Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acabou a época do reajuste da tarifa por causa de greve, diz Cesar Souza Junior

11 de junho de 2013 27

Entrevista Cesar Souza Junior – prefeito de Florianópolis

Qual avaliação do final da greve?

Ficou claro que acabou a época do reajuste da tarifa por conta da pressão de greve. Vivemos um momento de inflexão. A sociedade unida demonstrou que não aceita mais este modelo que prevaleceu na Capital nos últimos anos. Mas não vejo isto como uma vitória, afinal foram inúmeras as perdas, principalmente das pessoas mais carentes.

Agora é lançar o edital para transporte coletivo?

 Não poderíamos lançar a licitação no meio do calor desta paralisação. O certo é que vamos colocar o edital no início do segundo semestre com toda a calma. Será um modelo que vai premiar a eficiência e a qualidade do serviço e não mais o quilômetro rodado. Tenho certeza que avançaremos para um sistema mais estável.

comentários

Comentários (27)

  • Dalton Heros Malucelli Jr diz: 11 de junho de 2013

    Realmente a população não suporta mais este instrumento de pressão,serviço essencial é como o próprio nome fala essencial .Ficou claro também a necessidade de uma postura justa e firme de todos os poderes envolvidos.O que tivemos nestes ultimos anos foram abusos de algumas categorias em função de uma clara inércia dos poderes constituídos. A população , sobretudo os de baixa renda , são os grandes prejudicados , ironicamente muitos parentes e amigos destes que abusam .A baixa renda utilizando os seus como bucha de canhão para conseguir seus intentos.Cruel.

  • Alexandre S. diz: 11 de junho de 2013

    Mas com toda certeza as tarifas nas demais cidades da grande Fpolis terão reajuste.

    Pode anotar aí.

  • Marcos diz: 11 de junho de 2013

    Cada dia que passa, este prefeito se mostra mais marqueteiro, imoral e sem escrúpulos. Adora criar uma autoimagem de bom prefeito, que pensa nos mais necessitados, mas no fundo esconde a verdade: Ele é o culpado por esta greve. E o pior é a imprensa, comprada por este prefeito, veiculando somente o que agrada a prefeitura e colocando os grevistas como culpados e baderneiros, quando estão apenas reivindicando seus direitos legais. É uma pena que a maioria da população não tenha acesso a VERDADE, vendo apenas o que a imprensa sensacionalista e interesseira diz. Graças a esta imprensa, temos políticos como nosso “ilustre” prefeito e nossa sociedade vai de mal a pior! Parabéns pra vocês!!!!

  • bruno diz: 12 de junho de 2013

    Marcos. Ou você é um desses grevistas sem vergonha que acabam com a população com essas paralisações sem lógica ou você é parente de um.
    É um absurdo e insuportável isso. Parabéns ao César. Pulso firme contra pessoas que se escondem na greve para não trabalhar. Por que se fosse pelo reajuste só, teria inúmeras outras maneiras de correr atrás de seus direitos sem prejudicar a população.

  • Gustavo diz: 12 de junho de 2013

    Ai Marcos, volta p/ o teu ônibus, porque ficasse dois dias sem trabalhar! E não reclama, pois vcs mereciam uma corsa bem dada da população. Vcs só querem saber dos direitos de vcs, e nunca dos seus deveres!

  • Leo diz: 12 de junho de 2013

    O que fizeram hoje com os trabalhadores do transporte é uma vergonha, principalmente o prefeito e a imprensa que ficaram jogando a população contra os trabalhadores.

  • E digo mais..!!! diz: 12 de junho de 2013

    Presidente do SETUF deu entrevista dizendo que as empresas perderam de faturar R$2 MILHOES nos 2 dias de paralisação, ou seja, UM MILHÃO por dia, se eu contar 22 dias úteis no mês, são 22 MILHÕES de faturamento por mês, no mínimo. E ainda precisam de subsídio da prefeitura? Conta outra, vai…

    E digo mais: se não fosse lucrativo, já teriam caído fora. Passou da hora de colocar um ponto final nessa história. Ou coloca mais ônibus na rua, ou abre espaço para que as vans façam serviço, transporte marítimo, entre outros.

  • Adilson Prates diz: 12 de junho de 2013

    Quer dizer que a educaçao e saude nao sao serviços essencias, pois o sr. Cesar Souza Junior acionou na justiça a volta ao trabalho dos cobradores e motoristas, quer dizer que os meus filhos e a populaçao nao precisam de educaçao e saude, ou seja porque ele nao faz o mesmo quando estes orgaos entram em greve. sabe porque pois isto nao traz lucro para os cofres publicos, so despesa isto sim.

  • Hermes diz: 12 de junho de 2013

    Caro Marcos, você escreveu, escreveu e não falou nada. Qual é a verdade? É mentira que voces são coagidos por sindicalistas fora-da-lei, que se aproveitam de uma posição privilegiada, proporcionada pela democracia moderna e justa que o país goza, para abusar da sociedade que lhes proporciona isso? É mentira que em vez de reivindicar com sabedoria voces preferem usar da truculência e ignorância para lidar com outros instrumentos fundamentais dessa democracia? Qual a verdade que você enxerga que o nós não vemos? Nos exponha, por favor.

  • Marcos diz: 12 de junho de 2013

    Hermes dando uma de pseudointelectual. Vai lá querido. Apoie seu prefeito bonzinho. Apoie a imprensa sensacionalista. Apoie esses empresários que só querem encher o cu de de dinheiro. O que você (ou vocês) vai ganhar em troca? 100 reais? Vai lá querido. Seja uma marionete.

  • gualberto cesar dos santos – fln/sc diz: 12 de junho de 2013

    Ufa. Ainda bem que o Prefeito tomou posição dentro do que a Legalidade oferece sob a Égide Constitucional. E ele enquanto pessoa física e jurídica. Como o Alcaide. Teve postura e posição firme, colocando a negociação sob a dirertriz da Lei em favor da Ordem Pública. Foi a primeira vez que esses artista especialistas em espetáculos de greve que, se mantem as custas do sofrimento dos mais póbres. Teve que se posicionar dentro de um novo e raro condiconamento, a curto prazo.

  • carlos eduardo diz: 12 de junho de 2013

    Os sindicatos foram infiltrados há muito tempo e hoje não se pode mais dizer que são representativos de uma classe de forma legítima. Muito mais fácil indicar os personagens e os movimentos que resguardam os interesses patronais dentro do próprio sindicato dos empregados.
    A questão é que uns tem dinheiro e inteligência, enquanto outros ainda acham tem a visão romântica do sindicalismo. A verdadeira realidade é um cenário de guerra aonde tudo vale. As vidas são apenas baixas aceitáveis. Uma guerra de poder.

  • Alcides Andrade diz: 12 de junho de 2013

    Felizmente acabou a greve sem maiores conflitos. Quando o Judiciário funciona, as partes tendem a ter um bom senso mais apurado.

  • Fabricio diz: 12 de junho de 2013

    Avisem ao prefeito que o início do segundo semestre já é agora, estamos no dia 12 de junho esse disrcurso está defasado, ele valia lá em Janeiro ou Fevereiro, quero ver lançar com a qualidade e preço baixo.

  • FIGUEIRAAA diz: 12 de junho de 2013

    Marcos bela colocação estou com contigo, não só o Prefeito como também o Governador são identicos…

  • Micheli diz: 12 de junho de 2013

    Marcos,

    Volta para o teu ônibus e vai trabalhar meu filho…
    O que vocês fizeram com a população é vergonhoso, usaram o povo para conseguir o que vocês acham de direito.
    Qual a verdade que você enxerga que o nós não vemos?

  • Giovano diz: 12 de junho de 2013

    Estou rindo alto….tiveram que colocar o rabinho no meio das pernas e voltar a trabalhar sem terem suas solicitações atendidas totalmente…
    Vão trabalhar cambada, inconsequentes…como tem coragem de sair de casa e encarar a população que ficou refém dessa greve tosca? Como tem coragem de dizer que vivem em sociedade?
    Querem aumento?? Vão se qualificar, estudar, trabalhar mais e melhor…

  • Cleusa diz: 12 de junho de 2013

    Parabéns a esse ser humano notável que é nosso prefeito. Com certeza as críticas e ofensas vem daqueles que fizeram parte desta vergonha. Penso que a democracia deva sempre estar em primeiro lugar. Vitória do povo, da cidadania.

  • Tony diz: 12 de junho de 2013

    Aumentar passagem de ônibus sem paralisação, já vimos o que acontece. Já teve galera quebrando ônibus por aqui, vejam o que está acontecendo em SP esses dias.

    Por aqui, convencionou-se o teatro da paralisação de 2 dias. Depois os ônibus voltavam a circular com novo preço. Isso beneficiava os empresários, motoristas e cobradores. Todos passavam a ganhar mais, os ônibus não eram depredados, e a população idiotamente feliz e aliviada porque tem ônibus circulando novamente.

    Não gosto de nosso prefeito, não votei nele mas está de parabéns. Dessa vez o final da peça foi diferente. Só espero que não venha aumento por aí nos próximos dias.

    Os ônibus voltaram a circular, o sindicato conseguiu parcialmente o que queria, isso é normal, sempre pedem mais para levar um pouco menos e os empresários vão arcar com essa diferença.

  • Lucas diz: 12 de junho de 2013

    OBS: porque estes cobradores e motoristas não vão trabalhar no Rio de Janeiro que o caras começa as 05h20 da manha e sai do trabalho as 20h da noite. se não querem trabalhar aposto que tem gente que quer …

  • TUpy diz: 12 de junho de 2013

    Parabéns as palavras dos prefeito… Mas que vai fazer nova licitação para o transporte coletivo são outros quinhentos… A quanto tempo estão nessa de realizar nova licitassão… Duvido muito que façam, pois contrariar familias com tradição politica… Só vendo para creer…

  • Maurício Arruda diz: 12 de junho de 2013

    A verdade é essa pessoal ! Vai fazer licitação do transporte público.
    Agora pergunto, quem tem mais de 50 ônibus(por baixo) para entrar numa licitação dessas ??? As mesmas empresas que estão ai hoje.
    Não vai mudar nada, é jogada politica.

  • thiago diz: 12 de junho de 2013

    Este papo de que greve de ônibus prejudica a classe mais carente é papo furado. Atrapalha são os patrões, os empresários e todos os que dependem de mucamos pra ganhar seu dinheiro abastado. Se não tem ônibus o pobre fica em casa e quem se ferra é patrão. Alegar que a população fez alguma coisa pra mudar essa situação é ridículo. Quem fez foram os abastados cujo o sistema trabalha pra eles. Desta vez usaram a justiça e a covardia, armas mais que manjadas pra acabar com a greve de uma classe já fadada aos escravismo que são o funcionários do transporte público. Porque não aceitaram a proposta deles de mantêr tudo funcionando sem cobrar passagem, neste caso atenderia aos reclamantes e a população ficaria bem contente! Mas isso não foi aceito, não foi aceito porque no fim a coisa está sendo tratada para o melhor para os que dominam a massa. Pensam que o povo é bobo?

  • rafael.fln diz: 12 de junho de 2013

    Motoristas mal educados, e cobradores simplesmente inúteis (não fazem nada, não servem pra nada), querem trabalhar menos e ganhar mais, tem que dar um pé na bunda de todos eles. Ainda sou obrigado a ler um discursinho fajuto do sindicato que quer apoio da população.

  • Marcelo diz: 12 de junho de 2013

    Acredito que nos dias de hoje não tenha mais espaço para este tipo de situação que esta sendo criado, falo lhes que a melhor coisa a ser feito é dar segurança para as pessoas que querem trabalhar, como escoltar os ônibus como foi feito naqueles horríveis dias que vivemos de atentados, se é a força que querem reenvidicar, devem usar a força, colocando carros nas portas de garagem para manter a segurança dos trabalhadores que querem trabalhar, e escoltando todos os ônibus se necessário, o que não podemos é ficar a mercê deste bandidos que vão armados para as portas das garagens de ônibus ameaçar os trabalhadores, esta mais do que na hora de o povo se organizar e cobrar de seus representantes, porque na atua situação se não termos atitudes mais severas teremos a greve da policias, da saúde, da educação assim por diante como nos outros anos, reenvidicar sim mais não com truculência!

  • Marcos diz: 12 de junho de 2013

    A VERDADE é que as empresas de ônibus não lucram pela quantidade de passagens vendidas, mas sim pela quantidade de quilômetros rodados, ou seja, não importa se um ônibus tem 1 passageiro ou 100 passageiros, as empresas ganham da prefeitura pela quantidade de quilômetros rodados. Por isso que não colocam mais ônibus nas ruas, pois quanto mais ônibus, mais quilômetros rodados e maior a despesa da prefeitura… por isso temos estes ônibus lotados, poucos horários…E sabe pra onde vai o dinheiro das passagens??? Pro IPUF, órgão da prefeitura.Prefeito sem vergonha e safado sim este Cezar Souza Jr, pois só pensa nos interesses próprios, mas na imprensa fala que está preocupado com os mais pobres. E imprensa nojenta e sem vergonha, que desmoraliza o direito dos motoristas e cobradores, tornando-os selvagens. Onde está a ética desta imprensa????

  • Curió ( síssimo ) diz: 12 de junho de 2013

    Por vias de garantir iluminação para a inteligência, disse um cara, mantendo a sagrada dúvida, eu quero cumprimentar o bode! É que depois, continua, do sacrifício, na farra eterna, esquecem completamente da vítima que foi necessária…

Envie seu Comentário