Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Florianópolis está refém

05 de julho de 2013 82

Florianópolis está refém.

O que se viu no Ticen nesta quinta e sexta-feira não é manifestação democrática

É desordem.

E orquestrada.

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano (Sintraturb) é quem manda na cidade.

Agora também pega carona nas onda do Movimento Passe Livre.

Sindicalistas e ativistas que bebem na mesma fonte.

Do radicalismo, da transgressão e do desrespeito às instituições.

Eles têm na certeza da impunidade seu habeas corpus preventivo.

Basta um estalar de dedos do senhor Ricardo Freitas e a cidade para.

Ocupam o Ticen, depredam equipamentos. Pulam e gritam na cara da PM.

As pessoas estão acuadas. Com medo de circular pela cidade.

Não sabem se terão ônibus para voltar para casa.

Ou sequer se conseguirão chegar ao Ticen.

Enquanto isso, o poder público segue atônito.

Com medo de agir por conta de eventuais reações.

Acham que a onda das manifestações pode voltar.

Estão enganados.

Quem foi à rua, legitimamente, quis gritar contra tudo de ruim que está aí.

Contra a corrupção, a mentira e a impunidade.

Mas as pessoas querem respeito ao seu direito básico de ir e vir

Direito este cerceado pelo Sintraturb de Ricardo Freitas (foto).

Cadê o Ministério Público nesta hora?

Seu papel não é zelar pelo interesse da sociedade?

E o judiciário, omisso diante de inúmeros casos de desrespeito à legislação, onde anda?

Até quando a prefeitura vai aceitar passivamente esta situação?

Até quando seremos reféns deste terrorismo velado….

Até quando….






comentários

Comentários (82)

  • jorge diz: 5 de julho de 2013

    Perfeito o texto. Exprime bem a indignação de quem trabalha e tem o seu dia-a-dia alterado. A cidade virou um inferno. Tem que ter multa pro Sintraturb, demissão dos motoristas e cobradores em greve e repressão ao Passe Livre. Choque neles!

  • Aldonei Machado diz: 5 de julho de 2013

    O Sr. anda de ônibus? Ou o Sr. é daqueles que se tem asfalto para o seu carro está tudo bem. E as pessoas que andam espremidas dentro de um ônibus caro e demorado estão tendo o seu direito e ir e vir respeitados?

  • Gabriel Shocltz diz: 5 de julho de 2013

    Deixa uma semana os líderes dessa bagunça na cadeia e quero ver fazer novamente.
    Xau xau Loureci.

  • Chico diz: 5 de julho de 2013

    Acho que essa manifestação não tem nada haver com os movimentos atuias que na verdade estão fazendo pouco efeito, principalmente na classe politica que continuam ai fazendo “gagada” apesar dessa onda de paralização…
    Esse sindicalista do Sintraturb ( Presicente ou Responsável )que nunca foi motorista de ônibus e nem deve ser nativo de Florianópolis e com esse cara o ministério público deve fazer uma investigação na vida financeira e patrimonial desses sindicalista pq foram tantos aumentos nesses 12 anos??????

  • Léo diz: 5 de julho de 2013

    Ate´quando o judiciário (e seus orgãos ) vão continuar placidamente em seus palácios cobertos por benefícios espúrios, com sua incompetência, inoperância e parcialidade a ameaçar o funcionamento da frágil democracia? (e o executivo leva a culpa…)

  • Diego diz: 5 de julho de 2013

    Perfeitas as colocações.

    E respondo tua pergunta:
    O membros do MP estão muito ocupados, brincando de fazer espionagem (aliás, porque será…)
    Defesa do interess público? Quase não há nada a se fazer!
    Prazo pra realizarem denúncias? Ah, isso é chato… bacana é interceptar telefone!

  • João diz: 5 de julho de 2013

    Depredam equipamentos? Que equipamento foi depredado pelo Sintraturb ou pelo Movimento Passe Livre? Acusações levianas, calúnia, qual o melhor adjetivo a ser dado a este PÉSSIMO jornalismo? Cadê as provas de que houve depredação? Como se faz este tipo de acusação sem nenhuma prova? Estamos reféns sim, de empresários gananciosos, da máfia do transporte e de sua tropa de choque formada por colunistas que atentam contra a verdade e a inteligência das pessoas, como o senhor Rafael Martini.

  • POMPILIO FIDELIS diz: 5 de julho de 2013

    PERFEITO, esse senhor Ricardo Freitas, o homem que nem motorista de ônibus é, manda e desmanda, para a cidade, e fica todo mundo atônito, chega, tá na hora de reagir, na hora que demitirem uns 10 motoristas a coisa começa a voltar para o seu lugar… já não ganham o segundo melhor salário do brasil ?

  • Douglas Ferreira diz: 5 de julho de 2013

    Apesar de não concordar com paralisações do transporte público sem o devido comunicado à população, não me considero refém do Sindicato dos Trabalhadores, mas sim, dos empresários do setor. A cidade é refém do cartel que se formou, as empresas que aí estão, conseguiram suas concessões de forma duvidosa e nunca foi feita uma licitação. Somos reféns da hipocrisia que reina até mesmo naqueles que deveriam nos chamar atenção a verdade, mas assim como o autor acima insistem em nos por uns contra os outros. A quem este texto tendencioso beneficia?

  • daniel diz: 5 de julho de 2013

    Caro amigo, se reivindicar democraticamente para você é terrorismo, desça do seu salto e se coloque no lugar de um trabalhador do transporte ou mesmo apenas propunha uma troca de salario, já que para você ganhamos milhões talvez você lucre.

  • Marcio dos Santos Oliveira diz: 5 de julho de 2013

    Parabéns pelo seu comentário.

    Infelizmente com este prefeito as coisas devem piorar, pois alem de ser um prefeito da burguesia sua campanha foi financiada pelas empresas de ônibus. Ainda não tivemos um gestor com capacidade ou coragem para dar um murro na mexa e dar um basta nesta palhaçada. Toda a greve é comandada pelo sindicado do funcionários junto com os patroes para casar aumento da passagem com o reajuste salarial. Fico triste com a nossa cidade que se diz turística e não tem um transporte seguro.

  • Alberto diz: 5 de julho de 2013

    “João”

    VAZAAA Sindicalista!
    Não tá contente, muda de profissão!

  • Marco Antônio diz: 5 de julho de 2013

    Excelente texto, muito coerente. Indo além, e a licitação do transporte que não sai nunca? Haverá algum dia uma CPI dos transportes que investigue e mostre (transparência pública) à população estes custos todos que justificam tais valores nas passagens?

    Há muita coisa “oculta” nesta cidade que precisa vir a tona para começar a se acertar.

  • POMPILIO FIDELIS diz: 5 de julho de 2013

    As reivindicações salariais são o motivo da bagunça promovida pelo SINTRATURB, o medo é que agora vai ter o dissidio na segunda feira e correm o risco de ganhar menos do que foi proposto pelos patrões. Seus ganhos reais foram maravilhosos, incluindo aumento no vale refeição, diminuição de carga horária e tudo mais. Não sou a favor de patrões e rezo para que a nova licitação melhore as coisas no transporte público. Anarquia tem limite, para a cidade inteira em detrimento de uma categoria apenas. Os motoristas são manipulados sim e quem ouviu a gravação de recente assembléia ouviu que quem não votasse pela continuação da greve iria apanhar. Tá lá.

  • Marlon diz: 5 de julho de 2013

    Boa Tarde,
    Bem feito para todos que apoiarão as manifestações que começaram a algumas semanas. Este é um dos motivos por ter sido contra desde o inicio, tava na cara que iria virar baderna e anarquia, com todos dando tanta atenção e importância. E aceitando tudo.
    Está reclamando das autoridades agora, porque não se manifestou contra no fechamento das pontes por duas vezes a algumas semanas? Medo do que? Pois o respeito ao direito básico de ir e vir que vc cita já foi quebrado lá.
    Bem feito a tds que apoiarão novamente, quero ver reverter isso agora.
    Abraços,

  • João Araújo diz: 5 de julho de 2013

    Apoio a paralisação sim! Como Cidadão!
    O que a população quer eh nada mais do que um transporte de qualidade. Esta na hora do sintraturb e o MPL juntarem forças para acabar com esse oligopólio horroroso que, este sim, faz a população refém!
    Ando de onibus e esse sacrifício vale a pena.
    Esta mais do que na hora de o povo de Florianópolis protestar pela regulação dos meios de comunicação. Há notícias distorcidas pelos jornalistas que defendem os empresários! Lastimável isso!
    Acontece que o povo unido nunca sera vencido e o fim do oligopólio do transporte urbano e dos meios de comunicação está próximo! Tremei imprensa corrupta e SETUF corrupto!

  • Moisés Spilere diz: 5 de julho de 2013

    Quer dizer que na mão dos Srs Empresários dos Transportes a população pode ficar então? O movimento reivindica situação a favor de toda a população, que em sua maioria está a favor, pois sabem da má qualidade e o alto preço do serviço prestado! Você com suas acusações levianas (como a quebra de equipamentos_onde?) está defendendo o interesse de quem? Empresários financiadores da empresa que você trabalha, ou da imagem da Prefeitura, que nada faz? LAMENTAVEL!

  • Bruno Manes diz: 5 de julho de 2013

    Aldonei Machado você com toda certeza não anda de ônibus, eu dependo do ônibus lotado que o senhor mencionou pra ir ao trabalho diariamente e sinceramente prefiro um ônibus lotado me aguardando as 17hrs para me levar pra casa, do que não ter nenhum graças a um bando de maconheirinhos filhinhos de papai que nunca entraram num ônibus e um bando de sindicalista vagabundo.

  • giba diz: 5 de julho de 2013

    Qualquer indivíduo minimamente esclarecido iria rir muito ao ler esse péssimo texto. Como alguém se diz “jornalista” e escreve de uma forma tão ridícula. Seu texto está mais para uma LACUNA do que uma coluna, pois são ideias vagas, ideológicas, tendenciosas que defendem posições obscuras. Cadê as fontes? Quem realmente consegue ir e vir no centro de Florianópolis ou nas suas imediações? Quais instituições foram desrespeitadas? Pelo visto, você deve ter se esquecido ou viver em um planeta fictício, pois as pessoas que estavam ou estão nas ruas protestavam legitimamente contra a mídia corporativista para a qual você trabalha. Ter um pensamento crítico e a capacidade de analisar os fatos deveria ser uma virtude jornalística. Não sei se você não a tem ou se os seus chefes não permitem que você a expresse. Prefiro acreditar na última, mas admito poder estar completamente enganado.

  • POMPILIO FIDELIS diz: 5 de julho de 2013

    Passe Livre ? estudantes já tem o beneficio de 50% de desconto. se tivermos passe livre alguém tem de pagar por isso, tem de conquistar primeiro SAÚDE PARA todos, tem muitas conquistas para conseguir antes, fim das secretarias regionais, fim da roubalheira, para que se tenha recursos para melhorar a vida de todos, aumento nos valores repassados para o SUS, mordomia é avião levando RENAN para casamentos…
    Para quantos sindicatos o Sr RICARDO FREITAS trabalha? Qual seus ganhos ? Profissional de Sindicatos…

  • Federico Zighue Muino Robillard diz: 5 de julho de 2013

    Não sabes nada do que dizes, certeza que nem onibus tu pega..
    Quando pegar um onibus superlotado, que só de tu levantar o pé alguem já coloca o pé embaixo e tem que ir o resto da viagem com ele levantado!!
    Qdo passam passa 3 onibus cheio sem parar..
    A vá agente quer sim transporte de qualidade.. E pra sua informação os motoristas não podem fazer uma greve ao contrario pois são impedidos!!
    Greve ao contrario digo fazer greve deixando os onibus nas ruas e deixando as pessoas passarem sem Pagar
    http://www.avaaz.org/po/petition/Catraca_Livre_em_Florianopolis

  • Fernando Pacheco diz: 5 de julho de 2013

    Para um jornalista da mídia mais popular do Estado é vergonhoso ficar fazendo acusações levianas.. mas, bem típico da RBS, que é amiguinha dos grandes empresários de transporte coletivo. O movimento é também contra os horários escassos, preço alto e outras coisas. Saia do seu mundo paralelo de 90% transpiração.

  • Ynti Alan diz: 5 de julho de 2013

    VC É SIMPLESMENTE UMA PIADA… TENHO PENA…

  • Claudio diz: 5 de julho de 2013

    O PREFEITO CESAR SOUZA E SUA TRUPE, AGORA, ESTÃO SENTINDO NA PELE O QUE O EX-PREFEITO DARIO BERGER PASSOU…
    FALARAM MAL DO DARIO, E ESTAO NA MESMA SITUAÇÃO, E O QUE FIZERAM ATE AGORA? NADA, FIZERAM EXATAMENTE O QUE O DARIO FEZ, MANDOU CIRCULAR VANS ENQUANTO ACONTECIA A GREVE, ALÉM DE SE REUNIR COM OS MANIFESTANTES PARA OUVI-LOS.

    Como é bom ver o jogo reverter e ver que a FALA NA CAMPANHA ELEITORAL é muito diferente da REALIZAÇÃO.

    E PIOR QUE VAI TER UNS PUXA-SACOS AQUI DIZENDO QUE O PREFEITO TA FAZENDO…

    O GEAN como prefeito da FATMA já fez mais que o CESAR SOUZA como PREFEITO de Florianópolis!!!!

  • Guilherme diz: 5 de julho de 2013

    Mais um jornalista recalcado a serviço da desinformação e dos empresários do transporte. Regozije-se na sua platéia abastada, que lhe aplaude.
    Além disso, é hipócrita, pois também é filiado a sindicatos dos jornalistas.
    As redes sociais estão no ar para mostrar a verdade para a imprensa e para a população. A mídia impressa e de portais da qual você faz parte está com os dias contados. Espere e verá.

  • Fmg diz: 5 de julho de 2013

    Já ta na hora de demitir todos esses motoristas e cobradores que não querem trabalhar e contratar quem esteja afim. O MP precisa agir com rigor. Manda esses motoristas e cobradores trabalhar no Shopping para eles verem o que é bom.

  • Jaime diz: 5 de julho de 2013

    O Bruno Manes disse tudo no seu comentário. É isso mesmo: sindicalistas vagabundos e manifestantes filhinhos de papai estão parando a cidade.

  • Tom diz: 5 de julho de 2013

    Texto típico de quem não pega ônibus, talvez usa mais táxi do transporte coletivo. Texto de quem ganha bem mais que um salário mínimo. Apenas.

  • Bruno Arlen Santana Galo diz: 5 de julho de 2013

    Somos reféns de um sistema que visa apenas o lucro enquanto milhares de pessoas são espremidas como sardinha diariamente, pagando um preço absurdo pela qualidade do serviço e pelo que ganham em média salarial.

    E o transporte marítimo?

    E a obra da rodovia de contorno Biguaçu/São José/Palhoça?

    E a duplicação total da BR 101?

    E a completa revitalização da Ponte Hercílio Luz para veículos leves?

    CHEGA DE DEFENDER OS OPRESSORES!!

  • David diz: 5 de julho de 2013

    Quanta besteira escrita.
    A cidade é refém de um transporte público deficitário, ruim e caro.
    Pra quem tem vida boa, defender status quo é praxe.

  • Jonata diz: 5 de julho de 2013

    Engraçado é ver o pessoal dizendo aos motoristas e trabalhadores: “Não ta contente? Muda de profissão”.
    Eu digo o mesmo para vocês. Não estão contentes???? Vão a pé. Ou de bicicleta.
    Quero que alguém aqui me cite uma alternativa juridicamente legal para uma categoria de trabalhadores (sejam eles médicos, fiscais, pedreiros, advogados, motoristas, etc) pressionar os seus empregadores sem ser o movimento grevista.
    Uma só. Não precisa ser no Brasil. Pode ser no mundo inteiro. Pesquisem.
    Já vão verificar que esse papo de “sindicalismo vagabundo” foi o que segurou o impeto do Comunismo no mundo. Não fosse o “sindicalismo vagabundo” estaríamos todos vivendo em uma economia socialista. Você discordar da atitude dos atuais líderes sindicais é uma coisa. Generalizar e criticar a instituição “sindicato” é só pra besta que não leu bulhufas sobre as guerras mundias, sobre as crises de 29, sobre os tratados pós-guerras.
    O que falta ao jornalista do texto não é boa vontade. É estudo mesmo.
    Mas como cobrar algo que a própria profissão dele não exige?

  • Antônio Carlos Costa diz: 5 de julho de 2013

    Prendam esses bandidos (motoristas e cobradores) e joguem a chave fora.

  • alan diz: 5 de julho de 2013

    Tenho experiencia e conhecimento,de transporte d passageiros, Pois trabalho a 40 o ramo . Solução é só a prefeitura querer, faz licitação para transporte alternativo usnado micro onibus e vans, pois Florianópolis é a unica capital do Brasil,que não dispoem deste serviço.alem do mais os motorista vão pensar duas pensar em greve,já que com a concorrência.vai ter mas mão de obra de motorista disponivel.

  • gilmar diz: 5 de julho de 2013

    Nem li a asneira toda, parei na 10° linha e com certeza quem escreve deve ser muito bem de vida, ter seu carrão para trabalhar, justo e correto mesmo é os politicos a hora que resolvem aumentar seu próprio salário, então vá fazer coluna la no congresso porque para o povo que para e pensa um pouco sabe que devemos lutar para conseguir uma miséria a mais.

  • Alaonir Gomes diz: 5 de julho de 2013

    “O Visor é editado pelo jornalista Rafael Martini, um sujeito movido a 90% de transpiração e 10% de inspiração.”

    Que falta inspiração ao texto, é visível aos que são alfabetizados funcionais. Mas também falta estar presente na cena dos fatos, falta, portanto, muita transpiração para o jornalista compreender o que se passou. Suas acusações contra o povo são vergonhosas para quem dispõe de um espaço como este no maior jornal da cidade. Ou alguém acredita que os motoristas, cobradores e usuários são apenas animais que devem se contentar com “o direito de ir vir” coagido pelo dever de se manter em silêncio diante da 2ª tarifa mais alta do país e de péssimas linhas com péssimos horários…

    É evidente que falta inspiração, transpiração e inteligência ao Sr. Rafael Martini. Gostaria que revelasse quanto lhe pagam para falar tanta bobagem…

  • Marlon diz: 5 de julho de 2013

    KKKKKKKKK,
    Só rindo mesmo, opressores!!!! O cara não viu nada mesmo, com certeza tem menos de 30 anos.
    Falar do Gean!!! Deixa a política de lado, ninguem ganha com isso, quem sabe ía tá melhor com ele? Com o Dário já era assim. Se ficar a oposição sempre querendo atrapalhar da forma rancorosa de quem perdeu a eleição que nem vc está parecendo nunca irá melhorar. Pois sempre terá oposição, e esta tem que ser inteligente construindo para ganhar a próxima eleição, e não destruindo td na cidade.
    Cômico esses maconheiros.
    Abraços

  • Raphael diz: 5 de julho de 2013

    Alguns comentários feitos pelos leitores parecem sem sentido (para dizer o mínimo):
    - o que tem haver o jornalista ou qualquer pessoa pegar ônibus ou não com concordar ou discordar com a paralisação? Em primeiro lugar não me parece que os que fazem a paralisação estejam realmente preocupados com qualidade do transporte público. Estão preocupados é com o salário! Deem o aumento que pedem e vejam se eles vão vir com alguma pauta de qualidade. Aliás, quem é o presidente do Sindicato? Trabalha ele no quê?
    - tem um ali que fala “A mídia impressa e de portais da qual você faz parte está com os dias contados. Espere e verá”. Não é verdade. Pelo menos não no que depender dele. O próprio não só lê o portal que está com os “dias contados” como comenta. O outro fala mal da RBS, mas ora vejam só…participa das discussões por ela proposta! Ilário!
    - e o passe livre está fazendo um papel ridículo. Antes das manifestações pipocarem no país: silêncio. Há tempos não faziam barulho. Mas como tinham que aparecer também, saíram pedindo redução de tarifa. Ficou muito forçado, basear-se nos movimentos dos outros apenas para aparecer. Aliás, para quem não sabe ler um esclarecimento: o jornalista em nenhum momento falou do MPL…Eu aproveitei a deixa para falar.
    - Imprensa livre sempre! Melhor uma imprensa livre, com seus erros e acertos! Do que a imprensa que alguns acham que é mais correta do que as outras! Censores!

  • Helo diz: 5 de julho de 2013

    Sinceramente, como alguém tem coragem de escrever e publicar algo escrito tão porcamente!!! E ainda usa uma foto que parece ter sido tirada de trás de alguma moita, por alguém que não passa de um covarde…
    Pro sintraturb deixo a sugestão de um ação contra esse “jornalista” por estar divulgando informações caluniosas e por tentar insuflar a populução contra os trabalhadores, incitando a violencia!

  • Marcelo diz: 5 de julho de 2013

    Bem liberdade é uma coisa, libertinagem já é outra coisa.A maioria dos manifestantes nem sequer trabalham, pois já estão cedo lá fazendo sua anarquia.

    Enquanto que nós os trabalhadores que após um dia árduo de labuta, e querendo voltar para junto das nossas famílias temos que esperar a boa vontade desta laia de desocupados.

    Vocês não me representam MPL nem hoje nem nunca, porque que isso não é passe livre, e uma manifestação não se faz depredando as coisas muito menos prejudicando os trabalhadores.Façam sua parte na hora das urnas em escolher um candidato digno e decente ao invés de se juntarem as ditas figurinhas de políticos oportunistas que estão hoje com vocês nesta baderna.Como querem o respeito se não sabem respeitar o direito de outrem?

  • Aldonei Machado diz: 5 de julho de 2013

    Bruno Manes, é claro que eu ando de ônibus. Também quero um transporte público de qualidade. O que eu não concordo é com o que a imprensa diz sobre os protestos. Por que este jornalista não faz críticas aos empresários do transporte coletivo? Eles, os donos das empresas, não tem culpa do caos que é o transporte em nossa cidade?

  • Aurélio diz: 5 de julho de 2013

    Perfeito. Essa palhaçada desses estudantes tem que acabar. Já passaram dos limites. Querem moleza, vão sentar no colo do velhinho. Onde estão as autoridades dessa cidade e desse estado? Virou terra de ninguém?

  • helena hoeller diz: 5 de julho de 2013

    essas manifestações já me encheram o saco! já perdeu o seu efeito. Essa turma que se diz estudantes, principalmente da universidade, não frequentam as aulas? não tem provas ou trabalhos para fazerem? para ficar o tempo todo fazendo manifestações, eles devem estudar como? que horas? diga-se de passagem, são meia dúzia de gatos pingados, como os de ontem na frente do Setup. Inclusive tem uma garota que faz parte do PSTU, que com certeza nas próximas eleições vai sair candidata a alguma coisa e vai aproveitar as imagens dessas manifestações para ganhar votos. Eu queria muito ver as notas desses alunos, pra ver na real se são tão bons assim. Sou trabalhadora assalariada, ganho menos de 900 reais por mês, tenho filho na escola, sou mãe solteira, e quero deixar bem claro que não me considero representada por essas pessoas. Com certeza a maioria desses estudantes tem celular de última geração, roupas de etiquetas e com certeza uma empregada pra lavar e arrumar a bagunça do quarto deles! basta! já perdeu o seu valor.

  • Tas tolo diz: 5 de julho de 2013

    Faco minha as palavras do nosso prefeito Cesar Souza Jr, “Que tenham uma boa manifestação“. Achou que nao ia sobra pra ele, so faz discurso, ate hoje o povo de Florianópolis nao viu baixar o preco da passagem. E ca pra nos, vocês jornalistas sao mesmo uma piada, quando os play boy saem nas ruas com tudo que eh tipo de cartaz vocês filmam e os fazem de heróis, agora quando a coisa eh realmente importante para a maioria da cidade você descem o pau com esses textos de direita.

  • Leonardo Sperandio diz: 5 de julho de 2013

    Rafael Martini,voce conhece bem este jogo afinal a empresa onde voce trabalha e mestre na chantagem na pressão e na distorção da verdade!

  • Rodrigo Braga diz: 5 de julho de 2013

    Rafael voce e um manipulador para de falar besteira fica quieto!

  • Tas tolo diz: 5 de julho de 2013

    Rafael quem te disse que tu es um jornalista livre, trabalhando em uma empresa como a RBS, qualquer dia estarás igual ao Galvao Bueno, nao na grana, mais sim nas vaias que ele recebe, em todos os estádios de futebol por onde ele passa.

  • Guilherme diz: 5 de julho de 2013

    Perfeito o Texto.
    Desde quando eu vi a notícia que o Prefeito da Capital negou aumento das passagens para as empresas de transporte público (http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/2013/04/22/empresas-pede-aumento-na-passagem-prefeito-nega/?topo=67,2,18,,,67), já sabia que iria haver greve de motoristas e cobradores. O pessoal trabalha em conjunto para o aumento das passagens.
    Parabéns pelo texto

  • Eduardo.45 diz: 5 de julho de 2013

    Descontando os comentários da petralhada, esses “assessores”, vagabundos profissionais já há muito tempo deveriam estar recolhidos a uma prisão de segurança máxima, pois não se pode admitir que sem trabalhar em nenhum lugar, elles prejudiquem os verdadeiros trabalhadores.
    Cadeia nelles!!!
    Eduardo.45

  • Humberto Filho diz: 5 de julho de 2013

    Esse baderneiro e falso sindicalista chamado de Ricardo Freitas nunca pegou em um volante de ônibus ou sentou na cadeira de cobrador, esse cara era funcionário da Caixa Econômica Federal, pediu demissão voluntária para se enfiar nesse Sindicato dos Motoristas visando faturar e ainda se promover. O que tá faltando é o ministério Público, a Polícia e demais autoridades investigar esse cara e botá-lo na cadeia. Chega de falsos moralista e oportunistas tipo esse cara. “Ou bota na cadeia ou dá uma coça de arame farpado nele que eu quero ver se ele não se endireita na hora”.

  • Bruno Manes diz: 5 de julho de 2013

    Aldonei Machado os empresários só pensam nos lucros, os motoristas no aumento do salário, os estudantes em não pagar passagem, matar aula e fumar maconha.Quem paga é o trabalhador. Uma nova licitação que abra o mercado a novas empresas e que estimule a concorrência, diferente do modelo atual onde cada empresa fica com uma região obrigando o usuário a usar o serviço independente da qualidade ou preço, com outras empresas prestando serviço na mesma linha os usuários optariam pela que oferece um serviço melhor por um preço melhor. Mas isso depende de uma nova licitação muito bem feita, que depende da boa vontade de nossos políticos, sejam eles do partido “A”, “B” ou “C”. Aos que vão responder falando em estatizar, sei que vão, eu pergunto: – O transporte estatal terá a mesma qualidade da saúde e da educação? ou: – O transporte estatal vai acabar com o “lucro dos empresários”(que parece ser o que mais incomoda alguns dos manifestantes) e vai ser imune a corrupção presente em todas as esferas públicas?

  • Carlos diz: 5 de julho de 2013

    Incrível como tem gente que não enxerga a um palmo do nariz. Falar que o SINTRATURB está protestando pela melhoria do transporte em Florianópolis parece piada! Basta ver a qualidade de motoristas e cobradores que trabalham no transporte coletivo protegidos por este sindicato. Sei que todo trabalhador precisa ser representado por algum sindicato mas não a base de terrorismo contra a população, que aliás paga o bom salário (Sim, bom pq trabalham 6h 40min e ganham mais do que muito profissional com nível superior) destes que agora os maltratam. E com relação ao Passe Livre, é utópico, é desnecessário e só querem chamar a atenção. Precisamos derrubar o cartel dos empresários? Sim, precisamos de melhorias no transporte coletivo? Sim! Mas definitivamente não será através do Passe Livre. Porque, apesar de morarmos em uma ilha, o transporte marítimo não é utilizado em Florianópolis? Estas questões precisam ser feitas! São essenciais. Não a asneiras para chamar a atenção!

  • Alex diz: 5 de julho de 2013

    Brilhante ensaio do titular do blog visor… é bom dizer que nós, cidadãos de bem e cumpridores da lei e da ordem, além de pagadores de (escorchantes) tributos, temos um remédio legal que está acima de qualquer habeas corpus preventivo, que é o direito constitucional de ir e vir, cuja transgressão já seria por si só passível de uma ação mais enérgica do poder público, através de suas polícias. O que temos visto nas últimas três semanas, após manifestações justas e pacíficas? UM BANDO DE BADERNEIROS, AÍ INCLUÍDOS OS DIRIGENTES DO SINTRATURB E OS MOTORISTAS E COBRADORES QUE SE DEIXAM MANIPULAR, FAZENDO O QUE BEM ENTENDEM, DIANTE DE UMA POLÍCIA FROUXA QUE NÃO GARANTE OS DIREITOS DOS CIDADÃOS DE BEM, E INSTITUIÇÕES COMO O MINISTÉRIO PÚBLICO QUE NÃO HESITAM DE PEDIR EXPLICAÇÕES DE ATOS ADMINISTRATIVOS QUE ENTENDEM SUSPEITOS MAS QUE, NA HORA DE EXERCER O SEU PRINCIPAL PAPEL, QUE É O DA DEFESA DOS INTERESSES PÚBLICOS DIFUSOS EM GERAL (EXISTE DIREITO PÚBLICO MAIS CRISTALINO QUE O DE LOCOMOÇÃO???), PEDINDO A PRISÃO DOS ARRUACEIROS E A FORÇA POLICIAL COM VIOLÊNCIA. DEMOCRACIA NÃO É BADERNA. CADÊ O LEMA DA BANDEIRA NACIONAL, ORDEM E PROGRESSO? COM DESORDEM SÓ HÁ REGRESSO…TÁ NA HORA DE O MP AGIR, O JUDICIÁRIO DETERMINAR E A POLÍCIA CUMPRIR E EXECUTAR, ALIÁS JÁ PASSOU DA HORA… OU QUEM SABE NÓS TODOS, CIDADÃOS DE BEM, QUE SOMOS MAIORIA, NÃO AGIMOS NÓS MESMOS POR NOSSA CONTA E EM CONJUNTO, JÁ QUE AS INSTITUIÇÕES SÃO INOPERANTES???? VAMOS LÁ??

  • Aldonei Machado diz: 5 de julho de 2013

    Bruno Manes, já vi que com você o debate é nulo. Como você pode generalizar e afirmar que “os estudantes só pensam em não pagar passagem, matar aula e fumar maconha”?
    Conheço milhares de estudantes que não se encaixam nesse perfil. Tchau, cara!

  • Francisco diz: 5 de julho de 2013

    Sinceramente, não entendo como pode haver pessoas de tão dificil compreenção. Uma coisa é o movimento legitimo do povo para acabar com a robalheira e políticos que só pensam no seu bolso. Outra coisa são os motoristas e cobradores de onibus que só pensam no seu bolso, e claro, precionam a prefeitura com greve, e agora também a justiça, para ter suas reivindicações atendidadas. Em ambos o caso, o povo, a população que necessita, fica nas mãos, ou dos corruptos ou dos gananciosos que não sabem o limite entre valor de mercado e capacidade de pagamento de uma empresa. E claro, não podemos deixar de falar de alguns empresários que se encostam no poder publico para poder manter seus ganhos. Ta na hora do Brasil dar um basta em tudo isso.

  • Aírton diz: 5 de julho de 2013

    Vale a pena ler o tuíte do Escandiuzzi , jornalista, sobre o protesto de hoje: “Decido: Não cubro protesto mequetrefe de filhinho de papai que faz 3 anos de cursinho,passa na UFSC, deixa barba crescer e se acha militante.”

  • alvaro diz: 5 de julho de 2013

    Alguém em sã consciência acha mesmo que a PM consegue retirar quem quer que seja de onde está se a pessoa está determinada a não sair dali? Pois bem, se tiver que usar força, a PM será acusada, sempre. Assim tem sido. Conclusão: melhor não fazer nada. Sa usar a força, é queimada. Se não usar, também, mas pelo menos não serão acusados de fascistas, violentos, etc. E, infelizmente, a imprensa tem feito um péssimo filtro entre atuação correta e a efetivamente equivocada das PMs Brasil afora.

  • Anilton diz: 5 de julho de 2013

    Caro CORAJOSO jornalista:

    Seria muita pretensão da minha parte acrescentar ou retirar algo desse VERDADEIRO texto. O Sindicato É SIM truculento e ditatorial. Cadê os poderes constituídos para dar fim a essa bagunça e, alguns, baderneiros?

  • WILSON diz: 5 de julho de 2013

    Primeiramente pra falar de transporte, a pessoa tem que viver dentro de um ônibus, coisa que esse tal colunistazinho Rafael Martini não deve saber o que é,que saber a vida de um cobrador ou motorista? passa uma semana sobre a pressão e vamos ver se depois sua opinião vai ser a mesma! vai acordar as 03:00 e viver sobre a pressão dos patrões, fiscais,supervisores e passageiros, pra vc ver se aquenta a pressão,não vivemos em uma sala com ar condicionado ganhando um salário de de encher os olhos pra ficar fando de assunto que não entende ou criticar trabalhadores isso muito fácil,quero ver ganhar 2 salario pra correr o risco de machucar alguém ou até se envolver em acidente com óbito responder criminalmente, o risco de um motorista no transito de hoje onde ninguém respeita ninguém em se envolver em um acidente é de quase 80% vc não corre esse isso ai em sua sala!Engraçado a saúde entram em greve morre um monte nos hospitais ninguém faz esse escândalo todo,os professores param meses, os alunos ficam sem aulas e tem que repor nas sua férias, não da nada, a segurança fazem greve, ladroes invade a cidade isso não é nada, prefeito deixam a saúde uma merda,morre um monte nos hospitais e postos sucateados de consulta roubam os cofres publico não fazem o que prometeram, ninguém fazem nada, mas se motorista e cobradores parar pra reivindicar seus direitos PUM…acabou o mundo. Acho que esta na hora de Deus destruir com esse planeta e se um dia pensar em cria outro fazer só com jumento com certeza ele ficara mais orgulhoso e menos decepcionado porque ta difícil de amor ao próximo

  • Daniel diz: 5 de julho de 2013

    É verdade, Florianópolis está refém de um jornalismo raso, tendencioso e leviano como o seu, e já faz tempo!

  • Ingrid diz: 5 de julho de 2013

    Caro colunista, não sou refém do Sindicato. Ele “não me representa”, como dizem os neo-engajados.

    Sou refém, isso sim, dos endinheirados corruptores que detém a concessão do transporte público;

    Sou refém da inoperância centenária do executivo, que transformou a cidade em modelo de caos de “imobiliade” urbana;

    Sou refém dos meus contemporâneos, membros do “clube do eu sozinho”, adeptos do “farinha pouca meu pirão primeiro”, que entendem que o posto é o devido.

    Sou refém dos analfabetos funcionais, que não sabem o que escrevem, nem o que leem.

    Tomo para mim, então e como refém disto tudo, o raciocínio brilhante daqueles que acham que o certo é ter vida de gado, e aceitar tudo com o bico calado:

    Não estão contentes senhores?

    Mudem-se de Cidade, de País, quiçá de Planeta!!

  • Mary diz: 5 de julho de 2013

    Motoristas e cobradores, um bando de ignorantes, servem de massa de manobra para esse pançudo Ricardo Freitas, já esta gordo com o dinheiro de vocês, e estes ditos estudantes fazem curso de baderna na federal, são zé ninguém hoje e sempre ,policia bomba de gás neles, a população vai aplaudir motorista e cobradores o salário esta ruim, peçam para sair, ou não tem competência pra conseguir outro emprego….

  • Leonardo Ferrari diz: 6 de julho de 2013

    Sr. Martini, ando pela rua e não vejo ninguém com medo. Já percebi que o senhor ou sua família não anda pela rua e muito menos de ônibus.
    Se não fosse este movimento (Passe Livre), estaríamos pagando hoje no mínimo 3,15 a tarifa.
    Mas eu lhe entendo, não é fácil seguir ordens de uma empresa como a RBS. O senhor é a voz do dono, é o seu salário em jogo, que também não deve ser grande coisa.

  • Hilário Mota diz: 6 de julho de 2013

    Sr. colunista, volte para o Rio Grande do Sul junto com a sua empresa e deixe-nos brigar por nossas causas.

  • João pedro diz: 6 de julho de 2013

    SEGUE A DICA:ARRUMA UM BOM ADVOGADO PRA PROVAR O QUE VC ESTA FALANDO POIS COM CERTEZA VAI SER PROCESSADO,INCLUSIVE ESTA PAGINA JA FOI RETIRADA UMA COPIA DELA,VC NÃO PODE FALAR ASSIM OU MELHOR: AFIRMAR QUE UMA INSTITUIÇÃO QUE REPRESENTA MILHARES DE PESSOAS TEM QUE PROVAR BOM PROCESSO PRA VC.

  • Leonardo Ferrari diz: 6 de julho de 2013

    Censurando comentário né colunista. Ficou com medo?

  • tachibana diz: 6 de julho de 2013

    Este TEXTO tem o patrocínio cuRRultural de; CDL, SETUF, SETEPESC e PMF.
    O conteúdo do mesmo pode não representar a opinião de seus patrocinadores… NÃO PÉRA!
    E aos cidadãos que defendem este tipo de jornalismo e são contra protestar por uma vida melhor continuem com suas vidinhas de M, mais não matem o sonho dos que acreditam que podemos ter mais qualidade de vida. PROCUREM perto de vocês família, vizinhos alguém que perdeu uma vaga de emprego as vezes tendo mais capacitação por morar longe do trabalho e o custo para empresa ser insustentável. Uma diarista que precisa pegar um ônibus intermunicipal e outro municipal, pagando uma passagem do seu bolso pois a patroa só paga a mais baixa, (ah manda ela procurar outro serviço) acho que ninguém escolhe ser faxineira, ou motorista de ônibus com a responsabilidade até (criminal ) de transportar cerca de 70 pessoas por viagem em torno de 16 vezes por dia. Trabalhei por anos no em restaurantes e digo que eu nem sabia que existia sindicato que representasse a categoria nunca conseguiram um beneficio aos trabalhadores da alimentação pelo contrario ferravam mais ainda. O que dizer aos garçons, cozinheiros e cia? MUDEM de emprego! Pena eles não terem um sindicato como o sintraturb se não Floripa iria passar fome. O mesmo digo pra outras categorias que são exploradas mais aceitam tudo pela falta de união. Por fim NA VERDADE não deveria precisar de PROTESTOS para reivindicar nada, mais como os representantes do POVO que através do voto não representam a vontade do mesmo, depois de tanto sofrer calados ou reclamando pra dentro, estão TENTANDO mudar o cenário. Cesar JR/R.B.S respondam essa; por que defender a unhas e dentes lucros de empresários?O que o povo quer não VALE?Dois meses é o que VOCÊ CESAR JR pede para arrumar o transporte? ENTÃO DOIS MESES a 2,50 a passagem que tal, as empresas ja ganharam em 20 poucos anos de “licitação” 2 míseros meses de “prejuizo” acho que não vai quebrar uma solidez de tantos anos de amor a ilha.

  • tachibana diz: 6 de julho de 2013

    A e por favor senhor “colunista” ja estou vendo reclamações de comentários CENSURADOS ( não a brigas e baixarias) você expôs sue ponto de vista permita-nos concordar ou discordar.

  • Henrique diz: 6 de julho de 2013

    O MP está preocupado com as gratificações retroativas milionárias que recheiam seus contra-cheques.

  • Ricardo Freitas diz: 6 de julho de 2013

    Rafael Martini ….. eu agradeço e imensa CONSIDERAÇÃO que tens por mim …. passa mês e volta mês e você dedica parte de seu tempo e espaço físico deste jornaleco arara (bonito, colorido e não fala nada que preste) para atacar minha pessoa, meu nome e minha dedicação à luta de gente humilde …. pena que vc gasta este tempo e espaço de forma preconceituosa e rancorosa …. típica atitude de quem sente admiração contida, mas que não pode manifestar para manter seus privilégios corporativos e por falta de capacidade para ter independência …. Isso acaba virando inveja, que é o sentimento que te move …. Estou satisfeito com as variadas manifestações de leitores(as) que bem colocam vc, sua falta de isenção profissional, seu texto ruim tecnicamente e sua submissão a esta linha editorial mentirosa e preconceituosa de monopólio, no DEVIDO LUGAR: o LIMBO …. talvez não publiques minha singela manifestação …. mas me satisfaço com o fato de saber que terá lido. Eu não perco tempo com “calunistas boca e pena de aluguel”, típicos dessa imprensa de linha editorial majoritariamente conservadora e preconceituosa como a adotada pela RBS … nem tinha conhecimento de, mais uma, de suas calúnias e desrespeito a 5000 trabalhadores(as) ….mas, chamado a me posicionar por pessoas que leram suas mal traçadas linhas, estou aqui a me posicionar …. prá te dizer bem a verdade, eu só lamento uma coisa nisso tudo: é que teu preconceito medíocre, na verdade, não me atinge, mas sim a imagem de mais de 5000 trabalhadores e trabalhadoras do transporte, que em sua grande maioria são gente de bem, profissionais competentes e de contribuição para nossa comunidade. Não obstante a isso, vc os trata como se fossem imbecis, incapazes de pensar, massa de manobra de alguém …. essa gente tem dignidade e força para se fazer ouvir e por isso reage e luta, de forma consciente … eu apenas exerço meu trabalho de assessoramento, não decido nada, não tenho direito a voto em reuniões de espécie alguma …. Por fim, a vc e demais imbecis que falam sobre minha vida pessoal ….vcs acham que minha vida já FOI POUCO REVIRADA por políticos e poderosos interesses empresariais que enfrento e denuncio há décadas???? Vcs acham que se eu tivesse algo que desmerecesse meu passado e minha vida pessoal já não teria vindo a tona????? Uma última informação: há 6 anos os aumentos tarifários ocorrem no mês de JANEIRO, portanto, bem longe da data base da categoria dos trabalhadores (MAIO), portanto, esse negócio de conluio com empresários, ou de acerto para aumentos de tarifas, é discurso vazio de Cesar Pinóquio Jr e de bocas de aluguel mal informados(as) ou de má fé …. consultem o site da prefeitura e vejam as datas de aumento tarifário a partir de 2007 …..

  • joão canabrava diz: 6 de julho de 2013

    porque no te calas…. fantoche

  • antonio diz: 6 de julho de 2013

    Esse movimento passe livre é sem noção, o lider Marcelo Pomar é assesssor da angela albino na assembleia e ganha 10 mil mes, ou seja, nao precisa andar de onibus, a outra é a simara pereira, funcionária do Banco do Brasil que esta afastada pois, faz parte do sindicato dos bancarios de fpolis, e que além de carro próprio anda com o carro do sindicato, ou seja nunca anda de onibus. a sociedade merece saber quem eles são, pelo povo é que não estão lutando, estão sim é por trás de algum partido político de esquerda radical.

  • Alberto Garbin diz: 6 de julho de 2013

    Concordo plenamente com o comentarista. Ninguém tem o direito de impedir o livre transito dos que não querem participar. Isto já é bagunca , a polícia tem a obrigação de garantir a segurança da pessoas de bem. Acho que , dificilmente encontraremos estudantes de engenharias e medicina, nestes bandos, pois estes tem que estudar de verdade. Alberto.
    Quero lembrar, mascarado é covarde, ladrão ou fugitivo do lei.
    e

  • david rge agains’t the system diz: 6 de julho de 2013

    Você não me representa Rafael Martini!! As manifestações da população contra o transporte coletivo lixo que temo são válidas e devem acontecer para que haja mudanças!! Nenhuma grande mudança vem com comodismo, sem sacrificios, sem baixas e perdas!! Ou tu achas que pagar R$ 3,00 numa passagem de um transpoorte coletivo que mais desrespeita o cidadão do que o serve é justo!!?? Você deve sair todo dia com seu carrinho no confortável para ter uma opinião ridícula sobre isso!! Você merece o país em que tu vives!! E quanto ao Sintratub concordo que as vezes passam dos limites!! Agora querer relacionar isso com o movimento que aconteceu em todo país para melhora do transporte coletivo isso é ridiculo!! Midia comprada e hipócrita!!

  • Cassio diz: 6 de julho de 2013

    Amigo concordo com seu texto mas estas colhendo o fruto que plantou. A imprensa sempre avida por vender jornal adora este tipo de manifestação pois é a que busca o confronto com a PM pois estes “manifestantes profissionais” sabem que a imprensa adora divulgar a “arbitrariedade” do estado. Veja não vamos confundir o abuso de autoridade mas o uso legal e progressivo da força é legitimo em casos da preservação da ordem pública e que no caso é competência constitucional da PM. No entanto quando temos que utilizar da força independente de estarmos certos a imprensa critica a ação da PM como se esta fosse ilegítima. Não procura saber o porque aquela ação ou técnica é utilizada mas simplesmente opina pela onda da opinião pública ou seja agora que nas ruas não estão mais as centenas milhares de manifestantes e sim uma minoria vamos pender nosso discurso para a maioria. A PM de São Paulo foi achincalhada após agir legitimamente em defesa das pessoas que não queriam se manifestar e em defesa da preservação da ordem pública. Aposto com o senhor que o primeiro daqueles manifestantes que tomar um tiro de munição não letal (elastômero “borracha”) vai se tornar capa de jornal e será o nosso comandante acuado pela imprensa a dar explicações e cobrando a punição dos “culpados”. Peço que confiem mais na suas instituições principalmente na PM que é a única que esta la no olho do furacão tentando resolver o problema como bem o senhor mencionou, nestes caso as outras geralmente so aparecem avidas para ajudar a enterrar os PPMM algozes dos pacíficos manifestantes, não falta OAB, MP e Judiciário para condenar PM que a imprensa já condenou, chovem ofícios ao comando de pedidos de explicações porque foi feito daquele modo, mas la ninguém esta, estamos sempre no meio apartando a sociedade que quer do outro lado que não quer algo.
    Por favor antes de nos condenar confiem em nos somos os defensores da sociedade não os inimigos como sempre ouvimos, defendemos a lei e esta é para todos

  • Décio diz: 7 de julho de 2013

    A foto publicada diz tudo e mostra quem é o maior agitador que tem contribuído quase que semanalmente com o descalabro no Transporte Publico de Florianópolis, que vem prejudicando a população principalmente a mais humilde. Quer ainda posar de bom moço ? O que falta para este xiita insano é cacetete e cadeia. Quem ele acha que é para dizer que não reconhece o julgamento do dissidio coletivo de motoristas e cobradores em curso no Tribunal do Trabalho ? Afinal as Instituições deste continuarão ser reféns deste tipinho de gente ? Até quando ? Ou a baderna generalizada provocada por estes bandidos, terroristas, do PASSE LIVRE e Sindicato dominado por RICARDO FREITAS passarão a ser Lei ? Vamos acordar gente. OU será que a população terá que ir as Ruas para confrontar com estes arruaceiros ?

  • Luiz Antonio diz: 7 de julho de 2013

    Rafael, esse Ricardo Freitas é mais um desses vadios que denigrem o sistema sindical brasileiro. Se dizem independentes mas não abrem mão do imposto sindical proveniente de um dia de serviço do sofrido povo brasileiro. São uns anarquistas, que transformam o sindicato em um antro onde se reunem os aproveitadores para fazer politica partidaria. Sou sindicalista e tenho vergonha dessa gente.

  • Milanezi diz: 7 de julho de 2013

    Rafael, fostes mexer com essa gente desocupada. Eles tem tempo e são organizados para responder qualquer coisa nas mídias sociais. Pode ter certeza que a maior parte postou as mensagens no horario de expediente dos sindicatos que pertencem. O PT criou uma equipe, paga, para responder as criticas nas midias sociais.Tem muito safado no meio desses movimentos. O proprio Ricardo Freitas, defendendo os trabalhadores reconhece que no meio deles tem gente que não presta, quando diz que a maioria são gente de bem; vejam o que ele escreveu: “teu preconceito medíocre, na verdade, não me atinge, mas sim a imagem de mais de 5000 trabalhadores e trabalhadoras do transporte, que em sua grande maioria são gente de bem,”

  • antonio diz: 7 de julho de 2013

    Discordo de sua manifestação no que diz respeito à passividade da polícia. Agiu com inteligência e progrediu no uso da força, justamente na medida em que as manifestações e manifestantes foram perdendo legitimidade e ultrapassando limites da legalidade, sem abrir mão da negociação e mediação de conflitos.

    A PM surpreendeu positivamente a todos que, lá atrás, nos primeiros dias desta onda, estavam em pânico quanto à possibilidade de passarmos pelo mesmo que passaram Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador, Porto Alegre.

    Surpreendeu positivamente aos que ousaram sair em massa às ruas de Florianópolis trazendo tranquilidade e segurança a todos que foram às ruas em um momento de grande risco e instabilidade por todo o país!

    Assistam aos vídeos das revoltas de 2004, 2005 e 2011, quando beiramar e centro foram fechados e depredados enquanto grupos de policiais e manifestantes se enfrentavam com pedras, bombas e balas de borracha, para comparar a qualidade do gerenciamento e a superioridade dos resultados obtidos.

    Revejam os comentários da época (inclusive de jornalistas) para recuperar a perspectiva histórica que valida a estratégia e consolida a evolução na maneira que agir.

    Quanto à justiça (juiz, promotor e OAB), omissa e pirotécnica em todo o processo, emitiu um habeas corpus preventivo no dia da passeata midiática, cujo símbolo foi o “revolucionário” Orlando Becker. Grupos de advogados percorreram a passeata procurando abusos policiais e jornalistas caçaram irregularidades com suas câmeras e microfones. Em vão.

    Depois, decepcionados com a falta de oportunidade para se autopromover, deixaram a cargo da polícia a expectativa de tocar o pau em todo mundo nestas passeatas, que já não contavam com os grupos de manifestantes de micareta, com direito a camiseta, esquenta e foto no facebook.

    Nos dias de passeatas ditas abusivas, repousavam em suas mansões companhando pela televisão com distanciamento omisso e oportunista que, acreditam eles, os credenciou a agora criticar a “passividade” policial. O comandante do policiamento estava lá, oficial da última patente junto ao povo vendo, decidindo, agindo e prestando contas. E o juiz de plantão? E o promotor de plantão? E a comissão de não-sei-o-que-da-OAB que iria acompanhar tudo de perto segundo declarações proferidas nos primeiros e mais glamurosos dias? quer saber…. ainda bem que não se meteram!

    Parabéns para a Polícia Militar, que está conduzindo de forma democrática e cidadã esta questão e que ainda tem um grande desafio pela frente na semana que inicia. Espero que continue a conduzir a questão com técnica, equilíbrio e serenidade como vem fazendo até agora, sem se deixar levar por provocações e assim continue orgulhando a gente catarinense.

  • Luiz Antonio diz: 7 de julho de 2013

    Decio, esse carga é um preguiçoso travestido de sindicalista.

  • Flavia R.F. diz: 7 de julho de 2013

    Florianópolis nao está refém do Povo na rua.
    a cidade está refém mesmo é da mediocridade de 23 vereadores, que so pensam em si.
    Deveriam estar nas manifestações para ver suas popularidades.

  • juca diz: 7 de julho de 2013

    Piada essa declaração do presidente nos comentarios, o mentiroso do Ricardo representa 5000 mil funcionários (HHAHHAHAHA) , tinha 42 pessoas contando com os funcionários do gabinete da Angela Albino, o Marcelo Pomar e outros que ganham 11 mil por mes e tavam lá quebrando as catracas. Tudo vadio, esse Ricardo não representa ninguém. O povo vai começar a revidar e o prefeito não tem que dar reajuste nenhum. Desafio o mentiroso do Ricardo, nesse espaço, mostrar as melhorias nesse transporte da cidade em 12 anos. NENHUMA

  • Bruno Manes diz: 8 de julho de 2013

    Aldonei Machado também conheço milhares que não se encaixam, sou um deles e não posso ir pra aula. Os que falei acima são os que estão na frente do TICEN fazendo baderna, um bando de comunistinhas de IPhone que estudam na UFSC sustentados pelos pais.

Envie seu Comentário