Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nota oficial do Corpo de Bombeiros Militar de SC

06 de agosto de 2013 1


Em razão das recentes notícias veiculadas na imprensa relativas à tentativa de fraude na seleção ao Curso de Formação de Cabos (CFC), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina esclarece:

I. Assim que identificados os indícios de fraude no processo seletivo ao CFC, durante a abertura dos envelopes com os gabaritos das provas,

a Comissão Organizadora do certame adotou imediatas providências para coibir qualquer dano ao concurso

II. O Oficial suspeito apresentou-se ao Comando-Geral e assumiu a autoria da tentativa de fraude, solicitando sua transferência da Diretoria de Ensino (DE)


ncaminhado à Justiça Militar, junto ao Ministério Público de Santa Catarina, para as providências cabíveis;

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina reitera seu compromisso com a ética e a transparência de suas ações, envidando todos os esforços para garantir processos de seleção em conformidade com as normas vigentes, que garantam isonomia aos candidatos para, ao final, entregar os melhores profissionais à comunidade catarinense.

III. D iante da confissão, foi determinado a abertura de um Inquérito Policial Militar (IMP), o qual já foi concluso e e
IV.

Cel BM – MARCOS DE OLIVEIRA
Comandante-Geral do CBMSC

 

 

comentários

Comentários (1)

  • José Cordeiro Neto diz: 6 de agosto de 2013

    Esclarecedora a nota oficial do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar. Assim a sociedade catarinense fica ciente de as providências já haviam sido tomadas muito antes do sensacionalismo produzido pela mídia. Ratifico aqui a seriedade com que o Comando Geral da Corporação trata as questões administrativas e operacionais, conquistando muitas melhorias em termos de recursos humanos e materiais, graças ao seu empenho pessoal, dedicação, comprometimento e zelo profissional. Seria prudente não fazermos julgamento precipitado, nem juízo de valor sobre o oficial referido na questão, porque sempre foi um oficial dedicado que por muitos anos emprestou seu empenho pessoal às causas da Corporação Bombeiro Militar. Não podemos crucificar uma corporação e qualquer um de seus membros por um fato isolado.

Envie seu Comentário