessoas de bem) para o crime, é tudo o que os criminosos desejam, principalmente aqueles que estão cumprindo pena naquela instituição. Se de fato isso acontecer, vai mostrar para a facção “PGC” que realmente ela tem poder, é entregar a direção não só da penitenciária de São Pedro mas de todas as instituições prisionais para as mãos dos criminosos. Estaremos então trabalhando para satisfazer o gosto do bandido, não faria sentido ter agentes nos presídios, não faria sentido a polícia prender o bandido, nem o juiz condenar. Hoje foi liberado a imagem que os detentos fizeram com um celular dentro da penitenciária, e só vejo as pessoas comentando sobre o fato de os presos estarem sofrendo, ninguém veio a público dizer que estar com o celular dentro da cadeia é crime, vão abrir investigação para apurar se houve agressão contra os presos, porém ninguém vai investigar como o celular entrou na penitenciária (normalmente por visita de presos que trazem dentro dos orgãos genitais) ou até mesmo o que os “anjinhos” fizeram para chegar naquela situação. Os direitos humanos querem saber se os presos sofreram alguma agressão, será que foram conversar com a família da agente Deise para saber do sofrimento que estão passando. Para o bandido tem assistência médica, odontológica, até mesmo psicológica, para a vítima como a sr Deise uma bandeira em cima do caixão. A bandidagem está agindo com inteligência, querem ao mesmo tempo criar pânico (com os ataques) e pena na população ( com o vídeo da ação dos agentes em São Pedro) álias parece que ninguém viu o fim do mesmo vídeo onde os presos aparecem comemorando e rindo (características de quem sofreu agressão), é se o governo não for enérgico os bandidos vão ter mais motivos para rir. Aos agentes penitenciários de santa catarina fica o meu respeito, pois são vocês que estão dando a cara para bater, força pessoal. Ao senhor Carlos Alves primeiro meu pesar pela perda da esposa e segundo estamos com você continue o trabalho exemplar.

  • Ju diz: 13 de novembro de 2012

    Enquanto isso a comunidade de Santa Teresa, tem que suportar as mulheres dos reeeeeeeducandos fazendo baderna nas ruas, ameaçando as pessoas, fumando maconha na ciclovia, soltando foguete comemorando o crime, é um absurdo

  • Juliana Desterro diz: 13 de novembro de 2012

    Interessante este negócio de celular nos presídios e cadeias(é a mesma coisa?).Às vezes não consigo falar com minha filha no centro da cidade.Parece que não “dá sinal”.E na cadeia,bandido tem celular e . . .funciona.Como pode ?O preso está preso,ou não está?
    E quem leva estes celulares para a prisão?Até filmando eles agora estão.E a imprensa adora defender preso,primeiro incrimina os que estão defendendo a sociedade,depois vai ver quem tem razão.Preso?Onde?Quem?

  • Tratado diz: 13 de novembro de 2012

    Até agora ninguém soube responder o porque do Estado nao cortar os sinais de telefonia nas penitênciárias. Bem, eu tenho um pensamento sobre isso! Deve existir um pacto ilegal, medíocre e assutador entre o Estado e os grandes traficantes. E uma das benéfices ou trocas estipuladas neste pacto, seria o uso do celular para que os condenados continuem suas atividades ilícitas de dentro das prisoes e assim a paz continua a reinar. Assim, o Estado finge que prende e o traficante finge que é preso! Só que alguma coisa deve ter dado errado; pode ser que eles estejam querendo justamente cortar isso aí, o uso do celular, o que deve estar deixando a bandidagem louca! Pensem bem! Por que até agora nao cortaram a regalia do celular nas prisoes? Em qual país do mundo se vê isso, me diga? Ninguém responde isso, vocês já viram. E ficam os chefes da SSP enrolando a populacao. Só pode ser rabo preso!Tem medo até de fazer associacoes evidentes! Eu nao entendo mais nada…

  • Paulo Roberto Machado diz: 13 de novembro de 2012

    O problema da segurança pública está no descompasso entre o judiciário, o ministério público e o executivo ( polícia ). Vocês já se perguntaram quanto tempo demora para sair um pedido de: mandado de busca, apreensão, prisão, interceptação. A morosidade do judiciário e atitudes, principalmente a falta de bom senso da algumas varas, principalmente a de execução panal ( indultos, saídas temporária e outros benefícios que são dados a delinquentes, sem se quer fazer uma avaliação). O fechamento do São Lucas, cadê aquela pessoa que falou um monte de bobagens em frente as câmeras de tv, a coitada só queria IBOPE, não estava nem ai para o cidadão que sofre com os adolescentes infratores. Tá na hora de cobrarmos mais trabalho e competência de nossos magistrados, no mínimo bom senso. Um judiciário de meio período não pode produzir muito.

  • Mayko diz: 13 de novembro de 2012

    é no minimo idiotice cogitar em retirar o Carlos da direção de S.P.A, pois isso seria dar guarida a vagabundagem que lá esta, e que toma conta de todo o estado. Quem defende vagabundo é vagabundo!!!!! Força Carlos, o sistema prisional esta com vc, assim como as pessoas de bem que não gostam de vagabundos!!!!

  • Andréia diz: 13 de novembro de 2012

    Estariamos baixando nossa cabeça à vontade dos criminosos retirando o diretor Carlos da frente da Penitenciária de SPA, na verdade vagabundo e bandido tem que viver na “rocha”, afinal, as vítimas somos nós -sociedade- o que inclui membros da segurança pública também, e não a vagabundagem como querem inverter os papéis. Pasmem, mas já ouvi comentários, e não uma única vez, de que há membros da OAB, ou seja, advogados, integrantes da facção PGC, que servem de “pombo correio” de criminosos, levando recados de presídio em presídio… não estou aqui afirmando nada, mas acredito no velho ditado da vovó: “onde há fumaça há fogo”.

  • CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA diz: 13 de novembro de 2012

    CELULARES E ARMAS, COMO CONSEGUEM BURLAR SEGURANÇAS

  • Jakson da Silva diz: 13 de novembro de 2012

    Infelizmente a norma jurídica vigente protege o infrator, não o cidadão, muito menos o policial ou agente da segurança pública, os quais, segundo os entendidos, assumem o risco ao optarem pela profissão. Quanto ao Governo, a ingerência decorrente das indicações políticas é o que há, especialmente no primeiro escalão.

  • JU diz: 13 de novembro de 2012

    Maiyko não é só o sistema prisional que está com o Carlos, a comunidade de Santa Teresa, até mesmo posso afirmar São Pedro de Alcântara, está em peso com ele, todos aqui admiram o trabalho dele, inclusive participa ativamente das atividades da comunidade, inclusive o desfile civico, onde se tornaram os heróis de nossas crianças, e vão continuar sendo pois esses agentes liderados pelo Carlos, se tornaram exemplo de orgulho para nosso municipio, Carlos São Pedro de Alcântara está do seu lado, não suportamos mais essas mulheres fumando maconha na ciclovia, bebendo, fazendo xixi no chão de nossos onibus, pulando catraca e não pagando passagem, ameaçando as pessoas nas ruas, isso é exemplo, baderneiras que desde a semana passada não deixam ninguem dormir, porq ??? quem que matou uma pessoa inocente msm?? pelo o que me consta foram os reeeeeeeducandos do complexo que deram tal ordem, e ainda defendem esse vagabundos, quem que não ve que aquele video não passa de uma armação

  • JU diz: 13 de novembro de 2012

    Proponho aqui um movimento em prol da justiça de verdade, de uma sociedade que não seja oprimida por bandidos, o Carlos Diretor da Penitenciária será o simbolo dessa luta, ele não pode sair do comando desta unidade, estariam entregando a segurança inteira nas mãos dos bandidos, ja se perguntaram porq odeiam ele?? porq com ele não tem corrupção, desonestidade, ele é um homem de bem correto e justo, e até onde sei nem um pouco agressivo!!!!!!!!!! VAMOS LA PESSOAS DE BEM, VAMOS DAR O NOSSO GRITO, O NOSSO SALVE GERAL!!!V E O NOSSO GRITO É: FICA CARLOS, VOCÊ É UM HERÓI PARA SOCIEDADE, ASSIM COMO O CLAUDIO MONTEIRO, NÃO VAMOS PERMIRTIR QUE MAIS UMA INJUSTIÇA ACONTEÇA!!!!! FICA CARLOS! FICA CARLOS!

  • Luisa diz: 13 de novembro de 2012

    Concordo com vc Ju, não podemos abaixar a cabeça para os bandidos, vamos provar que as pessoas de bem, tem muito mais força que o mal, bandido nenhum vai mandar em Santa Catarina, apoio total ao movimento FICA CARLOS!!!!! vamos lutar por mais um herói, assim como sua esposa que faleceu, porq era uma pessoa correta, não podemos abaixar nossas cabeças, eu nem conheço esse homem, mais ja acho ele um exemplo de homem, e que deve ficar no comando desta penitenciária cheia de monstros, e conhecendo a conduta de nosso gorvenador sei que não abaixará guarda para vagabundos

  • Sara diz: 13 de novembro de 2012

    As coisas parecem estar se invertendo, em vez de estarem apurando como entrou o celular, querem apurar se houve ou não uso indevido de força, no vídeo não aparece nada demais, nada além de vagabundos gritando e comemorando no final, infelizmente estão dando muito moralzinha para esses reeeeeeducandos!
    O Diretor de SPA tem de ficar, o sistema precisa dele!

  • Mauricio Silva diz: 13 de novembro de 2012

    Todo problema reside na fragilidade das Leis Brasileiras, enquanto se brincar de fazer leis nada vai ser resolvido. Leis duras, penalidades verdadeiras, é o que necessitamos.
    Precisa acabar as mordomias para penentenciados. Mudanças urgentes no codigos penais do Brasil. Sem visitas intimas, sem regalias. Leis frouxas, Estado imcompetente que não realiza ações, Secretaria de Justiça sem preparo algum para o cargo, é lastimavel, trista escuta-la dando entrevistas, grande culpado o Estado Brasileiro, e o catarinense é simplismente ridiculo. Vamos acordar Povo Brasileiro somoas maiores VITIMAS.

  • Guilherme Rossi diz: 13 de novembro de 2012

    mais uma vez se percebe o despreparo destes filhotes do sistema universitário brasileiro. a unica pessoa em condições de decidir se pode ou não trabalhar é o próprio diretor. Isto não é um conflito entre nações. é um conflito entre a autoridade legalmente constituida e a marginalidade apoiada pelos ¨professores vermelhos¨e seus subprodutos.

  • Emir diz: 13 de novembro de 2012

    O OLHO DO FURACÃO É O LUGAR MAIS CALMO DE TODA A TEMPESTADE, O MOMENTO ENTRE GUERRAS EM QUE AS PESSOAS PENSAM QUE TUDO PASSOU E EM SEGUIDA TODA A FÚRIA DA TORMENTA VOLTA.
    TRATA-SE DE UM ERRO CRASSO DENOMINAR UM LUGAR DE BARRIL DE PÓLVORA AO MESMO TEMPO EM QUE O DESCREVE COMO O OLHO DO FURACÃO…

  • Anonimo diz: 13 de novembro de 2012

    O Estado de SC deveria nomear um diretor adjunto, com o mesmo perfil do Sr. Carlos, para ajudá-lo a retirar as diversas regalias que os condenados de São Pedro possuem, e colocar esses presos no trabalho obrigatório.

  • João diz: 13 de novembro de 2012

    O COMEÇO DO FIM DA SEGURANÇA PÚBLICA É COLOCAR UM PROMOTOR DE JUSTIÇA COMO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA. NA REALIDADE, POR QUESTÕES POLITICAS, O PRINCIPAL CARGO DA SEGURANÇA É EXERCIDO POR QUEM NÃO TEM A MINIMA EXPERIENCIA EM SEGURANÇA PÚBLICA, E SEMPRE ESTEVE DO OUTRO LADO. ESSE É O “MELHOR ESTADO DO BRASIL”.

  • martins diz: 13 de novembro de 2012

    Enquanto nossa policia for comandada por gente amadora , temos que mudar a mentalidade da nossa policia, aqui eles acham que é interior, policia tem que ser ostensiva o tempo todo a noite e de madrugada, não existe ronda , a pm e pc vão para o posto dormir se não tiver ocorrência, isso não pode me falaram que em São Jose ficam 4 viaturas a noite só para SJ inteiro isso não da né.

  • TEMPLARIUS diz: 13 de novembro de 2012

    QUANDO ELES TE ASSALTAM, ROUBAM, MATAM, AGEM COM GENTILEZA?
    ALI N TEM INOCENTE, ME ADMIRO A MÍDIA DAR GUARIDA, A UMA GRAVAÇÃO DE DENTRO DA CADEIA. TIRAR O DIRETOR DA PASSPA, É PASSAR UM ATESTADO DE INCOMPETÊNCIA E
    FRAQUEZA! ESSE RAFAEL MARTINI É UM IDIOTA, NÃO CONHECE NADA DE SEGURANÇA PÚBLICA…SOCIEDADE FORTE, POLÍCIA FORTE, SISTEMA PRISIONAL FORTE, SIGNIFICA CIDADÃO, RECEBENDO EM RETORNO, UMA CIDADE DENTRO DA LEI!!!!!

  • J matheus diz: 13 de novembro de 2012

    Caros colaboradores, vejo aqui duas grandes incógnitas:
    Primeira: Os Agentes Prisionais são de forma irresponsáveis formados nas academias da PM ou da PC, pois a tal de Escola Penitenciária é uma ilusão. Quando estes jovens sonhadores se formam nestas escolas policialescas suas primeiras vontades são vestir um uniforme preto tipo “risp top” usado pelo BOPE, um par de botas guaterla euma bala clava para esconder o rosto, além de, mesmo que de forma ilegal portar uma arma tyipo pistola na cintura. Este tipo de formação policialesca faz com que estes agentes fiquem em uma situação desconfortável, pois pensam que são policiais, o que na verdade não são e odeiam a ideia de serem agentes prisionais. Nesta situação vcs sabem o que ocorre no interior das prisões????? É só porrada, quando na verdade o agente penitenciário deveria ser formado para ser o primeiro agente de ligação entre o prisioneiro e o mundo exterior. Se prestarmos atenção no sistema prisional americano veremos que o agente penitenciário utiliza um uniforme nada agressivo, não utiliza nenhum tipo de armamento e sem falar da higiene e do respeito entre prisioneiros e corpo de funcionários. A falência do sistema está em colocarmos pessoas despreparadas para atuar na verdadeira ressocialização do preso e enquanto isto persistir continuaremos a enfrentar situações como as de hoje, ontem. Outro ponto preponderante é a falta de sensibilidade do governante maior em manter a frente da SJC uma pessoa que nem para representante política serve, ou seja, uma incompetente para assumir uma função de tamanha responsabilidade. è a podre da política tomando os espaços destinados a técnicos qualificados.

    att

    j

  • AG.Sergio diz: 13 de novembro de 2012

    Ceder a vontade dos bandidos também não me parece muito sensato não. Eu garanto que a vida dos bandidos dentro dos presidios VAI CONTINUAR BEEEEEM DIFIICIL, CADA VEZ PIOR. EU GARANTO!!!

  • Max de Souza diz: 13 de novembro de 2012

    Esta acontecendo uma grande inversão de valores em nossa sociedade; É realmente triste, mas muito triste o que esta facção de criminosos está fazendo. É importante salientar que os “REEDUCANDOS” presos naquela Unidade Prisional cometeram os mais diversos tipos de crime, em que muitas vezes pessoas inocentes tiveram o sangue derramado (o modo de o criminoso agir é sempre de forma covarde e traiçoeira), quantos filhos, pais, irmãos, quantos trabalhadores, pessoas anônimas na sociedade, pereceram nas mãos covardes dos “REEDUCANDOS” que estão recolhidos em São Pedro de Alcântara? O vídeo clandestino trata-se de uma sorrateira armação contra os Agentes, em que o que mais chama a atenção é o riso debochado dos presos no final! O problema é muito maior do que se imagina, a maldade dos bandidos não tem mais limites, e agora eles estão querendo a sociedade de joelhos… Sentindo “peninha” deles! É uma vergonha, igualzinho a comemoração debochada deles no final do vídeo…

  • Luiz carlos poleza diz: 13 de novembro de 2012

    Senhor j.Matheus eu não sei aonde o senhor governador do estado etá com a cabeça em colocar como chefe maior da SJC uma senhora totalmente desqualificada e incompetente. Digo isto porque certo dia ao ouvi-la em uma entrevista ao vivo na CBN Diário com o Jornalista Mario Mota a mesma além de não sabero o que estava falando, pois não é técnica, ainda chamava o jornalista de “MEU BEM” “MEU AMOR” MEU QUERIDO”,parecia até que estva falando com seu esposo, namorado ou quem sabe um filho ou um sobrinho mais chegado, ou seja, não era o palavreado que deveria ser usado por uma “SECRETÁRIA DE ESTADO” de uma pasta tão importante quanto a que controla e dirige o sistema pentenciário do estado. Diz o ditado que os comandados são o espelho do chefe. Por isso é que tenho a absoluta certesa de o porque o Sistema Prisional de Santa Catarina estar nesta M…. . Senhor Governador reveja os cargos dados a seus apadrinhados. Pessoas incompetentes não devem assumir funções chaveves jamais. Faça a mudança imediatamente sob pena de pagarmos muito caro por esta incopetência.

    lcp

  • André diz: 13 de novembro de 2012

    Não concordo com o ponto de vista do post. Respeito mas não concordo. Pelo simples fato de que a nossa cultura aqui é assim. Se alguem vai para esquerda, era para ir para a direita. E vice-versa. Pelo simples fato de contrariar. Ou seja, se tivessem retirado ele do cargo, estariam agora dizendo que foi um erro.

    Nesse país aliás o que se está fazendo e tornar ou querer tornar legal ou justificavel sempre que algo sai de controle pela incompetência de quem tem a responsabilidade de segurar as rédias.

    Este cenário só mostra, que o governo do estado vem sendo omisso, apático e em um certo prisma, eu diria até mesmo PARCEIRO do crime. Se não raciocine… Se bandido fica chatiadinho, remove diretor, se menor vagabundo fica chatiadinho vai lá e derruba o São Lucas, se preso leva uma prensa cai em cima dos agentes prisionais, Se diretor do DEIC fica no pé deste ou daquele é “queimado em praça pública”…

    Afinal de contas! vocês estão do lado de quem? Como diria o Datena “AJUDA AÍ HÔÔ!”

  • Luiz Carlos Poleza diz: 13 de novembro de 2012

    Caro jornalista e leitores vamos fazer uma corrente para que o senhor governador coloque um técnico à frente sa Secretaria de Justiça e Cidadania (SJC), pois agora a pouco assisti a dita secretária no programa conversas cruzada e a mesma estava amis perdida do que um perdido em um lugar perdido, ou seja, não sabe absolutamente nada sobre o que está gerenciando. Vejo que hoje os administradores do Sistema Prisional que são Agentes Prisionais qualificados estão aptos para exercerem suas funções, porém com desqualificada da chefe maior que é a Sra ADA DE LUCA, cabide de emprego, pobres estão sem rumo e se timoneiro.

    lcp

  • Marcelo diz: 14 de novembro de 2012

    RAFAEL,

    Pelo que acompanho nos noticiários um dos maiores problemas atuais nas penitenciárias é a comunicação do preso com o mundo externo, seja para comandar atentados, seja para gerir o tráfico de drogas ou outros crimes…
    Então por que colocam tomadas ou qualquer tipo de energia elétrica dentro de uma cela??? Para carregar celular???
    Será que a luz necessária não poderia vir dos corredores externos das celas, de maneira que dificulte o acesso para qualquer tipo de “gato”, sem acesso assim a possibilidade de carregar esses celulares que entram sei lá (?!$&?) como?
    Quero ver se arrancarem os sistema elétrico da aréa comum e privativa dos presos, deixando apenas a luz no teto, não diminuiria pelo menos 90% da comunicação entre presos e o mundo externo… O que adianta a segurança pública tomar decisões momentaneas e sem efeito, tais como colocar algumas viaturas na frente de porta de delegacias… isso é segurança ou fraqueza???

    Abraço

    (Se possível não identificar meus dados, pois para investigar os criminosos ELES não tem pessoal, mas para investigar quem os critica ai tem)

  • Eduardo Rosa diz: 14 de novembro de 2012

    Enquanto nossas maiores instituições públicas forem geridas pela política de indicações com pessoas ditas “preparadas” e nossas leis estiverem aquém do momento em que vivemos e que como um barril de pólvora podem estourar a qualquer momento, seremos prisioneiros ou reféns do bem público que nunca dá a divida resposta ao que pagamos através de impostos mau utilizados.

  • Leandro diz: 14 de novembro de 2012

    Coisas que acontecem na Beverly Hills catarinense.

    Eu diria que quem ateou fogo estava muito bem trajado, com vestimentas à base de branco e dourado.
    A causa? Ah, trata-se de um protesto em prol do aumento do número de marinas, afinal de contas, nossos ab(e)astados merecem poder comprar suas lanchas e bem acomodá-las

  • Eduardo Rosa diz: 14 de novembro de 2012

    Sinceramente, as coisas andam erradas faz tempo. O leitor, Tratado, que deixou sua mensagem acima, pode ter chegado bem perto o “óbvio”. Vou me ater a um tempo bem próximo e ser bem sucinto. Ninguém me tira da cabeça que aqueles sucessivos estouros de caixas eletrônicos há pouco tempo, que de repente, a “onda” deste crime cessou, pouco meses antes das eleições municipais, e o consequente afastamento do delegado Claudio Monteiro da frente de todas as investigações naquela época, não tenha relação nenhuma entre si. Se é que me entendem?!! Parece que para manter a “ordem” existe sim um acordo de “cavalheiros” entre o crime “organizado” e as instituições “ditas” públicas. E que quando alguma coisa foge ao controle neste acordo, ou por qualquer “ordem” vinda de “cima”, de qualquer um dos lados, a coisa “descamba”, e boa parte da população fica diretamente na mira deste problema restrito. A polícia – acuada -, neste momento, parece preparar-se para uma guerra colocando “barricadas” em frente a delegacias e se protegendo do jeito que dá. Além disso, seus familiares verão alvo colocando um peso ainda maior em suas consciências, fazendo-os travar um bloqueio sem limites para impor a ordem. Quanto menos se expuserem , menos serão notados. Torço para estar redondamente enganado, mas é o que parece.

  • athos666 diz: 14 de novembro de 2012

    movimento FICA CARLOS!!!!!
    Vamos lá sociedade de bem, precisamos é de mais pessoas como o Sr Carlos Alves, assim podemos realmente pensar num futuro melhor.
    Senhor GOVERNADOR, o que esta em jogo é a PAZ, JUSTIÇA e LIBERDADE do povo Catarinense.
    ——————-
    A todos as pessoas de bem um apelo: Divulguem ao máximo este movimento esta necessidade: FICA CARLOS!!! SC ESTA COM VOCÊ!

  • Maria Lucia Dal diz: 14 de novembro de 2012

    Caro Sr, Rafael,

    Entendo que a população esteja sensibilizada com o que está acontecendo SC mas dai a pedir a saída do diretor que devolveu a cadeia ao comando do estado é demais. Não podemos recuar um passo sob pena de termos as facções criminosas comemorando 9como aconteceu há pouco aqui no bairro onde moro. Não conheço o Sr carlos mas pelo o que sei ele é um homem sério, hinesto e comprometido com seu trabalho. talvez e ele – como qualquer cidadão que tem como vítima uma familiar-tenha vontade de esmigalhar aqueles bandidos, mas entre a vontade e o ato há uma grande diferença. Se ele não tivesse condições não continua no cargo. Acho que segue sua jornada em memória da esposa que não trabalhava em São Pedro de Alcântara. Ao contrário do que muita gente disse nossos dirigenes não estão cegos.acho que eles não podem é divulgar informações para não atrapalhar as investigações.

  • Gil Norton Amorim diz: 14 de novembro de 2012

    Totalmente descabido sua conclusão, uma vez que não se trata de “sensibilidade” e sim de demonstração de força e organização, o Estado não pode a partir de manifetações de marginais, familiares e imprensa simplesmente mudar o foco de suas operações. Seria no mínimo irresponsabilidade sacar o Diretor e em tese fazer valer a imposição pela violência patrocinada por presidiários, de forma alguma, cabe sim a consolidação do poder eneérgico do Estado com a prevalência e firmeza de suas posições. O lado emocional de Carlos só pode ser avaliado por ele e pessoas ligadas a ele, não será pressão popular decorrente do terror de marginais que podem interferir em uma situação tão delicada quanto a administração do sistema penal. Devemos sim, é apoiar a ação do Estado e torcer sim que o bom senso prevaleça, porém, com a recolocação dos marginais em seu devido lugar.

  • wilson renato diz: 14 de novembro de 2012

    Eu fico pensando quando o Zé Dirceu for pra cadeia com os criminosos comuns. quantos criminosos comuns ele irá formar na prisao, quantos mensaleiros sairao de lá. A secretaria de Segurança Publica a meu ver só alimenta os criminosos Lideres com soldados comuns ao jogar todos na mesma masmorra. Acho que está na hora de mudar a gestao prisional. pois esse padrão que vem desde os tempos dos militares esta equivocada.

  • Rodrigo diz: 14 de novembro de 2012

    Falta pessoas competentes no comando, pessoas que saibam mediar situações.

  • AGEPEN diz: 14 de novembro de 2012

    Caro “J MATHEUS” colocar a culpa nos agentes penitenciários é realmente uma atitude muito fácil. Concordo com muita coisa que você escreveu, porém responsabilizar as pessoas que trabalham sem contextualizar o meio em que esses profissionais desempenham suas funções é deprimente. Fácil também é comparar o sistema penitenciário americano com o brasileiro, dizer que os profissionais são melhores formados lá não é nenhuma novidade, em diversas áreas a formação lá é bem superior a oferecida aqui no Brasil. Você não mencionou, ou esqueceu propositalmente, da estrutura física dos presídios e penitenciárias americanas, “IDÊNTICA” a nossa brasileira. No Brasil os governantes fazem questão de esquecer o que está escrito na Constituição Federal, e as instituições são construidas totalmente fora do que está em lei. Que tal um preso por cela? Seria o paraiso para o profissonal do sistema prisional. Mas realmente você está certo a culpa é da má formação do agente penitenciário!!!!!!!!!!!!!!!! Aqui em Santa Catarina já se inaugurou presídio sem água, luz, telefone e superlotado, as celas que foram feitas para 8 detentos tinham 20. Mas a culpa é realmente do agente penitenciário que não foi formado adequadamente!!!!!!!!!!!! Quando você escreve que presídio aqui é só porrada só demonstra o quanto você não entende do que está falando, é a mesma coisa que dizer que as nossas instituições são feitas para recuperar os detentos. Em um sistema todo errado é muito fácil colocar a culpa em quem está na linha de frente tendo que fazer milagre para segurar uma instituição que é uma panela de pressão. Essa sua resposta é política, é aquela que o governo adora dar, colocar a responsabilidades na pessoas e no profissional e não assumir as falhas de todo o sistema. MAS VOCÊ TEM RAZÃO A CULPA É DA MÁ FORMAÇÃO DO AGENTE PENITENCIÁRIO!!!!!!!!!!!!
    Obs: E olha que eu nem tratei da questão salarial, que digamos, é igual aos padrões norte-americanos.

  • kalle matos diz: 14 de novembro de 2012

    pois é querida CidaDÃ!com certeza naum são reeducandos mesmo,pois o proprio sistema não faz nada para serem,vão empuleirando eles em masmorras com 15 pessoas as vezes por cela,22 horas por dia.não tem trabalho algum não tem estudo e nenhum tipo de ressocialização,como diz o ditado mente vazia oficina do diabo…

  • jose diz: 14 de novembro de 2012

    O sistema precisa de pessoas como Carlos Alves no comando!!!!

  • Arrocha na cadeia! diz: 15 de novembro de 2012

    Que tal começar cortando a televisão (onde os vagabundos ficam admirando a sua força) e o cigarro daquela cambada? Tá ruim aqui fora? Tem que ficar ruim lá também!

Envie seu Comentário