Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Deputado Amin sobe o tom e chama reajuste do pedágio de deboche

21 de fevereiro de 2013 7

O Deputado Esperidião Amin fez, hoje (21/2) pela manhã, um pronunciamento na Câmara dos Deputados apelando ao Ministério Público e ao Governo Federal por providências contra o deboche que a ANTT está fazendo com os Catarinenses.

A agência autorizou novo aumento das tarifas de pedágio para a Auto Pista Litoral Sul. Amin lembrou os dois relatórios do TCU apontando o não cumprimento do contrato pela concessionária e o “conluio” com a ANTT que não fiscalizou e concedeu prorrogação de prazos e aumentos de tarifas à empresa.

O deputado avisou que certamente haverá protestos ao longo da rodovia que poderão trazer mais tensão num momento tão delicado para a segurança pública de nosso Estado.

Alertou para o caso específico da praça de pedágio situada no Município de Palhoça: no período eleitoral de 2012 (final de agosto/2012), agentes do governo federal divulgaram compromisso de transferência daquela praça para a divisa com o município de Paulo Lopes, num prazo de 180 dias. Prazo que se extingue no próximo dia 28 de fevereiro. Amin concluiu:

“Este é um item de perturbação da ordem e da paz, e de deboche, para o qual a atenção do governo deve se voltar. Se em São Paulo o Ministro da Fazenda pede para não reajustar tarifa de ônibus, deveria impedir um reajuste acima da inflação da tarifa de um pedágio injusto, promovido por uma empresa inadimplente, com a anuência da agência governamental. Que o Ministério Público, que o Tribunal de Contas da União e que a Justiça façam aquilo que nós do parlamento não estamos conseguindo fazer.“

comentários

Comentários (7)

  • mario diz: 21 de fevereiro de 2013

    Uma sugestão ao Amin,que andava tão desaparecido do cenario politico,convocar a auto pista litoral sul para dizer quanto ela arrecada e quanto,e aonde gasta esta arrecadação.

  • José Paulo Castro de Souza diz: 21 de fevereiro de 2013

    Porque não passam um tempo no RS, um passeio em Gramado e redondeza, vai uns bons reais.
    Pelo menos tem as rodovias em ordem.
    Aprendam com eles.

  • Antonio diz: 21 de fevereiro de 2013

    Parabéns, deputado Amin. A única voz política no estado a se manifestar a favor do povo em mais esse descalabro perpetrado pela ANTT e OHL. Haja vista o tema da alça de contorno passando por Biguaçu e Palhoça, nessa questão a ANTT fez todo o esforço para a OHL obter prazo extra e gerar novos entraves burocráticos.

  • cenival palhano diz: 22 de fevereiro de 2013

    depois de muitos anos nossos fracotes representantes tao se acordando.mais ainda é muito pouco

  • Heraldo Reinert diz: 22 de fevereiro de 2013

    Deputado fala com autoridade de quem já governou o Estado muito bem por dois mandatos.

  • João Gustavo Santana diz: 22 de fevereiro de 2013

    A evidência da extratégia da Auto Pista Litoral Sul é notório, dar isenção aos moradores de Palhoça antes que façam manifestação no dia 28/02/2013 (prazo final da mudança da praça para Paulo Lopes) e provoquem a liberação a força das “catracas”. Resta-nos agora observar se a união destes moradores de Palhoça com os dos municípios vizinhos terão força para se unir e forçar a mudança, pois em Brasília o Santo deles é muito forte.

  • Décio diz: 22 de fevereiro de 2013

    Se o Brasil fosse um país sério, se o governo que ai esta fosse competente o minimo que faria´era intervir na ANTT, solicitar o bloqueio de todo o dinheiro arrecadado nas praças de pedagio até chegar o montante necessário para execução do anel da BR 101, que desafogaria em muito o transito caótico dos municípios da Grande Florianópolis. ANTT….GOverno do PT……bando de ratos.

Envie seu Comentário