Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Policiais

31 de julho de 2013 6

Agiu rápido o Tribunal de Justiça de Santa Catarina ao declarar ontem a ilegalidade da greve dos policiais e determinar o imediato retorno às atividades.

comentários

Comentários (6)

  • cidadão do bem diz: 31 de julho de 2013

    Só há agilidade quando é de interesse do governo ou deles próprios. Será por que?

  • Sílvio diz: 31 de julho de 2013

    Judiciário rápido e ágil como em todas as demais ações que tramitam em Santa Catarina. Pudera, o excelentíssimo desembargador, que declarou a greve ilegal, recebeu a bagatela de R$108.346,72 (CENTO E OITO MIL, TREZENTOS E QUARENTA E SEIS REAIS) como salário somente no mês de abril de 2013! Com esse parco vencimento ele tem o dever de auxiliar o governo que, afinal, é o seu fiel pagador. Desembargador, eu, como policial, ficaria realmente muito feliz se todo o meu salário fosse apenas e tão somente o que o senhor retira, todo mês, com seu belo auxílio moradia. Esses R$4.000,00 (QUATRO MIL REAIS), que o senhor recebe apenas para morar, já me bastariam. Passar bem.

  • Gabriel diz: 31 de julho de 2013

    Claro, ganhando R$ 108.000,00 num mês tem que dar conta dos processos do TJ inteiro. Ou será que foi só o da Polícia Civil? Por que as ações de horas extras demoram tanto e continuamos trabalhando de graça? Fala aí jornalista. Pergunta isso.

  • marcos diz: 1 de agosto de 2013

    NÃO ACREDITO NESTA MENTIRA DE QUE UM DESEMBARGADOR GANHOU R$ 108 MIL REAIS NO MÊS DE ABRIL. ISTO SÓ PODE SER UMA GRANDE MENTIRA POIS PELO QUE SEI UM DESEMBARGADOR RECEBE SALARIOS DE R$ 27.000,00 POR MÊS , PORTANTO QUEM FALOU UM ABSURDO DESTE É UM GRANDE MENTIROSO. OU SERÁ QUE ESTAMOS COM MARAJÁS NA FOLHA DE PAGAMENTO ????????

  • Investigador de Polícia diz: 1 de agosto de 2013

    Marcos,

    Poderia falar muita coisa para você, mas a sociedade infelizmente teima em enxergar a Polícia Civil como uma inimiga.
    Temos os nossos defeitos, pela falta de pessoal, de estrutura física, de armamento, de equipamento para investigação, situação salarial calamitosa, entre outros, mas mentirosos, não somos.

    Como o TJ/SC criou um site da Transparência difícil de ser pesquisado (pois esconderam a parte de VENCIMENTOS), eu vou lhe entregar o link direto para o salário do Desembargador LUIZ CESAR MEDEIROS, que era Promotor de Justiça e virou desembargador pelo tal Quinto, e declarou a ilegalidade de nossa greve:

    http://app.tjsc.jus.br/consultarendimentos/consultarendimentos!mostrarindividual.action?matricula=9765&ano=2013&mes=4

    Espero que você esteja sentado quando abrir o link.
    Abraço.

  • Alessandro diz: 3 de agosto de 2013

    Enquanto isso, no mesmo TJ, arrasta-se desde 2007, um processo por improbidade administrativa, contra o nosso digníssimo Governador. Na época, Raimundo Colombo, prefeito de Lages, teria contratado irregularmente um escritório de advocacia. O MP pede a condenação do réu e a devolução de R$ 270 mil, corrigidos, aos cofres públicos.

Envie seu Comentário