Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Água no pescoço

06 de agosto de 2013 0

A Federação Catarinense de Municípios quer que o Tribunal de Justiça do Estado reconsidere a intimação feita às prefeituras para que estas incluam, já no orçamento de 2014, a previsão de verba necessária para quitação de todos os precatórios pendentes, que chegam à bagatela de R$ 800 milhões em Santa Catarina.

A Fecam pediu uma audiência para discutir o assunto com o TJ, mas ainda não obteve resposta.

comentários

Envie seu Comentário