Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2013

Charge de Zé Dassilva para o DC deste sábado

31 de maio de 2013 0

Contraponto do professor e vereador Lino Peres

31 de maio de 2013 5

Com relação à nota “Memória Curta”, publicada no dia 30 de maio, encaminhamos o seguinte:

 

  A proposta apresentada na terça-feira, dia 28 de maio, na UFSC, não é a proposta oficial da Universidade, e sim do Grupo de Estudos da Mobilidade Urbana (Gemurb), formado por professores e técnico-administrativos da UFSC. É uma contribuição a uma proposta final a ser construída pela UFSC com a Prefeitura.

 A proposta apresentada nesta semana é completamente diferente daquela apresentada pela prefeitura em 2010. 

 A proposta do Gemurb não se restringe a uma solução pontual – como é comum em Florianópolis – para a rua Deputado Antônio Edu Vieira. A solução tem alcance metropolitano, e o citado binário, no entorno da UFSC, tem como foco prioritário – mas não exclusivo – no transporte coletivo. Desde 2010 estamos alertando o poder público sobre a necessidade de que qualquer que seja a solução viária adotada, é necessário executar uma experimentação do sistema binário, que não envolva ainda a execução de obras, com o objetivo de aliviar de imediato o problema de trânsito na região e estudar concretamente o seu impacto urbano, o que vem sendo protelado sistematicamente pela Prefeitura. Essa experiência também seria uma oportunidade para que a população testasse a proposta na prática.

 A proposta de 2010 não contemplava essa necessária prioridade ao transporte coletivo, que é o centro da proposta do Gemurb. A proposta de 2010 era centrada no transporte individual e ainda assim incompleta. A proposta do Gemurb é que a Edu Vieira tenha corredor exclusivo para ônibus com linhas em dois sentidos, e o os veículos automotores circulem em um sentido (Armazém Vieira para UFSC), sendo que o retorno se daria pela Carvoeira e por uma via que já existente que seria reestruturada.

 Além disso, a proposta do Gemurb não se restringe à solução de trânsito na UFSC e entorno. Ela propõe uma solução que atende muitos dos problemas de mobilidade e urbanos em geral hoje existentes na Região Metropolitana.

 A ideia de Bulevar, inexistente na proposta da prefeitura de 2010, pressupõe que uma rua ou avenida, além de comportar prioritariamente transporte coletivo, tenha amplos passeios para o pedestre, arborização para proteção solar e lugares de estar, ciclovias (via exclusiva para bicicletas com demarcação física) e ciclofaixas (via exclusiva para bicicletas com apenas uma demarcação pintada no piso). Isto reforça a importância de transformar as ruas também em espaços públicos para passeios, encontros, atividades culturais, tão carentes em Florianópolis, e não apenas voltadas para fluxo veicular. Trata-se aqui de propor soluções de sustentabilidade urbana, no sentido de tornar a cidade mais humanizada econômica, social e ambientalmente.

 Em 2010, a proposta da prefeitura foi rejeitada porque previa um Corredor Norte-Sul (Edu Vieira, avenida Beira-Mar Norte e uma nova via atrás da UDESC e que provocaria ainda mais impacto em um ecossistema fundamental como é o do manguezal do Itacorubi). A proposta concentraria esse enorme fluxo de trânsito na Bacia do Itacorubi, onde se localizam vários bairros residenciais, a UFSC e a UDESC, além de outros órgãos públicos, piorando o problema de trânsito que se pretende resolver. Na proposta do Gemurb, esse fluxo de trânsito seria desviado, fazendo com que na Bacia circulem prioritariamente os veículos (automotores e transporte coletivo) que têm como destino aquela região. Essa proposta, portanto, ao contrário da de 2010, evita que a região seja usada como área de passagem do trânsito veicular de outras regiões.

 Essa concepção já foi debatida com moradores de vários bairros da Bacia do Itacorubi e na UFSC e apoiou-se nas diretrizes aprovadas na Audiência Pública de junho de 2008 do sub-distrito da Bacia do Itacorubi, dentro dos debates sobre o Plano Diretor Participativo.

 Mas – enfatizamos – trata-se de uma contribuição do Gemurb e não é a proposta oficial da UFSC. É fundamental que a população tenha a possibilidade de conhecer todas as propostas relacionadas a este debate para decidir qual delas é a mais adequada para o necessário uso de área pública (no caso, parte da área da UFSC) e investimento de recurso público, buscando, assim, a solução mais adequada para o sistema de mobilidade da Capital e Região Metropolitana.

 

 

 

Atenciosamente

 

 

 

Grupo de Estudos da Mobilidade Urbana (Gemurb)

 


 

 

















Rumo ao Bi

31 de maio de 2013 0

A turma do Projeto Pescar do estaleiro catarinense Schaefer Yachts participa do 3º Desafio Nacional da Rede Projeto Pescar, cuja tarefa é elaborar e produzir um documentário de 3 a 5 minutos sobre o tema O Profissional do Futuro: desafios e perspectivas.

Os alunos em vulnerabilidade social de Biguaçu fazem o curso de Iniciação à Produção Naútica e concorrem com vídeos de todo o país, lutando pelo bicampeonato, já que o primeiro grupo venceu a competição no ano passado.

Faz sentido

31 de maio de 2013 0


É tamanho o descaso histórico com a Lagoa da Conceição, em Floripa, que nem a qualidade da água resistiu…

Comissão da verdade

31 de maio de 2013 0

O secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, pretende reunir os indicados para a Comissão da Verdade para para dar início aos trabalhos na próxima semana.

Apague esta ideia

31 de maio de 2013 0

Hoje é o Dia Mundial Contra o Tabagismo.

Acredite em quem fumou por 26 anos: tentar pra valer é a parte mais difícil.

Eu só consegui com ajuda médica e muita persistência. Mas depois a sensação é única. E tenho orgulho em dizer que estou livre do cigarro há um ano.

Tacadas na Ilha

31 de maio de 2013 1

Em ascensão no Brasil, o golfe conta com mais de 25 mil golfistas, 130 campos e movimenta R$ 500 milhões por ano no país, segundo dados da Associação Brasileira de Golfe Sênior.

A entidade organiza, a partir desta sexta-feira, dia 31,  no Costão Golf Club, em Floripa, etapa do circuito nacional.

Mais difícil do que medicina

31 de maio de 2013 2

O número de inscritos no concurso para soldado da Polícia Militar de SC surpreendeu o comando da corporação e a cúpula da SSP. São 7.269 candidatos, sendo 5.195 homens e 2.074 mulheres.

Serão oferecidas 940 vagas masculinas e 60 femininas. Na média, são 33,5 candidatos por vaga entre os homens e 214,05 para as mulheres.

Ao final do curso de formação, o salário é de R$ 2.907,31.

Charge de Zé Dassilva para o DC desta sexta-feira

30 de maio de 2013 0

Transparência

30 de maio de 2013 5

Os dados estão disponíveis no site www.tj.sc.gov.br: alguns dos 60 desembargadores do Tribunal de Justiça receberam em abril, limpo na conta, vencimentos superiores a R$ 100 mil, já abatidos o Imposto de Renda e demais descontos.

Ocorre que no mês de abril foi pago o retroativo do auxílio-alimentação para cada um dos magistrados no valor de R$ 40.953,58.

Sem contar o adiantamento de 13º salário e outros benefícios.

Antes que alguém se apresse em criticar, o Visor esclarece que está tudo dentro da lei.

Foi aprovado pela Assembleia e sancionado pelo governo do Estado.