Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tudo igual...

04 de julho de 2013 4

A foto publicada na edição de ontem, dia 3, que mostrava moradores de rua tomando conta do Terminal Cidade de Florianópolis, motivo de reclamação de vários usuários do local, foi registrada em junho de 2012.

Ontem, ao voltar ao mesmo ponto, o DC constatou que os mesmos bancos seguem “reservados”, como mostra a foto acima. A única mudança foi a piora no mau cheiro do local.

comentários

Comentários (4)

  • CURIÓ ( SÍSSIMO ) diz: 4 de julho de 2013

    Na Alesc também… Curiosíssimo!!! E com abono moradia e tudo.

  • NIDIA NOBREGA diz: 4 de julho de 2013

    Constrangedor a situação de abandono do local.Os moradores de rua que ali se instalaram não respeitam as pessoas,pedem dinheiro,ameaçam roubar…fazem xixi ,se sparramam de forma ameaçadora,compram e queimam crack a qualquer hora do dia…e o cheiro é nojento.Um local de transprte diferenciado sem a menor segurança e conforto…Esse local poderia ser fechado e se pagar a passagem numa guarita o que impediri o acesso dos mesmos ao local…

  • Mi diz: 4 de julho de 2013

    Uma solução simples, mas de efeito, que propôs a Sra Nidia. As vezes complicam o que é simples.

  • DÉCIO diz: 5 de julho de 2013

    PREZADO RAFAEL MARTINI
    Sinceramente neste quesito, a Cidade de Florianópolis anda as traças. Por todos os cantos são moradores de rua, viciados e ninguém faz nada. No antigo terminal onde hoje funcionam o ponto dos Executivos é extremamente perigoso você circular a partir das 17 horas. O uso de drogas principalmente CRAK é visível. Inclusive presenciei por diversas vezes viaturas da Policia circularem pelo terminal, porem jamais abordaram aquelas pessoas que representam um perigo para a população que utiliza aquele espaço. Se continuar neste ritmo o Centro de Florianópolis vai se transformar na maior espaço de drogados, moradores de ruas do Estado de Santa Catarina. Será que as autoridades constituídas não estão vendo isso ?

Envie seu Comentário