Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mais um capítulo da velha rixa

14 de julho de 2013 16

Um policial militar P2 (setor de inteligência) fez uma gravação no Morro do Horácio, sexta-feira, em que dois homens aparecem vendendo drogas para um usuário.

Na sequência, uma guarnição da PM fez a abordagem, prendeu a dupla por tráfico e os conduziu à Central de Polícia. Chegando lá, o delegado de plantão mandou o P2 colocar a farda para entrar na delegacia.

O PM se recusou. O delegado então se negou a fazer o auto de prisão em flagrante e ameaçou liberar os suspeitos sob o argumento de que não aceita P2 sem farda dentro de delegacia.

Foi preciso a intervenção de um oficial da PM, devidamente fardado, para que o delegado aceitasse. Depois de muita conversa, ele cedeu e autuou os suspeitos em flagrante por tráfico de drogas.

comentários

Comentários (16)

  • roberto diz: 14 de julho de 2013

    a PM é ruim, mas a civil é muito pior, nunca fazem nada, quando fazem, fazem m…

  • Marcelo diz: 14 de julho de 2013

    E adivinha quem é o mais prejudicado com essa “briguinha”??

  • Marcelo diz: 14 de julho de 2013

    Se qualquer do povo pode prender em flagrante, por que o policial militar não pode fazê-lo não estando fardado?? Esquisito não?? Birrinha idiota. Demonstra inclusive desconhecimento acerca da função de delegado de Polícia. Se a PM estivesse investigando em sede de Inquérito Policial, ou utilizando aquele material para solicitar mandado de busca ou de prisão, até poderia alegar usurpação de função, mas não, é uma questão pré-inquérito, relacionado a flagrância do ato ilícito, é uma produção de prova para embasar o flagrante que o Delegado iria Lavrar. Foi uma atitude desnecessária e ridícula, pois impedir uma pessoa (civil ou militar) de entrar em um estabelecimento público em virtude das suas vestes é no mínimo constrangimento ilegal (alguns podem até entender como abuso de autoridade, o que causa perda da função publica).

  • Eduardo diz: 14 de julho de 2013

    Deve ter sido aquele delegado que foi pego com o carro da delegacia numa boate da Lagoa!!

  • roberto 2 diz: 14 de julho de 2013

    Está correto o Delegado, chega de ficar “esquentando” esses flagrantes dos chamados p2, pois a maioria dos “casos” apresentados por eles em delegacias são de flagrante forjados (o chamado enxerto, nome dado pelos próprios p2 para os casos em que após prender uma pessoa, em não sendo achado a droga, eles mesmo colocam um pouco para justificar terem entrado nas casas sem mandado de busca). E outra, quem ousar a criticar a atitude do delegado que vão estudar a teoria dos frutos da árvore envenenada, para depois quererem criticar a atitude de um profissional da área do Direito.

  • Luis diz: 14 de julho de 2013

    Quer ver P2 sem farda? Vai no Bokarra, adivinha quem faz a segurança?

  • Ronnie diz: 14 de julho de 2013

    Esse cidadão chamado Roberto fala mal da polícia até um dia precisar dela. Não fala o que não sabe, respeite à polícia, seu desaforado!

  • Venha pra Rua você também!Venha!!! diz: 15 de julho de 2013

    E nós,a população,perguntamos ao Secretario da (IN) Segurança Pública:até quando vamos conviver com esta “velha rixa”? Têm que existir soluções para velhos problemas,embora ache que há de existir pessoas mais preparadas para o cargo de Secretario de Segurança!!!E se não houver? Coloque as pessoas de bem atrás das grades e libere os bandidos.Quando teremos um pouco de PAZ?

  • Juliana Desterro diz: 15 de julho de 2013

    Um prende,o outro solta.E a população que paga seus salários sente-se desprotegida.
    Em vez de se unirem,estas desavenças,melhor para o bandido.

  • Edson diz: 15 de julho de 2013

    Esperar o quê de um país que ainda nutri em sua Constituição a Polícia Ferroviária Federal? Uma bagunça total. Por favor, só não podemos confundir ainda mais a cabeça dos leitores. P2 nada tem haver com inteligência, não esse tipo de serviço que é realizado, e muito menos foi criado para isso. P2 foi criado para investigar policiais militares, ou seja, são policiais militares que investigam a própria corporação. O serviço de inteligência traz conhecimento e de investigação um resultado concreto. No caso em tela os policiais militares realizaram um investigação que culminou com a prisão dos infratores, da ai a indignação do delegado, pois cabe a policia civil a investigação criminal, não com exclusividades (ver PEC 37 arquivada). Impedir a entrada de alguém em repartições públicas por causa de vestuários é constrangimento ilegal. Também há de se levar em conta que estando à pessoa em flagrante delito, qualquer do povo pode e os agentes da autoridade devem executar a prisão em flagrante. Resumo, por parte das corporações falta de comando total. Por parte do Estado/União, falta de vergonha na cara por não legislar como deve.

    QUE BOM SERIA; se a Polícia Militar realiza-se o serviço de inteligência para coibir, impedir, prevenir as ações criminosas. Pois com esse tipo de serviço traria conhecimento para a corporação agir em ponto estratégicos, realizando um dos trabalhos talvez mais objetivados pela sociedade, ou seja, que o crime não ocorra.

    QUE BOM SERIA; se a Polícia Civil realiza-se as investigações com total imparcialidade, levando a ser processado e julgado os culpados pelas infrações penais. Pois assim traria um sentimento de justiça para a sociedade acabando com a impunidade.

    QUE BOM SERIA; se após processado, julgado e condenado, os infratores fossem cumprir suas penas e assim fossem custodiados pelo ESTADO de uma forma séria e imparcial. Que nas saídas temporárias do cárcere os infratores ainda fossem monitorados por Agente Penitenciários capacitados, e que a execução penal fosse exercida de forma profissional…..Que simples e bom seria………….

  • José da Silva diz: 15 de julho de 2013

    Será que esse delegado já sugeriu a proibição do uso de fardas pretas por alguns integrantes da Polícia Civil?
    Que medíocre. Corregedoria nele.

  • Roger diz: 15 de julho de 2013

    Robertooo, quererem não dá né meu amigo! tu sabe pqe a cabra caga redondo? não entendes de merda queres entender de Direitchu?!

  • aldo diz: 15 de julho de 2013

    P2? O que é isso? Dupla sertaneja? Partido do Amim (PP)?

  • GAÚCHO diz: 15 de julho de 2013

    Sobre o assunto supracitado, tenho a informar que é nisso que deu a NÃO aprovação da PEC 37. Essa gente, Ministério Público, Polícia Militar e, não te surpreende, se também a Guarda Municipal, não estiver estuprando a Constituição Federal, INVESTIGANDO. A PEC só clareava o que já é claro na CF, que a investigação criminal, é atribuição da Polícia Federal e das Polícias Civis dos Estados. O que se vê hoje é isso, todo mundo investigando. Isso é bem claro no Código Penal Brasileiro, chama-se USURPAÇÃO DA FUNÇÃO. Apelidaram-na de PEC da Impunidade, enganaram o povo a tal modo, que se via inúmeras pessoas nas manifestações conta a PEC 37, sem ao menos saberem o que era essas três letras, só porque era bonito ser contra. O Serviço de Inteligência da PM, o P2, foi criado para investigar a eles mesmos, para não haver interferência de uma Polícia na outra. O oportunista MP, só investiga o que lhe interessa investigar. Se fosse vontade de trabalhar, investigaria o crime maior que são os contra a vida, o homicídio, só que esse não dá manchetes nos jornais. Agiu certo o Delegado em não reconhecer aquele falso Investigador de Polícia . Cada macaco no seu galho. Eles, MP e PM, alegam que a Polícia não dá conta de investigar tudo. Ora, isso é um problema de Estado, não caber a eles acharem nada. Que sejam criadas mais vagas para o cargo de delegado então. É o mesmo que eu ACHAR que você, Rafael Martini, não está dando conta do serviço aí na redação do DC e, sem você me pedir ajuda, passo a fazer o teu serviço. Você gostaria dessa interferência? Pois é, traduzindo em miúdos, a rixa nem deveria existir, mas já é velha, por causa disso. Estou a disposição do amigo, para sanar qualquer dúvida sobre esse assunto.

  • CACABO diz: 15 de julho de 2013

    QUEM É QUE NÃO SABE ONDE TEM UMA BOCA DE FUMO, ATÉ A VOVÓZINHA DA HISTÓRIA DO LOBO MAU.
    IGUAL AOS PROMOTORES QUEREM ESCOLHER O QUE FAZER,
    QUERO VER INVESTIGAR ROUBOS, HOMICÍDIO E OUTROS.
    SÓ QUEREM IBOP RÁPIDO.

  • Alves diz: 17 de julho de 2013

    Não, não…só pode ser brincadeira. O P-2, meus amigos, foi criado para dar suporte (informações) para o policiamento fardado. Isso é pré-delitual. Agora investigar um crime, homicídio, por exemplo, depois de ter acontecido, NUNCA vi um policial militar investigar. Tudo que o P-2 faz é auxiliar o policiamento das ruas, levantando informações… É isso. Tudo que falarem diferente disso ou é má fé ou desconhecimento do assunto.

Envie seu Comentário