Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Charge de Zé Dassilva para o DC desta segunda-feira

03 de março de 2013 1

comentários

Comentários (1)

  • carlos eduardo diz: 4 de março de 2013

    Bom dia Rafael Martini !
    uma matéria para os jovens praieiros e susrfistas imprimirem e pregarem na porta:
    10 COISAS QUE PODE FAZER PARA SALVAR OS OCEANOS
    1. Tenha em mente a sua pegada de carbono e reduza o consumo de energia
    Reduza os efeitos das mudanças climatéricas no oceano deixando o carro em casa sempre que possível e seja consciente relativamente ao seu consumo de energia em casa e no trabalho. Algumas coisas que pode começar a fazer já hoje: substitua as suas lâmpadas normais por lâmpadas fluorescentes, use as escadas, agasalhe-se ou use um leque para evitar mudanças no termostato do seu ar-condicionado.
    2. Escolha peixes e mariscos de forma segura e sustentável
    As populações globais de peixe estão a diminuir rapidamente devido à procura, à perda de habitats e a práticas de pesca insustentáveis. Quando for às compras ou jantar fora ajude a reduzir a procura de espécies em risco e escolha espécies que sejam saudáveis e sustentáveis.
    3. Use menos produtos de plástico
    O plástico que acaba como lixo no oceano contribui para a destruição de habitats e para a morte e enredo de dezenas de milhares de animais marinhos todos os anos. Para limitar o seu impacto, use uma garrafa de água reutilizável, guarde comida em recipientes não descartáveis, leve sacos de pano ou reutilizáveis quando for às compras e recicle sempre que possível.
    4. Ajude a cuidar das praias
    Quer goste de mergulhar, fazer surf ou relaxar na praia, leve sempre o lixo que fez consigo. Explore e aprecie o oceano sem interferir com a vida selvagem ou retirando pedras e corais. Fala melhor ainda e encoraje os outros a respeitarem o meio marinho ou participando em ações de limpeza das praias.
    5. Não compre objetos que abusem da vida marinha
    Alguns produtos contribuem para danos nas frágeis barreiras de coral ou nas populações marinhas. Evite comprar objetos como peças de joalharia com corais, acessórios para o cabelo de tartaruga (feitos a partir das carapaças das tartarugas) e produtos derivados dos tubarões.
    6. Seja um dono amigo dos oceanos
    Leia os rótulos da comida do seu animal de estimação e tenha em conta a sustentabilidade de peixes e mariscos quando escolher a alimentação da sua mascote. Nunca deite a areia do seu gato pela sanita, já que pode conter elementos patogénicos nocivos para a vida marinha. Evite encher o seu aquário com peixes de água salgada apanhados em estado selvagem e nunca liberte peixes de aquário no oceano ou em outros braços de água, uma prática que pode introduzir espécies não nativas e que acabam por prejudiciais aos ecossistemas existentes.
    7. Apoie organizações que trabalhem para a proteção dos oceanos
    Muitos institutos e organizações lutam para proteger habitats nos oceanos e a vida selvagem marinha. Encontre uma organização nacional e considere dar apoio financeiro ou voluntariado – com trabalho ou apoio de outro tipo. Se vive junto à costa, junte-se a um grupo ou sucursal locais e envolva-se em projetos perto de casa.
    8. Influencie a mudança na sua comunidade
    Pesquise as políticas relativas aos oceanos das instituições públicas antes de votar ou contacte os representantes locais para lhe dar conhecimento do seu apoio a projetos de conservação marinha. Considere apoiar restaurantes e mercearias que disponibilizem peixes e mariscos sustentáveis e dê a conhecer as suas preocupações caso se depare com espécies ameaçadas no menu de um restaurante ou numa banca de venda de peixe.
    9. Percorra o oceano de forma responsável
    Pratique remo, caiaque e outras atividades recreativas aquáticas de forma responsável. Nunca deite nada borda fora, e lembre-se que há vida marinha nas águas à sua volta. Se estiver a pensar fazer um cruzeiro nas suas próximas férias, pesquise e opte pela oferta que seja mais amiga do ambiente.
    10. Saiba mais sobre os oceanos e a vida marinha
    Todas as formas de vida na Terra estão ligadas aos oceanos e aos seus habitantes. Quanto mais souber sobre este sistema vital, mais quererá ajudar a manter a sua sanidade – depois partilhe os seus conhecimentos de modo a educar e inspirar os outros.

Envie seu Comentário