Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A vez do Afroempreendedorismo

30 de julho de 2013 0


O sociólogo catarinense João Carlos Nogueira é o coordenador do Projeto Brasil Afroempreendedor, que vai ser lançado dia 5 de agosto, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo.

O que é o Projeto Brasil Afroempreendedor?
É uma iniciativa da sociedade civil, com a participação do Sebrae Nacional, do Instituto Adolpho Bauer (IAB), de Curitiba, e do Coletivo de Empresários e Empreendedores Afro-brasileiros de São Paulo. Vai ser desenvolvido em 12 estados, incluindo Santa Catarina.

Por que um projeto voltado para o fortalecimento de empreendedores negros e negras?
O empreendedorismo afro-brasileiro mexe com uma das fronteiras mais sensíveis do desenvolvimento humano, que é a questão econômica. Podemos atingir 17 milhões de microempreendedores e empreendedores individuais e para isso precisamos investir em informação, em gestão e em acompanhamento permanente.

Qual a realidade em Santa Catarina?
Temos um estudo feito nos estado da Bahia, Rio de Janeiro e Santa Catarina, o qual aponta para a informalidade. O projeto vai trabalhar com 100 empreendimentos catarinenses, mas serão milhares de pessoas envolvidas, de cooperativas e quilombolas.

Em que medida o empreendedorismo pode ser um fator de inclusão?
Inclui na medida que muitos empreendimentos afro-brasileiros continuam na informalidade, ainda que integrem cadeias importantes à população negra, como a moda, a indústria dos cosméticos e de produtos de beleza.


comentários

Envie seu Comentário