Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Copa das Confederações tira pelo menos 100 homens da Polícia Rodoviária de SC

23 de maio de 2013 5

 Em meio a novos ataques criminosos em Santa Catarina, mais uma questão de segurança pública preocupa: a redução do efetivo de policiais rodoviários federais no Estado que estão sendo convocados para trabalhar na Copa das Confederações da FIFA 2013.

Mais de 100 policiais da superintendência catarinense da Polícia Rodoviária Federal-PRF (cerca de 30% do efetivo) devem viajar para as cidades-sede da competição ainda no mês de maio e devem permanecer nos locais durante alguns dias após o término do campeonato. A Copa das Confederações acontece entre 15 e 30 de junho no Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília e Belo Horizonte.

Preocupado com a segurança dos policiais que ficarão em Santa Catarina, o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais (SINPRF-SC) encaminhou hoje (23) um ofício ao superintendente da PRF no Estado, inspetor Silvinei Vasques solicitando informações sobre os critérios adotados pelo Governo Federal na escolha do efetivo a ser deslocado.

comentários

Comentários (5)

  • aldo diz: 23 de maio de 2013

    Isso significa, então, que os estados escolhidos para os jogos da copa das confederações não têm estrutura adequada para o evento. O que causa estranheza, pois pedir emprestado efetivo para estado que já tem deficit de policial é, no mínimo, arrogante manifestação de irresponsabilidade

  • Jorge diz: 23 de maio de 2013

    O governo quer mostrar para a imprensa internacional que dispõe de boa estrutura de segurança para receber estes malfadado eventos que se ofereceu para sediar. Mas como em outras áreas o reforço do policiamento nas cidades sede desses e eventos se dará com prejuízo para a imensa maioria da população. E este é só o primeiro e menor dos eventos.

  • PRF diz: 23 de maio de 2013

    Obrigado ao SINPRF/SC por informar aos criminosos e infratores contumazes que estarmos com o efetivo reduzido e vulneráveis. Deveriam estar brigando pelo aumento do efetivo, principalmente através de concurso para quadro administrativo de apoio a atividade, liberando prf’s em desvio de função para atuarem na atividade para qual prestaram concurso

  • Outro PRF diz: 24 de maio de 2013

    Ah, a culpa é do sinprfsc, agora entendi.

  • PRF diz: 24 de maio de 2013

    A culpa de os policiais serem convocados e ficarmos com baixo efetivo não é, porém a culpa por não brigar por condições melhores e maior efetivo é do sistema sindical também que em toda greve vem com uma palra de reinvidicacoes e qdo ganha o aumento de salário abandona todo o resto… Que se omite em brigar por concurso para o quadro de apoio administrativo para não contrariar os prf’s que querem selado de PRF mas não querem trabalhar como tal…. Mas ao contrario do sindicato, meu colega, vamos deixar pra lavar a roupa suja em casa, mesmo pq os ataques não irão durar até 4 de junho, dia da apesentacao dos prf’s que trabalharão na copa das confederações… Mas os bêbados estarão a solta

Envie seu Comentário